slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Secretaria da Educação e Cultura Maria Auxiliadora Seabra Rezende PowerPoint Presentation
Download Presentation
Secretaria da Educação e Cultura Maria Auxiliadora Seabra Rezende

Loading in 2 Seconds...

  share
play fullscreen
1 / 28
hermione-demetra

Secretaria da Educação e Cultura Maria Auxiliadora Seabra Rezende - PowerPoint PPT Presentation

87 Views
Download Presentation
Secretaria da Educação e Cultura Maria Auxiliadora Seabra Rezende
An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author. While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Governo do Estado do Tocantins Marcelo de Carvalho Miranda Secretaria da Educação e Cultura Maria Auxiliadora Seabra Rezende

  2. PROGESTÃO MÓDULO IV

  3. Como promover o sucesso da aprendizagem do aluno e sua permanência na escola?

  4. ENSINAR A APRENDER NA ESCOLA:O QUE SABEMOS HOJE?UNIDADE1 Objetivos Identificar a relação entre desenvolvimento e aprendizagem é vista pelas diferentes correntes psicológicas.

  5. Relacionar os princípios básicos que orientam a pratica pedagógica contemporânea. Destacar a motivação como fator central na escola de qualidade.

  6. O que sabemos? Função da escola; Facilitar do acesso ao conhecimento; Promover o desenvolvimento dos alunos; Identificar o sujeito na construção do saber; Fatores que facilitam a aprendizagem;

  7. TEORIAS SOBRE DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM ( correntes) BEHAVIORISTAS o ambiente é a variável mais forte na formação dos seres humanos; toda vez que aprendemos também nos desenvolvemos; Fatores internos – próprio sujeito.

  8. INTERACIONISTA Relação estabelecida entre os seres humanos e o ambiente; Considera fatores internos e externos;

  9. GRUPOS Construtivistas – Piaget a formação dos seres humanos resulta da ação do sujeito sobre o ambiente em que vive. Sociointeracionistas – Vygotski tornamos seres humanos apenas na interação com outros seres humanos.

  10. PRINCÍPIOS DA APRENDIZAGEM História Autoconceito Aprendizagem Novos conhecimentos Elogios Aprendizagem vivenciada Repetição de forma interessante Aprendizagem – erros Estilo- cognitivo Aprender a aprender

  11. MOTIVAÇÃO Interesse Curiosidade Conhecimento Empenho Força de vontade

  12. PROFESSOR AJUDEM SEUS ALUNOS: Conhecer dificuldades; Identificar interesses e talentos; Conhecer mais sobre o assunto tratado; Diferentes abordagens; Diferentes estratégias de aprendizagem; Contexto de aplicação do conhecimento; Valorizar o que estão aprendendo; Proteger-se de distrações/sono/preguiça.

  13. COMO FAZER? Sala organizada –concentração; Professores pacientes e competentes para lidar com erros; Aprendizagem desafiadora; Tarefas interessantes.

  14. TRABALHO PEDAGÓGICO:AÍ ESTÁ O FOCO!UNIDADE 2 Objetivos Identificar os aspectos essenciais para o bom desempenho da escola.

  15. Estabelecer as metas a serem contempladas na organização do trabalho pedagógico. Relacionar as condições que favoreçam a construção de conhecimentos.

  16. Relacionar o trabalho escolar com o sucesso do processo de ensino e aprendizagem.

  17. Destacar os aspectos centrais da legislação que tratam do trabalho pedagógico e de sua organização. Definir o papel do gestor no desenvolvimento de um trabalho pedagógico de qualidade.

  18. Orquestra – equipe escolar Maestro -gestor Partitura- PPP Arranjo na medida de seus alunos .

  19. ESCOLA Compromisso; Trabalho coletivo; Liderança; Organização do trabalho escolar; Organização do ensino; Organização do tempo; Organização do espaço; Currículo; Perspectivas.

  20. PRÁTICA PEDAGOGICA:TODO CUIDADO É POUCO!UNIDADE 3 OBJETIVOS Identificar formas de organizar o trabalho pedagógico em sala de aula, de modo a atender às necessidades de seus alunos;

  21. Lidar com a diversidade de questões que surgem na sala de aula, estabelecendo prioridades e intermediando e resolvendo conflitos, sempre que eles surjam na relação professor- aluno.

  22. VISÃO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA Organização e dinâmica da sala de aula; Planejamento; Regras; Disposição dos moveis e materiais ; Construção de espaço de aprendizagem; Interações sociais; Linguagem; Finalidades; Desafios; Representações.

  23. AVALIAÇÃO:PRÁTICA A FAVOR DOS ALUNOS OU CONTRA ELES?UNIDADE 4 OBJETIVOS Identificar o processo de avaliação da aprendizagem como um instrumento de gestão.

  24. Apontar os mitos que em sua escola cercam a avaliação e indicar caminhos que ajudem a derrubá-los. Analisar, na LBD, a importância da avaliação em uma escola efetivamente democrática.

  25. FOCO DO MÓDULO • Concepção de ensino –aprendizagem • Trabalho coletivo • Sucesso e permanência do aluno • Papel da liderança na organização escolar

  26. AUTORES DO MÓDULO Marta Wolak Grosbaum Claudia Leme Ferreira Davis