ILUMINAÇÃO - PowerPoint PPT Presentation

slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
ILUMINAÇÃO PowerPoint Presentation
Download Presentation
ILUMINAÇÃO

play fullscreen
1 / 25
ILUMINAÇÃO
230 Views
Download Presentation
hart
Download Presentation

ILUMINAÇÃO

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. ILUMINAÇÃO

  2.  INTRODUÇÃO • Luz • Fluxo luminoso • Intensidade Luminosa • Iluminância • Ângulo de Radiação • Fator ou Índice de Reflexão • Luminância • Vida/Durabilidade de uma lâmpada • Vida mediana • Vida média • Vida útil ou Custo/Benefício

  3.  ESPECTRO VISÍVEL

  4.  TONALIDADE E REPRODUÇÃO DAS CORES

  5.  CARACTERÍSTICAS DAS LÂMPADAS

  6.  FUNDAMENTOS DO PROJETO DE ILUMINAÇÃO • Escolhadalâmpada edalumináriamaisadequada. • Cálculodaquantidadedeluminárias. • Disposiçãodaslumináriasno recinto. • Cálculo de viabilidade econômica.

  7.  DESENVOLVIMENTO DE UM PROJETO DE ILUMINAÇÃO 1)Determinação dos objetivos da iluminação e dos efeitos que se pretende alcançar. 2)Levantamentodasdimensõesfísicasdolocal,lay-out,materiaisutilizadosecaracterísticasdaredeelétricanolocal. 3)AnálisedosFatoresdeInfluêncianaQualidadeda Iluminação. 4)Cálculodailuminaçãogeral(MétododasEficiências). 5)Adequaçãodosresultadosaoprojeto. 6)Cálculodecontrole.

  8.  DESENVOLVIMENTO DE UM PROJETO DE ILUMINAÇÃO • 7)Definiçãodospontosdeiluminação. 8)Cálculodeiluminaçãodirigida. 9)Avaliaçãodoconsumoenergético. 10)Avaliaçãodecustos. • 11)Cálculoderentabilidade.

  9.  FATORES DE INFLUÊNCIA NA QUALIDADE DA ILUMINAÇÃO • Nível de Iluminância Adequada

  10.  FATORES DE INFLUÊNCIA NA QUALIDADE DA ILUMINAÇÃO • Limitação de ofuscamento

  11.  FATORES DE INFLUÊNCIA NA QUALIDADE DA ILUMINAÇÃO • Proporção harmoniosa entre luminâncias

  12.  FATORES DE INFLUÊNCIA NA QUALIDADE DA ILUMINAÇÃO • Efeitos da luz e sombra • Reprodução de cores

  13.  FATORES DE INFLUÊNCIA NA QUALIDADE DA ILUMINAÇÃO • Ar condicionado e Acústica

  14.  RECOMENDAÇÕES DE ERGONOMIA PARA ILUMINAÇÃO DOS AMBIENTES DE TRABALHO • Nível de iluminamento deve ser adequado. • Evitar reflexos e ofuscamentos. A - Iluminação Direta / B - Iluminação Semi-direta / C- Iluminação Difusa / D - Iluminação Semi-indireta / E - Iluminação Indireta

  15.  RECOMENDAÇÕES DE ERGONOMIA PARA ILUMINAÇÃO DOS AMBIENTES DE TRABALHO • Evitar reflexos e ofuscamentos.

  16.  RECOMENDAÇÕES DE ERGONOMIA PARA ILUMINAÇÃO DOS AMBIENTES DE TRABALHO • Formas de reduzir os reflexos nas telas de terminais de vídeo de computador • O tamanho do objeto deve ser adequado. • Deve existir um bom contraste dos limites do objeto.

  17. ILUMINAÇÃO DOS AMBIENTES DE TRABALHO • FATORES QUE MERECEM DESTAQUE: INTENSIDADE DE ILUMINAÇÃO OU ILUMINAMENTO: (LUX) ILUMINÂNCIA OU BRILHÂNCIA: (SENSAÇÃO DE BRILHO E DE OFUSCAMENTO PERCEBIDA POR UMA PESSOA À PARTIR DE UMA FONTE DE LUZ, OU REFLETIDA POR UMA SUPERFÍCIE

  18.  ILUMINAÇÃO NOS POSTOS DE TRABALHO

  19.  ILUMINAÇÃO NOS POSTOS DE TRABALHO

  20.  CONSEQUÊNCIAS DA MÁ ILUMINAÇÃO • QUEDA DO RENDIMENTO • FADIGA VISUAL

  21.  ERROS COMUMENTE COMETIDOS EM RELAÇÃO À ILUMINAÇÃO DOS LOCAIS DE TRABALHO E SUAS CONSEQUÊNCIAS • ERRO 1: NÍVEL INSUFICIENTE DE ILUMINAMENTO • ERRO 2: EXISTÊNCIA DE CLARIDADE EXCESSIVA OU OFUSCAMENTO • ERRO 3: TAMANHO INADEQUADO DE LETRAS E OBJETOS • ERRO 4: INEXISTÊNCIA DE BOM CONTRASTE DOS LIMITES DO OBJETO • ERRO 5: USO DE LÂMPADAS DE BAIXA REPRODUTIBILIDADE CROMÁTICA

  22.  EQUIPAMENTOS UTILIZADOS PARA ILUMINAÇÃO • SENSOR DE PRESENÇA ULTRA SÔNICO 360º • CENTRAIS PARA ILUMINAÇÃO NORMAL E EMERGÊNCIA • EQUIPAMENTOS PARA ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA

  23.  EQUIPAMENTOS UTILIZADOS PARA ILUMINAÇÃO • OUTROS EQUIPAMENTOS TAMBÉM UTILIZADOS PARA ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA

  24.  NORMAS E LEGISLAÇAO • Contru • Decreto nº 38069 (14/03/1993) -do Corpo de Bombeiros - Especificações para instalações contra incêndios • ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas>>> • NBR 10898:1999 • Item 3.11 - iluminação de emergência • Item 4.2.1 - conjunto de blocos autônomos • Item 4.3.1 - sistema centralizado com baterias • Item 4.9 - autonomia maior que 1 hora de funcionamento

  25.  NORMAS E LEGISLAÇAO ManutençãoItem 9.8 Manutenção de blocos autônomosItem 9.10.1.1 Manutenção de blocos autônomosItem 9.10.1.2 - Manutenção de sistemas centralizados Item 9.10.2.1 Manutenção de sistemas centralizadosItem 9.10.2.2 - Vida Útil das bateriasAnexo B - B.5 -