briefing da empresa dell n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Briefing da Empresa Dell PowerPoint Presentation
Download Presentation
Briefing da Empresa Dell

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 22

Briefing da Empresa Dell - PowerPoint PPT Presentation


  • 89 Views
  • Uploaded on

Briefing da Empresa Dell. Graciele dos Santos Silva Professor : Rogério Sorvillo Turma: Publicidade e Propaganda Manhã. A história/Produtos e Serviços

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Briefing da Empresa Dell' - jock


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
briefing da empresa dell

Briefing da Empresa Dell

Graciele dos Santos Silva

Professor : Rogério Sorvillo

Turma: Publicidade e Propaganda Manhã

slide2

A história/Produtos e Serviços

Michael Dell, um jovem então com 19 anos, começou sua empreitada em uma manhã quente de verão em 1984 enquanto ainda estudava medicina na Universidade do Texas na cidade de Austin. Com apenas US$ 1 mil, dinheiro conseguido através de um empréstimo com seus avós, o ambicioso jovem fundou a empresa com o nome de PC’sLimited.

Sua idéia era vender computadores pessoais direto aos clientes, passando por cima dos canais de distribuição tradicionais: as lojas.

slide3

Para dar o pontapé inicial da nova empresa, ele precisava conseguir máquinas a preços baixos. Entrou em uma loja de informática e comprou a prazo todo o estoque de computadores encalhados. Pegou essas máquinas, e dentro de seu minúsculo dormitório na universidade, calibrou-as com discos rígidos maiores e programas mais recentes, e começou a vendê-las por telefone, com preços em média 20% inferiores aos da concorrência. Nascia um conceito inovador e simples de negócio: vender computadores pessoais diretamente ao consumidor, trabalhando com estoques mínimos, sem o uso dos canais tradicionais de distribuição. Desta forma, a empresa poderia detectar melhor a necessidade de seus clientes e oferecer soluções mais eficazes para satisfazê-los. Com o sucesso inicial da empresa, Michael Dell largou a faculdade para administrar seu negócio em tempo integral. Somente no primeiro ano, a empresa teve um faturamento de US$ 6 milhões.

slide4

No ano seguinte a empresa fabricou seu primeiro computador com design próprio, o Turbo PC, vendido por apenas US$ 795 e equipado com processador Intel 8088 com a velocida. Em 1986 a jovem empresa passou a oferecer a primeira garantia de devolução nos primeiros 30 dias após a compra. O sucesso foi tanto que Michael começou a ser assediado para vender sua empresa. No mês de junho de 1987, a PC’sLimited começou a operar também na Irlanda, marcando assim o primeiro passo para sua internacionalização. Nos quatro anos seguintes, a empresa espalhou suas operações por outros 11 países ao redor do mundo.

slide5

A partir de 2002 expandiu seus produtos para multimídia e entretenimento com o lançamento de televisores LCD, handhelds, tocadores de músicas digitais (cuja fabricação foi interrompida em 2006), impressoras e projetores. Em 2003 a empresa simplificou seu nome para DELL INC. para traduzir sua expansão além do segmento de computadores pessoais. Mas o modelo revolucionário que projetou a empresa não foi suficiente para manter a feroz concorrência à distância.

O foco engessado na venda direta de desktops e datacenters fez a DELL tropeçar.

E em 2006, a empresa foi ultrapassada pela HP na liderança mundial de computadores. A empresa ainda tentou se desfazer de antigos dogmas e levou seus produtos ao varejo.

slide6

Mas a desaceleração do mercado, com a crise econômica, atrapalhou os planos de uma virada triunfal. Pressionado, Michael Dell revolucionou seu modelo de negócios.

Dois anos depois, uma DELL que ninguém conhece chega discretamente a hospitais, escolas e até às Forças Armadas oferecendo soluções inovadoras.

Com isso, a empresa quer se desvincular da imagem de hardware para ser vista como uma provedora de soluçãoes. Mas não se iluda. O que a DELL quer com tudo isso é vender mais e mais computadores - mas computadores com maior valor agregado, seja quem for o cliente.

slide7

A DELL expandiu sua gama de serviços de TI, provavelmente incrementando suas vendas de hardware para os atuais clientes da Perot, uma das maiores prestadoras de serviço na área de saúde nos Estados Unidos.

Além disso, a empresa poderá prestar serviços de nova geração como, por exemplo, computação na nuvem. Hoje em dia, a enorme paixão de Michael Dell pelos computadores ainda dirige os negócios da empresa. Uma das mais novas apostas, no entanto, é oferecer produtos de nicho, de maior valor agregado.

Notebooks super-resistentes e blindados foram fabricados com foco nos profissionais da construção civil e do setor petroquímico. Agentes da polícia também são usuários do produto.

slide8

1987: a PC´s Limited começou a operar também no Reino Unido. Nos quatro anos seguintes, 11 outros países também foram alcançados.

1988: a empresa adota o nome de Dell e suas entradas aumentam de US$ 30 milhões para US$ 80 milhões no primeiro dia de oferta pública de suas ações.

1990: a Dell tentou vender seus produtos indiretamente através de supermercados e lojas de computadores, porém o sucesso foi muito tímido e a empresa voltou o foco no seu bem sucedido modelo de vendas diretas ao consumidor.

1992: a revista Fortune incluiu a Dell ComputerCorporations na sua lista das 500 maiores companhias do mundo.

1999:  a empresa ultrapassou a Compaq e se tornou a maior vendedora de PC´s nos Estados Unidos. 

slide9

2004: a companhia expandiu seus produtos para multimídia e entretenimento com o lançamento de televisores, handhelds e jukeboxes digitais.

2004: a companhia anunciou a construção de uma nova fábrica no estado americano da Carolina do Norte.

2005:  a Dell apareceu em primeiro lugar no ranking das "Empresas mais admiradas", publicado pela revista Fortune.

"Segundo a revista Forbes 2009 é o 25º homem mais rico do mundo, com uma fortuna avaliada em mais de 12,3 bilhões de dólares americanos. (Forbes 2009)"

slide12

Em 2010, a marca resolveu mesclar elementos do primeiro logotipo com o atual para criar uma nova identidade visual, que voltou a utilizar a tradicional cor azul-clara.

mercado concorr ncia
Mercado /concorrência

Uma das primeiras ações da silenciosa invasão da Dell em novos mercados foi apelidada de MedKart, um equipamento voltado para agilizar o atendimento médico de emergência no hospital Instituto do Coração (Incor), em São Paulo. Quando o barulho das rodas do MedKart vai ficando mais audível, os pacientes da ala de tratamento intensivo do hospital sabem que a visita médica se aproxima. De leito em leito, o doutor chega empurrando seu maquinário.

O equipamento, diariamente esterilizado, é composto por um notebook da Dell, com sistema de prontuário eletrônico integrado, um teclado e um mouse laváveis, e um scanner portátil. A pintura é antieletrostática e a bateria possui autonomia para até seis horas de uso. Pela leitura do código de barras, localizado na pulseira de identificação do paciente, a engenhoca mostra no computador todo o seu histórico hospitalar. Isso permite ao médico tomar decisões com agilidade. "Não havia nada disponível no mercado com essas características", lembra Marcos Gutierrez, diretor de TI do Incor.

"A Dell, através do programa de incentivo do Ministério da Ciência e Tecnologia, tornou isso possível." O carrinho hi-tech foi projetado pela Dell, em parceria com outras empresas. A experiência faz parte da nova estratégia da companhia de trabalhar junto aos clientes para criar soluções que atendam as suas necessidades. "O ciclo de vendas fica mais longo, mas as encomendas aumentam", afirma Peixoto.

slide14

Uma das maiores concorrente da empresa Dell é a empresa HP começo em 1938, ela foi fundada em uma pequena garagem onde dois amigos investiram o valor de R$$ 538 localizada em um tranqüilo bairro residencial da cidade de Palo Alto, estado da Califórnia, seu primeiro produto: um oscilador de áudio de baixa freqüência, batizado de HP 200A, instrumento auditivo muito usado por engenheiros de som para testar equipamentos sonoros. Esse produto representou uma ruptura da tecnologia em tamanho, preço e desempenho. Um de seus primeiros clientes foi o Walt Disney Studios que adquiriu nove destes osciladores para desenvolver e testar o som para o filme de animação “Fantasia”.

numero da concorr ncia
Numero da concorrência
  • Os números de um gigante Atualmente a HP é uma das mais poderosas e influentes corporações do planeta. É praticamente imaginar o funcionamento de muitas empresas sem os produtos da HP. Os números comprovam o tamanho deste gigante: ● 60 milhões de computadores pessoais vendidos anualmente. ● Mais de 46 milhões de impressoras vendidas anualmente. ● 1.7 bilhões de mensagens spam verificadas por softwares HP todos os meses. ● 13.1 bilhões de transações de cartões de créditos efetuadas todos os anos. ● 500 milhões de reservas de viagens anualmente. ● 109 companhias aéreas servidas. ● Gerencia 200 data centers, 380 servidores e 17 milhões de endereços de IP. ●Possibilita ligações para mais de 300 milhões de celulares anualmente. ● Mais de 400 patentes registradas por ano. ● Líder mundial em impressoras (jato de tinta e laser).
slide18

Dados corporativos / Briefing da Empresa Dell

  • Origem: Estados Unidos
  • Fundação: 4 de novembro de 1984
  • Fundador: Michael Dell
  • Sede mundial: Round Rock, Texas
  • Proprietário da marca: Dell Inc.
  • Capital aberto: Sim (1988)
  • Chairman & CEO: Michael Dell
  • Faturamento: US$ 61.5 bilhões (2010)
  • Lucro: US$ 2.63 bilhões (2010)
  • Valor de mercado: US$ 28.8 bilhões (abril/2011)
  • Valor da marca: US$ 8.88 bilhões (2010)
  • Fábricas principais: 9
  • Presença global: 180 países
slide19

Presença no Brasil: Sim (1 fábrica)

  • Funcionários: 100.300
  • Segmento: Informática e tecnologia
  • Principais produtos: Computadores, notebooks, impressoras, monitores, servidores de redes e periféricos
  • Principais concorrentes: HP, Acer, Sony, Apple, Toshiba e Lenovo
  • Ícones: Pioneirismo no comércio on-line
  • Slogan: Thepower to do more. (O poder de fazer mais.)
slide20

A Dell lidera nos computadores corporativo e servidores, mas no varejo onde atual a 1 ano e meio ainda perde para a Positivo e a HP..

Problema e Desafios– A Dell crio o primeiro Smartphone ela passo um ano desenvolvendo esse aparelho . 3gs, Touch,com um lindo design chegando primeiro aos brasileiros e também um computador mas leve onde as informações não fica guardadas no disco rígido e sim na internet , Michael Dell em uma reunião com um cliente ele diz: “ queremos que as nossa informações não caia na mão de qualquer um e sim que fique em um espaço preservado” com isso a Dell vem se adequando com os novos desafios.Um dos maiores desafios também e a venda a varejo.

algumas frases que o michael dell falo que muito importante para refletir
Algumas frases que o Michael Dell falo que é muito importante para refletir...
  • ditas por Michael Dell:
  • "É fácil decidir o que fazer. O difícil é decidir o que não fazer." 
  • "Se você pegar um negócio ruim e colocá-lo Online, ele vai continuar sendo um negócio ruim, só que um negócio ruim online." 
  • "É através da curiosidade que nós traçamos o caminho na Dell. Sempre há uma nova oportunidade para se fazer a diferença." 
  • "A idéia de fazer tudo para todos é coisa do passado."
referencias
Referencias:
  • http://www.colunasdehercules.com.br/2011/02/incrivel-historia-da-dell-curiosidades.html
  • http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/historia-da-dell/historia-da-dell-12.php
  • http://www.youtube.com/watch?v=e81MG4W6H1I
  • http://www1.folha.uol.com.br/mercado/1226214-dell-vai-fechar-capital-em-acordo-de-us-244-bilhoes.shtml
  • http://www1.folha.uol.com.br/mercado/1226642-dell-fecha-capital-para-se-reniventar-em-meio-a-crise-no-mercado-de-pcs.shtml