israel desafios atuais 28 6 10 haim dror traduzido por leslie sasson cohen n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
ISRAEL Desafios Atuais 28/6/10 Haim Dror Traduzido por : Leslie Sasson Cohen PowerPoint Presentation
Download Presentation
ISRAEL Desafios Atuais 28/6/10 Haim Dror Traduzido por : Leslie Sasson Cohen

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 88

ISRAEL Desafios Atuais 28/6/10 Haim Dror Traduzido por : Leslie Sasson Cohen - PowerPoint PPT Presentation


  • 71 Views
  • Uploaded on

ISRAEL Desafios Atuais 28/6/10 Haim Dror Traduzido por : Leslie Sasson Cohen. Israel . “Se Israel cair , cairemos todos ” Gostemos ou não , o nosso destino está inevitavelmente entrelaçado …” José Maria Aznar, Primeiro Ministro Espanhol de 1996 a 2004 ( Junho 2010).

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'ISRAEL Desafios Atuais 28/6/10 Haim Dror Traduzido por : Leslie Sasson Cohen' - della


Download Now An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
israel
Israel

“Se Israelcair, cairemostodos”

Gostemosounão, o nossodestinoestáinevitavelmenteentrelaçado…”

José Maria Aznar, PrimeiroMinistroEspanhol de 1996 a 2004

(Junho 2010)

estat sticas informa o sobre 0 isl
Estatísticas & InformaçãoSobre 0 Islã
  • O Islã tem 1,57 bilhãode seguidores, o queequivale a 23% dapopulaçãomundial
  • Apenas20% dos Muçulmanossãoárabes
  • O Islãestádivididode maneiraconflitanteentre ‘Sunitas’ (87%) e ‘Xiitas’ (13%), quenão se aceitammutuamente…
  • 34.000 Americanosse converteramaoIslãapósoseventos de 11 de setembro (é o índicemais alto desdeque o Islãchegouaos EUA)
prepostos iranianos
Prepostosiranianos

Siria

MaioriaSunita

Irã

Desenvolvimento Nuclear

Líder dos radicais

Apoio à Siria, Hezbollah e Hamas

Hezbollah

Hamas

Iraque

MaioriaXiita

hezbollah hamas

122mm // 20.4km (12.75m)

Fajar 3 // 45km (28.1m)

Fajar 5 // 72km (45m)

Zilzal // 240km (150m)

Hezbollah & Hamas

UNIFIL

Tibereas

Haifa

Tel-Aviv

Jerusalem

Be’er Sheva

slide12
Irã

Alcance dos MísseisIranianos

implica es de um ir nuclear
Implicações de um Irã Nuclear
  • Desestabilização de regimes moderados
  • Capacidades de longoalcance (UE)
  • Implicaçõesemsegurançaenergética
  • Efeitodominó regional
  • Perigoparaos EUA e forçasinternacionais
  • Guarda-chuva nuclear para a Siria, Hezbollah e Hamas
  • Ligação entre Armas de Destruiçãoem Massa (WMD) e terrorismo

Politico-Estratégico

Militar-Estratégico

Promoção do Terror

Potencialameaçaexistencialpara Israel

slide16

O confiltocomeçouapós a I Guerra Mundial, quando o ImpérioOtomano (Turquia) perdeu o controlesobre o OrienteMédio e teveinício o MandatoBritânico…

A terra foidividida e foi dado mandatooucontrolesobre a regiãoaospaíseseuropeus .

slide17

A Partilha

Em 1947, as NaçõesUnidasanunciaram o plano de dividir a Palestinaem um Estado árabe e outrojudeu.

Os judeusaceitaram, masosárabesjuraramfazer o que fosse precisoparaevitarque o planoda ONU fosse executado.

a arena palestina

Hamas

A Arena Palestina

Entidadesseparadas, divididaspelaideologia e território

AutoridadePalestina

Governopalestinoreconhecidointernacionalmente

Ideologia radical islamica

Prepostoiraniano

Atençãocrescenteàsquestões de segurança

Rejeitaostermosdacomunidadeinternacional

Aumentodacooperação Israel/AP

Aumento de força

Melhorianascondiçõeseconômicas

Ameaça à segurança

bloqueio a gaza
Bloqueio a Gaza

OperaçãoChumboFundido

AumentodaIntimidação

Estado de calmaria

Golpe de Estado do Hamas

Eleições AP

Sequestro de Shalit

Saída Unilateral

2010

2009

2006

2005

2007

2008

CondiçõesdaComunidadeInternacionalRecusadas:

Foguetes e Morteiros

Jan.-Jun. 2010

56 Foguetes

33 Morteiros

  • Cessaçãodaatividadeterroristahostil contra Israel
  • Reconhecimento dos acordos entre Israel e a AP
  • Reconhecimento do direito de existência do Estado de Israel
oito anos de foguetes
Oitoanos de Foguetes

Desde2001, mais de 8.000 foguetes e morteirosatingiram Israel

Mortars = morteiros / Rockets = Foguetes

mais de 1 000 000 de israelenses est o ao alcance dos foguetes de gaza

Ashdod

Gedara

Ashkelon

Qiryat Gat

Sderot

Netivot

Ofakim

Morteiro// 6km (3.7m)

Qassam // 16km (10m)

Grad + Qassam // 20km (12.4m)

40km (25m)

Beer Sheva

Mais de 1.000.000 de israelensesestãoaoalcance dos foguetes de Gaza
fundamento do hamas
Fundamento do Hamas
  • Acrônimoárabepara “Movimento de ResistênciaIslâmica”
  • OrganizaçãoterroristanascidadaIrmandadeIslãmica / Egito, criadaem 1987
  • A IrmandadeMuçulmana é Sunita, defende ‘umaúnicanaçãomuçulmanaparatodososmuçulmanosaoredor do mundo’
  • SedenaCidade de Gaza
slide28

ESTATUTO DO HAMAS

(AtualmenteresponsávelpelaFaixa de Gaza)

"Israel existe e existiráatéque o Isã o elimine, assimcomoeliminououtros antes."

“O Movimento de ResistênciaIslâmica” acreditaque a terra daPalestina é um Waqfislâmicoconsagradoparafuturasgerações de muçulmanosaté o dia do julgamento final. O território, todoouem parte, nãopode ser desperdiçado: todoouqualquer parte dele nãopode ser cedido. "

“Nãoháoutrasoluçãopara a questãopalestina a não ser pormeio de Jihad. Iniciativas, propostas e conferênciasinternacionaissãoumaperda de tempo e empreendimentosvãos."

“DepoisdaPalestina, osSionistasaspiram à expansão do Niloaté o Eufrates. Quandoelestiveremdigerido a regiãoconquistada, elesaspirarão a maisexpansão e assimpordiante. Seuplanoestácontempladonos “Protocolos dos sábios de Sião” , e suacondutaatual é a maiorprova do queestamosdizendo“.

hamas ataca especialmente alvos civis
O Hamas matoumais de 500 pessoasemmais de 350 diferentesataquesterroristasdesde 1993

A maior parte das mortesfoicausadaporhomens-bombasuicidas

Tambémusamorteiros, foguetes de curtoalcance e armas de fogo

HAMAS atacaespecialmentealvoscivis

Aprovado por Qaradawi: A primeira mulher bomba do Hamas, ReemRaiyshi, que matou quatro israelenses em um ataque em 15 de janeiro. Tinha dois filhos.

lan ador de foguetes no campo de refugiados de shati
Lançador de foguetes no campo de refugiados de Shati
  • Lançadorlocalizadoaolado do centromédico, do centro de reabilitação e do estádio de futebol
uma bomba humana por 22
Umabombahumanapor $22

24 de março de 2004, Ponto de Inspeção de Hawara, principal saída de Nablus

slide47
NãohácrisehumanitáriaemGaza,masporque o Mundonão se preocupa com verdadeiras crises humanitárias?
h crise humanit ria em gaza
Hácrisehumanitáriaem Gaza?

Devido à coordenação entre a AP e ONGs, suprimentos e bens sãotransferidospara a Faixa de Gaza diariamenteem volume queultrapassao exigidopela lei internacional. Israel continua ajudando a garantir a manutenção de infraestruturabásica e de água, permitindo a transferência de equipamentosquandonecessário.

Transf. Semanais(30/5-5/6)

Transferênciasem2009

Caminhões: 484

Caminhões: 30.920

Toneladas: 12.413

Toneladas: 738.576

Transf. Médicas: 10.544

Transf. Médicas: 373

Combustível: 1,08 milhãolitros

Pessoal de ONGs: 21.200

Fotos do Mercado de Gaza (2009)

slide55

Israel apoiou as atividades do setorprivado e do sistemabancárionaFaixa de Gaza.

  • 77% das entradas de caminhõesnaFaixa de Gaza em 2009 foramcoordenadaspelosetorprivado.
  • 257 empresáriospalestinossaíramdaFaixa de Gaza emdireção a Israel, Cisjordânia e destinos no exterior.

Carregamentos de caminhões transferidos para a Faixa de Gaza - 2009

Setor Privado

Comunidade Internacional

slide56
HipocrisiaA flotilha turca e os símbolos de hipocrisiaFalsaajuda “Pacífica e Humanitária” ativistas
ihh e turquia
IHH e Turquia

Turquia e o IHH

Grupo central de 40 ativistas do IHH no Mavi Marmara

Turquianegounovepedidosisraelenses de inspeção de segurançadurante o carregamento do navio, aocontrário de outrospaíses.

Embarqueseminspeção de segurançaemIstanbul

Hierarquiabaseadaemcoordenação regional. Uso de crachás de segurançadurante a viagem e equipamentos de comunicação via rádio

O Mavi Marmara foiadquirido de umaempresaturca (IDO), criadaem 1987 pelaprefeitura de Istanbul.

AcessoaoconvésrestritoaoIHH

Instruções de resistênciadadasdurante o embarque.

Entrevistas com ospassageirosrevelaramque o Governoturcoauxiliou a flotilha antes de suapartida.

O Mavi Marmara continhaapenaspassageiros e nãoajudahumanitária.

s mbolo 1 da hipocrisia turca
Símbolo #1 dahipocrisiaturca
  • Invasãoturca do Chiprecomeçaem 20 de julho de 1974
  • Permanentesabusosturcos dos direitoshumanos dos curdos
  • GenocídioArmenio– A Turquiamatou 1,5 milhão de armêniosdapopulação do ImpérioOtomanodurante e logo após a I Guerra Mundial.
s mbolo 2 conselho de direitos humanos da onu
Símbolo #2Conselho de DireitosHumanosda ONU

O Conselho é presididoporHalima Warzazido Marrocos.Quando Saddam Hussein usougásvenenoso contra oscurdos no Iraque, em 1988, Warzaziorgulhosamenteboloqueou a ação das NaçõesUnidasparacondenar o massacre.

O Vice Presidente é o diplomatasuiço Jean Ziegler, queajudou o déspotalíbioMoammarQaddafi a criar o “PrêmioInternacional al-Qaddafi de DireitosHumanos'' e se tornouo primeiroganhador do prêmio. Dividiuestahonra com Fidel Castro, Louis Farrakhan, Hugo Cháveze outrospatronosdaliberdade.

O mais novo “conselheiroespecialista” é Miguel D'EscotoBrockman, daNicarágua, admirador de Mahmoud Ahmadinejade defensor de Omar al-Bashir, o presidentesudanês

s mbolo da hipocrisia 3 durban ii confer ncia da onu sobre racismo
Símbolodahipocrisia #3Durban II - Conferênciada ONU sobreRacismo

Presidência:

Libia

Vice-Pres:

Irã

Vice-Pres:

Cuba

slide62

Símbolodahipocrisia#4

Mundoárabe e AutoridadePalestina

  • Egitoa quem a Faixa de Gaza pertenciaoriginalmente, levantou o mesmobloqueio a Gaza, se manteveemsilêncio e inclusive pediu a condenação de Israel…
  • AP (AutoridadePalestina) queluta ‘até a morte’ com o Hamas pelopodersobreosterritóriospalestinos, por um lado, pediuque Israel mantivesse o bloqueio a Gaza…Poroutroladoacusou Israel de criar a crisehumanitária,,,
  • Representantesda AP, queincluemMahmud Abbas(o Presidenteda AP) nãopodementrarem Gaza…se entrarem, serãomortos…
slide63

Símbolodahipocrisia#5

Organizações ‘Humanitárias’ e ‘Pacíficas’

  • Organizações “Humanitárias” trabalhamemconjunto com ospiores regimes racistas e quemaisabusam das metashumanitáriasmundiais
  • Porquenãoatuam de maneirahumanitáriapelomenosparapermiitir o acesso do soldadosequestradoGiladShalità‘CruzVermelha’?
n o se pode vencer hipocrisia com tanques mas a verdade vai venc la
Não se podevencerhipocrisia com tanques! Mas a verdadevaivencê-la

Síndrome de ‘Sansão’

  • Israel é muito forte militarmenteMAStanquesnãopodem combater a hipocrisia!
  • Quantomais Israel utilizar o poderiomilitar, maiorserá o RISCO a seufuturo!
  • Israel precisa ser DAVIDnãoSANSÃO !
slide65

Israel é Justo e Moral !

Esta é a melhorarmapossível!

1 entender as ra zes
#1 – Entender as raízes
  • A guerra – nãoestárelacionadaapenas a Israel, é umaguerrareligiosacontra tudo o que o mundolivrerepresenta:
    • Liberdade, direitoshumanos, anti-racismo e democracia
  • Sua meta – é ferira legitimidade de Israel existire não é sobreterritórios…elessabem disso
    • Militarmente - Israel venceu
    • Economicamente – Israel venceu
    • Legitimidade– quantomais forte você for, maisfrágilvocê se torna.
  • Suasarmas- mídia, internet etc. nãotanques…
    • usandoIgnorância, racismo, fragilidadepolítica do ocidente, criseeconômica, corrupção dos regimes muçulmanosmoderados, mídia superficial, e forçaspseudo pró ‘direitoshumanos’
2 focar as ra zes
#2 – Focar as raízes

Liberdade

DireitosHumanos

Anti-Racismo

Democracia

3 estar conectado
#3 – Estarconectado
  • Redessociais– Junte-se a todososcanaispossíveis de mídiacomo: Facebook e outrasredessociais
  • Mídia - Jornais e outrasmídias de contestaçãona internet
  • GruposInternacionais – Junte-se a canais de informaçãocomo: ‘UN Watch’, israel21c, e outrasfontessimilares de informação
  • GruposLocais – Junte-se a causaslocais e gruposcomogrupossociais, associações, de alumni, etc.
  • RedePessoal – Constrúa a suaprópriarede.
4 comunicar
#4 – Comunicar

Agirsobre o discurso !

(walk the talk)

Dizer a verdade a todosqueestiveremdispostos a ouvir

slide75

זכויות אדם , כישלון המערכת הבינלאומית ,אתגרים העומדים בפני ישראל - מה הפתרון האפשרי , חלק שני - איך מגיעים - יסוד הסוגיות הבסיס החל מזכויות אדם , זכותה של מדינה

  • מאבק על נקודות מי יחזיק מעמד , החיבור לא רק ליהדות העולם אלא גם לבעלי ערכים דומים

הרחבת קבוצת התמיכה על בסיס חיבור ערכי , נטרול הקיצוניות של הצד השני על יד הסטת הוויכוח לערכי היסוד

  • הכחשה של מלחמת דת מצד גורמים באסלם משחקת לידיים של הקיצוניים , פוטרת את המתונים מלהתמודד עם הדחף להשליט סדר דתי חדש, חוסר יציבות במדינות הערביות הסוניות
slide78

“A Palestia é terra árabe e islâmica, do rioao mar, incluindoJerusalém. Ali, nãohálugarparaosjudeus.”Declaraçãoconjunta no aniversário do Plano de Partilhada ONU (29 de novembro de 2007)

“Nósnãotrairemos as promessasquefizemos a Deus de continuar no caminhoda Jihad e daresistênciaaté a liberaçãodaPalestina, de toda a Palestina"Declaração do Hamas (12 de março de 2007)

“Aossionistasquepilharam a nossa terra… prometemosqueamanhãtoda a Palestina se tornará um inferno paravocês, com a ajuda de Allah..."- MuhammedDeif, líderdaBrigadaIzz al-Din Al Qassam, o chamado “braçomilitar” do Hamas, agosto de 2005 (de umadeclaraçãopublicadaemseu site na internet em 27 de agosto de 2005).

"Hamas continuará a empunharsuasarmas e a reivindicarseudireito de resistir. A resistênciacontinuarásendoumaopçãoestratégicaatéque o últimopedaçoda terra palestinasejaliberado, atéque o últimorefugiadoretorne...."- KhaledMashal, líder do Hamas emDamasco, Dezembro2005, falandoemDamasco.

"Israel é umaentidadevilquefoiplantadaemnosso solo e quenão tem nenhumalegitimidadehistórica, religiosaou cultural ..."- Mahmoud Al-Zahar, líder do Hamas e ex ministropalestino das relaçõesexteriores, outubro de 2006, citado no jornalpalestino Al-Ayyam.

slide79

“A constituinte e a estratégia do Hamas nãomudam de acordo com as circunstâncias. O Hamas se manteráfiel à Jihad, à resistência, àsarmas, à Palestina e a Jerusalém ...."- Ismail Haniyeh, líder do Hamas e PrimeiroMinistroPalestino, citado no jornal Gulf Daily News, Bahrain, 20 Janeiro de 2006

“A ressurreiçãosóaconteceráquandoosmuçulmanoslutarem contra osjudeus e osmatarem e a pedra e a árvoredirão: “Oh muçulmanos, servos de Allah, há um judeuatrás de mim, mate-o!....". A Palestina e a mesquitaAl Aqsanãoserãoliberadasporcúpulasouresoluçõesinternacionais, maspelo rifle....."- Ismail Radwan, Porta-voz do Hamas , discursodivulgadona PA TV, 30 de março de 2007

“Por Deus, nãodeixaremos um judeusequernaPalestina. Lutaremos contra eles com toda a nossaforça. Esta é a nossa terra e não dos judeus."- Abd al-Aziz Rantisi

“A nossa meta é liberartodas as nossasterras. Se tivermos a opção, estabeleceremos um Estado emcadacentímetro de terra dentro das fronteiras de 1967, masissonãosignificaqueabriremosmão de nossodireito a todas as terrasdaPalestina. Nósqueremostoda a Palestina, de [Ras] NaquraatéRafah, e do Mediterrâneoaté o rioJordão." Mahmoud Al-Zahar Al-Ayyam(21 de outubro de 2006)

metas do hamas
Metas do Hamas
  • Combinanacionalismopalestino com fundamentalismoislâmico
  • Destruição de Israel
  • SubstituiçãodaAutoridadePalestinapor um Estado Islâmico
  • Luta porerguer a bandeira de Allah sobrecadacentímetrodaPalestina
recursos financeiros do hamas
RecursosFinanceiros do Hamas
  • Expatriadospalestinos e doadoresprivadosnaArábiaSaudita e outrospaísesricosempetróleo do GolfoPérsico.
  • InstituiçõesMuçulmanas de Caridadeaoredor do mundo
  • O Irãtambémdáapoiosignificativo
confronto de armamentos e muni es
Aumento do alcance dos mísseis

Mísseislançados de Gaza

2003 2008

Total 8.827 foguetes e morteiros

Confronto de armamentos e munições
foguetes qassam lan ados contra israel 2007
FoguetesQassamlançados contra Israel 2007

Qassam lançados

2572

1323

1250

937

245

Desde o DesengajamentoAgosto2005

Junho 07

Nov 06

Agosto 07

Total 2007

Desde o cessarfogo

Desde o golpe do Hamas

crise humanit ria em gaza11
CriseHumanitáriaem Gaza?
  • Apenasem 2009:
  • 738.576 tons (30.576 carregamentos de caminhão) de bens humanitáriosforamtransferidos à Faixa de Gaza
  • 22.849 Palestinosdeixaram a Faixa de Gaza, dentreeles 10.544 pacientes e seusacompanhantes, quesaíramparatratamentomédicoemisrael
  • 21.200 membros de organismos de ajudainternacionalentraramem Gaza.
demografia
Demografia

Egito

Area: 1,000,002 km2

Pop. 78.8 million

Irã

Area: 1,648,000 km2

Pop. 70 million

Síria

Líbano

Iraque

Irã

Israel

Iraque

Area: 437,000 km2

Pop. 26.7 million

Síria

Area: 185,000 km2

Pop. 18.8 million

Egito

ArábiaSaudita

ArábiaSaudita

Area: 2,149,000 km2

Pop. 27 million

Israel

Area: 21,000 km2

Pop. 7.1 million

slide88

Carta de um meninoisraelense de 9 anos de idade

“Aquelequefaz a paznasalturas…”

“Eugostaria de dizerqueháumaguerraem Israel. Os soldadosestãotristes e todomundoestápreocupado.

Eutambémestoupreocupado com ossoldados. Queropediraomundo – por favor, nosajudem.

Gostaríamosquevocêssoubessemquesomos um paíspequeno, mastambémsomos fortes e é importantequevocêsnosapóiem.

AoHamas, eudigo: chega de lançarfoguetes contra Israel.Venham, deixem-nosfazer a paz. Venham e façamos a paz.

Ran3a Série

Jerusalém