slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Como Levar A Decisão PowerPoint Presentation
Download Presentation
Como Levar A Decisão

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 40

Como Levar A Decisão - PowerPoint PPT Presentation


  • 90 Views
  • Uploaded on

Como Levar A Decisão. Como Levar A Decisão. “A mais elevada de todas as ciências é a de salvar almas.” CBV, p. 398. “Uma alma tem mais valor para o céu do que um mundo inteiro de propriedades, casas, terras, dinheiro.” Testimony Treasures, vol. II, p. 375.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Como Levar A Decisão' - halona


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

Como Levar

A Decisão

como levar a decis o
Como Levar A Decisão

“A mais elevada de todas as ciências é a de salvar almas.” CBV, p. 398.

“Uma alma tem mais valor para o céu do que um mundo inteiro de propriedades, casas, terras, dinheiro.” Testimony Treasures, vol. II, p. 375.

slide3

“Muitos estão no vale da decisão, em que se tornam necessários apelos especiais, íntimos, e diretos para levá-los a deporem as suas armas de combate e ocuparem um lugar junto ao Senhor.” Testimonies, I, 646.

Como Levar A Decisão

o exemplo de jesus
O Exemplo de Jesus

Ele conquistava os corações pela amizade e pelo ensino da verdade. Ele se identificava com as pessoas e elas confiavam nEle.

apelos na b blia
Apelos na Bíblia

“Quem é do Senhor venha até mim” Ex. 33:16

“Escolhei hoje a quem sirvais” Js 24:15

“Até quando coxeareis?”

1Rs 18:21

apelos no movimento millerita
Apelos no Movimento Millerita

“Freqüentemente era feito um apeloaos que cressem as verdades que haviam sido provadas pela Palavra, para que se levantasse, e grande número atendia. Faziam-se orações em favor dos que desejavam auxílio especial.” Evangelismo, p. 284

spurgeon ensinava
Spurgeon ensinava:

“O pecador tem um coração além do cérebro. O pecador tem emoções além de pensamentos e necessitamos apelar a ambos. O pecador nunca será convertido até que suas emoções sejam provocadas, a menos que sinta tristeza pelos pecados.” Conquistador de almas, 126.

billy graham ensinava
Billy Graham ensinava
  • “Algumas pessoas nos acusam de muito emocionalismo... mas necessitamos não somente capturar suas mentes mas tocar seus corações. Temos de levar as pessoas a sentirem sua fé.” Billy Graham Speaks, p. 110
psicologia do apelo
Psicologia do Apelo

R. J. Fish observou : “Alguém acertadamente disse que aimpressão sem aexpressãopode levar adepressão. Pregar para obter uma resposta e falhar em prover uma oportunidade para um compromisso pode frustrar aqueles que ouvem o Evangelho e fortalecê-los no hábito de procrastinação.”

Giving a Good Invitation , 110

a decis o passa por 4 etapas
A Decisão passa por 4 Etapas:

1ª. Informação

  • Os interessados não tomarão decisões corretas, a menos que tenham toda a informação sobre o assunto estudado.
  • Assim, compreenderão o que significa a decisão que pedimos.
slide11

2ª. Convicção

  • Quandoapessoa tem a informação completa sobre a doutrina, sua consciência lhe diz: “Creio que isto é o que Deus quer que eu faça.”
  • Podemos aumentar a convicção no interessado ao perguntar-lhe: “Você percebe que esta é a vontade de Deus?”
slide12

3ª. Decidir

  • Quando o interessado tem a certeza de que a doutrina vem de Deus, será despertado nele um desejo de mudar de vida.
slide13

4ª. Ação

Quando o conhecimento adquirido pela informação, a convicção e o desejo do interessado aumentam, ele avança com a ação. Então, decide estar ao lado de Cristo e aceita o batismo.

robert sumner disse
Robert Sumner disse:
  • Nada é mais cruel e daninho para desviar pessoas numa forma religiosa, do que amadurecê-laspara uma decisão e falhar em dar-lhes o convitepara externar a decisão.” Effective Invitation, p.146.
elementos essenciais no chamado
Elementos Essenciais no chamado:

1- Sinceridade

  • A audiência precisa perceber que você crê que o apelo é significante,
  • e que você é sincero,
  • que Deus lhe deu uma
  • urgente mensagem.
slide16

Elementos Essenciais no chamado:

2. Clareza

As pessoas precisam entender as implicações do convite.

  • “Essa noite, ao final do meu sermão eu vou pedir que vocês expressem sua decisão. Vou pedir que se levantem e venham até a frente. Será uma expressão externa de sua decisão interna.” Leighton Ford
elementos essenciais no chamado1
Elementos Essenciais no chamado:

3. Urgência

Dwight Moody em Chicago:

“Que farei de Jesus chamado Cristo?”

elementos essenciais no chamado2
Elementos Essenciais no chamado:

“Eu quero dizê-los da lição que aprendi àquela noite, a qual nunca mais esqueci, e é que ao pregar Cristo, tentarei levá-los a uma decisão ali mesmo. Eu prefiro ter minha mão direita cortada a dar uma semana à audiência para se decidirem o que farão com Jesus.” Pastor Evangelista, p.186

elementos essenciais no chamado3
Elementos Essenciais no chamado:

4. Abrangência

Envolver os que não se entregaram a Cristo; os que já o fizeram, mas necessitam de consagração; os apostatados; finalmente os que não se decidiram por Cristo mas querem ser lembrados por Deus para dar-lhes forças para a decisão, que ergam as mãos.

ellen g white
Ellen G. White

“Abandonai toda aparência deapatia, e levai as pessoas a pensar que há vida ou mortenestes assuntos solenes, segundo os recebam ou rejeitem.” Evangelismo, p. 285

ellen g white1
Ellen G. White

“ Quando pessoas que se acham sob convicção não são levadas a decidir-seo mais cedo possível, há risco de que essa convicção se desvaneça pouco a pouco...” Evangelismo, p. 298

o segredo do poder
O segredo do Poder

“ Se buscardes o Senhor, alijando toda a maledicência e todo o egoísmo, e perseverardes em oração, o Senhor se aproximará de vós. O poder do Espírito Santo é que concede eficácia aos vossos esforços e aos vossos apelos.

Humilhai-vos perante

Deus para que

em Sua força possais

alçar-vos a mais

elevada norma.”

Evangelismo, p. 285.

slide24

“Deus tem falado a você nessa noite. Você ouviu a Sua voz. Ele está lhe chamando essa noite. Essa noite Ele diz, “venha”. Não adie a sua decisão. O Espírito Santo tocou o seu coração essa noite. Ele poderá nunca mais falar de maneira convincente como o fez agora. Veja os braços de Jesus: Eles estão abertos para você. Estão acenando para que você venha. Seja quem você for: estudante, empresário, dona de casa, professor - venha a Jesus. Seja onde estiver, na frente, atrás, nos cantos, ou no meio da multidão, venha a Jesus.

Ao cantarmos o maravilhoso hino Tal qual estou, levante-se e venha.”

os agentes presentes na decis o
Os Agentes Presentes na Decisão

1. O Instrutor

  • Ensina toda a doutrina, apela e conduz as pessoas à decisão.
  • Com convicção e sinceridade.
  • Mostra as vantagens e recompensas de seguir a Jesus.
  • Mostrar a urgência da decisão.
  • Dá o seu Testemunho Pessoal.
  • Ora pela decisão do Interessado.

“O instrutor humano não pode fazer a obra do Espírito Santo; nós somos apenas os condutos mediante os quais trabalha o Senhor”. Evangelismo, 331.

slide26

Os Agentes Presentes na Decisão

2. O Espírito Santo

  • Convence a mente e converte o coração do interessado para aceitar a verdade.

“ Sem a presença do Espírito Santo, nem um coração será tocado, nem um pecador será conquistado para Cristo.” TS, Vol. III, 212.

os agentes presentes na decis o1
Os Agentes Presentes na Decisão

3. O Interessado

  • Ele decide se aceita ou não a voz do Espírito Santo.
  • A confiança e amizade que o interessado tem com o instrutor e o uso de métodos corretos aumentarão a possibilidade de tomar uma decisão positiva.
passos para a decis o
Passos para a Decisão

1. Levar a pessoa a aceitar a Cristo como Seu Salvador pessoal.

  • Posteriormente, aceitará todas as doutrinas, porque Cristo é o centro de todas elas.

“Se os que hoje estão ensinando a Palavra de Deus, exaltassem a cruz de Cristo mais e mais, haveria muito maior sucesso em seu ministério.” AA, 209.

VIDA

Morte

passos para a decis o1
Passos para a Decisão

2. Ensinar toda a Doutrina

  • Não passar por alto as verdades bíblicas de aceitação mais difícil.
slide30

Passos para a Decisão

3. Fazer Apelos

  • O segredo para levar a pessoa a decidir-se por Cristo e pelo batismo é ajudá-la a tomar decisões progressivas, fazendo um apelo em cada estudo.
  • Assim o apelo para o batismo não será uma surpresa para ela.
slide31

“ Leve as pessoas ao ponto de decisão. Mostre-lhes a importância da verdade – é vida ou morte.”

Testimonies for the Church, vol. 1, pág. 152.

como fazer apelos
Como Fazer Apelos:

O convite para o batismo de preferência, deve ser feito na casa do interessado, pessoalmente e com oração.

Perguntar se a pessoa compreendeu totalmente a doutrina apresentada, e se houver dúvidas, esclarecê-las.

como fazer apelos1
Como Fazer Apelos:
  • Apelar ao coração, fazendo as seguintes perguntas:
    • Você crê que isto é verdade?
    • Pretende, algum dia observá-la?
    • Crê que esse é o plano de Deus para sua vida?
    • Jesus o está convidando. Por que não decidir agora?
    • Ouça da voz do Mestre falando ao seu coração.
slide34

Como Fazer Apelos:

No caso de responder “SIM”, orar com ele agradecendo a Deus, pedindo que o ajude a permanecer firme em sua decisão.

como fazer o apelo para o batismo
Como fazer o apelo para o Batismo:

Teremos nas próximas semanas dois batismos; um será em 2 de julho e o outro no dia 7 de agosto.

Em qual dos dois prefere batizar-se, seguindo o exemplo do Salvador?

ajudar na decis o tomada
Ajudar na decisão tomada
  • A maioria dos interessados quando decidem por Cristo, enfrentam situações difíceis tais como:
      • Oposição dos parentes.
      • Abandono dos amigos que não partilham de sua nova fé.
      • Problemas com o emprego por causa do sábado.
      • Dificuldade de assimilar o novo estilo de vida.
maneira de ajud los
Maneira de ajudá-los:
  • Apresentar as promessas de Deus:

As Sagradas Escrituras estão repletas de preciosas promessas em favor dos que obedecem Sua lei em meio às provas.

    • (Sal. 34:7; 91:11 e 12).

As provas fazer parte da vida cristã.

    • ( I Ped. 4:12-16; Mat. 5:10-12).

“O justo viverá pela fé”.

    • (Heb. 11:1).
apoiar o interessado em suas dificuldades
Apoiar o interessado em suas dificuldades:
  • Continuar visitando-o.
  • Orar com ele.
  • Ajudá-lo a fazer novas amizades na igreja.
  • Ajudá-lo a desenvolver um novo estilo de vida.
  • Ajudá-lo nas atividades que são novas para ele, como:
    • Culto de pôr-do-sol, culto familiar, estudo da lição da Escola Sabatina, Pequenos Grupos.
quando n o decidem o que fazer
Quando não decidem, o que fazer?

Que fazer quando as pessoas terminam os estudos e não se decidem?

  • Tratar de descobrir o que lhe impede de entregar-se totalmente a Cristo.
  • Perguntar: Pretende algum dia seguir a Jesus e estar ao lado da verdade?...
  • Não abandonar a pessoa, mas ajudá-la a resolver os problemas e depois fazer-lhe um novo apelo.
a convers o
A ConveRsão

“A Conversão de almas para Deus é a maior e a mais nobre obra em que seres humanos possam tomar parte.”

Testimonies vol. 7, p. 52.