slide1 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
ESTERILIZAÇÃO PowerPoint Presentation
Download Presentation
ESTERILIZAÇÃO

play fullscreen
1 / 21
Download Presentation

ESTERILIZAÇÃO - PowerPoint PPT Presentation

jermaine
132 Views
Download Presentation

ESTERILIZAÇÃO

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. ESTERILIZAÇÃO

  2. ESTERILIZAÇÃO Conceito Processo Instalação Monitoração Normas Palestrante Esterilização / Validação / Qualificação

  3. Conceito Conceito de Infecção Cruzada • • PESSOAL: Baixo nível de higiene, Preparação, etc. • • PACIENTE: Risco de mordedura, mucosa, exame clínico sistemático, ordenado e completo. • • AMBIENTE: Boa Limpeza, Desinfecção e Localização • • MATERIAIS: Limpeza, Desinfecção, Preparo, Esterilização, armazenamento

  4. Conceito Infecção Cruzada O QUE É ISTO ?

  5. Conceito Infecção Cruzada OU ISTO ?

  6. Conceito Infecção Cruzada A RESPOSTA !!

  7. Conceito Infecção Cruzada Geração de partículas por pessoas !!

  8. Conceito Infecção Cruzada

  9. Conceito Esterilização O uso da esterilização visa a inativação de agentes infecciosos, reduzindo o potencial de transmissão de doenças para os profissionais e pacientes (CONNOR, 1991, HOVIUS, 1992). Especialistas dizem que é baixo o risco de transmissão do HIV nos tratamentos de beleza, mas este não é o caso para a transmissão de outras doenças infecciosas,

  10. Processo Processo Limpeza Uso Desinfeção Esterilização

  11. Processo Limpeza e Desinfecção Limpeza Manual

  12. Processo Limpeza e Desinfecção

  13. Processo Limpeza e Desinfecção Biossegurança “Se não está limpo, não pode ser esterilizado”

  14. Processo Qualidade da água de limpeza As impurezas da água, principalmente os sais produzem muitas manchas no instrumental

  15. Processo Embalagem Rolos de Papel Grau Cirúrgico Seladora Envelope de Papel Grau Cirúrgico

  16. Processo Embalagem

  17. Instalação Central de Limpeza, Desinfecção e Esterilização

  18. Monitoração Indicadores de Esterilização Indicador Biológico Indicador Quimico

  19. Normas Normas ABNT Nº. da Norma: NBR – ISO 13485Título: Produtos para a saúde - Sistemas de gestão da qualidade - Requisitos para fins regulamentaresData de Publicação: 07/2004 Nº. da Norma: NBR - 11817Título: Esterilização - Esterilizador a vapor - Esterilizadores pequenos - RequisitosData de Publicação: 08/2001 Nº. da Norma: NBR - 13851Título: Instrumentais cirúrgico e odontológico - Resistência à esterilização em autoclave, à corrosão e à exposição técnica - Requisitos geraisData de Publicação: 05/1997 Nº. da Norma: NBR – ISO 14971Título: Produtos para saúde - Aplicação de gerenciamento de risco em produtos para a saúdeData de Publicação: 11/2004 Nº. da Norma: NBR ISO - 15223Título: Produtos para saúde - Símbolos a serem usados em etiquetas, rotulagem e informações a serem fornecidas com os produtos para saúdeData de Publicação: 04/2004 Nº. da Norma: NBR - 14990-1Título: Sistemas e materiais de embalagem para esterilização de produtos para saúdeData de Publicação: 04/2004 Nº. da Norma: NBR ISO - 13402Título: Instrumentais cirúrgicos e odontológicos - Determinação da resistência à esterilização em autoclave, à corrosão e à exposição térmicaData de Publicação: 05/1997

  20. Palestrante Qualificação ABNT - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS COMÍTE BRASILEIRO DE ESTERILIZAÇÃO - CB-26 PRESIDENTE ISO - INTERNATIONAL ORGANIZATION FOR STANDARDIZATION MEMBRO DO TC-198 ( COM DIREITO A VOTO ) M..S. - MINISTÉRIO DA SAÚDE - COMITE PARA ELABORAÇÃO DA PORTARIA N° 482 - ESTERILIZAÇÃO E.T.O. - MEMBRO DO COMÍTE I.V.T. - INSTITUTE OF VALIDATION TECHNOLOGY MEMBRO HONORÁRIO I.S.P.E. - IINTERNATIONAL SOCIETY FOR PHARMACEUTICAL ENGINEERING MEMBRO DO COMITÊ TÉCNICO

  21. Fim BIOSEGURANÇA É um dever de todos e um direito do cliente. Demonstração de respeito FIM