Romanos capitulo 4 5 6
Download
1 / 19

Romanos Capitulo 4,5,6 - PowerPoint PPT Presentation


  • 118 Views
  • Uploaded on

Romanos Capitulo 4,5,6. Introdução - Nos capítulos seguintes o Apóstolo Paulo trata sobre o principal tema de Romanos - A JUSTIFICAÇÃO PELA FÉ. => Vamos dividir em três partes para uma melhor entendimento.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Romanos Capitulo 4,5,6' - dick


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
Romanos capitulo 4 5 6

Romanos Capitulo 4,5,6

Introdução - Nos capítulos seguintes o Apóstolo Paulo trata sobre o principal tema de Romanos - A JUSTIFICAÇÃO PELA FÉ.


Vamos dividir em tr s partes para uma melhor entendimento
=> Vamos dividir em três partes para uma melhor entendimento.

I- Capítulo 4. A justificação pela Fé tem sua base nas escrituras. O Apóstolo vai buscar a figura de um homem no antigo testamento para dar base a seu ensino - ABRAÃO.

1)O que aprendemos com isso? Todo o nosso ensino tem que ter a sua base nas escrituras e não no nosso próprio entendimento.


  • 2)Porque Abraão é usado para justificar doutrinas no Novo Testamento? Porque Abraão foi o pai da Fé, o pioneiro no caminho das promessas de Deus. Ele é citado por Jesus, Paulo e na carta aos Hebreus.

  • Obs: algumas questões no novo testamento são entendidas com base em Abraão, tipo: DIZIMO. Hebreus. 7.4-8


3)Passos dados por Abraão Testamento? Porque Abraão foi o pai da Fé, o pioneiro no caminho das promessas de Deus. Ele é citado por Jesus, que o tornaram justo diante de Deus:

- Creu em esperança contra a esperança. Rm 4.18

- Não enfraqueceu na Fé. Rm 4.19

- Não duvidou da promessa de Deus por incredulidade. Rm 4.20

- descansou na fidelidade de Deus. Rm 4.21


4)Aprendemos com o Apóstolo Paulo que ninguém é justificado por obras e sim pela fé. Não é pelo que fazemos e sim pelo que ele fez. Rm 4.1,5

Obs: Não Somos salvos por termos uma vida devocional, mais, temos uma vida devocional por sermos salvos.(exemplo - o ladrão na Cruz).


II - Capitulo 5 justificado por obras e sim pela fé. Não é pelo que fazemos e sim pelo que ele fez. .Continuação da doutrina da justificação pela fé e o resultado-PAZ COM DEUS. Rm 5.1

Porque paz com Deus? Porque nos éramos inimigos de Deus por causa do pecado de Adão. Na Cruz fomos reconciliados com Deus. (entenda, na Cruz e não na ressurreição). Rm 5.10

Obs- esta reconciliação vem do grego Katalassō significando mudar mutuamente.


Vejamos as tr s faces da paz com deus
Vejamos as três faces da paz com Deus: justificado por obras e sim pela fé. Não é pelo que fazemos e sim pelo que ele fez.

1) Paciência. Rm 5.3 - É muito mais do que esperar, é ter tranquilidade na espera. Descansar.

2) Experiência. Rm 5.4 - Crescimento, amadurecimento.

3) Esperança. Rm 5.4 - Certeza do esperado.

Obs: Para começarmos a tratar sobre isto, precisamos entender que tudo começa com a tribulação.


  • III - Capitulo 6 justificado por obras e sim pela fé. Não é pelo que fazemos e sim pelo que ele fez. .Continuação sobre a justificação pela fé, e agora, o poder da GRAÇA DE DEUS sobre o pecado.

    Exaustivamente Paulo aborda neste Capítulo a nossa nova posição em Deus - REMIDOS PELO SANGUE DE JESUS.

    - Desfazendo um grande mau entendido: Porque não somos pecadores remidos?

    Resposta: Porque pecador significa VIVER ESCRAVIZADO PELO PECADO RM 6.17,18 e 20, ao passo que remido significa COMPRADO DA ESCRAVIDÃO POR UM PREÇO, Rm 6.22


Conclu mos mostrando os quatro benef cios da gra a de deus no verso 22 s o eles
Concluímos justificado por obras e sim pela fé. Não é pelo que fazemos e sim pelo que ele fez. mostrando os quatro benefícios da graça de Deus no verso 22. São eles:

1) Libertação do pecado - Não que você deixe de pecar, mais sim o pecado perde as forças sobre a sua vida porque agora você esta morto Rm 6.11

2) Servos de Deus - É o servo da orelha furada. Aquele que serve por livre vontade.


3) Gerando fruto para santificação - Esse é o fruto que mostra a nossa mudança genuína. Gl 5.22

Analisando o fruto do Espírito:

As três primeiras vem de Deus

Caridade, Gozo, Paz.

As três seguinte vem do relacionamento entre os crentes.

Longanimidade, Benignidade( agir com delicadeza), Bondade.

As três ultimas falam do caráter de cada cristão.

Fé, Mansidão, Temperança(domínio próprio)


4)Vida eterna - Eternidade com Deus. mostra a nossa mudança genuína.

IV Capítulo 7. Trás a sequência do Capitulo 6, Paulo apenas trata algumas outras questões ligadas ao tema principal de Romano.

A doutrina da justificação pela Fé ainda esta em evidencia e o Apóstolo Paulo aborda a guerra espiritual interna vivida por todos os cristãos. A LUTA DA CARNE CONTRA O ESPIRITO.


Quando Paulo fala em carne ele esta tratando sobre natureza carnal e caída (vinda de Adão). Natureza carnal -referi-se as inclinações carnais que levam ao pecado. Quando fala em Espirito, esta se referindo ao Espirito Santo nutrindo o espirito do Homem. Quando falamos em espirito do homem, esta falando da parte de Deus no homem, onde vive o Espirito Santo. Esta é a parte mas secreta do ser humano.


Vejamos as obras da carne. carnal e caída (vinda de Adão). Natureza carnal -Gálatas Cap. 5

Paulo classifica em quatro categorias:

1 - Pecados sexuais

Prostituição, impureza(Afeta diretamente a mente. humor sexual, pornografia em geral), Lascívia(Linguagem suja, perversão em geral).


2 - carnal e caída (vinda de Adão). Natureza carnal -Pecados religiosos

Idolatria, Feitiçaria(rituais de bruxaria),

3 - Pecados relacionados ao comportamento. Relacionamento interpessoal.

Inimizade, Porfia(competição, rivalidade), Emulações(ciúmes), Iras, Pelejas(ambição egoísta), Dissensões(fortes desentendimentos), Heresias, Invejas.

4 - Pecados comuns as culturas pagas.

Bebedices, Glutonarias, coisas semelhantes a estas.


ad