slide1
Download
Skip this Video
Download Presentation
O FINANCIAMENTO DA REFORMA PSIQUIÁTRICA NO PÓS CONSTITUCIONAL AVANÇOS E ENTRAVES

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 30

O FINANCIAMENTO DA REFORMA PSIQUIÁTRICA NO PÓS CONSTITUCIONAL AVANÇOS E ENTRAVES - PowerPoint PPT Presentation


  • 70 Views
  • Uploaded on

O FINANCIAMENTO DA REFORMA PSIQUIÁTRICA NO PÓS CONSTITUCIONAL AVANÇOS E ENTRAVES. SAÚDE É VIVER MAIS E MELHOR. O SUS LEGAL: O ÚNICO QUE NÓS CIDADÃOS INVESTIDOS EM FUNÇÕES PÚBLICAS PODEMOS FAZER SAÚDE DIREITO DE TODOS E DEVER DO ESTADO FUNÇÕES:

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'O FINANCIAMENTO DA REFORMA PSIQUIÁTRICA NO PÓS CONSTITUCIONAL AVANÇOS E ENTRAVES' - keala


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1
O FINANCIAMENTO DA

REFORMA PSIQUIÁTRICA

NO PÓS CONSTITUCIONAL

AVANÇOS

E

ENTRAVES

GILSON CARVALHO

slide2
SAÚDE É VIVER

MAIS E MELHOR

GILSON CARVALHO

slide3
O SUS LEGAL: O ÚNICO QUE NÓS CIDADÃOS INVESTIDOS EM FUNÇÕES PÚBLICAS PODEMOS FAZER
  • SAÚDE DIREITO DE TODOS E DEVER DO ESTADO
  • FUNÇÕES:
  • REGULAR, FICALIZAR,CONTROLAR, EXECUTAR
  • OBJETIVOS:
  • 1) IDENTIFICAR CONDICIONANTES E DETERMINANTES;
  • 2) FOMULAR A POLÍTICA ECONÔMICA E SOCIAL PARA DIMINUIR O RISCO DE DOENÇAS E OUTROS AGRAVOS; 3) ASSISTÊNCIA POR AÇÒES DE PROMOÇÃO, PROTEÇÃO E RECUPERAÇÃO DA SAÚDE
  • DIRETRIZES E PRINCÍPIOS:
  • ASSISTENCIAIS
  • UNIVERSALIDADE – IGUALDADE (EQUIDADE) – INTEGRALIDADE – INTERSETORIALIDADE – RESOLUTIVIDADE – ACESSO A INFORMAÇÃO – AUTONOMIA DAS PESSOAS – BASE EPIDEMIOLÓGICA
  • GERENCIAIS
  • REGIONALIZAÇÃO – HIERARQUIZAÇÃO – DESCENTRALIZAÇÃO – GESTOR ÚNICO – COMPLEMENTARIEDADE E SUPLEMENTARIEDADE DO PRIVADO –FINANCIAMENTO – PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE

GILSON CARVALHO

slide5
O FINANCIAMENTO DA

REFORMA PSIQUIÁTRICA

NO PÓS CONSTITUCIONAL

AVANÇOS

E

ENTRAVES

GILSON CARVALHO

slide6
A ESSÊNCIA DA REFORMA PSIQUIÁTRICA
  • CENTRADA MAIS NO SER HUMANO EM SOFRIMENTO QUE, NA DOENÇA
  • FOCO NA INTEGRALIDADE DO SER HUMANO E SEU AMBIENTE HUMANO E FÍSICO
  • ABORDAGEM MENOS HOSPITALAR E MAIS AMBULATORIAL
  • ABORDAGEM PLURITERAPÊUTICA E MULTIPROFISSIONAL

GILSON CARVALHO

slide7
A LUTA PARA MELHORAR A ATENÇÃO INTEGRAL:
  • SAIR DO MODELO ANTIGO:
  • DO NÃO OU POUCO CUIDADO PRIMEIRO + HOSPITALIZAÇÃO DOS POUCO OU MAIS GRAVES + ASILAMENTO DESQUALIFICADO
  • PARA O NOVO MODELO:
  • UNIVERSALIZAR E MELHORAR A QUALIDADE DOS PRIMEIROS CUIDADOS (promoção, proteção, recuperação) + DESHOSPITALIZAR OS MENOS GRAVES + QUALIFICAR A HOSPITALIZAÇÃO DOS MAIS GRAVES

GILSON CARVALHO

slide8
O NOVO SE CONSTRÓI NA HISTÓRIA
  • 1956 - NISE DA SILVEIRA O ANJO DA REFORMA: CRIA CASA DA PALMEIRA NO RIO
  • 1980 – AMBULATÓRIOS SAÚDE MENTAL DE SÃO PAULO (MONTORO – YUNES – MARCOS PACHECO – ANA PITA)
  • 1986 – CAPS (NOME:NICARÁGUA) ANA PITA E JAIRO GOLDENBERG – NAPS – 24 HS
  • 1987 – BAURU - NAPS (1º do interior) APARECIDA PIMENTA + TIKANORI – 1º ENCONTRO DE TRABALHADORES DA LUTA ANTIMANICOMIAL
  • 1991 – DAVI & TYKANORI+NASP -HOSPITAL ANCHIETA

GILSON CARVALHO

slide9
O NOVO SE CONSTRÓI NA HISTÓRIA
  • OUTROS DESBRAVADORES BRASIL AFORA:
  • RIO (DOMINGOS-PEDRO GABRIEL-PAULO AMARANTE-RICARDO PERET-JOÃO FERREIRA)
  • R.GRANDE SUL (ELIS BUSNELLO - SANDRA FAGUNDES-FLÁVIO RESMINI)
  • MACEIÓ-RECIFE-SPAULO E RIO: LUIZ CERQUEIRA ÍCONE DA PSIQUIATRIA PROGRESSISTA NESTAS 4 CAPITAIS NAS DÉCADAS DE 60,70 E 80
  • CAMPINAS (WILLIAMS VALENTINI)

GILSON CARVALHO

slide10
O DESTINO DO DINHEIRO MOSTRA O CAMINHO DA POLÍTICA
  • 1991-PT SAS 189/91 E 224/92
  • MS-INAMPS (ALCENI-ACKEL) MUDANÇAS RADICAIS NO FINANCIAMENTO – CLASSIFICAÇÃO DA PSIQUIATRIA (I,II,III,IV.V) E PAGAMENTO A CAPS-NAPS
  • MANTIDO E APRIMORADO POR PORTARIAS 1992 (408)-1993-1994(145-147)

GILSON CARVALHO

slide11
LEI 10.216 DE 2001
  • LEI DA SAÚDE MENTAL
  • PROTEÇÃO
  • E DIREITOS
  • DOS PORTADORES DE
  • TRANSTORNO MENTAL E
  • REDIRECIONAMENTO
  • DO MODELO
  • DE ATENÇÃO

GILSON CARVALHO

slide12
FINANCIAMENTO
  • FEDERAL DA
  • REFORMA
  • PSIQUIÁTRICA

GILSON CARVALHO

slide13
RECURSOS FEDERAIS PARA A SAÚDE MENTAL 2007
  • HOSPITALAR – R$440 MI
  • EXTRA HOSP.- R$760 MI
  • TOTAL – R$1,200 BI

GILSON CARVALHO

slide23
CUSTEIO CAPS II – AMPARO – SECRETÁRIA: APARECIDA PIMENTA
  • 2007-195 USUÁRIOS + 80 /DIA (CERCA DE 18 ATEN.ANO)
  • RH (T.INTEGRAL)
  • PSICÓLOGOS (3); TERAP.OCUP.(3) ENFERMEIRO (1); PSIQUIATRA (1); TÉCNICOS ENFERMAGEM(5); MERENDEIRAS(2) AG.ADMINISTRATIVO (2); SERV.GERAIS (1)
  • CUSTOS
  • FOLHA: R$ 520.000 ALIMENTAÇÃO: R$ 85.000
  • TRANSPORTE VAN:R$47.520 VALE TRANSPORTE:R$25.000
  • CPFL, TELESP, ALUGUEL:R$29.000  
  • OUTRAS (informática, escritório, limpeza):R$ 40.000
  • CUSTOS TOTAIS
  • MUNICÍPIO: R$446.520 - M.SAÚDE= R$300.000( 40%) ESTADO=0
  • TOTAL: 746.520

GILSON CARVALHO

slide25
CONCLUSÕES:
  • O FINANCIAMENTO DA INTEGRALIDADE DA SAÚDE NO BRASIL (INCLUSIVE A MENTAL) CONTINUA RESPONSABILIDADE DAS TRÊS ESFERAS DE GOVERNO
  • ENQUANTO A ARRECADAÇÃO DE TRIBUTOS DESTINA 60% PARA A UNIÃO, 24% PARA ESTADOS E 16% PARA MUNICÍPIOS A RESPONSABILIDADE DO FINANCIAMENTO DA SAÚDE FOI EM 2007: 47% (UNIÃO); 26% (ESTADOS) E 27% (MUNICÍPIOS) – A CONTA VEM SENDO PAGA PELO ENTE ERRADO!!!!
  • A ATUAL SISTEMÁTICA DE FINANCIAMENTO DA SAÚDE ONERA SOBREMANEIRA OS MUNICÍPIOS E DESONERA PRINCIPALMENTE A UNIÃO; A EC-29, POR PRESSÃO DO GOVERNO, DESONEROU EM MAIS DE 50% A UNIÃO E SOBRECARREGOU ESTADOS EM +20% E MUNICÍPIOS EM + 50%;

GILSON CARVALHO

slide26
CONCLUSÕES:
  • - A UNIÃO VEM GASTANDO MAIS RECURSOS COM A SAÚDE MENTAL NUM CRESCIMENTO PERCENTUAL ENTRE 2002-2007 (NO P.CAPITA CORRIGIDO DEZ.2007) DA ORDEM DE 6,14%
  • - O GASTO TEM SIDO INDUTOR DO NOVO MODELO REPRESENTANDO UM CRESCIMENTO DO ATENDIMENTO EXTRA-HOSPITALAR EM RELAÇÃO AO HOSPITALAR: ENQUANTO O EXTRA HOSP. CRESCEU 269% O HOSPITALAR DECRESCEU EM 48%

GILSON CARVALHO

slide27
SAÍDAS PARA A SAÚDE MENTAL NO SUS:
  • . CONSOLIDAR O MODELO REFORMA PSIQUIÁTRICA SEGUNDO A LEI 10.216(2001): PROMOÇÃO, PROTEÇÃO, INSERÇÃO NA SOCIEDADE E FAMÍLIA (DESOSPITALIZAR OFERECENDO APOIO E INTEGRALIDADE AMBULATORIAL)
  • ALOCAR MAIS RECURSOS EM SAÚDE MENTAL;
  • TRABALHAR CADA VEZ MAIS COM EQUIPE MULTIPROFISSIONAL;
  • PREPARAR CLÍNICOS E PEDIATRAS PARA QUE TRABALHEM TANTO NA PROMOÇÃO-PROTEÇÃO QUANTO NA RECUPERAÇÃO DOS CASOS MAIS COMUNS DE TRANSTORNOS MENTAIS OFERECENDO TREINAMENTO E APOIO TÉCNICO DE ESPECIALISTAS PERMANENTEMENTE.

GILSON CARVALHO

slide28
O MAIOR DESAFIO:
  • FAZER COM QUE OS BRASILEIROS
  • FAZER COM QUE AS CORPORAÇÕES...
  • FAZER COM QUE OS MOVIMENTOS...
  • FAZER COM QUE ASSOCIAÇÕES DE GRUPOS CONVIVENDO COM DOENÇAS OU DISFUNÇÕES...
  • DEFENDAM O SUS COMO CONQUISTA DE CIDADANIA

GILSON CARVALHO

slide29
SAÍDAS SAÚDE BRASIL:

LEI DOS 5 MA+S

MAIS BRASIL

MAIS SAÚDE

MAIS EFICIÊNCIA

MAIS HONESTIDADE

MAIS DINHEIRO

GILSON CARVALHO

slide30
“Minha esperança é

imortal.

Sei que não dá

para mudar o começo.

Mas, se a gente quiser,

vai dar para

mudar o final!"

ELISA LUCINDA

GILSON CARVALHO

ad