afec es n o ulcerativas da c rnea em felinos n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
AFECÇÕES NÃO ULCERATIVAS DA CÓRNEA EM FELINOS PowerPoint Presentation
Download Presentation
AFECÇÕES NÃO ULCERATIVAS DA CÓRNEA EM FELINOS

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 51

AFECÇÕES NÃO ULCERATIVAS DA CÓRNEA EM FELINOS - PowerPoint PPT Presentation


  • 279 Views
  • Uploaded on

AFECÇÕES NÃO ULCERATIVAS DA CÓRNEA EM FELINOS. V Ciclo de Oftalmologia da ANCLIVEPA-SP Silvia Regina Godoy Bello São Paulo – Novembro / 2010. Córnea de Felinos. Filme lacrimal Epitélio Estroma Membrana de Descemet Endotélio. Espessura da Córnea em Felinos Domésticos.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'AFECÇÕES NÃO ULCERATIVAS DA CÓRNEA EM FELINOS' - hamish-hernandez


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
afec es n o ulcerativas da c rnea em felinos

AFECÇÕES NÃO ULCERATIVAS DA CÓRNEA EM FELINOS

V Ciclo de Oftalmologia da ANCLIVEPA-SP

Silvia Regina Godoy Bello

São Paulo – Novembro / 2010

c rnea de felinos
Córnea de Felinos
  • Filme lacrimal
  • Epitélio
  • Estroma
  • Membrana de Descemet
  • Endotélio
espessura da c rnea em felinos dom sticos
Espessura da Córnea em Felinos Domésticos

Gilger, et al. American Journal of Veterinary Research, v. 54, p.228-230, 1993

sequestro corneal felino1
Sequestro Corneal Felino

Sinônimos

  • Ceratite Necrosante
  • Córnea Negra
  • Necrose da Córnea
  • Mumificação corneana focal
sequestro corneal felino2
Sequestro Corneal Felino

Conceito

  • Condição que acomete equinos, felinos e mais recentemente caninos caracterizada pela necrose do colágeno da córnea.
sequestro corneal felino3
Sequestro Corneal Felino
  • Roberts (1964)
  • Acomete felinos,equinos e caninos
  • Animais de todas as idades
    • após 3 meses de idade
  • Predisposição racial
perfil racial de gatos acometidos por sequestro de c rnea
Perfil racial de gatos acometidos por sequestro de córnea

MORGAN R. V. Journal Animal Medical Hospital, v. 30, p.24-28, 1994.

sequestro corneal felino4
Sequestro Corneal Felino

Etiologia

  • Irritação crônica da córnea
  • Herpesvírus
  • Entrópio
  • Distiquíase
  • Lagoftalmia
  • Ceratoconjuntivite seca
  • Ceratite de exposição
sequestro corneal felino8
Sequestro Corneal Felino

Ceratoconjuntivite Seca

sequestro corneal felino9
Sequestro Corneal Felino

Sinais Clínicos

  • Mancha escura na córnea
    • castanha escura ou preta
    • uni ou bilateral
    • central ou paracentral
  • Neovascularização
sequestro corneal felino10
Sequestro Corneal Felino

Sinais Clínicos

  • Blefarospasmo
  • Úlcera de córnea
  • Secreção mucopurulenta
  • Epífora
  • Quemose
sequestro corneal felino11
Sequestro Corneal Felino

Diagnóstico

  • Aparência clínica característica
sequestro corneal felino12
Sequestro Corneal Felino

Tratamento

  • Remoção cirúrgica
    • CeratectomiaLamelar Anterior
sequestro corneal felino13
Sequestro Corneal Felino

Ceratectomia Lamelar Anterior

sequestro corneal felino14
Sequestro Corneal Felino

Ceratectomia lamelar anterior

  • Espessura total da córnea felina
  • segurança
sequestro corneal felino15
Sequestro Corneal Felino

Condições pré-operatórias para ceratectomia lamelar anterior:

  • Controle da inflamação, infecção e algia da superfície corneal
  • Tratamento da uveíte reflexa
  • Coleta de hemograma, bioquíca sérica.
  • Gatos com mais de 8 anos cardiomiopatia hipertrófica felina
  • Herpesvírus L-lisina oral 15 dias antes
sequestro corneal felino16
Sequestro Corneal Felino

Condições pré-operatórias para ceratectomia lamelar anterior:

sequestro corneal felino17
Sequestro Corneal Felino

Condições pré-operatórias para ceratectomia lamelar anterior:

sequestro corneal felino18
Sequestro Corneal Felino

Ceratectomia Lamelar Anterior

  • Microscópio cirúrgico com microfocalização e zoom no pedal
  • Tricotomia
  • Antissepsia
  • Pano de campo
  • Material cirúrgico para microcirurgia
  • blefarostato
sequestro corneal felino19
Sequestro Corneal Felino

Ceratectomia Lamelar Anterior

sequestro corneal felino23
Sequestro Corneal Felino

Proteção da córnea

  • Recobrimento com a terceira pálpebra
  • Flap de conjuntiva bulbar
  • Membrana amniótica
  • Lente de contato
  • Adesivo de fibrina
  • Submucosa intestinal suína
sequestro corneal felino24
Sequestro Corneal Felino

Flap de conjuntiva bulbar

Recobrimento com a terceira pálpebra

sequestro corneal felino25
Sequestro Corneal Felino

Adesivo de fibrina

  • Fibrinogênio e trombina
  • Absorvível
  • Ausência de desconforto
  • Ausência de toxicidade
sequestro corneal felino26
Sequestro Corneal Felino

Pós-operatório imediato:

  • Colar elizabetano
  • 1 gota de atropina a 1%
  • Cetorolaco de trometamina a 0,5%
  • Antimicrobiano tópico e oral
  • N-butilescopolamina+dipirona iv
sequestro corneal felino27
Sequestro Corneal Felino

Pós operatório:

  • Manutenção do colar até remoção do flap de terceira pálpebra (10 a 15 dias);
  • Cetorolaco de trometamina 3x ao dia p/ 3 dias
  • Colírio e/ou pomada antimicrobiana 6x ao dia p/ 7 a 10 dias
  • Hialuronato de sódio a 0,5% ou acetilcisteína a 5% 4x ao dia por 10 dias
  • Vitamina C oral
  • Lisina oral
  • Blefaropalstia: limpeza das superfícies e pontos + Bandvet
sequestro corneal felino28
Sequestro Corneal Felino

Complicações pós-operatórias:

  • Primeiras 48h
  • Infecção herpética sobre leito ciacatricial (dias)
  • Perfuração
sequestro corneal felino29
Sequestro Corneal Felino

Complicações pós-operatórias:

sequestro corneal felino30
Sequestro Corneal Felino
  • Napoleão
    • Felino, macho, persian, Cream Classic Taby, castrado, 5 anos.
    • Realizadas 2 ceratectomias (uma em cada bulbo), “feitas com lupa”.
    • Sinais: epífora, secreção, blefarospasmo, edema corneal, leucomas cicatriciais bilaterais e sequestro.
ceratite eosinof lica
Ceratite Eosinofílica

Conceito

  • Lesão corneal inflamatória, progressiva, com depósito superficial de material esbranquiçado, podendo afetar também conjuntiva e terceira pálpebra.
ceratite eosinof lica1
Ceratite Eosinofílica

Sinônimos:

  • Ceratite eosinofílica proliferativa
  • Placa eosinofílica
  • Ceratoconjuntivite eosinofílica
ceratite eosinof lica2
Ceratite Eosinofílica

Etiologia

  • Idiopática, desconhecida
  • Condição mais comum em altas altitudes associação com luz ultravioleta (?)
ceratite eosinof lica3
Ceratite Eosinofílica
  • Acomete felinos e equinos
  • Não relacionada a lesões dermatológicas
  • Acomete animais de todas as idades, mas principalmente os jovens
ceratite eosinof lica4
Ceratite Eosinofílica

Aspecto:

  • Placa rosa esbranquiçada em limbo temporal
  • Uni ou bilateral

Sinais clínicos:

  • Blefarospasmo
  • Edema de córnea
  • vascularização
ceratite eosinof lica5
Ceratite Eosinofílica

Diagnóstico:

  • Exame oftálmico
  • Citologia
  • Biopsia
ceratite eosinof lica6
Ceratite eosinofílica

Tratamento:

  • Prednisolona
  • Dexametasona
  • Medroxiprogesterona a 1%
  • Tacrolimus
  • Ciclosporina (?)
  • Prednisolona oral q48h
ceratite eosinof lica7
Ceratite eosinofílica
  • Prognóstico
  • Reservado
  • Tratamentopor toda a vida