Download
trabalho elaborado por m rio pinto n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Lobo Ibérico PowerPoint Presentation
Download Presentation
Lobo Ibérico

Lobo Ibérico

241 Views Download Presentation
Download Presentation

Lobo Ibérico

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Agrupamento Vertical de Escolas de Vila Pouca de Aguiar Sul Trabalho elaborado por : - Mário Pinto Lobo Ibérico

  2. Introdução Com este trabalho pretendo aprofundar conhecimentos sobre o Lobo-Ibérico, visto esta subespécie estar em vias de extinção na Península Ibérica.

  3. Características O lobo-ibérico macho mede entre 1,30 a 1.80 m de comprimento, enquanto as fêmeas medem 1,30 a 1,60 m. A altura ao garrote (pescoço) pode chegar aos 70 cm. Os machos adultos pesam geralmente entre 30 a 40 kg e as fêmeas entre 20 a 35 kg.

  4. A cabeça é grande e maciça, as orelhas triangulares relativamente pequenas e olhos oblíquos, cor de mel. O focinho é claro, e ao redor da boca, a cor é branco-sujo. A pelagem é de coloração heterogénea, sendo no Inverno o pêlo mais espesso do que no Verão, parecendo nesta altura do ano, o lobo mais magro.

  5. Reprodução A época do acasalamento abrange o final do Inverno e o princípio da Primavera (de Fevereiro a Março).

  6. Alimentação A alimentação é muito variada, dependendo da existência ou não de presas selvagens e de vários tipos de pastoreio em cada região. A vida em alcateia permite ao lobo caçar animais bastante maiores do que ele próprio.

  7. As suas principais presas são: os corços e veados, e as presas domésticas mais comuns são as ovelhas, as cabras, as galinhas, os cavalos e as vacas. Por vezes também matam e comem cães e aproveitam cadáveres que encontram, isto é, sempre que podem são necrófagos.

  8. Comportamento O lobo-ibérico vive em alcateia, de forte organização hierárquica. O número de animais numa alcateia varia entre os 3 a 10 indivíduos e está composta por um casal reprodutor (alfa), também um ou mais indivíduos adultos ou jovens e as crias daquele ano. A alcateia caça e defende o território em grupo.

  9. Causas para a extinção do Lobo-Ibérico:

  10. Perseguição e extermínio por parte do Homem das suas presas selvagens (corços, veados, coelhos, etc.), tendo que recorrer à caça dos animais domésticos (cabras, ovelhas, galinhas, vacas, etc.), levando à perseguição ilegal por parte dos pastores, e à caça furtiva.

  11. O aumento do número de cães vadios/ assilvestrados, que lhe vão comer as presas.

  12. Distribuição geográfica em Portugal: Em Portugal a área de distribuição do lobo-ibérico abrange cerca de 18.000 km² no Norte do país. Considera-se que existem duas populações separadas pelo rio Douro:

  13. Uma população algo numerosa a Norte do Douro, numa área montanhosa que ocupa os distritos de Viana do Castelo, Braga, Vila Real, Bragança e uma pequena área do distrito do Porto. Essa população abrange cerca de 50 alcateias e é contínua com a grande população do lado espanhol da fronteira.

  14. Uma população em declínio ao Sul do Douro, distribuída em parte dos distritos de Viseu, Guarda e talvez, Aveiro e Castelo Branco. Essa população abrange apenas 10 alcateias e encontra-se isolada em relação à população do Norte do Douro. O seu futuro é incerto, considerando-se que pode vir a extinguir-se a curto ou a médio prazo.

  15. Considerações finais O lobo-ibérico (Canis lupus signatus) é uma subespécie do lobo-cinzento, da Europa do Norte. Actualmente encontramo-los a Norte do Rio Douro, na Península Ibérica. Outrora foi abundante por toda a Península Ibérica , sendo a sua população actual a rondar os 2000 indivíduos, dos quais cerca de 300 habitam a região Norte de Portugal.

  16. Bibliografia • http://pt.wikipedia.org • Lei 90/88, de 13 de Agosto; • www.visitlisboa.com/.../Centro-de-Recuperacao-do-Lobo-Iberico.aspx?... • www.ecotura.com/Lobo.htm