parasitismo n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
PARASITISMO PowerPoint Presentation
Download Presentation
PARASITISMO

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 30

PARASITISMO - PowerPoint PPT Presentation


  • 245 Views
  • Uploaded on

PARASITISMO. ECTOPARASITISMO. Índice. Introdução Hospedeiro e parasita Explicação da relação interespecífica Relação entre os pulgões e as plantas Relação entre carraça e o cão Relação entre o piolho e o Homem Relação entre a sanguessuga e o Homem

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'PARASITISMO' - kristina-lonna


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
parasitismo

PARASITISMO

ECTOPARASITISMO

ndice
Índice
  • Introdução
  • Hospedeiro e parasita
  • Explicação da relação interespecífica
  • Relação entre os pulgões e as plantas
  • Relação entre carraça e o cão
  • Relação entre o piolho e o Homem
  • Relação entre a sanguessuga e o Homem
  • Relação entre o carrapato e o animal
  • Parasitismo social
  • Relação entre cuco e outras aves
  • Febre carraça
  • Bibliografia
  • Sitografia
  • Conclusão
introdu o
Introdução
  • O parasitismo (do grego para, “perto” e sitos, “alimento”) é a relação biótica interespecífica com benefício para uma espécie, o parasita, e com prejuízo para a outra, o hospedeiro.
  • Os parasitas podem viver dentro ou fora do corpo do hospedeiro.
  • O tema que vamos abordar é o ectoparasitismo.
hospedeiro e parasita
Hospedeiro e parasita
  • Um hospedeiro é um organismo que abriga um parasita no seu interior (endoparasitismo) ou carrega-o sobre si (ectoparasitismo).
  • Os parasitas são organismos que vivem em associação com outros, dos quais retiram os meios para a sua sobrevivência, prejudicando o organismo hospedeiro.
explica o da rela o interespec fica
Explicação da relação interespecífica
  • São ectoparasitas, os animais que vivem à superfície do corpo hospedeiro.
  • O parasita alimenta-se à custa do hospedeiro, na maioria das vezes, sugando-lhes o sangue, água ou proteínas, prejudicando-o.
  • O ectoparasítismo não causa morte imediata ao hospedeiro, mas enfraquece-o progressivamente.
rela o entre os pulg es e as plantas
Relação entre os pulgões e as plantas

Parasita: Pulgões

Hospedeiro: Plantas

Espécie beneficiada: Pulgões

rela o entre os pulg es e as plantas1
Relação entre os pulgões e as plantas
  • Os pulgões alojam-se nas plantas onde se reproduzem.
  • São insetos que se alimentam da seiva de plantas.
  • Constituem sérias pragas para a agricultura e para a jardinagem.
rela o entre a carra a e o c o
Relação entre a carraça e o cão

Parasita: Carraça

Hospedeiro: Cão

Espécie beneficiada: Carraça

rela o entre a carra a e o c o1
Relação entre a carraça e o cão
  • A carraça (IxodesHexagonus) suga o sangue do cão. Causa irritações na pele do hospedeiro (cão) e pode transmitir doenças.
  • Têm apêndices bucais muito desenvolvidos, pelo que se torna muito difícil a sua extração do hospedeiro.
febre carra a
Febre Carraça
  • É provocada pela bactéria rickétsia.
  • A doença manifesta-se com febre, dores musculares e de cabeça, náuseas, vómitos e perda de apetite. Aparecem manchas que se disseminam por todo o corpo.
  • Após a picada da carraça, os primeiros sintomas surgem, em geral , às crianças com menos de 15 anos
  • Para esta poder chegar ao ser humano, é preciso primeiro de passar por outro mamífero (normalmente cães, gatos e roedores).
  • Como prevenção deve-se colocar nos animais de estimação coleiras de proteção.
  • As áreas de maior risco são zonas de vegetação de baixa ou média altura, com algum grau de humidade.
rela o entre piolho e o homem
Relação entre piolho e o Homem

Parasita: Piolho

Hospedeiro: Homem

Espécie beneficiada: Piolho

rela o entre o piolho e o homem
Relação entre o piolho e o Homem
  • O piolho é transmitido pelos animais domésticos ao Homem, alojando-se no seu cabelo.
  • O piolho suga o sangue, causando comichão na cabeça.
rela o entre sanguessuga e o homem
Relação entre sanguessuga e o Homem

Parasita: Sanguessuga

Hospedeiro: Homem

Espécie beneficiada: Sanguessuga

rela o entre o sanguessuga e o homem
Relação entre o sanguessuga e o Homem
  • As sanguessugas agarram-se ao seu hospedeiro, sugando-lhes o sangue.
  • Fazendo bolhas acabando e infetar os vasos sanguíneos.
  • O animal utiliza as suas ventosas para se agarrar na perna do hospedeiro.
  • Antigamente, acreditava-se que a sanguessuga era um remédio para as dores de cabeça.
rela o entre os carrapatos e animais
Relação entre os carrapatos e animais

Parasita: Carrapato

Hospedeiro: Animais

Espécie beneficiada: Carrapato

rela o entre o carrapato e o animal
Relação entre o carrapato e o animal
  • Os carrapatos são responsáveis pela transmição de inúmeras doenças.
  • Vivem no chão entre as madeiras em clima húmidos uo secos.
  • Os carrapatos aderem ao seu hospedeiro quando estão, ainda em fase de larva.
parasitismo social
PARASITISMO SOCIAL

CURIOSIDADES………….

parasitismo social cucos
Parasitismo social: cucos
  • Cucos – estas aves não fazem ninhos, mas utilizam o de outras espécies. A fêmea do cuco come o ovo de um ninho de outra espécie, substituindo-o por um seu. Os proprietários do ninho, sem se aperceberem, incubam o ovo de cuco. Após a cria de cuco nascer, empurra os ovos da espécie hospedeira para fora do ninho, ficando com todo o alimento e proteção para si.
rela o entre cuco e outras aves
Relação entre cuco e outras aves

O rouxinol não reconhece que o cuco não é a sua cria. Qual achas qual é a razão?

rela o entre cuco e outras aves1
Relação entre cuco e outras aves
  • Os cucos não fazem ninhos, mas utilizam o de outras espécies.
  • A fêmea do cuco come o ovo de um ninho de outra espécie, substituindo-o por um seu.
  • Os proprietários do ninho, sem se aperceberem, incubam o ovo de cuco.
  • Após o cuco nascer, a cria empurra os ovos da espécie hospedeira para fora do ninho, ficando com todo o alimento e proteção para si.
conclus o
Conclusão
  • Neste trabalho aprendemos a diferença entre o ectoparasitismo e o endoparasitismo.
  • Também aprendemos queO parasita retira vantagens do hospedeiro, enquanto este sai prejudicado, levando muitas vezes a graves doenças e até mesmo à morte do hospedeiro.
  • É chamada uma interação interespecífica.
bibligrafia
Bibligrafia
  • Sistema Terra- Carlos Campos/Zélia Delgado, Texto Editores, Lisboa 2007
  • Descobrir Terra – Cristina Antunes/ Manuela Bispo/ Paula Guindeira, Areal Editores 2007
  • Descobrir Terra – Cristina Antunes/ Manuela Bispo/ Paula Guindeira, Areal Editores 2003
  • Geovida – Fernanda Albuquerque/ Helena Moita de Deus, Lisboa Editora
  • Ciências Naturais, José Carlos Gomes, Constância, Lisboa,2003
sitografia
Sitografia
  • http://www.infoescola.com/relacoes-ecologicas/parasitismo/
  • http://pt.wikipedia.org/wiki/Hospedeiro
  • http://www.educare.pt/educare/Opiniao.Artigo.aspx?contentid=1E0C73E7E4893D99E0440003BA2C8E70&opsel=2&channelid=0
trabalho realizado por
Trabalho realizado por:
  • Ana Catarina nº1
  • Cristina Parracho nº10
  • Francisca Guedes nº11
  • Mariana Rodrigues nº22

8ºA