concretos de cimento portland l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Concretos de cimento Portland PowerPoint Presentation
Download Presentation
Concretos de cimento Portland

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 39

Concretos de cimento Portland - PowerPoint PPT Presentation


  • 202 Views
  • Uploaded on

Concretos de cimento Portland. Introdução. “O consumo mundial total de concreto , no ano passado (1963), foi estimado em 3 bilhões de toneladas, ou seja, uma tonelada por ser humano vivo. O homem não consome nenhum outro material em tal quantidade, a não ser a água”. Introdução.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Concretos de cimento Portland' - jillian


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
introdu o
Introdução
  • “O consumo mundial total de concreto , no ano passado (1963), foi estimado em 3 bilhões de toneladas, ou seja, uma tonelada por ser humano vivo. O homem não consome nenhum outro material em tal quantidade, a não ser a água”.
introdu o3
Introdução
  • Fatores: facilidade e disponibilidade de encontrar os materiais que o compõem e a um custo relativamente baixo; facilidade de execução; adaptação a praticamente todo tipo de forma e tamanho; excelente resistência à água e a diversas ações; e ainda, o fato de se apresentar como um material “ecologicamente correto.
breve hist ria das constru es
Breve História das Construções
  • 2,5 milhões de anos: abrigos naturais;
  • Uso de madeira, cipó, pele e osso de animais, galhos, gelo;
  • Uso da pedra.
breve hist ria das constru es5
Breve História das Construções
  • Pirâmides do Egito (2700 à 2200 A.C.)
  • Coliseu de Roma (70 - 82 D.C.)
  • Panteão de Roma (110 - 125 D.C.)
  • Torre de Pisa (1174 - 1350)
breve hist ria das constru es6
Breve História das Construções
  • Sec. XVII e XVII - França (Vauban)
  • Primeiros engenheiros formados pela École des Ponts et Chaussées
  • Revolução Industrial (1760) - ferro e aço
  • Torre Eifel (1889)
breve hist ria das constru es7
Breve História das Construções
  • J. Aspdin - 1824: cimento portland
  • Século XX: concreto armado, protendido, CAR, CAD
  • Edifícios-altos
  • Pontes com mais de 1 km de vão
slide10

Ponte Akashi-Kaikyo (Japão): 3 vãos contínuos, com o central medindo 1,99 km de extensão, e comprimento total de 3,91 km. Foram usados 96.200 ton de aço na sua construção. É, atualmente, a maior ponte suspensa do mundo.

hist rico do concreto
Histórico do Concreto
  • Smeaton e Parker : pesquisas sobre cimento;
  • Smeaton (1791): base do Farol de Eddistone;
  • J. Aspdin (1824) e Vicat: cimento portland;
  • Johnson (1845): cimento atual;
  • Lambot (1849): Barco em cimento armado;
  • Monier (1861): objetos e patentes em cimento armado;
  • Hyatt (1877): patente para viga em concreto armado;
hist rico do concreto12
Histórico do Concreto
  • Mörsch (1902): teoria para o concreto armado;
  • Mörsch e Köenen (1912): princípios do concreto protendido;
  • Freyssinet (1928): pai do concreto protendido;
  • Final da década de 50: CAR (35 MPa)
  • Atualmente: CAD
  • Engenharia & Arquitetura: Oscar Niemeyer
concreto no brasil
Concreto no Brasil
  • Várias obras pioneiras:
    • 1926 - Marquise da Tribuna de Sócios no Jockey Club do Rio: balanço de 22,4 m (recorde mundial);
    • 1930 - Elevador Lacerda: 73 m de altura, maior elevador para fins comerciais do mundo;
    • 1930 - Ponte de Herval: 68 m de vão em viga reta; balanços sucessivos (recorde mundial);
    • 1928 à 1931 - Edifício “A Noite”: 22 pavimentos, com 102,8 m de altura (recorde mundial)
concreto no brasil14
Concreto no Brasil
  • 1969 - Museu de Arte de São Paulo (MASP): laje com 30 x 70 m livres (recorde mundial)
slide15

Concreto no Brasil

  • 1982 - Usina Hidrelétrica de Itaipu: recorde mundial em barragem de gravidade aliviada, com 190 m de altura e mais de 10 milhões de metros cúbicos de concreto
materiais
Materiais

AGLOMERANTE

AGREGADOS

ADIÇÕES

ÁGUA

concreto de qualidade
Concreto de qualidade

MATERIAIS

DOSAGEM

LANÇAMENTO,

ADENSAMENTO

E CURA

PROJETO E

DETALHAMENTO

classifica o dos concretos
Classificação dos concretos
  • Modo de fabricação
    • Fabricado no local;
    • Pré-misturado;
  • Campo de aplicação
    • Concreto massa;
    • Estrutural;
  • Massa específica
    • Pesado:  = 2800 a 5000 kg/m³;
    • Normal:  = 2000 a 2800 kg/m³;
    • Leve:  = 1200 a 2000 kg/m³;
concreto virado na obra
Concreto Virado na Obra
  • Forma popular de dizer que o concreto esta sendo dosado e misturado, no canteiro da própria obra onde será aplicado;
  • Baldes, latas ou caixotes de madeira com dimensões conhecidas, são utilizados para fazer a dosagem dos componentes do concreto volumetricamente;
  • Para a mistura e homogeneização do concreto são utilizadas pás, enxadas, ou pequenas betoneiras elétricas.
concreto pr moldado
Concreto Pré-Moldado
  • Os pré-moldados ou pré-fabricados de concreto são elementos construtivos produzidos fora do local de utilização definitiva, com emprego intensivo de maquinário e sob rigoroso controle de qualidade capaz de garantir a máxima uniformidade dos elementos.
concreto protendido
Concreto Protendido
  • A protensão do concreto é obtida com a utilização de cabos de aço de alta resistência, que são tracionados e fixados no próprio concreto. Os cabos de protensão têm resistência em média quatro vezes maior do que os aços utilizados no concreto armado; 
concreto protendido27
Concreto Protendido
  • Dentro das vantagens que esta técnica pode oferecer, temos a redução na incidência de fissuras, diminuição na dimensão das peças devido à maior resistência dos materiais empregados, possibilidade de vencer vãos maiores do que o concreto armado convencional.
concreto armado
Concreto Armado
  • Chamamos de concreto armado à estrutura de concreto que possui em seu interior, armações feitas com barras de aço;
  • Estas armações são necessárias para atender à deficiência do concreto em resistir a esforços de tração e são indispensáveis na execução de peças como vigas e lajes;
  • As armaduras, além de garantirem as resistências à tração e flexão, podem também aumentar a capacidade de carga à compressão.
concreto colorido
Concreto Colorido
  • Obtido através da adição de pigmentos à mistura, que é feita diretamente no caminhão betoneira, logo após a dosagem dos outros materiais; 
  • Além de ser aplicado para dar um melhor efeito arquitetônico, já foi utilizado em grandes obras para associar uma cor a uma peça que está sendo concretada, eliminando o risco da aplicação do concreto fora do local determinado.
concreto auto adens vel
Concreto Auto Adensável
  • Concreto em que nenhuma vibração interna ou externa é necessária para a sua compactação. É compactado por si só devido sua alta densidade.
  • Composição:
    • Cimento, agregado, água, aditivos químicos e adições minerais
princ pios b sicos do caa
Princípios básicos do CAA

Alta defomabilidade

da argamassa e do concreto

Limitação do teor de

agregado graúdo

Auto-compactação

Uso de

superplastificante

Redução da relação

água/materiais finos

Alta resistência à segregação

da argamassa e do concreto

(DEHN; HOLSCHEMACHER; WEIβE, 2000)

concreto celular

CC 2

CC 3

CC 4

CC 1

Concreto Celular
  • Trata-se de concreto leve, sem função estrutural, que consiste de pasta ou argamassa de cimento Portland com incorporação de minúsculas bolhas de ar. Possui massa específica variando de 400 kg/m³ a 1800 kg/m³.
slide37

Concreto Convencional

Concreto Celular

Espumoso

Brita

Areia

Vazios

Água

Agregados

Cimento

Água

Cimento

 = 1.800 Kgf/m³

 = 400 Kgf/m³

Célula Pré Formada

 = 2.400 kgf/m³

Conforme a NBR 12.645 para paredes :

 = 1.300 a 1900 kgf/m³

concreto de alto desempenho
Concreto de Alto Desempenho
  • O CAD tem resistências superiores a 40 MPa, o que é de extrema importância para estruturas que necessitem ser compostas por peças com menores dimensões; 
  • Além do aumento na vida útil das obras, este concreto pode proporcionar:
    • desformas mais rápidas, diminuição na quantidade e metragem das formas, maior rapidez na execução da obra.