slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Produtor rural Identificação e Criação de Oportunidades PowerPoint Presentation
Download Presentation
Produtor rural Identificação e Criação de Oportunidades

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 31
ezra-flores

Produtor rural Identificação e Criação de Oportunidades - PowerPoint PPT Presentation

88 Views
Download Presentation
Produtor rural Identificação e Criação de Oportunidades
An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author. While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Fórum Contexto Ambiental e Agronegócio Das Conferências da ONU ao dia-a-dia do produtor rural: Desafios e Oportunidades Produtor rural Identificação e Criação de Oportunidades Eder Zanetti Junho / 2011

  2. Conteúdo: Introdução *Percepção da propriedade no contexto macro e implementação das ações na propriedade *Mercado e oportunidades criadas *Transformação de oportunidades em receita para a propriedade Conclusão

  3. Economia Verde • Controle da poluição atmosférica, líquida e sólida; • Favorece crescimento de renda e emprego com produção e consumo de bens e serviços ambientais, e que preservam os serviços ecossistêmicos; • Valoriza o capital do recurso natural e sua importância para a sociedade (PNUD, 2011).

  4. Contexto Global e Ações nas Propriedades Rurais

  5. Agricultura e MCG

  6. Áreas para cultivo de Biocombustíveis no Mundo % Total Ano 13,5 2005 20,0 2030 >30,0 2050 Percentual de área utilizada em 2004 Área necessária para uma matriz com 10% de biocombustíveis Percentual de biocombustíveis em 2004

  7. Gerenciamento de Áreas de Agricultura, Florestas e Outros Usos da Terra - AFOLU Manejo de ÁreasAgrícolas – ALM Atividades de manejo de usoda terra emáreas de agricultura e pecuária(CO2, N2O e CH4); Elegíveis: Melhoria do manejo agrícola através do aumento do estoque de carbono, redução de emissões N2O e CH4 dos solos; Melhoria do manejo de pastagens que leve ao aumento do estoque de carbono dos solos e reduzem emissões de N2O e CH4; Conversão de áreas agrícolas e de pecuária (não para reflorestamentos ou aflorestamentos) – Integração Lavoura - Pecuária Carbono Estimado: Solos; Biomassa Lenhosa e Subterrânea (opcional); Produtos Florestais Madeireiros (opcional).

  8. Florestas e Economia Verde • Plano de Ação (UNECE): • 1. Produção e Consumo de madeira de origem sustentada: • Rotulagem e Certificação; Compras públicas; Movimentação da madeira; P&D de novos usos para a madeira; Análise de Ciclo de Vida – ACV; Padrões para Construções Verdes • 2. Setor florestal de baixo carbono: • Substituição de materiais e energias não-renováveis ; Uso eficiente da madeira - eliminar a geração de resíduos dos consumidores (logística reversa); Adaptação das florestas às mudanças climáticas; Seqüestro e estoque de Carbono • 3. Empregos verdes no setor florestal: • Força de trabalho sustentável; Saúde & Segurança do trabalho florestal; Operações florestais: respeito ao ecossistema, eficiência, segurança • 4. Avaliação e Pagamento por Serviço Ecossistêmico das florestas: • Avaliação dos serviços ecossistêmicos das florestas; PSE; Sanidade das florestas e humana • 5. Governança e monitoramento do setor florestal: • C&I de MFS implantados e melhorados; Avaliação do MFS na região; Instrumentos políticos para o setor florestal na Economia Verde; Comunicação e promoção – marketing – da madeira de origem sustentada; Comunicação e parcerias com outros interessados envolvidos na Economia Verde

  9. REDD • Redução de Emissões do Desmatamento e Degradação • FAO: • Desmatamento: “mudanças no usoda terra com diminuiçãodacobertura de copa das árvoresparamenos de 10% emcada ha”; • Degradação: “mudanças entre as classes de florestas (por exemplo, de “fechada” para “aberta”), que afetam negativamente o talhão ou sítio e, em particular, diminuem a sua capacidade produtiva”. • REDD = Redução do Desmatamento e da Degradação Florestal (conserva o Carbono) • REDD + = Aumento da cobertura florestal, conservação e Manejo Florestal Sustentável (aumenta o Carbono)

  10. Produtos Florestais Madeireiros (PFM) • Resultantes do Manejo Florestal Sustentável (plantações ou naturais) • Reservatórios de carbono; • Em todo o mundo, o estoque de carbono em produtos florestais está aumentando; • Varia de acordo com produto e uso final: • Madeira paraenergia e resíduos – mesmoano; • Papel - 5 anos, incluindoosreciclados; e • Madeira serrada e painéisreconstituídos - + 100 anos; • Os produtosflorestaisdescartadospodempermaneceremdepósitos de resíduossólidosporlongosperíodos de tempo; • A contabilização do carbonoemprodutosflorestais de longapermanência, aumenta a capacidade de estoque de carbonoporárea

  11. Outros Serviços Ecossistêmicos

  12. Cadeia produtiva do Gado - corte AMBIENTE ORGANIZACIONAL (logística) Distribuição Produção Pecuária Pequenos (diversificação) Grande produtor especializado Confinamento • Insumos • Terra • Sanidade • Alimentação • Bezerros • Balanças, equipamentos Atacado Frigorífico Supermercados Consumidor Final: açougues Restaurantes Co-produtos Couro, bezerros reprodutores T T T AMBIENTE INSTITUCIONAL (MAPA)

  13. Cadeia de prestação de serviços da Pecuária de Corte???? • Marketing • O conceito de serviços da McDonald's:  • Preço justo • Fácil de reconhecer • Consistente • Ambiente limpo AMBIENTE ORGANIZACIONAL Quioto, Voluntários, GEF Distribuição Produção de Biomassa Sequestro de co2 Filtragem da água Absorção de nutrientes Fixação do solo Alteração da paisagem Carga do solo • Insumos • CO2 atmosférico • Água • Nutrientes • Paisagem • Filtro Atacado Ag Nacional Consumidor Final: População Regional Global Clientes regionais Turismo rural Beleza cênica; Potencial filtro Frigoríficos, mercados T T T Certificações: INPI, COC AMBIENTE INSTITUCIONAL (ANSA)

  14. Cadeia de prestação de serviços de SAF???? • Marketing • O conceito de serviços da McDonald's:  • Preço justo • Fácil de reconhecer • Consistente • Ambiente limpo AMBIENTE ORGANIZACIONAL Quioto, Voluntários, GEF Produção Florestal Sequestro de co2 Conservação biodiversidade Filtragem da água Absorção de nutrientes Fixação do solo Alteração da paisagem Carga do solo substituição de produtos com alta demanda energética Distribuição • Insumos • CO2 atmosférico • Biodiversidade • Água • Nutrientes • Paisagem • Filtro Consumidor Final: População Local, regional, Nacional e mundial Atacado Ag Nacional Transformação Primária PFM Água verde, azul e virtual Beleza cênica; Potencial filtro T T T AMBIENTE INSTITUCIONAL (ANSA)

  15. Cadeia de prestação de serviços de Silvopastoril???? • Marketing • O conceito de serviços da McDonald's:  • Preço justo • Fácil de reconhecer • Consistente • Ambiente limpo AMBIENTE ORGANIZACIONAL Quioto, Voluntários, GEF Produção Florestal Sequestro de co2 Conservação biodiversidade Filtragem da água Absorção de nutrientes Fixação do solo Alteração da paisagem Carga do solo substituição de produtos com alta demanda energética Distribuição • Insumos • CO2 atmosférico • Biodiversidade • Água • Nutrientes • Paisagem • Filtro Consumidor Final: População Local, regional, Nacional e mundial Atacado Ag Nacional Transformação Primária PFM Água verde, azul e virtual Beleza cênica; Potencial filtro T T T AMBIENTE INSTITUCIONAL (ANSA)

  16. Cadeia de prestação de serviços do Eucalipto???? AMBIENTE ORGANIZACIONAL Distribuição Produção Florestal Sequestro de co2 Filtragem da água Absorção de nutrientes Fixação do solo Alteração da paisagem Carga do solo • Insumos • CO2 atmosférico • Água • Nutrientes • Paisagem • Filtro Atacado Ag Nacional Consumidor Final: População regional Transformação Primária PFM Água verde, azul e virtual Beleza cênica; Potencial filtro T T T AMBIENTE INSTITUCIONAL (PNBSAE) • Marketing • O conceito de serviços da McDonald's:  • Preço justo • Fácil de reconhecer • Consistente • Ambiente limpo Quioto, Voluntários, GEF

  17. Cadeia de prestação de serviços de PFM???? • Marketing • O conceito de serviços da McDonald's:  • Preço justo • Fácil de reconhecer • Consistente • Ambiente limpo AMBIENTE ORGANIZACIONAL Quioto, Voluntários, GEF Produção Florestal Sequestro de co2 Conservação biodiversidade Filtragem da água Absorção de nutrientes Fixação do solo Alteração da paisagem Carga do solo substituição de produtos com alta demanda energética Distribuição • Insumos • CO2 atmosférico • Biodiversidade • Água • Nutrientes • Paisagem • Filtro Consumidor Final: População Local, regional, Nacional e mundial Atacado Ag Nacional Transformação Primária PFM Água verde, azul e virtual Beleza cênica; Potencial filtro T T T AMBIENTE INSTITUCIONAL (PNBSAE) PFM produz mais benefícios ambientais que REDD Associado ao aumento da oferta de emprego e renda

  18. Propriedade Rural - Futuro Madeira de Origem Sustentada O uso de madeira contribui para aumentar o estoque de carbono nos ecossistemas terrestres, desde que de origem sustentada Créditos de Carbono Plantio e uso sustentável de florestas Créditos de Biodiversidade Áreas de Alto Valor para a Conservação, reservas de variabilidade genética, espécies endêmicas, ameaçadas etc Energias Renováveis Usinas eólicas USDA, 2005 Milho / Soja Gado Créditos de Água A gestão da qualidade e quantidade da água Controle de enchentes Habitat de espécies migratórias Controle de salinização dos solos etc

  19. Estrutura Empresarial (dimensão da base de recursos, infra-estrutura, equipamentos, $ - mecanismo financeiro, entre outros) Funções Suprimento Regulatório Cultural Suporte Produtos e Serviços Taxas Impostos Licenças Multas Pagamentos diretos Compra de créditos Beneficiários Indivíduos, sociedade • Pequenos produtores rurais, indústria, comércio, construção, etc Indústria • Médios produtores rurais, indústria, comércio, construção, etc Construção Energia Transporte • Grandes produtores rurais, indústria, comércio, construção, etc Resíduos $ $ $ Agricultura Floresta Ambiente Institucional (leis, regulamentos, certificações, registros, entre outros)

  20. Carbono e Competitividade Agrobras Consult, 2010

  21. South African fruit & wine export producers Inventário e neutralização de carbono Ainda não existem definições sobre as medidas internas que os Estados Unidos pretendem adotar para reduzir as emissões de gases que provocam o aquecimento global. Industriais brasileiros com receio de que sejam criadas novas taxas sobre os produtos importados, que elevariam os custos das exportações do Brasil. Pecuária Brasil - pouco mais de uma cabeça por hectare – 60,5 kg CH4 + 54 kg de CO2 /ha/ano = 1,3 tCO2eq/hectare/ano. Pastagem seqüestra 3,4 tCO2/hectare/ano (RODRIGUES, 2010) Indústria mundial do cimento Mundo = 800 a 880 kg CO2/ t; Brasil = 659 kg CO2/t.

  22. Water footpring Carbon footpring Forest footpring Urban and Ecological footpring Marketing

  23. Projetos de Lei de Pagamentos por Serviços Ambientais Bolsa Floresta e Fundo Bolsa Natureza Bolsa Florestal Bolsa Verde (Pronaf) Programa Nacional de Recompensa Ambiental Programa Renda Verde e Fundo Crédito Verde Fundo Nacional de Serviços Ambientais Financiamento do Sistema Nacional de Crédito Rural Regulamentação (valoração, prestadores, beneficiários e mecanismo de repasse) Política Nacional Programa Federal Controle Financiamento Cadastro Nacional 3 a 6 sub-programas Cadeias Produtivas Sustentáveis Financiamento incluindo Multas Reserva Legal • PROJETO DE LEI 792/2007 (PL Principal) • APENSADOS: • PL 1190/2007 • PL 1667/2007 • PL 1920/2007 • PL 5487/2009 • PL 5528/2009 • PL 6204/2009 • PL 1999/2007 • PL 2364/2007 • PL 5487/2009 • PL 5528/2009 • PL 6005/2009 • PL 6204/2009 • PL 7061/2010

  24. Bens e Serviços Ambientais reconhecidos e valorizados Pagamentos por Serviços Ambientais dos Ecossistemas PNBSABE PLS 309/2010 Política Nacional de Bens e Serviços Ambientais do Brasil Conselho Nacional de Bens e Serviços Ambientais Unidade de Bens e Serviços Ambientais Registro Nacional de Bens e Serviços Ambientais Sistema Nacional de Informação de Bens e Serviços Ambientais Comitê Técnico-Científico e Painel Brasileiro de Bens e Serviços Ambientais Certificação CBSA/Brasil Bens e Serviços Ambientais sem diferenciação Serviços Ambientais dos Ecossistemas sem remuneração

  25. Unidade de Bens e Serviços Ambientais:Dinamização do Potencial de Mercado de Pagamentos por Serviços Ecossistêmicos no MT Normas e regulamentos – indicadores de valoração;Compra e venda;Marketing;Administração, supervisão e assessoria técnica;Investimentos e pagamentos;Monitoramento e Certificação. UBSAE/MT

  26. PNBSAE/MT

  27. PNBSAE/MT

  28. PNBSAE/MT

  29. Conclusão • Economia Verde apresenta oportunidades para produção rural com qualidade ambiental • Já existem metodologias e mercados para serviços ecossistêmicos • Vários exemplos de legislação nacional sobre a temática • Casos de sucesso e proprietários que já realizaram a venda dos créditos

  30. Obrigado! eder.zanetti@fulbrightmail.org