engenharia de produ o disc processos de fabrica o ii prof jorge marques n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Disc.: Processos de Fabricação II Prof. Jorge Marques PowerPoint Presentation
Download Presentation
ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Disc.: Processos de Fabricação II Prof. Jorge Marques

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 22

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Disc.: Processos de Fabricação II Prof. Jorge Marques - PowerPoint PPT Presentation


  • 129 Views
  • Uploaded on

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Disc.: Processos de Fabricação II Prof. Jorge Marques. Aula 6 Fundição de Precisão Cera Perdida e Molde Metálico. Referências: CHIAVERINI , V. Tecnologia Mecânica . Vol. II TORRE, J. Manual Prático de Fundição Telecurso 2000. Processos de Fabricação.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Disc.: Processos de Fabricação II Prof. Jorge Marques' - dezso


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
engenharia de produ o disc processos de fabrica o ii prof jorge marques

ENGENHARIA DE PRODUÇÃODisc.: Processos de Fabricação IIProf. Jorge Marques

Aula 6

Fundição de Precisão

Cera Perdida e

Molde Metálico

Referências:

CHIAVERINI, V. Tecnologia Mecânica. Vol. II

TORRE, J. Manual Prático de Fundição

Telecurso 2000. Processos de Fabricação.

fundi o de precis o
Fundição de Precisão
  • A fundição de precisão é aquela em que se consegue tolerâncias dimensionais apertadas, excelente acabamento superficial e execução de formas complexas, paredes finas e cantos vivos.
  • Basicamente a fundição de precisão é obtida por dois processos de moldagem:
    • Modelo de cera perdida, com vazamento por gravidade ou centrifugação.
    • Molde metálico, com vazamento sob pressão, por centrifugação ou por gravidade.
moldagem por cera perdida
Moldagem por cera perdida
  • Neste processo, o modelo é de cera e é confeccionado numa matriz metálica.
  • A cera quente, em estado líquido, é injetada na matriz metálica.
  • Após solidificar, o modelo de cera é ejetado da matriz por meio de pinos extratores.
  • Os modelos podem ser soldados (em cera) a uma árvore com funções de canal de descida e massalote, ou, podem ser processados individualmente. Depende do tamanho, entre outras características.
moldagem por cera perdida1
Moldagem por cera perdida
  • A árvore de modelos (ou somente um modelo com seu canal de descida) é mergulhada numa lama composta de areia muito fina e aglomerantes naturais e sintéticos.
  • O mergulho é repetido algumas vezes, primeiro numa areia fina depois numa areia de maior granulometria, até que sobre o modelo de cera seja formada uma casca grossa de lama solidificada.
moldagem por cera perdida2
Moldagem por cera perdida
  • A casca é aquecida, a cera derrete e a casca é curada. A cera líquida é derramada, formando o vazio, ou seja, o molde.
  • O metal líquido é vazado.
  • Depois de solidificada e esfriada, a peça é retirada, destruindo-se o molde.
  • A retirada de canal de descida e massalotes completam o processo.
  • A cera é reaproveitada, o molde não.
passo a passo da cera perdida
Passo a passo da cera perdida

1 A cera fundida é injetada na matriz para a produção do modelo e dos canais de vazamento.

passo a passo da cera perdida1
Passo a passo da cera perdida

2 Os modelos de cera endurecida são montados no canal de alimentação ou vazamento.

passo a passo da cera perdida2
Passo a passo da cera perdida

3 O conjunto é mergulhado na lama refratária

passo a passo da cera perdida3
Passo a passo da cera perdida

4 Todo o conjunto recebe calor. O material do molde endurece e os modelos são derretidos e escoam.

passo a passo da cera perdida4
Passo a passo da cera perdida

5 O molde aquecido é preenchido com metal líquido por gravidade ou centrifugação.

passo a passo da cera perdida5
Passo a passo da cera perdida

6 Depois que a peça se solidifica, o material do molde é quebrado para que as peças sejam retiradas.

passo a passo da cera perdida6
Passo a passo da cera perdida

7 Retira-se os canais de alimentação e rebarbas.

molde met lico
Molde Metálico
  • Os moldes metálicos, também chamados de moldes permanentes, são fabricados por processos de usinagem em aço liga de alta resistência à temperatura.
  • Obviamente, são utilizados para processar metais de pontos de fusão relativamente baixos, como ligas de alumínio, bronze, cobre, zinco.
  • Em especial, nos processos por injeção (vazamento por pressão) o ZAMAC (Al + Cu + Mg + Zn) é uma liga muito utilizada na produção de formas complexas.
molde met lico1
Molde Metálico

A figura ilustra um molde permanente para vazamento por gravidade

molde met lico2
Molde Metálico

Esquema de uma fundição sob pressão (injeção)

molde met lico3
Molde Metálico
  • Para que não ocorra ligação da peça fundida com o molde (brasagem), a cada vazamento deve-se aplicar um desmoldante. Dependendo do metal a fundir, o desmoldante também pode ser (quase) permanente.
  • Um molde metálico é capaz de processar 100 mil peças fundidas ou mais.
a fus o do metal
A fusão do metal
  • A fusão do metal é feita em fornos apropriados.
  • Os fornos produzem calor por meio de combustível (sólido, líquido ou gasoso) ou energia elétrica (arco, resistência ou indução).
  • O cubilô é um forno usado para o ferro fundido. Sua produção de calor é por combustível sólido, o coque.
  • Em geral os fornos são revestidos internamente por material refratário e sua estrutura externa é de placas metálicas.
a fus o do metal1
A fusão do metal
  • A temperatura de fusão e vazamento dos metais depende da composição química de suas ligas, uma referência grosseira destas temperaturas é fornecida abaixo:
    • Ferro fundido ≈ 1300 °C
    • Ligas de alumínio ≈ 700 °C
    • Ligas de cobre ≈ 1100 °C
    • Ligas de zinco ≈ 400 °C
    • Aços ≈ 1200 °C a 1700°C