como imaginamos deus n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Como imaginamos Deus? PowerPoint Presentation
Download Presentation
Como imaginamos Deus?

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 12

Como imaginamos Deus? - PowerPoint PPT Presentation


  • 71 Views
  • Uploaded on

Como imaginamos Deus?. “Dize-me o que pedes a Deus e eu te direi quem és.” Hermógenes. VERDADEIRAMENTE ASSUSTADOR. O biodigestor apresentado é do modelo Sansuy e os dados são do site da Embrapa .

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Como imaginamos Deus?' - kesia


Download Now An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
como imaginamos deus

Como imaginamos Deus?

“Dize-me o que pedes a Deus e eu te direi quem és.”

Hermógenes

slide4

O biodigestor apresentado é do modelo Sansuy e os dados são do site da Embrapa.

  • OBJETIVO : redução e estabilização da matéria orgânica; remoção de patógenos e agregação de valor através da produção de biofertilizante e de biogás para energia.
slide5

DESCRIÇÃO : base de alvenaria retangular, profunda (2,5 m) e duas câmaras interligadas. Gasômetro construído em manta flexível de PVC (Vinimanta) fixa sobre uma valeta coberta de água que circunda a base.

slide6

DIMENSIONAMENTO : o volume da câmara de digestão (Vcd em m³) pode ser estimada pela expressão: Vcd= Vd x Tr em função da vazão de efluentes (Vd, em m³/dia) e do tempo de retenção necessário para a produção de biogás (20 a 50 dias). Necessita de um tempo de aclimatação e de inoculante (lodo) para a sua otimização.

slide7

ESTRUTURA COMPLEMENTAR : tubos e conexões para o abastecimento e drenagem; sistema de armazenagem, de transporte e distribuição de biofertilizante; sistema de transporte e conversão de biogás em energia térmica ou elétrica.

slide8

DESEMPENHO :valorização dos dejetos para uso agrícola ; remoção da ordem de 50% de ST; 80% da DBO5; 25% de N; 60% de P; 45% de K e de 99% de CF. A produção de biogás é da ordem de 0,25 a 0,60 m³/dia para cada m³ da câmara de digestão.

  • FORMA DE OPERAÇÃO : alimentação e drenagem em regime contínuo.
slide9

VANTAGENS : simplicidade operacional ; produção de biofertilizante e biogás para uso energético; redução de maus odores.DESVANTAGENS : custo de investimento inicial e de manutenção; remoção periódica do lodo (1 a 5 anos); variablidade da produção de biogás, em função do clima.

slide10

RECOMENDAÇÕES: criadores com disponibilidade de área para uso agrícola e interesse no aproveitamento de biofertilizante e de biogás como fonte de energia.CUSTO DE REFERÊNCIA : R$ 150,00 por m³ de câmara de digestão.

slide11

BIBLIOGRAFIA : Otsubo, C. Manual de Biodigestor Sansuy, 2001. Perdomo, C.C; Oliveira, P.A. Valorize os dejetos animais: use o biodigestor. Embrapa Suínos e Aves. Folder. 2000.

slide12

http://g1.globo.com/videos/economia/globo-rural/t/edicoes/v/criadores-do-parana-transformam-dejetos-de-animais-em-energia-eletrica/1618357/http://g1.globo.com/videos/economia/globo-rural/t/edicoes/v/criadores-do-parana-transformam-dejetos-de-animais-em-energia-eletrica/1618357/

  • http://g1.globo.com/videos/economia/globo-rural/t/edicoes/v/o-ator-e-pecuarista-tarcisio-meira-mostra-confinamento-e-sistema-biodigestor/1618359/