Download
slide1 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
AULA 16 TEMA 8: DÚVIDAS DO DIA-A-DIA PowerPoint Presentation
Download Presentation
AULA 16 TEMA 8: DÚVIDAS DO DIA-A-DIA

AULA 16 TEMA 8: DÚVIDAS DO DIA-A-DIA

119 Views Download Presentation
Download Presentation

AULA 16 TEMA 8: DÚVIDAS DO DIA-A-DIA

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. AULA 16TEMA 8:DÚVIDAS DO DIA-A-DIA DATA: 11-5-2006 PROFA. MARISTELA DE SOUZA BORBA WEB-TUTORA: MAÍRA BOGO BRUNO

  2. REFLETIR SOBRE AS DÚVIDAS DO DIA-A- DIA. OBJETIVO

  3. "O CHATO DA BEBIDA NÃO É O MAL QUE ELA NOS PODE TRAZER, SÃO OS BÊBADOS QUE ELA NOS TRAZ." (LEON ELIACHAR) MAL: OPÕE-SE A BEM (COMO SUBSTANTIVO)

  4. "ANDAM MAL OS VERSOS DE PÉ QUEBRADO." (JAAB - HUMORISTA) MAL: OPÕE-SE A BEM (COMO ADVÉRBIO)

  5. MAL O ATLÉTICO MINEIRO ENTROU EM CAMPO, FOI DELIRANTEMENTE APLAUDIDO. MAL: OPÕE-SE A BEM (COMO CONJUNÇÃO -ASSIM QUE)

  6. UM BOM ROMANCE NOS DIZ A VERDADE SOBRE SEU HERÓI, MAS UM MAU ROMANCE NOS DIZ A VERDADE SOBRE SEU AUTOR. MAU: OPÕE-SE A BOM (COMO ADJETIVO MODIFICANDO O SUBSTANTIVO)

  7. O BELO E O FEIO... O BOM E O MAU... DOR E PRAZER... (MÁRIO QUINTANA) MAU: OPÕE-SE A BOM (COMO SUBSTANTIVO: NORMALMENTE PRECEDIDO DE ARTIGO)

  8. NO INÍCIO: POR QUE ? POR QUE ME PROCURAS? NO MEIO: POR QUE NÃO SEI POR QUE VOCÊ NÃO FOI AO ENCONTRO. NO FINAL: POR QUÊ ? VOCÊ FOI RÍSPIDO COM ELE. POR QUÊ? POR QUE / POR QUÊ

  9. NÃO FUI AO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PORQUECHOVIA. (=CONJ. EXP. E RESP) CONTAVAM FATOS DA VIDA, INCIDENTES PERIGOSOS POR QUE TINHAM PASSADO. (= OS QUAIS / PRON. REL.) O MOTIVO POR QUE VOCÊ FALTOU À AULA FOI GRAVE. (= PELO QUAL / PRON RELATIVO) NÃO SEI O PORQUÊ DA QUESTÃO. (= SUBSTANTIVO) USOS DOS PORQUÊS

  10. "A ONÇA NÃO VALE NADA, SEU FIRMINO, A ONÇA É COISA À-TOA.” (GRACILIANO RAMOS) (ADJETIVO MODIFICANDO SUBSTANTIVO) O DOUTOR ANDAVA HORAS À TOA. (ADVÉRBIO) À-TOA: ADJETIVO À TOA: ADVÉRBIO

  11. “... MAS DAÍ A POUCO TINHA A EXPLICAÇÃO." (MACHADO DE ASSIS) (REF.TEMPO FUT.) "ISSO ACONTECEU HÁ QUATRO OU CINCO ANOS." (RUBEM BRAGA) – (TEMPO PAS.) "O GARÇOM ERA ATENCIOSO, VOCÊ SABIA QUE HÁ GARÇONS ATENCIOSOS?" (V.HAVER - EXISTIR) “AH, IA ME ESQUECENDO: UM ESCRITÓRIO FUNCIONAL DEVE TER TAMBÉM SECRETÁRIA FUNCIONAL.” (INTERJ. ENF.) A - HÁ – AH

  12. “CALA A BOCA, MULHER, SENÃO APARECE A POLÍCIA.”(RACHEL DE QUEIROZ) (CONJ ADVERS.) “ESFREGARAM AS MÃOS, TÊM JÚBILOS DE SOLTEIRONAS HISTÉRICAS, DÃO PULINHOS, APENAS PORQUE ENCONTRAM SENÕES MIÚDOS NAS PÁGINAS QUE NÃO SABERIAM COMPOR.” (JOSUÉ MONTELLO) (SUBSTANTIVO - FALHAS) SE NÃO FOSSE VAN GOGH, O QUE SERIA DO AMARELO? (MÁRIO QUINTANA) SE (CONJUNÇÃO CONDICIONAL) + NÃO (ADVÉRBIO DE NEGAÇÃO) SENÃO SE NÃO

  13. “ONDE FOI INVENTADO O FEIJÃO COM ARROZ? (LUGAR) "SE CHEGARES SEMPRE AONDE QUISERES, GANHASTE." (AO LUGAR AO QUAL) “ÀS VEZES SE ATIRAM A DISTANTES EXCURSÕES DONDE REGRESSAM COM UMA ENORME JACA. (DE ONDE – LUGAR DO QUAL) ONDE AONDE – DONDE

  14. "SINTO MUITO, DOUTOR, MAS NÃO SINTO NADA.“ (CONJ. ADVERS.) "NÃO TINHA MÁS QUALIDADES...” (PLURAL FEMININO DE MAU) "AS FANTASIAS MAIS USADAS NO CARNAVAL SÃO: HOMEM VESTIDO DE MULHER E MULHER VESTIDA DE NADA." (ADV. DE INTENS.) MAS – MÁS – MAIS

  15. "COBRINDO A CERCA ALTA, UM JASMINEIRO TODO ESTRELADO DE FLORES." (RACHEL DE QUEIROZ) (ARTIGO MAIS SUBSTANTIVO) NA RUA INTERROGADO ACERCA DE LONGA AUSÊNCIA, NÃO ACHOU RESPOSTA ADEQUADA...” (ADVÉRBIO – A RESPEITO DE) “ENTRAVA NOS SEUS DEZOITO ANOS, E CONTAVA JÁ CERCA DE SEIS NAMOROS CONSECUTIVOS.” (PERTO DE) “HÁ CERCA DE VINTE ANOS, FIZ UMA VIAGEM À EUROPA.” (V. HAVER E LOC PREP.:APROX., PERTO DE, MAIS OU MENOS) A CERCA, ACERCACERCA DE, HÁ CERCA DE

  16. ESTAMOS A PAR DA EVOLUÇÃO TÉCNICA. (SABER, TER CONHECIMENTO) O CÂMBIO ESTÁ AO PAR. (IGUAL, EQUILIBRADO) A PAR AO PAR

  17. “...ERA MEU PARENTE AFIM. INTERROGOU-NOS DE CARA AMARRADA E MANDOU-NOS EMBORA.” (ADJ. – SENTIDO DE PRÓXIMO) VIAJOU A FIMDE SE ESCONDER. (LOC. PREP. PARA - FINALIDADE) AFIM A FIM DE

  18. “TODO POLÍTICO SÁBIO FALA DUAS VEZES ANTES DE PENSAR.” (GEN) "MINHAS SENHORAS, EU TENHO SESSENTA ANOS E JÁ LI TODOS OS GRANDES POEMAS E TODAS AS LITERATURAS; LI TODO HOMERO, TODO VIRGÍLIO...” (INTEIRO, TOTAL) TODO (A) TODO O/A

  19. “A PRINCÍPIO, O TERRITÓRIO NEUTRO DO EDIFÍCIO TANDAIA ERA OCUPADO POR MAMÃES E BABÁS... “ (NO COMEÇO – TEMP.) " .. MAS COMO ELE ACEITAVA EM PRINCÍPIO A SUA CORTE, ESTAVA ALBERTO RESOLVIDO A PLEITEAR A CAUSA." (MACHADO DE ASSIS) (CONOTAÇÃO CONCESSIVA - ACEITAÇÃO) A PRINCÍPIO EM PRINCÍPIO

  20. “D. FELICIANA NÃO DUVIDOU UMA VEZ SEQUER DO MARIDO..” (ADV. AO MENOS, PELO MENOS) "NÃO VIA A MULHER, NEM O LUGAR, NEM O INSTRUMENTO SEQUER. . . (ADV. AO MENOS, PELO MENOS) “SE QUER IR À ITÁLIA, LEIA SOBRE ELA O QUE ESTÁ NOS LIVROS." (CONJUNÇÃO “SE” + A 3ª PESSOA DO SINGULAR DO VERBO “QUERER”) SEQUER SE QUER

  21. "TODO O CÉU FICA A NOITE INTEIRA SOBRE O ÚLTIMO ANDAR." (CECÍLIA MEIRELES) (EM CIMA DE) "USA VESTIDO ELEGANTE, SOB A CAPA ELEGANTE." (DEBAIXO DE) SOBRE SOB

  22. "POR TRÁS DELE O PESCADOR DE BIGODES BRANCOS ME FAZ SINAL PARA NÃO COMPRAR." (RUBEM BRAGA) (ATRÁS) "O DINHEIRO NÃO TRAZ FELICIDADE. MANDA BUSCAR." (ALDU ­- HUMORISTA) (VERBO TRAZER) TRÁS TRAZ

  23. NÃO O ATENDI, TAMPOUCO ABRI A PORTA. (MUITO MENOS, ADV. VALOR NEGATIVO) TÃO POUCO TEMPO É A VIDA. (ADVÉRBIO DE INTENSIDADE - TÃO É REFORÇATIVO) TAMPOUCO TÃO POUCO

  24. A PROPOSTA VEIO AO ENCONTRO DE MEU DESEJO. O CARRO BATEU DE ENCONTROAO MURO. AO ENCONTRO DE DE ENCONTRO A

  25. "O BONDE VINHA CHEIO ATÉ DEMAIS..." (ADVÉRBIO - EXCESSO) MORRERAM CINQÜENTA; OS DEMAIS DESAPARECERAM. (PR. OS OUTROS) DEMAIS DE SER RICO, É BONDOSO. ( PREPOSIÇÃO - ALÉM DE) "COMPREI CALÇAS DE MAIS". (ADVÉRBIO DE INTENSIDADE) DEMAIS DE MAIS

  26. O FORNECIMENTO DE COMBUSTÍVEL FOI INTERROMPIDO NA MEDIDA EM QUE OS PAGAMENTOS NÃO VINHAM SENDO EFETUADOS. (PORQUE, JÁ QUE) A ANSIEDADE AUMENTAVA À MEDIDA QUE O PRAZO FIXADO IA CHEGANDO AO FIM. (À PROPORÇÃO QUE) NA MEDIDA EM QUE À MEDIDA QUE

  27. PRÓXIMA AULA 18/5/2006 TEMA 9 – P. 75 METODOLOGIAS DE LEITURA E COMPREENSÃO DE TEXTOS (LEITURA, RESUMOS E SUMARIZAÇÃO)