slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
AMAR É... PowerPoint Presentation
Download Presentation
AMAR É...

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 15

AMAR É... - PowerPoint PPT Presentation


  • 83 Views
  • Uploaded on

AMAR É. AMAR É. AMAR É... 100 SANTOS EM 2000 ANOS DE CRISTIANISMO. ASSOCIAÇÃO QUERIDOS FILHOS. 2ª SÉRIE – 11 a 20. "Queridos filhos! Imitem a vida dos santos; E que eles sejam um exemplo para vocês!" . Santo André – Apóstolo – séc I.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'AMAR É...' - heriberto


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

AMAR É...

AMAR É...

slide2

AMAR É... 100 SANTOS EM 2000 ANOS DE CRISTIANISMO

ASSOCIAÇÃO QUERIDOS FILHOS

2ª SÉRIE – 11 a 20

"Queridos filhos! Imitem a vida dos santos; E que eles sejam um exemplo para vocês!"

slide3

Santo André – Apóstolo – séc I

Egéas disse: “a morte na cruz não é mistério, antes vergonha e castigo”

Foi chamado por Jesus quando com seu irmão Pedro lavavam as redes. Jesus disse:Vinde após mim e vos farei pescadores de homens.

Pelos anos 70dC ele dirigia a Igreja na Acaia que era muito perseguida pelo governador Egéas. Ele foi ao governador para defender a Igreja explicando a sua doutrina.

Respondeu o governador: “Os judeus crucificaram Jesus por causa desta doutrina” Ele respondeu: “Se compreendesses quem é Ele, se compreendesses o mistério da cruz...” Egéas disse: “É um absurdo ser discípulo de um crucificado” O apostolo disse: “Se quiseres tornar-te seu discípulo eu te explicarei esse mistério...” Egéas disse: “Se não renderes honra aos deuses eu te mandarei à flagelação e à cruz visto lhe teres tanta veneração...” Pregado na cruz ele permaneceu por 2 dias até entregar sua alma a Deus.

11

André respondeu: “ é uma coisa e outra: é um castigo por que por ela nos foi tirada a culpa e é um mistério porque o objeto do castigo foi transformado em Graça que nos garante a Vida Eterna”

slide4

Santo Inácio de Antioquia – séc II

“Venha sobre mim o que for...contanto que fique unido a Cristo. Melhor é morrer por Cristo que reinar no mundo”.

Bispo de Antioquia foi discípulo de São João Evangelista o apóstolo que permaneceu ao lado da Virgem Maria no monte calvário na crucifixão de Jesus.

Acusado de ser cristão foi levado à capital do império para ser martirizado em meio a uma festa do Imperador Trajano. Em sua viagem até Roma foi escoltado por dez soldados.

Durante a viagem até Roma escreveu sete cartas aos cristãos revelando o seu grande amor a Cristo, à Igreja e aos irmãos que deveriam se manter firmes e puros na fé.

Foi devorado por leões em 20 de dezembro do ano 107 no Coliseu diante de milhares de expectadores.

12

“Sou trigo de Deus, pronto para ser triturado pelos dentes das feras para que possa ser pão imaculado de sacrifício por Cristo”

slide5

Santa Cristina – séc III

Urbano insistiu para que sua filha cumprisse suas ordens a ameaçando com severa punição se não abandonasse a fé cristã.

Urbano, oficial do exército em Tiro, realizava interrogatórios e torturava cristãos em sua casa.

Sua filha se admirava da paciência, serenidade e alegria com que eles sofriam todas as crueldades.

Foi esclarecida na fé cristã e tornou-se cristã. Passou a ir à Santa Missa nas madrugadas, visitar os cristãos presos e auxiliar aos pobres.

Descoberta foi torturada pelo próprio pai e depois por outro oficial do exército que a condenou à morte por uma flechada.

13

“Pai, deixar a vida não me custa, abandonar a minha fé, isto nunca”

slide6

São Firmino, Bispo e mártir – séc. III

“Dois sacerdotes do culto pagão, Arcádio e Rômulo o perseguiram ardilosamente”

Devido à sua sabedoria e virtudes o povo desejou que ele fosse seu guia e assim foi ordenado sacerdote e bispo na Gália (França).

Respondia com firmeza aos ataques das autoridades contra os cristãos e era constantemente ameaçado, porém muito respeitado por sua sabedoria.

Quando assumiu o bispado de Miens em pouco tempo converteram-se mais de 3000 pessoas.

Alarmado por estas conversões o governador mandou prendê-lo, mas, por medo do povo que o venerava, não teve coragem de sentenciá-lo em público. Foi decapitado na prisão.

14

“Diante de sua sabedoria em defesa da fé cristã ambos se tornaram cristãos”

slide7

Santa Margarida, Virgem e mártir – séc III

O prefeito disse com escárnio: “Bendize agora o teu Jesus Cristo de quem te dizes esposa, dize-lhe que te ajude, que te livre do fogo...”

Filha de um sacerdote dos cultos pagãos que odiava os cristãos e órfã de mãe muito cedo foi educada ocultamente na fé cristã por uma empregada.

Quando o pai descobriu fez de tudo para ela abandonar a fé e não conseguindo a mandou para trabalhos forçados e depois a denunciou ao prefeito como sendo cristã.

Este mandou prende-la, tortura-la e por fim, como não negou a fé, foi queimada sobre chapas de ferro em brasa

15

Margarida respondeu com calma: “Este fogo aqui não chega até a minha alma. Farias muito bem se não te esquecesses do fogo eterno que queimará a tua alma eternamente se não te converteres.”

slide8

São Sebastião - séc III

Nasceu e foi educado como cristão. Alistou-se no exército para ter acesso às prisões e poder mitigar os sofrimentos dos cristãos.

Sua figura como soldado tanto agradou ao Imperador que foi nomeado chefe da guarda imperial. Nesta posição tornou-se o grande benfeitor dos cristãos encarcerados.

Quando o imperador Diocleciano soube que ele convertia a muitos à fé cristã o chamou e exigiu que a renunciasse e sacrificasse aos deuses pagãos.

Ele não aceitou e foi condenado à morte amarrado em uma árvore e por meio de setas.

O papa Caio aconselhou aos cristãos que não se sentissem preparados para sofrer o martírio que saíssem da cidade.

16

Sebastião escolheu ficar para apoiar aos cristãos e o papa lhe disse: “pois bem, meu filho, fica na arena da luta como defensor da Igreja de Cristo”.

slide9

Santa Bibiana – Virgem e mártir - séc IV

O corpo da mártir foi atirado aos cães, mas eles não se aproximaram dela

Pertencia a uma família de mártires. Seu pai (São Floriano), sua mãe (Santa Dafrosa) e suas irmãs derramaram o seu sangue em testemunho da fé em Jesus Cristo. Foi entregue a uma mulher de má fama para que se desviasse da fé. Mas ela não se desviou.

Levada ao tribunal sofreu todo tipo de ameaças do juiz onde ela pode reafirmar corajosamente a sua fé não cedendo em nada e se dispondo a morrer por Cristo e sua Igreja.

Atada a uma coluna foi açoitada até a morte com um chicote com bolas de ferro na ponta.

17

Os cristãos a recolheram e deram-lhe honrosa sepultura ao lado dos pais e das irmãs

slide10

São Vitor – séc IV

“Maximiano exigiu que prestasse homenagem à Júpiter”

O Imperador Maximiano com uma legião de soldados chegou em Marselha onde havia uma florescente comunidade cristã. Esta chegada fez os cristãos preverem dias de terror.

Ele era um soldado, mas era cristão e visitava à noite as casas dos cristãos para animá-los a perseverarem na fé.

Tendo sido descoberto foi levado ao Imperador que mandou que ele fosse arrastado pelas ruas da cidade e depois preso.

Os soldados que o guardavam foram convertidos por ele e batizados. Depois todos foram mortos. Ele numa roda de moinho.

18

“Eu só creio em Jesus Cristo sejam quais forem os tormentos a que quiseres me condenar”.

slide11

Santa Catarina de Alexandria Virgem e mártir – séc IV

De família nobre e de muita sabedoria desde cedo estudou os fundamentos da fé cristã e jovem já participava em discussões públicas com filósofos saindo-se sempre vitoriosa e convertendo a muitos.

O Imperador prometeu um prêmio a quem conseguisse afastar a jovem da fé cristã. Também aqueles que foram disputar com ela se converteram e pediram o batismo e foram, por isso, martirizados.

Admirado o imperador prometeu torna-la Imperatriz se abandonasse a fé cristã. Ela não aceitou. Foi presa, torturada e por fim decapitada

Durante onze dias Catarina foi sujeita a toda ordem de sofrimentos. Duras flagelações revezavam com desumanas privações

19

O resultado foi que muitos que visitaram a vítima das iras imperiais se converteram ao cristianismo

slide12

São Liberato - Abade – séc V

“Só um Deus conhecemos, temos uma só fé, um só batismo. Nossa esperança é de ficarmos sempre na fé da Igreja”

Unerico, rei dos vândalos na África, mandou prender o abade e mais seis monges do mosteiro de Kaspa para força-los a negarem a fé em Jesus Cristo.

Como não abandonaram a fé foram condenados à morte amarrados num barco a ser incendiado.

A lenha não se acendeu e eles foram mortos a golpes de remo e jogados no mar.

Seus corpos foram recolhidos na praia.

20

“Disponde de nossos corpos como quiserdes. Preferimos sofrer no mundo a penar na eternidade”

slide14

AMAR É... 100 SANTOS EM 2000 ANOS DE CRISTIANISMO

2ª SÉRIE – 11 a 20

PPS Produzido por Dr. Dário Antônio da Silva Mattos

Associação Queridos Filhos - www.queridosfilhos.org.br

Fontes bibliográficas: 1. Lehmann, Pe João Batista – Na Luz Perpétua – 4ªed vv1e2.- Ed.Lar Católico, 1956; 2. Internet