atmosferas explosivas n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Atmosferas Explosivas PowerPoint Presentation
Download Presentation
Atmosferas Explosivas

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 31

Atmosferas Explosivas - PowerPoint PPT Presentation


  • 121 Views
  • Uploaded on

Atmosferas Explosivas. Certificação e Conceitos. A Certificação dos Produtos para Instalações em Atmosferas Explosivas é obrigatório. Regulamentada pela portaria n°176, de 17/07/00. Atualizada portaria n°83 de 03/04/06. Fiscalizada pelo Inmetro.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Atmosferas Explosivas' - giuseppe


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
atmosferas explosivas

Atmosferas Explosivas

Certificação e Conceitos

slide2

A Certificação dos Produtos para Instalações em Atmosferas Explosivas é obrigatório. Regulamentada pela portaria n°176, de 17/07/00. Atualizada portaria n°83 de 03/04/06.Fiscalizada pelo Inmetro.

slide3

A “compulsoriedade da certificação” levou todas as normas Ex à condição de “obrigatórias, chegando ao campo do Direito:

1. DIREITO DO TRABALHO E PREVIDENCIÁRIO (Em caso de acidente do trabalho)2. DIREITO CIVIL (Em caso de sinistro sem vítimas) 3. DIREITO PENAL (Em caso de sinistro com vítimas)4. DO DIREITO AMBIENTAL (Em caso de desastre ambiental)

slide4

Normas americanas: NEC/API – National Electrical Code/ American Petroleum Institute.Normas internacionais: IEC – Internacional Electrotechnical Commission.

slide5

Atmosfera Explosiva

É uma mistura de substâncias inflamáveis na forma de gás, vapores, poeiras ou fibras com o ar (ou com O2) sob condições atmosféricas, na qual após a presença de uma fonte de ignição, ou simplesmente uma superfície quente, a combustão se propaga provocando a explosão.

slide6

Conceito da Explosão

Com as três condições são encontradas “simultaneamente,” teremos a explosão.

slide7

Área Classificada

É um local sujeito a “probabilidade” da formação/existência de uma atmosfera explosiva.

Os pontos principais para classificação das áreas são:- verificar presença de substâncias inflamáveis (gases, vapores ou poeiras).- verificar características das substâncias presentes, como: ponto de fulgor, limite de inflamabilidade e temperatura de auto inflamação.- verificar equipamentos e instalações.

slide8

Ponto de Fulgor

É a menor temperatura que um líquido inflamável libera vapor em quantidade suficiente para formar uma mistura inflamável. Também conhecido como flash point.

Exemplo: Álcool Isopropílico (Ponto de fulgor 11°C)

Na temperatura de 11°C a quantidade de vapor liberado é suficiente, para caso ocorra uma ignição, causar o Flash Point.

slide9

Extensão da Área Classificada

Dependerá da volatilidade do produto e ventilação

slide10

Limite de Inflamabilidade

LSI – Limite Superior de Inflamabilidade

Divide-se em 2 faixas:

LII – Limite Inferior de Inflamabilidade

Acima desta mistura não há mais explosão.

Ex.:Butano

(Indústrias Gás Combustível)

Abaixo desta mistura não há explosão.

slide12

Temperatura de Auto Inflamação

É a menor temperatura, a partir da qual uma atmosfera explosiva se inflama.

Desta forma, os equipamentos são classificados de acordo com temperatura máxima de superfície.

slide14

Proteção contra Explosão

Impedir Área Classificada:

1. Não utilizar Líquidos Inflamáveis (substituir quando possível).2. Elevar o Ponto de Fulgor dos inflamáveis.3. Ventilar.

Prevenir:

1. Evitar as faixas de inflamabilidade. 2. Inertizar. 3. Monitorar ausência de inflamáveis.

Se isto, não for possível: Proteger os Equipamentos e o Ambiente.

slide15

Divisão das Zonas

Local onde a formação de uma mistura explosiva é contínua ou existe por longos períodos.

ZONA “0”

Local onde a formação de uma mistura explosiva é provável de acontecer em condições normais de operação do equipamento de processo.

ZONA “1”

Local onde a formação de uma mistura explosiva é pouco provável de acontecer e se acontecer é por curtos períodos estando ainda associada à operação anormal do equipamento de processo.

ZONA “2”

slide17

Divisão dos Grupos

A Norma IEC existem 2 grupos:GRUPO I Substâncias encontradas em minas subterrâneas (Grisu)GRUPO II Substâncias encontradas em indústrias de superfície, sendo subdividido em 3 subgrupos: IIA, IIB e IIC

Em função do MESG (Interstício máximo experimental seguro)

slide18

MESG Equipamentos Exd

Interstício máximo experimental seguro

O resfriamento dos gases da queima é feito através do interstício. A energia térmica na saída não pode exceder a energia mínima de ignição necessária para inflamar a mistura em volta do equipamento.

slide20

Produto Certificado

Entidades certificadoras autorizadas pelo INMETRO são: CERTUSP, UCIEE, CEPEL e UL do Brasil.

O certificado deve apresentar data de emissão e validade.

slide21

Linha Wetzel à Prova de Explosão - Exd

Os invólucros suportam pressões resultantes de uma explosão interna de gases específicos, de tal forma a não provocar a ignição da mistura gás-ar, existente na atmosfera externa ao invólucro.

Linha de Caixas e Luminárias são fabricados de acordo com normas ABNT NBR IEC 60079-0 e NBR IEC 60079-1. Classificação Zona 1 e Zona 2, grupos IIA e IIB.

Indicados para aplicação de eletrodutos de aço conforme ABNT NBR 5597 e NBR 5598.

slide23

Caixas de Ligação à Prova de Explosão

Corpo e tampa em liga de alumínio Copper Free, de alta resistência mecânica e à corrosão. Dotadas de chassi removível, em chapa de aço. Dotadas de terminal de aterramento.

Acabamento em pintura epóxi-poliéster, na cor cinza.

As caixas maiores apresentam dobradiças que facilitam a manutenção. Entradas rosqueadas, rosca BSP ou NPT, a pedido.

slide25

Luminárias à Prova de Explosão

Corpo e grade em liga de alumínio Copper Free, de alta resistência mecânica e à corrosão. Dotadas de terminal de aterramento. Visor em borosilicato.

Acabamento em pintura epóxi-poliéster, na cor cinza.

Entradas rosqueadas, rosca BSP ou NPT, a pedido.

Para lâmpadas incandescente (até 300W), mista ou vapor mercúrio (até 250W).

slide27

Caixas de Derivação à Prova de Explosão

Corpo e tampa em liga de alumínio Copper Free, de alta resistência mecânica e à corrosão. Dotadas de terminal de aterramento.

Acabamento em pintura epóxi-poliéster, na cor cinza.

Entradas rosqueadas, rosca BSP ou NPT, a pedido.

slide29

Unidades Seladoras à Prova de Explosão

Corpo, tampa e bujões em liga de alumínio Copper Free, de alta resistência mecânica e à corrosão. Acabamento em pintura epóxi-poliéster, na cor cinza. Entradas rosqueadas, rosca BSP ou NPT. Rosca BSP conforme norma ISO 228-1 e 228-2 BSP paralelo ou ANSI B1.20.1 NPT cônica.

Instalada, a unidade detém a vazão dos gases inflamados pela ignição dentro de uma caixa de ligação, para outra caixa, através dos eletrodutos.

agradecemos sua presen a
Agradecemos sua presença.

www. wetzel.com.breletrotecnica@wetzel.com.br

keila@wetzel.com.br

SAC 0800 47-4016