t cnicas narrativas n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
TÉCNICAS NARRATIVAS PowerPoint Presentation
Download Presentation
TÉCNICAS NARRATIVAS

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 19

TÉCNICAS NARRATIVAS - PowerPoint PPT Presentation


  • 132 Views
  • Uploaded on

TÉCNICAS NARRATIVAS. Profª Katiucha Orrico Especialista em Altas Habilidades/ Superdotação e Contadora de História em Formação. Conto. João, Pedro e José Por Katiucha Orrico. EXPECTATIVAS DO LEITOR.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'TÉCNICAS NARRATIVAS' - evadne


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
t cnicas narrativas

TÉCNICAS NARRATIVAS

ProfªKatiuchaOrrico

Especialista em Altas Habilidades/ Superdotação e

Contadora de História em Formação

conto
Conto
  • João, Pedro e José

Por Katiucha Orrico

expectativas do leitor
EXPECTATIVAS DO LEITOR
  • “Quando a leitura ficcional e poética representa atendimento ao gosto imediato do leitor, ela desencadeia o processo de identificação do sujeito com os elementos da realidade representada, gerando prazer. Por outro lado, quando rompe de modo incisivo com as expectativas do sujeito, dá origem necessariamente ao diálogo e ao consequente questionamento das propostas inovadoras ali contidas, alargando o horizonte cultural do leitor. O dividendo final é novamente o prazer da leitura, agora por outra via, a da apropriação de um mundo inesperado.” (Vera Teixeira de Aguiar e Alice Áurea Penteado Martha)
a forma o do leitor passa por etapas
A FORMAÇÃO DO LEITOR PASSA POR ETAPAS:

A) Pré – Leitor - 1 a 3 anos

  • Leitura de imagens / Ouvir histórias – rápidas curtas
  • Livros pano, plástico/ Histórias de bichos, brinquedos

B) Pré – Leitor - 3 a 6 anos -

  • Desenvolvimento da Linguagem Oral
  • Relação entre imagens e palavras
  • Fantoches e Música
slide5

C) Leitor Iniciante - 6 a 7 anos

  • Leitura Silábica / lustração
  • Imagina-se personagem e vive um mundo imaginário
  • Não associa o que é lido com a totalidade do texto / Narrativa com início, meio e fim

D)Leitor em Processo - 8 a 9 anos

  • Domínio da Leitura
  • Presença de imagens em diálogo com o texto
  • Linguagem mais elaborada
slide6

E) Leitor Fluente - (10 a 11 anos)

Domínio total da Leitura

F) Leitor Crítico

Desenvolvimento do pensamento reflexivo

faces de um contador
Faces de um contador
  • Contar contos de tradição só com a palavra;
  • Contar utilizando objetos diretos;
  • Contar utilizando objetos indiretos;
  • Teatro vivo;
  • Contar com instrumentos musicais; Vídeo Ana Luisa Lacombe
processo criativo do contador
Processo criativo do contador
  • 1º passo: observar o meu processo criador;
  • 2º passo: observação aplicada: o que vivencio? Os 05 sentidos: música, palavras, sons, gosto, toque...
  • 3º passo: entender qual é o seu canal de percepção: auditivo, visual, cinestésico...
  • Teste do carro..... Folha
compet ncias requeridas conta o
COMPETÊNCIAS REQUERIDAS -Contação
  • SABER, MUITO BEM, A HISTORIA E SUAS PARTES;
  • CONTAR COM ENTONAÇÃO ADEQUADA;
  • INTERPRETAR O QUE SE FALA;
  • PARA CADA PERSONAGEM ASSUMIR UMA POSTURA E/OU GESTO OU VOZ DIFERENCIADA.
hist ria de lenga lenga a sopa supimpa a sopa de pedra pedro malasarte conto tradicional portugu s
História de LengalengaA sopa supimpaA SOPA DE PEDRAPedro MalasarteConto tradicional português

Estêvão Marques

*1º vídeo Por KatiuchaOrrico

Videos:

*2º vídeo Sopa de Pedra Rede Brasil

*3º Baú de historias

passo a passo para a conta o de hist rias
Passo a passo para a contação de histórias:

1º Faça uma seleção de títulos que despertem em você a vontade de passá-los. É importante abrir o universo deles para diferentes narrativas, com temas como a vida e a morte, nossa origem e a humanidade, além de mitos;

2º Para se familiarizar com a narrativa, treine contando para amigos e familiares (alunos);

3º Comece a narrar para grupos menores, enquanto você conhece as suas possibilidades. Reúna os ouvintes em roda para que eles se sintam próximos de você.

4º Escolha recursos, como desenhos, bonecos, músicas e movimentos de dança, com os quais você se sinta mais à vontade.

5º Use elementos expressivos, como imitação de vozes e movimentos com as mãos (estalar de dedos e palmas). Empregados na hora certa, eles fazem a diferença.

slide12

Gilka Girardello, professora da Universidade Federal de Santa Catarina,

dá orientações a quem quer se tornar craque na contação de histórias.

6º Imagine os detalhes de todas as cenas e descubra a melhor maneira de entoar cada trecho (sem se preocupar em decorá-las).

7º Preste atenção em algum refrão ou frase de impacto que pode ser repetidos sempre do mesmo jeito – porque são bonitos ou soam bem.

8º Quanto mais a história for contada, maior o número de novas imagens que são incorporadas a cada cena. Esta é a peculiaridade da oralidade: cada um recria o conto.

9º   Projete a voz na sala e amplie os gestos para que o público não se disperse. Quando o enredo pedir um tom mais suave, todos entenderão o recurso e farão silêncio para ouvir.

10º Antes ou depois da narração, conte de onde vem a história: de um livro, de um filme, da mitologia grega ou se aconteceu com alguém conhecido. Assim, a turma fica sabendo que também pode passá-la adiante.

11º Ignore as peraltices de alguns e conte a história para o todo. Se alguma coisa que os bagunceiros fizerem permitir, vale incorporá-la à performance, sem quebrar o clima da história.

12º Contar histórias sempre envolve alguns imprevistos. O importante é não ter medo. Geralmente, as crianças querem que a narração prossiga. Então, elas vão ajudar você.

estudando uma hist ria
Estudando uma história
  • Leitura, várias leituras;

1ª O que te chamou atenção, 2ª o que não chamou atenção, 3ª local da história (mapa da história), 4ª quem e como são os personagens (chuva de ideias), 5ª os elementos (símbolos e sem ação), 6ª tema enredo, 7ª a linha da história (cenas), 8ª os capítulos, títulos e subtítulos (desenhos em 8 partes), 9ª vivencia da história (Teatro vivo, passando por todos os personagens).

slide14

Leitura, várias leituras;

Identificando as personagens e narrador;

Identificando o local;

Gravando sua história;

Fazendo o mapa;

Teatro vivo ( com alunos);

Historia pequena, conhecida

v deo conto de orix
Vídeo:CONTO DE ORIXÁ

UMA ATIVIDADE APLICADA

  • Passei o vídeo;
  • Cada criança sentiu a história e fez um painel com o que ficou da história;
  • Depois juntamos os painéis e montamos um painel da história;
  • Ao final cada criança sabia os caminhos da história.
  • Pode se pedir também um “teatro Vivo”, o Mapa da História”, a “linha da História”...
mapa da hist ria
MAPA DA HISTÓRIA
  • A SOPA SUPIMPA!
refer ncias de contadores
Referências de Contadores
  • Ana Luisa Lacombe,
  • Catherine Zarcate,
  • César "El Wayqui" Villegas
  • Estêvão Marques,
  • Hassane Kouyaté,
  • Madalena Monteiro,
  • Nicia Grillo,
  • Regina Machado...
sites interessantes
Sites interessantes
  • http://alunotalentosonoespiritosanto.blogspot.com.br
  • casadainfancia.spaceblog.com.br
  • escolaoficinaludica.com.br
  • ciberpoesia.com.br
  • alzirazulmira.com.br
  • kikihamann.com.br
  • jangadadobrasil.com.br
  • dobrasdaleitura.com.br
  • saladeliteraturainfantil.blogspot.com
    • meninomaluquinho.com.br