Download
forma o dos estados unidos da am rica n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Formação dos estados unidos da américa PowerPoint Presentation
Download Presentation
Formação dos estados unidos da américa

Formação dos estados unidos da américa

542 Views Download Presentation
Download Presentation

Formação dos estados unidos da américa

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Os Estados Unidos da América formam um país com cinquenta estados + arquipélago do Havaí + Alasca. Em 1781 quando conquistou a independência o país era formado pelas 13 colônias inglesas do leste. Formação dos estados unidos da américa

  2. A maioria dos atuais estados foram sendo incorporados ao longo do século XIX – por meio de tratados, conflitos ou compra de terras. • Compra do Alasca: 1867 • Incorporação do Havaí: 1898 • A expansão para o oeste foi incentivada pela legislação que visava facilitar o acesso dos colonos a pequenos lotes de terras. Estados Unidos

  3. Alasca

  4. Havaí

  5. Colonos que foram para o oeste: trabalhadores assalariados (norte), escravos fugidos (sul). Entre 1840 e 1860: imigrantes da Grã – Bretanha; da França; Países Baixos; Escandinávia e Alemanha. Expansão para o oeste

  6. Os povos indígenas que ocupavam os Estados Unidos antes da chegada dos europeus reagiram de diferentes formas a invasão de suas terras. • Compravam armas de fogo de contrabandistas e atacavam comunidades de não índios Resistência indígena

  7. 1862: ataque a fazendas e povoados pelo povo sioux. 1865: diversos povos indígenas formaram uma aliança para atacar postos militares em suas terras. 1866: assinatura de tratados e acordos. Resistência indígena

  8. 1876: povos cheyenne e sioux se aliam para combater invasões de garimpeiros em suas terras. Esses conflitos se prolongaram até 1877.

  9. O exército norte-americano usava como tática a destruição de manada de búfalos, principal fonte de alimento dos povos indígenas. Pela falta de comida e os sucessivos ataques os indígenas acabaram derrotados.

  10. É uma concepção que justificava a ocupação do continente americano. Para os colonos Deus lhes dera a missão de ocupar e povoar a América. Os norte-americanos consideravam-se o país da democracia moderna – criadores do sistema político republicano baseado no voto. Destino manifesto

  11. Concepções sobre a segurança dos Estados Unidos e do continente americano expressas em 1823 pelos presidente James Monroe. De acordo com esses princípios os países europeus deveriam respeitar e aceitar a independência dos países americanos. Doutrina Monroe

  12. Caso contrário os Estados Unidos defenderia os países ameaçados. Papel de defensor das demais nações do continente, justificando a intervenção nesses países. Doutrina monroe

  13. Norte: • Agricultura: pequenas e médias propriedades rurais que produziam para o próprio consumo e comercialização nos mercados locais. Mão de obra familiar. • Núcleos urbanos: atividades fabris e comerciais – ampliação e modernização das rede de transportes, construção de estradas e instalação das primeiras rodovias. Diferenças entre norte e sul

  14. Sul: • Economia baseada na grande propriedade rural voltada para a produção de fumo, arroz e algodão. • Mão de obra escrava. • Criação de casa comerciais que exportavam principalmente o algodão para as indústrias inglesas. Diferenças entre norte e sul

  15. Fundação de bancos. Industrialização do Sul: produtos agrícolas – engenhos de açúcar, moinhos de arroz, milho e trigo. Serralherias e manufaturas têxteis. Diferenças entre norte e sul

  16. Norte: defendia a libertação dos escravos. Motivos: expansão da industrialização, substituição da mão de obra escrava pela assalariada. • Sul: grandes proprietários rurais exigiam a continuidade da escravidão. • Lutas contra a escravidão. Escravidão

  17. Conflito civil originado pelas divergências entre nortistas e sulistas. Durou quatro anos (1861 -1865) e causou milhares de mortes. Os nortistas possuíam mais indústrias e produziam armamento de qualidade o que rendeu vantagens em relação aos sulistas, os nortistas venceram o conflito. Guerra da secessão

  18. Guerra da secessão

  19. Organização econômica: • Economia baseada na exportação de matérias-primas e alimentos para a Europa. Lã, cereal e carne (Argentina e Uruguai), cacau (Equador e Venezuela), café (Venezuela e Colômbia), prata (México), cobre (Chile, Peru e Venezuela). • Grandes propriedades rurais; dependência econômica em relação a Inglaterra. América Espanhola

  20. Criollos: camada econômica e social mais forte e controlava as decisões políticas. Grandes proprietários de terras. Mestiços, negros e indígenas: formavam a maior parte da população – condição econômica mais baixa e menor influência política. Organização social

  21. Toledo, Eliete; Dreguer, Ricardo. História. Editora: Atual. São Paulo, 2009. Projeto Araribá - História. Editora: Moderna. São Paulo, 2007. Campos, Flavio de; Miranda, Renan Garcia. A Escrita da História. Editora: Escala Educacional. São Paulo, 2005. Cotrim, Gilberto. História global e geral. Editora: Saraiva. São Paulo, 2007. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

  22. Todas as imagens dessa apresentação estão disponíveis no site de busca Google. iMAGENS