slide1 l.
Download
Skip this Video
Download Presentation
D úvidas de uma criança que não nasceu ainda e já est á muito preocupada pelo seu futuro!

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 27

D úvidas de uma criança que não nasceu ainda e já est á muito preocupada pelo seu futuro! - PowerPoint PPT Presentation


  • 72 Views
  • Uploaded on

Um outro plebiscito contra a vida nascente: A Lei 40 sobre a “fecundaç ã o artificial” n ã o tem ainda um ano e j á querem acabar com ela… Vamos falar nisso?. D úvidas de uma criança que não nasceu ainda e já est á muito preocupada pelo seu futuro! .

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'D úvidas de uma criança que não nasceu ainda e já est á muito preocupada pelo seu futuro!' - egil


Download Now An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

Um outro plebiscito contra a vida nascente:

A Lei 40

sobre a “fecundação artificial” não tem ainda um ano e já querem acabar com ela…

Vamos falar nisso?

Dúvidas de uma criança que não nasceu ainda e já estámuito preocupada pelo seu futuro!

slide3

E aí, eu tenho só uma!

À partir da concepção o Dna paterno se une

àquele materno e…

nasce una nova vida !

slide4

Realmente pensamos que o valor de um ser humano se pode julgar

De acordo com o lugar aonde ele esteja?

slide5

Eu estou aqui!

E aqui também !!!

slide6

Até um ano atrás na Italia tinha a lei do mais forte… quem levava a pior era o concebido.

O “Far West” da proveta…

slide7

Agora não é mais assim.

A Lei 40/2004

– mesmo se não sendo perfeita- reconhece aos embriões alguns importantes direitos…

slide8

…direito à vida,

à identidade genetica,

A nascer em uma família.

Direito de nao ser clonado ou de virar cobaia de laboratório.

slide10

Eu sei que para cada um de nós que conseguiu nascer pelo menos outros 9 pagaram com a vida, perderam ou foram simplesmente eliminados…

O Congresso mundial de Helsinki sobre a F.A. dá um percentual de sucesso destas técnicas não superior aos 10%

slide11

E depois dizem que as técnicas

de fecundação artificial

apresentam poucos riscos…

Para quem?

Certamente não para mim!

slide12

Baixo peso quando nasce:

Schieve LA et al: Low and very low birth weight in infants conceived

with use of assisted reproductive technology.N Engl J Med 2002.

Risco dobrado de paralisia cerebral:

Stromberg B et al: Neurological sequelae in children born

after in-vitro fertilisation: a population-based study.Lancet 2002;359:461-5.

Risco dobradode graves malformações:

Hansen M et al: The risk of major birth defects after intracytoplasmic

sperm injection and in vitro fertilisation.N Engl J Med 2002;346(10):725-30

Koren G: Adverse effects of assisted reproductive

technology and pregnancy outcome.Ped Res 2002.

NN: Neurological sequelae and major birth defects in children born after

in-vitro fertilization or intracytoplasmic sperm injection.Eur J Pediatr 2003;162:64.

Maior numero de plurigemeos e prematuros:

Greisen G: Multifoetal pregnancy and prematurity:

the costs of assisted reproduction.Acta Paediatr 2002;91:1449-50.

Mortalidade prè-natal: 40% a mais:

Frans M Helmerhorst et al: Perinatal outcome of singletons and twins after assisted

conception: a systematic review of controlled studies.BMJ 2004; 328:261.

slide13

Congelamento, seleção pré-implante,

aborto seletivo,esperimentação destrutiva...

Nós não somos cobaias!

E’ ciência esta?

slide14

Você realmente pensa

que é possível me congelar e me descongelar

sem problemas?

NÃO, o descongelamento muitas vezer me mata,

e se sobrevivo na maior parte das vezes serei descartado !

Depois de alguns anos de congelamento,

o meu destino será marcado:

me destruirão.

slide15

E’ verdade existe o

problema da infertilidade de tantos casais.

Mas curar a infertilidade não pode significar soprimir a vida de alguém...

(são mais ou menos 30.000 os embriões congelados na Italia

Antes da entrada em vigor da Lei 40… que fim eles terão?)

slide16

A Lei atual prevê o implante de un máximo di três embriões provenientes do mesmo casal, sem passar pelo congelamento ou pela seleção eugenética.

Estudosrecentes (Policlinico S.Orsola de Bologna) demonstram que esta solução, além de ser a menos taumática para a mulher, obtém os mesmos resultados de implantar 10 ou mais embriões (que morrerão).

slide17

Você realmente pensa

que retirar duas das minha oito células

para uma diagnose pré-natal

das doenças genéticas seja inócuo para mim?

A diagnose pré-implante è possível somente para algumas das milhares de doenças genéticas,

é errada em 10% dos casos,

me mata em 5% dos casos

e è proibida também

Na Suíça, na Austria e na Alemanha.

slide18

A idéia que a fecundação

artificial resolve facilmente todos os

problemas de fertilidade

é simplismente falsa e pôs

em moto um grande mercado…

slide19

Você realmente pensa

que em toda esta história

o dinheiro não conte?

Potentes lobbies de mercado condicionam TV e revistad…na Italia e no mundo.

slide20

Na Italia existe un número

de centros de fecundação assistida

seis vezes superior

Que nos U.S.A. e na Gran Bretanha!!!

slide21

A Lei 40/2004

não abole a procriação

medicalmente assistida,

mas a regulamenta reconhecendo

a dignidade humana do embrião e a

sua salvaguarda.

slide22

Não è justo nem humano fazer mercado

sobre a minha vida…

Eu também tenho o direito de crescer

como todas as crianças!

slide24

Existe uma fronteira insuperável

que é o mistério da vida humana,

esta non è um bem de consumo mas

deve ser acolhida e amada por si mesma…

slide25

A pesquisa científica tem agora um novo ponto

De partida: è o respeito e o cuidado por toda a vida humana, desde o primeiro instante.

slide26

DAR VOZ A QUEM NÃO TEM!!!

E’ um empenho que vale uma vida!

O Dr. Bruner operou dentro do utero materno,

para corrigir um problema di espinha bifida, um feto de 21 semanas.

Samuel Alexander nasceu sã no dia 28 de Dezembro de alguns anos atrás.

Na foto a pequena segura a mão do cirurgião durante a operação!

Universidade de Vanderbilt ( Nashville, Tennessee)

slide27

… os esforços científicos

podem caminhar para o centro da vida.

Mas eles também devem ser submetidos

À normas éticas:

È o que tenta fazer a Lei 40 em vigor.

Por isto temos que defendê-la e exprimir o nosso desacordo com o próximo plebiscito:

NÃO VOTANDO

E informando o maior número de pessoas.

Obrigada.