slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
_Painel: RELAÇÕES PÚBLICAS PowerPoint Presentation
Download Presentation
_Painel: RELAÇÕES PÚBLICAS

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 17

_Painel: RELAÇÕES PÚBLICAS - PowerPoint PPT Presentation


  • 166 Views
  • Uploaded on

RP. _Painel: RELAÇÕES PÚBLICAS. Guerra de Secessão (1860) Enorme desenvolvimento. (especuladores/industriais/Estado controlado/interesses) Condições trabalhadores. (salários e jornadas) Willian Henry Vanderbilt – Magnata ferrovias

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about '_Painel: RELAÇÕES PÚBLICAS' - eagan


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

RP

_Painel: RELAÇÕES PÚBLICAS

eua primeiras manifesta es de rp
Guerra de Secessão (1860)

Enorme desenvolvimento.

(especuladores/industriais/Estado controlado/interesses)

Condições trabalhadores.

(salários e jornadas)

Willian Henry Vanderbilt – Magnata ferrovias

“The public be damned” – Times - Lema para industriais

sem escrúpulos.

Falta de sintonia – empresa / públicos

EUA – primeiras manifestações de RP
eua primeiras manifesta es de rp1
Reação.

Defesa e correção.(estratégia)

Divulgar notícias favoráveis às empresas.(tática)

EUA – primeiras manifestações de RP
eua primeiras manifesta es de rp2
Ivy Ledbetter Lee (1906). (JOR a RP de NY)

Momento propício para criar Assessoria.

1º momento:

Produzia e distribuía notícias em caráter jornalístico (nada pago)

Informações reais e de importância para público.

Evitava denúncias.

EUA – primeiras manifestações de RP
eua primeiras manifesta es de rp3
1º cliente: Pennsylvânia Railroad

Várias ferrovias, empresas e setor público.

Greve Colorado Fuel and Iron CIA.

Em dez (1914) consultor pessoal de Johnn Rockefeller Jr.

Altera imagem (velho capitalista voraz – bondoso ancião - lenda)

EUA – primeiras manifestações de RP
eua primeiras manifesta es de rp4
Profissão se estrutura.

Práticas, técnicas, princípios de RP em ação:

Promoção para patriotismo (I e II Guerra)

Esforços para esclarecer situação financeira (Grande Depressão)

Campanhas de RP eleitoral/político/social (Milhões de $ beneficentes) (entre as guerras)

Sofisticação de RP (empresas, governo, sindicatos e instituições sociais).

EUA – primeiras manifestações de RP
brasil primeiras manifesta es de rp
Canadense The San Paulo Tramway and Power Company Limeted (EletroPaulo). (1º Depart. de RP no Brasil 30/01/1914)

Objetivo: cuidar das relações com usuários e autoridades (lobby) – ação prematura.

Eduardo Pinheiro Lobo – 1º RP Brasil 02/12/1876 – data RP no país.

BRASIL – primeiras manifestações de RP
brasil rp expans o efetiva
RP se firma nos anos 40. Cia Siderurgia Nacional em Volta Redonda (RJ)

Expansão profissional na década de 50. Capital estrangeiro e exigência de competência e preparo profissional.

BRASIL – RP expansão efetiva
brasil d cadas de 50 e 60
Anos 50

Curso FGV - Profº Eric Carlson sobre RP na Adm. Pública.

Fundação da ABRP.

Inclusão da disciplina RP na ESAN.

Seminário do Gov. SP para conscientizar redatores sobre os modernos serviços de informação governamental.

BRASIL – Décadas de 50 e 60
brasil d cadas de 50 e 601
Anos 60

Reconhecimento da profissão pela Lei nº 5377 – 11/12/67. (privativo p/ bacharéis)

Disciplina o exercício e fiscaliza a profissão Decreto nº 63.283 – 26/09/68.

BRASIL – Décadas de 50 e 60
defini es de rela es p blicas
DEFINIÇÕES DE RELAÇÕES PÚBLICAS
  • Não há uma definição precisa.
  • Vários significados atribuídos.
  • Recente surgimento nos países.
  • 1952 catalogaram 987 definições nos EUA.
  • Exame da natureza de suas atividades e funções.
defini o pela abrp
Definição pela ABRP
  • “O esforço deliberado, planificado, coeso e contínuo da alta administração, para estabelecer e manter uma compreensão mútua entre uma organização, pública ou privada, e seu pessoal, assim como entre essa organização e todos os grupos aos quais está ligada, direta ou indiretamente,entendendo-se por grupos os acionistas, clientes, fornecedores, governo, indústria, escolas, financiadores, etc..”
defini o pela conrerp
Definição pela CONRERP
  • “É uma função de caráter permanente, planificada e regular, que partindo do pressuposto de que a boa vontade da opinião pública é fundamentalmente importante para a vida de qualquer empresa, pessoa, entidade ou órgão governamental, trabalha junto aos setores que lhe são mais relevantes ou próximos visando a:
defini o pela conrerp1
Definição pela CONRERP
  • a) conhecer e analisar suas atitudes.
  • b) recomendar à empresa ou entidade meios e modos pelos quais ela possa satisfazer os anseios da opinião pública.
  • c) informar a opinião pública sobre a satisfação de seus anseios, por parte da empresa ou entidade;
  • d)promover a imagem da entidade ou empresa e de seus produtos junto à opinião pública”.
defini o pela effective public relations
Definição pela Effective Public Relations
  • Uma função da administração distinta, que ajuda a estabelecer e manter linhas mútuas de comunicação, entendimento, aceitação e cooperação entre a organização e os seus públicos; envolve a gestão de problemas ou temas importantes; ajuda a administração a manter-se informada sobre a opinião pública e pronta a responder perante ela; define e sublinha a responsabilidade da administração em servir o interesse do público; ajuda a administração a ficar a par da mudança e a usá-la, serve como um mecanismo de aviso prévio para antecipar modas; usa a pesquisa e uma comunicação racional, sã e ética como ferramentas principais.