falhas de mercado n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Falhas de Mercado PowerPoint Presentation
Download Presentation
Falhas de Mercado

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 35

Falhas de Mercado - PowerPoint PPT Presentation


  • 89 Views
  • Uploaded on

Falhas de Mercado. Revisão Rápida. Exclusividade. Regime de recursos exclusíveis Uma pessoa pode prevenir outra sobre o uso do recurso Necessário para os mercados existirem Em geral , E-F sao potencialmente exclus í veis N ã o-exclus í veis Não existe direitos de propriedade

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Falhas de Mercado' - idola-swanson


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
exclusividade
Exclusividade
  • Regime de recursos exclusíveis
    • Uma pessoa pode prevenir outra sobre o uso do recurso
    • Necessário para os mercados existirem
    • Em geral, E-F sao potencialmente exclusíveis
  • Não-exclusíveis
    • Não existe direitos de propriedade
    • Não se pode cobrar pelo uso
  • Alguns recursos são não-exclusíveis por natureza. Nenhum deles e essencialmente exclusível.
rivalidade
Rivalidade
  • Recursos rivais
    • O uso por um indivíduo diminui a disponibilidade para outro indivíduo
    • Todos os recursos E-F são rivais
  • Recursos não-rivais
    • O uso por um indivíduo não diminui a disponibilidade para outro indivíduo
    • O racionamento através de preços é ineficiente
    • Todos os recursos não rivais são F-S
  • Recursos anti-rivais
  • Característica nata do recurso, não como resultado de instituições
qual e a institui o apropriada
Qual e a instituição apropriada?

Sem direitos

de propriedade

Direitos de

propriedade

Regime de livre acesso:

Bens ecossistêmicos sem proprietário, capacidade de absorção de resíduo não regulado (CO2 nos EUA)

Bem de mercado:

Muitos bens ecossistêmicos, capacidade de absorção de resíduo regulado (ex. CO2 na Europa)

Rival e escasso

Concorrência

Bem puramente publico:

a maioria dos serviços ecossistêmicos,informação não patenteada

Mercado ineficiente (tragédia dos não comuns):

informação patenteada, biodiversidade (informação genética)

Não Rival ou abundante

Cooperação

r e gime de acesso livre
Regime de Acesso Livre

A “Tragédia dos Comuns”

Propriedade comum vs. acesso livre

Mecanismo de retroalimentação perversa

Precisam ser racionados

Oferta: Precisa de governo ou outra instituição que pode regular acesso

“Propriedadizar”

Consumo: racionamento

Relação com escala

slide7

Meu pai tinha um ditado: se você vender um peixe a um homem, você vai ganhar bem a vida, se ensiná-lo a pescar, você é estúpido.”

bens p blicos
Bens Públicos

“Free-riding”

Não existe preço, sinal de retroalimentação

escassez  aumento de preço  inovação

  • Falta de incentivos para os produzir
  • Falta de incentivos para criar tecnologias que os produzem
  • Oferta: Provisão cooperativa (Governo ou outras instituições)
  • Consumo: Livre acesso
bens p blicos cont
Bens Públicos (cont.)

Entusiastas do mercado livre não negam o problema de bens públicos, mas afirmam que não são muito importantes

Escala ecológica e bens públicos

As funções de apoio de vida são importantes?

A importância crescente dos bens públicos relativa aos bens privadas

A ilha precisa de mais prédios privados, ou infra-estrutura publica?

n o rival e exclus vel trag dia dos n o comuns
Não Rival e ExclusívelTragédia dos Não-comuns

Provisão deve ser cooperativa. Governo não deve proteger monopólio

Consumo deve ser livre acesso

Porque existem patentes?

Quando originaram patentes?

1790s nos EUA

1947 internacional, raramente usados antes dos 1980s

os patentes promovem uma escala ecol gica sustent vel
Os patentes promovem uma escala ecológica sustentável?

Não criam incentivos para prover ou preservar bens públicos

Aumentam custos para pesquisas que promovem o bem estar publico

Preços racionam uso de tecnologias verdes a aqueles que tem dinheiro, quando solucionar os problemas exigem que todo mundo use.

Exemplos: Tecnologias novas para energia solar eficiente e barato, tecnologias que não acabam com a camada de ozônio, gripe aviaria

os patentes promovem uma distribui o socialmente justo
Os patentes promovem uma distribuição socialmente justo?
  • Samuel Slater, “Pai da Industria Americana”
  • 97% dos patentes pertencem aos países desenvolvidos
  • Aumentam custos para pesquisas que satisfazem as necessidades dos pobres.
    • Arroz dourado
  • “encima dos ombros dos gigantes”
os patentes promovem aloca o economicamente eficiente
Os patentes promovem alocação economicamente eficiente?
  • Patentes são monopólios
  • Informação é não-rival
  • Corporações competindo para patentes não compartilham o conhecimento.
  • Patentes demais estão retardando o pregresso da ciência
    • Stiglitz
    • Invenções medicas
monop lios naturais
Monopólios Naturais
  • Custos fixos altos
  • Custos marginais baixos
  • Exemplo de dois sistemas de operação: Mac e Windows
    • Custo fixo: $100 milhões
    • Custo marginal $2
    • Cada um vende um milhão: custo = $102
    • Mac vende 0.9 milhão, custo > $113
    • Windows vende 1.1 milhão, custo < $92
monop lios naturais1
Monopólios Naturais
  • Exclusivel
  • Não-rival ou abundante
    • Informação
    • Sistemas de água, esgoto, eletricidade,
  • Provisão: setor publico (pode ser regulador)
  • Consumo (mais que preço marginal se o setor privado financia)
externalidades
Externalidades

Definição

uma atividade por um agente causa uma perdida (aumento) no bem estar de outro agente

A perdida (aumento ) de bem estar não esta compensada

Completamente interno ao processo econômico. Por que?

Externalidades e a maximização de lucro

Como são relacionados ao bens públicos?

exemplos
Exemplos

Positivas

Valor da terra

Sistemas publicas de saúde

Produção de mel

Educação

Negativas

Depleção de estrutura dos ecossistemas

Emissão de resíduos

Barulho

Uso de antibióticos na agricultura

slide20

Valor dos Mangues

  • Estrutura, matéria prima
    • Madeira para construção, carvão, comida
  • Função, serviços
    • Habitat, viveiro
    • Proteção contra e tempestades
    • Absorção de resíduos
    • Regulação da clima (seqüestro de carbono)
slide21

Carcinocultura

  • Lucro alto no curto prazo; promovido pelos economista
  • Camarão e peixe por 3-7 anos
    • Carnívoros, redução na produção liquida de frutos do mar
  • Menos proteína que sistema intacto
  • Produção enorme de resíduos
  • Destruição irreversível (?) do ecossistema
slide22

Porque Convertir?

  • Menos produção de frutos do mar
  • Menos produção de serviços ecossistêmicos
  • Impactos terríveis nas comunidades vizinhos
    • Filipinas
    • Chile
    • Equador
  • O dono fica com os benefícios, e a sociedade com os custos
que podemos fazer
Que Podemos Fazer?

Regulações

Proibições

APP, RL

Melhores praticas de manejo

Melhores tecnologias acessíveis

Limites na produção

Economistas dizem que não são custo-eficientes

direitos de propriedade
Direitos de Propriedade

Quem e o dono dos serviços ecossistêmicos, do meio ambiente

Direitos do poluidor

Direitos do sofredor

E gerações do futuro?

externalidades timas
Externalidades Ótimas

Custos de transação

Sem custos de transação nao ha externalidades

custos de transação para externalidades que afeitam bens publicos?

Efeito da riqueza

Externalidades entre gerações

impostos
Impostos

Usa imposto para aumentar preço

Preço determina a quantidade de externalidade (Q)

Que acontece quando a demanda muda?

Que acontece quando o valor dos impactos ambientais mudam?

cotas
Cotas

Usa cota para determinar externalidade/impacto ambiental

Que acontece quando a demanda muda?

Que acontece quando o valor dos impactos ambientais mudam?

fundo comum
“Fundo Comum”
  • Direitos de propriedades comuns
  • Manejado para esta e futura gerações
  • Impõe escala sustentável
  • Leilão de permissão para usar
  • Divide a renda, ou investe pelo bem comum
  • Internaliza externalidades
ignor ncia e incerteza
Ignorância e Incerteza

Mercados perfeitos exigem informação perfeita

Informação assimétrica

Premio Nobel in 2000

Teoria do limão

Ignorância Irreduzível

Funções dos ecossistemas

Tecnologias futuras

forma o assim trica das prefer ncias
Formação assimétrica das preferências

De onde vem as nossas preferências?

A propaganda sistematicamente cria preferências para bens de mercado, e quase nunca por bens públicos

mercados ausentes
Mercados Ausentes

Para um mercado funcionar, todo mundo precisa poder participar

Gerações do futuro não podem participar

A Mona Lisa venderia por quanta numa leilão na Barra da Lagoa?