slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
03 - ESTRUTURA CONCEITUAL DA CONTABILIDADE PowerPoint Presentation
Download Presentation
03 - ESTRUTURA CONCEITUAL DA CONTABILIDADE

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 16

03 - ESTRUTURA CONCEITUAL DA CONTABILIDADE - PowerPoint PPT Presentation


  • 108 Views
  • Uploaded on

Disciplina: Nome. Professor: E-mail :. 03 - ESTRUTURA CONCEITUAL DA CONTABILIDADE. Estrutura conceitual da contabilidade. Objetivo fundamental da contabilidade é a geração de informações úteis e relevantes para a tomada de decisão.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about '03 - ESTRUTURA CONCEITUAL DA CONTABILIDADE' - dena


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

Disciplina: Nome

Professor:

E-mail:

03 - ESTRUTURA CONCEITUALDA CONTABILIDADE

estrutura conceitual da contabilidade
Estrutura conceitual da contabilidade

Objetivo fundamental da contabilidade é a geração de informações úteis e relevantes para a tomada de decisão

postulados
Os Postulados Contábeis da Entidade e da Continuidade, regras gerais, respectivamente, delimitam o ambiente de desenvolvimento da contabilidade, representados no tronco da árvore. Postulados
postulado da entidade
Quatro enfoques:

jurídico,

econômico,

organizacional,

social.

Postulado da entidade
enfoque social
Enfoque social

Leva em conta o fator de humanização das organizações. Evidencia os benefícios que a entidade propicia à sociedade. Intimamente relacionado ao percentual de aplicação do lucro.

Percentual do lucro Participação no empreendimento

p ostulado da continuidade
As organizações são construídas para operarem por um longo período. Essas instituições aplicam recursos para produzirem riquezas, buscando agregar valor aos investimentos realizados.

Assim sendo seus ativos devem ser contabilizados e avaliados a valores de entrada, ou seja, pelo custo de aquisição.

Caso a organização apresente clara situação de descontinuidade, ou seja, sua falência seja iminente, deve registrar e avaliar seus ativos a valores de saída.

Postulado da continuidade
princ pios cont beis
Os princípios e convenções contábeis são guias ou regras decorrentes da experiência e da pesquisa, utilizadas para o registro dos fatos contábeis e para elaboração das demonstrações contábeis.Princípios Contábeis
o princ pio do custo hist rico como base de valor
Estabelece que os ativos devam ser incorporados ao patrimônio das entidades pelo valor de aquisição ou de fabricação ao qual se somam os valores gastos para colocarem estes ativos em condições de gerar benefícios O PRINCÍPIO DO CUSTO HISTÓRICO COMO BASE DE VALOR
o princ pio da realiza o da receita em confronta o com as despesas
Este princípio estabelece que o momento do reconhecimento da receita e das despesas relacionadas é o momento em que os produtos ou serviços são transferidos ao cliente.

No momento em que os produtos são transferidos, a maior parte do esforço em obter a receita já está realizada, estabelecendo-se o valor de mercado para a transação.

O PRINCÍPIO DA REALIZAÇÃO DA RECEITA EM CONFRONTAÇÃO COM AS DESPESAS
conven es cont beis
As convenções contábeis buscam nortear procedimentos contábeis, contribuindo para a padronização e adoção de procedimentos comuns em situações específicasCONVENÇÕES CONTÁBEIS
conven o da objetividade
Esta restrição trata da atribuição de valores aos itens patrimoniais.

Pode ser considerado como base objetiva, aquilo a que se atribui valor, baseado em documentos fiscais, tais como a nota fiscal.

CONVENÇÃO DA OBJETIVIDADE
conven o da materialidade
O primeiro ponto a ser considerado é a relação benefício/custo , ou seja, qual o benefício que vou ter e quanto vou gastar para tal. Um exemplo seria o caso de contabilizar cada lápis gasto no setor administrativo no momento de seu uso. Em vez de lançarmos cada lápis, podemos contabilizar o consumo destes lápis por lotes, diminuindo assim o custo de controle e contabilização.CONVENÇÃO DA MATERIALIDADE
conven o do conservadorismo
Sempre que se defrontar com alternativas igualmente válidas para a atribuição de valores ao Ativo e Passivo, deve-se optar por um valor mais baixo para o Ativo e um valor mais alto para o Passivo.CONVENÇÃO DO CONSERVADORISMO
conven o da consist ncia
Sob a luz dessa convenção deve-se observar, por exemplo, que se adotado um determinado critério de contabilização, o mesmo não deve ser mudado para que não prejudique a comparabilidade dos resultados, a não ser que seja absolutamente necessário. CONVENÇÃO DA CONSISTÊNCIA
slide16

Disciplina: Nome

Professor:

E-mail:

Muito Obrigado(a)!!

Professor:

E-mail