slide1 l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Diversidade cultural como tema transversal ao Design de Moda Profª Ms Lúcia Rebello PowerPoint Presentation
Download Presentation
Diversidade cultural como tema transversal ao Design de Moda Profª Ms Lúcia Rebello

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 21

Diversidade cultural como tema transversal ao Design de Moda Profª Ms Lúcia Rebello - PowerPoint PPT Presentation


  • 95 Views
  • Uploaded on

Diversidade cultural como tema transversal ao Design de Moda Profª Ms Lúcia Rebello. Pressupostos. Para se viver democraticamente em uma sociedade plural é preciso respeitar os diferentes grupos e culturas que a constituem.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Diversidade cultural como tema transversal ao Design de Moda Profª Ms Lúcia Rebello' - jeanine


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
pressupostos
Pressupostos
  • Para se viver democraticamente em uma sociedade plural é preciso respeitar os diferentes grupos e culturas que a constituem.
  • A convivência entre grupos diferenciados nos planos social e cultural muitas vezes é marcada pelo preconceito e pela discriminação.
pressupostos3
Pressupostos
  • A universidade deve ser local de diálogo, de aprender a conviver, de vivência da própria cultura e respeito as diferentes formas de expressão cultural.
  • É fundamental, para a compreensão do papel do designer na elaboração de produtos, a discussão sobre a diversidade cultural como expressão da identidade de uma sociedade.
cultura um conceito antropol gico roque de barros laraia
Cultura: um conceito antropológicoRoque de Barros Laraia
  • O conceito antropológico de cultura passa necessariamente pelo dilema da unidade biológica e a grande diversidade cultural da espécie humana.
  • Implica uma preocupação com a diversidade de modos de comportamento existentes entre os diferentes povos.
diversidade cultural
Diversidade Cultural
  • A idéia de diversidade está ligada aos conceitos de pluralidade, multiplicidade, diferentes ângulos de visão ou de abordagem, heterogeneidade e variedade.
  • Também, pode ser encontrada na comunhão de contrários, na intersecção de diferenças, ou ainda, na tolerância mútua.
pluralidade cultural
Pluralidade Cultural
  • É a pluralidade cultural que faz do mundo um lugar rico.
  • No entanto, “aceitar as diferenças e enriquecer-se com elas continua a ser um problema que hoje ninguém sabe resolver porque supõe o reconhecimento da alteridade”. (Valente, 1999:63).
  • Levar em conta a pluralidade cultural no âmbito da educação implica pensar formas de reconhecer, valorizar e incorporar as identidades plurais em políticas e práticas curriculares.
precursores do multiculturalismo
Precursores do multiculturalismo
  • Os precursores do multiculturalismo foram professores doutores afro-americanos - docentes universitários na área dos Estudos Sociais – que, por meio de suas obras, levantaram questões sociais, políticas e culturais de interesse para os afrodescendentes.
  • O objetivo era preparar as populações segregadas para exigir igualdade de direitos, estimulando a auto-estima desses grupos e apoiando o debate intelectual sobre questões relativas à discriminação e exclusão social. Um trabalho realizado a partir de argumentos científicos.

Silva & Brandim, 2008

precursores do multiculturalismo8
Precursores do multiculturalismo

“ (...) em 1995, pela primeira vez, foi realizada uma sessão especial sobre o tema multiculturalismo e universidade. Os participantes fomos testemunhas das reticências e reservas que o tema suscitou

no debate”

Vera Candau, 1997:241

slide9

Embora desde o final dos anos 80 algumas universidades brasileiras venham realizando abordagens curriculares numa perspectiva multiculturalista, é nos anos 90 que ocorre um crescimento da produção acadêmica, visando ao aprofundamento da temática.

Gonçalves e Silva, 1998

mas afinal o que significa multiculturalismo
Mas afinal, o que significa Multiculturalismo?
  • Omulticulturalismo é uma estratégia política de reconhecimento e representação da diversidade cultural, não podendo ser concebido dissociado dos contextos das lutas dos grupos culturalmente oprimidos.
  • Multiculturalismo crítico

Segundo o esquema de Peter McLaren(1997) existem quatro vertentes: conservadora ou empresarial, humanista liberal, liberal de esquerda, crítica e de resistência. Neste trabalho destacamos a vertente crítica e de resistência.

multiculturalismo proposta acad mica
MulticulturalismoProposta Acadêmica

Nossa proposta de trabalho,

apoiando-se em McLaren (1997)

defende o multiculturalismo crítico,

para quem as diferenças não têm um fim em si, mas situam-se num contexto de lutas por mudança social, contrapondo-se ao ideário neoliberal e à globalização econômica e cultural vigente, como expressões legítimas do modelo capitalista opressor.

desenvolvimento de uma postura multicultural
Desenvolvimento de uma postura multicultural.
  • A grande meta a ser atingida é a eqüidade, independentemente das diferenças étnicas, sexuais, religiosas etc.
  • Acreditamos que devemos preparar nosso nossos alunos para uma convivência plural e diversa.
design e multiculturalismo transversalidade
Design e MulticulturalismoTransversalidade
  • Desenvolvimento cultural: compreensão das culturas, consciência da discriminação, capacidade de interagir com diferentes culturas.
  • Desenvolvimento de formas de conhecer no Design: observação, visualização, sinestesia, experimentação e construção das próprias idéias.
  • Desenvolvimento de formas de ensinar a ciência: auto-centrada, consciência das diferenças dos estudantes, promoção de mudanças no sistema.
estrat gias metodol gicas
Estratégias Metodológicas
  • Articulação da pluralidade cultural mais ampla à pluralidade da sala de aula.
  • Desestabilização da lógica dominante.
  • Crítica cultural.
  • Ancoragem social do conhecimento.

Ancoragem, está sendo entendida como o processo

que transforma algo estranho em familiar,

transformando e atribuindo características

que o tornem coerente com aquilo que já é conhecido,

de forma que se torne possível categorizá-lo.

pr ticas pedag gicas e culturais
Práticas Pedagógicas e Culturais
  • Observação etnográfica;
  • Debates em sala de aula, onde os alunos buscam identificar diferentes olhares possíveis sobre uma mesma realidade;
  • Dinâmicas que buscam favorecer o pensamento dialético;
  • Atividades lúdicas que visam a interação entre arte, design de moda e novas tecnologias.
pr ticas pedag gicas e culturais16
Práticas Pedagógicas e Culturais
  • Visualidade como modelo de representação do mundo.
  • Percepção e experiência visual cotidiana como estímulo ao processo criativo.
  • Atividades envolvendo intersubjetividade, espaços culturais e corpo.
  • Performances a partir de temas culturais.
  • Estudos sobre semiótica e cultura material.
desafios pr tica pedag gica
Desafios à prática pedagógica
  • Desconstrução de ‘verdades’;
  • Abertura ao diálogo;
  • Aceitação das diferenças como realidades possíveis;
  • Hierarquização das diferentes visões de mundo;
  • Estigma e Preconceito
  • Despreparo docente para lidar com a questão.
considera es finais
Considerações Finais
  • É possível afirmar que a Diversidade Cultural como tema transversal no curso de Design de Moda da Universidade Estácio de Sá tem se apresentado como um caso de sucesso. No entanto, se faz necessário um trabalho de conscientização dos professores sobre a importância da inclusão de estudos culturais como temas transversais, não só nas disciplinas teóricas mas também como suporte à metodologia projectual e ao processo criativo.
  • Resultados positivos têm sido observados tanto no processo de formação coletiva quanto individual dos alunos, favorecendo o respeito entre as diferenças e a leitura de mundo a partir de um olhar mais amplo.
considera es finais19
Considerações Finais
  • No que diz respeito ao desenvolvimento de projetos , os estudos culturais têm alimentado o processo e criativo e se constituído como diferencial na metodologia projectual dos produtos de Design de Moda.
  • No entanto, nem todos os professores estão aptos a trabalhar com a proposta de temas transversais o que requer um trabalho de conscientização e capacitação, principalmente nos que atuam em disciplinas fundamentalmente práticas, tendo em vista que, na maioria das vezes, o fazer encontra-se dissociado do é pensar o fazer .
refer ncias bibliogr ficas
Referências Bibliográficas
  • CANDAU, V. M. Pluralismo cultural, cotidiano escolar e formação de professores. In: CANDAU, V. M. (Org.). Magistério: construção cotidiana. Petrópolis: Vozes, 1997.
  • LOPES, A. C. R. Pluralismo cultural em políticas de currículo nacional. In: MOREIRA, A.F.B. (Org.). Currículo: políticas e práticas. Campinas: Papirus, 1999.
  • McLAREN, P. Multiculturalismo Crítico. São Paulo: Cortez, 1997.
  • VALENTE, A. L. Educação e diversidade cultural: um desafio da atualidade. São Paulo: Moderna, 1999.
  • PEREIRA, C. & CAMINO, L. Representações sociais, envolvimento nos Direitos Humanos e ideologia política em estudantes universitários de João Pessoa.Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2003, vol.16, n.3, pp. 447-460.
  • SILVA, MJA & BRANDIM, MRL. Multiculturalismo e educação:em defesa da diversidade cultural Diversa : Ano I - nº 1 : 51-66 : jan./jun. 2008.
slide21

Lúcia Rebello

Coordenação do Curso Design de Moda

Universidade Estácio de Sá

Campus Petrópolis – Rio de Janeiro, Brasil

rebello.lucia@gmail.com