slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
A decadência das oligarquias e a Revolução de 1930 PowerPoint Presentation
Download Presentation
A decadência das oligarquias e a Revolução de 1930

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 27

A decadência das oligarquias e a Revolução de 1930 - PowerPoint PPT Presentation


  • 119 Views
  • Uploaded on

A decadência das oligarquias e a Revolução de 1930. 1. Principais causas do declínio das oligarquias:. A socialização das perdas: o governo desvalorizava a moeda promovendo o conseqüente aumento da inflação, ou seja, dividindo o “prejuízo” com o povo;. Queima de estoque de café.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'A decadência das oligarquias e a Revolução de 1930' - kieran-bowman


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
1 principais causas do decl nio das oligarquias
1. Principais causas do declínio das oligarquias:
  • A socialização das perdas: o governo desvalorizava a moeda promovendo o conseqüente aumento da inflação, ou seja, dividindo o “prejuízo” com o povo;
slide4

Ascensão de novos setores sociais: burguesia industrial, classes médias e proletariado, reivindicando a atenção do Estado. Esses setores fortaleceram-se durante o surto industrial promovido pela Primeira Guerra Mundial;

slide5

Dissidência oligárquica: setores elitizados dos demais Estados cansaram de se submeter aos interesses do café-com-leite e decidiram lutar pelo poder.

Líderes do Partido Republicano Paulista

slide6

Tenentismo: movimento liderado por jovens oficiais do Exército que reivindicavam o fim da Política dos Governadores (fortalecimento do poder central em relação às oligarquias estaduais), o voto secreto e o ensino obrigatório.

Escola Militar de Realengo – RJ. Daqui saíram as lideranças do movimento tenentista.

slide7

Eduardo Gomes

Siqueira Campos

Juarez e Joaquim Távora

Luís Carlos Prestes

Gal. Isidoro

Dias Lopes

Coronel Miguel Costa

slide8

O tenentismo era elitista e autoritário. Seus objetivos coincidiam com os das classes médias.

slide9

Eleição de Arthur Bernardes para a sucessão de Epitácio Pessoa – o “estopim” das revoltas tenentistas.

slide10

2. Principais revoltas tenentistas:

  • Do Forte de Copacabana (RJ, 05/julho/1922);

Na foto superior esquerda, veja os tenentes saindo do forte.

slide12

Tenentes marcham sobre o calçadão de Copacabana, minutos antes do combate final

Eduardo Gomes

Forte de Copacabana

em construção (1908-14)

Siqueira Campos

slide14

Revoltas de Santo Ângelo (RS, 29/outubro/1924) e São Paulo (05/julho/1924)

Gal. Isidoro Dias Lopes

Prestes

slide15

A Revolta de São Paulo (1924) eclodiu durante as comemorações do 2º Aniversário da Revolta de Copacabana

Joaquim Távora

slide16

Coluna Prestes (1925-27):

Percorreu cerca de 25.000km pelo interior do Brasil

lutando

contra as

forças do

governo

oligárquico;

Coluna Prestes junto ao marco da fronteira Brasil-Paraguai

slide18

1) Miguel Costa; 2) Luís Carlos Prestes; 3) Juarez Távora; 4) João Alberto; 5) Siqueira Campos; 6) Djalma Dutra; 7) Cordeiro de Farias; 8) José Pinheiro Machado ;

9) Atanagildo França ; 10) Emídio da Costa Miranda; 11) João Pedro; 12) Paulo Kruger

da C. Cruz; 13) Ari salgado freire; 14) Nelson Machado; 15) Manuel Lima Nascimento;

16) Sadi Vale maschado ; 17) Trifino Correia ; 18) Ítalo Landucci .

Porto Nacional (GO), outubro, 1925.

3 governo washington lu s 1926 30
3. Governo Washington Luís (1926-30)
  • Os efeitos da crise econômica de

1929 sobre o Brasil;

Apreensão em WallStreet,

29 de outubro de 1929

slide20

Além do repatriamento de capitais, das falências e do desemprego, as exportações de café “despencaram” e o governo não possuía recursos ($) para comprar tudo o que não foi vendido;

Bolsa do Café, em Santos - SP

Exportação de café no porto

de Santos, década de 1920

slide21

A questão da sucessão presidencial: Washington Luís insistiu em indicar o paulista Júlio Prestes, preterindo o mineiro Antônio Carlos de Andrada;

x

Antônio Carlos, do PRM

Júlio Prestes,

do PRP

slide22

Slogans das campanhas do PRP e da Aliança Liberal, esta última compondo os interesses de MG, RS, PE e demais Estados descontentes com a oligarquia do café.

Vital Soares

slide23

A disputa eleitoral: Aliança Liberal “versus” PRP e a vitória contestada de Júlio Prestes;

“Façamos a revolução antes que o povo a faça.”

(Antônio Carlos Ribeiro de Andrada)

slide24

Diante da derrota nas urnas, a revolução é a solução;

João Pessoa

“Prefiro dez Júlio Prestes a uma revolução.”

(João Pessoa)

slide25

João Dantas assassinou João Pessoa por motivo pessoal. No entanto, os partidários da Aliança Liberal utilizaram o episódio como pretexto para iniciar a Revolução de 1930.

Anayde Beiriz

slide26

4. A revolução de 1930.

  • Getúlio Vargas recebe 669 mil votos, contra 1.100.000 votos de Prestes; alegando fraudes a Aliança Liberal, depõe o Presidente, e impede a posse dos

vencedores.

Washington Luís é conduzido preso para o Forte de Copacabana

slide27

CENAS DOS PRÓXIMOS CAPÍTULOS ...

Esta é uma questão tão complexa quanto a “Lei Seca, pois nos assaltos à mão armada sempre, PROPOSITALMENTE, há uma dupla composta com um menor, que sempre assume PRONTAMENTE a autoria do crime.