Download
fontes de energia n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Fontes de energia PowerPoint Presentation
Download Presentation
Fontes de energia

Fontes de energia

306 Views Download Presentation
Download Presentation

Fontes de energia

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Fontes de energia

  2. Recursos naturais são todos os bens fornecidos pela natureza e que são passíveis de uso pela humanidade. Esses recursos podem ser divididos em dois grandes grupos: • Renováveis – renovação em período curto de tempo; • Não-renováveis – não são passíveis de recomposição em um curto período de tempo;

  3. Com o aumento populacional e a demanda crescente por recursos naturais, estudiosos passaram a desenvolver a idéia conhecida como desenvolvimento sustentável. • O desenvolvimento sustentável consiste em aliar o desenvolvimento econômico com a conservação ambiental, sem comprometer as necessidades das gerações futuras. Desenvolvimento sustentável

  4. Energia é a capacidade de produzir trabalho. • Os combustíveis fósseis — petróleo, carvão mineral e gás natural — fornecem 80% da energia mundial.

  5. O petróleo ou “óleo de pedra”, só pode ser encontrado em bacias sedimentares, pois esse recurso energético é resultante de transformações sofridas por matéria orgânica sobre certas condições específicas de calor e pressão. • Pode ser encontrado tanto em áreas continentais como nas plataformas continentais. Petróleo

  6. Ele é um recurso natural, ainda que não-renovável, capaz de fornecer centenas de subprodutos, dentre os quais se destacam: • a gasolina; • o óleo diesel; • os plásticos; • os lubrificantes; • a borracha sintética, etc. Petróleo

  7. PRÓ: • Número relativo de reservas; • Excelente queima; • Mantém boa relação de custo-benefício; CONTRA: • Concentração de reservas; • É um dos maiores poluidores do ar; • Riscos ambientais ao transportar;

  8. O carvão mineral é o resultado de transforma-ções químicas que se processaram a partir de grandes florestas soterradas em antigos períodos da história geológica da Terra. • Ele é portanto, um combustível fóssil, que, assim como o petróleo, só pode ser encontrado em bacias sedimentares. • Seus principais estágios de formação são: turfa linhito  hulha  antracito

  9. Os maiores produtores mundiais de carvão

  10. PRÓ: • É abundante em um grande número de países; • Facilidade de armazenamento; CONTRA: • É o maior poluidor dos combustíveis fósseis (cinzas e gases); • Sua exploração torna as áreas mineradas erodidas e acidificadas;

  11. Em 1880, cerca de 97% da energia consumida no mundo provinha do carvão. • Desde então o petróleo veio pouco a pouco tomando o lugar de destaque do carvão pelos motivos a seguir: • Preço inicialmente baixo (custava $ 3,00 o barril!!!); • Elevado poder calorífico; • Facilidade de transporte (oleodutos e petroleiros);

  12. Essa fonte de energia é encontrada na natureza associada ou não ao petróleo. • É usado como combustível em termelétricas, em aquecimento, como combustível de automóveis, caldeiras e fornos e como matéria-prima na indústria química. Gás natural

  13. Entre os combustíveis fósseis o gás natural é o que apresenta os mais baixos índices de emissões de poluentes. • Sua exploração vem crescendo devido: • Às fartas reservas mundiais; • À rapidez e aos baixos custos na exploração; Gás natural

  14. PRÓ: • Existem grandes reservas no mundo; • Menos poluidor que o carvão e o petróleo; CONTRA: • Necessita infra-estrutura e transporte especializado; • Os extensos gasodutos podem gerar problemas políticos

  15. A energia nuclear pode ser obtida em usinas através da fissão (ou quebra) e por fusão (ou colisão) de átomos. • São utilizados como matérias-primas para a energia nuclear os minerais radioativos, como ― o plutônio, o tório e o urânio ―, sendo o último praticamente o único usado na geração de energia atômica. Nuclear

  16. A fissão nuclear é controlada em uma usina onde o uso de um quilo de urânio corresponde à queima de 3 mil toneladas de carvão ou ainda de 12 mil barris de petróleo. Nuclear

  17. Carvão Petróleo Gás Natural

  18. O Brasil possui a sexta maior reserva de urânio do mundo. • A reserva brasileira é estimada em 309,3 mil toneladas, segundo a INB (Indústrias Nucleares do Brasil). • As principais jazidas do país estão nos Estados da Bahia, Ceará, Minas Gerais e Paraná. • Em Itataia (interior do CE), está a maior reserva de urânio do país, com cerca de 142,5 mil toneladas. Nuclear

  19. PRÓ: • Reservas abundantes no mundo; • Não emite poluentes; • O avanço tecnológico tornou as usinas mais seguras; CONTRA: • Exige um grande investimento inicial; • Risco de acidente nuclear; • Produz lixo radioativo;

  20. Quando um nêutron atinge o núcleo de um átomo de urânio-235, divide-o e ocorre a emissão de 2 a 3 nêutrons. Parte da energia que ligava os prótons e os nêutrons é liberada em forma de calor. • Este processo é denominado fissão nuclear.

  21. Processo que ocorre nas estrelas que produzem sua própria energia pela fusão nuclear de átomos leves. • A dificuldade de se realizar a fusão é que ela requer temperaturas acima de 100 milhões ºC. • É necessário que uma certa quantidade de plasma de deutério-trício seja confinada por campos magnéticos intensos durante um tempo suficiente para que as reações de fusão possam acontecer.

  22. Seu uso para geração de eletricidade teve início na segunda metade do século XX. • A energia é gerada no momento em que a água passa pelas turbinas hidráulicas que movem um gerador de eletricidade com a sua força. Hidráulica

  23. A energia hidráulica é uma das fontes mais baratas para a produção de eletricidade, além de ser a priori, renovável. • As usinas respondem por 18% da energia elétrica global, e são responsáveis pelo fornecimento de 50% da eletricidade em 63 países e por 90% em outros 23 entre eles o Brasil. Hidráulica

  24. PRÓ: • A energia gerada é renovável; • Não poluente e comparativamente barata; CONTRA: • Exige um grande investimento inicial; • Gera forte impacto ambiental; • Produção dependentes do regime de chuvas;

  25. O aproveitamento dessa energia começou a ser utilizada em 1959 nos EUA, como forma de geração de energia elétrica para os satélites. • Os módulos de energia fotovoltaica aumentaram de 35 MW para 600 MW . • Ela é utilizada em pequena escala como uma forma atrativa de fonte de energia para lugares isolados, distantes das redes elétricas.

  26. PRÓ: • Índice zero de poluição; • Útil como fonte complementar de energia em áreas isoladas; CONTRA: • Preço proibitivo para uso em larga escala; • Só funciona bem em áreas ensolaradas;

  27. Uma usina eólica é composta de grandes hélices e vários geradores eólicos instalados em locais onde a velocidade do vento é adequada. A força do vento movimenta as hélices, que acionam os geradores, produzindo energia elétrica. Eólica

  28. Existem, atualmente, mais de 30.000 turbinas eólicas de grande porte em operação no mundo, com capacidade instalada da ordem de 13.500 MW. • O Ceará dispõe hoje do maior potencial de geração de energia eólica do País, ou seja, 25 mil MW no continente e mais d 10 mil MW no mar (off-shore). Eólica

  29. PRÓ: • Índice zero de poluição; • Útil como fonte complementar de energia tradicionais; CONTRA: • Instável, está sujeita às variações do vento; • Equipamentos são caros e barulhentos;

  30. As fontes orgânicas que são usadas para produzir energia são chamadas de biomassa. • O biodigestor é o aparelho utilizado para realizar o processo de decomposição do material orgânico e a produção de gás que será queimado em usinas ou residências. • São exemplos de seu uso: o Proálcool, o Biodiesel, o bagaço da cana e biodigestores.

  31. Biodiesel Bagaço Álcool Carvão vegetal Biodigestor

  32. PRÓ: • Aproveita restos, reduzindo o desperdício; • O álcool e o biodiesel são equivalentes à gasolina, entretanto menos poluidores; CONTRA: • O uso em larga escala esbarra na sazonalidade; • Dependendo de como se queima pode ser muito poluente;

  33. É um modo de geração de eletricidade através da utilização da energia contida no movimento de massas d'água devido às marés. • Dois tipos de energia maremotriz podem ser obtidas: energia cinética das correntes devido às marése energia potencial pela diferença de altura entre as marés alta e baixa.