pa ses socialistas urss e china n.
Download
Skip this Video
Download Presentation
Países socialistas: URSS e China

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 20

Países socialistas: URSS e China - PowerPoint PPT Presentation


  • 98 Views
  • Uploaded on

Países socialistas: URSS e China. Economia de mercado: Propriedade privada “Livre iniciativa” Estado “regulador”. Economia planificada: Propriedade coletiva Planos de metas Estado interventor. X.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Países socialistas: URSS e China' - dee


Download Now An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide2

Economia de mercado:

  • Propriedade privada
  • “Livre iniciativa”
  • Estado “regulador”
  • Economia planificada:
  • Propriedade coletiva
  • Planos de metas
  • Estado interventor

X

Importante!São duas filosofias. Na prática, encontram-se combinações de cada uma de acordo com cada país.

experi ncias socialistas diferentes resultados
Experiências socialistas... Diferentes resultados
  • Por que Rússia e China tiveram destinos diferentes?
  • Por que a China passou a ser uma potência econômica e a Rússia entrou em decadência?
slide4

Rússia

- Formação territorial russa: A grande extensão do território russo se deve ao passado czarista associada à tradição da Igreja Ortodoxa. A União Soviética não encerrou esse domínio territorial, apenas substituindo o czar pelo comando do Partido Comunista.

slide6

Revolução de 1917 – Significado econômico

  • Transformação de um país agrário em industrial em pouco tempo.
    • - Estatização de todos os meios de produção
  • Rapidamente a União Soviética buscou expandir sua área de influência através de acordos de alinhamento com outros países, como:
  • Comecon: acordo de assistência mútua
  • Pacto de Varsóvia: pacto militar
  • Signatários: Alemanha Oriental, Checoslováquia, Polônia, Bulgária, Hungria e Romênia. (posterior adesão de Mongólia, Cuba e Vietnã ao COMECON).
slide7

A Industrialização:

  • Priorização da indústria de base, militar e aeroespacial.
  • Estrutura espacial “dispersa”: proteção geopolítica contra ataques externos. (Conseqüência: forte interdependência entre ex-países socialistas).
  • Apogeu soviético: corrida espacial
slide12

Decadência?

  • Terceira revolução industrial.
  • Burocratização.
  • Baixa capacidade de produção de bens de consumo.
  • Glasnost (transparência) e Perestroika (reestruturação) – desmonte da URSS (incitado pelos EUA).
  • Fragmentação territorial – Formação da Comunidade dos Estados Independentes.
slide14

China

- Passado Imperial

- Séculos XVIII e XIX: “colonização” européia

- Primeira revolução: nacionalista de 1912

- Segunda Guerra: luta conjunta contra os japoneses

- Segunda revolução: socialista de 1949

“O povo chinês se levantou... Ninguém nos insultará novamente”

Mao Tse-Tung

slide16

Industrialização (ou tentativa de): O grande salto à Frente

  • Fim da agricultura familiar: coletivização dos campos
    • Baixa produtividade agrícola -> crise de abastecimento no início dos anos 60 com milhões de mortes.
  • Autonomia militar -> projeto de armamento nuclear
  • Ruptura com União Soviética (1965) e aproximação com os Estados Unidos (1972).
  • O fracasso do Grande Salto enfraqueceu Mao Tse-Tung. Com a sua morte (1976), o Partido Comunista Chinês adotaria novos rumos.
slide17

A “Economia socialista de mercado”

  • Fim da coletivização dos campos (mas não fim da propriedade coletiva).
  • Dinamização das industrias estatais e criação de joint-ventures com empresas estrangeiras.
  • Criação de Zonas Econômicas Especiais: áreas de livre mercado dentro do território chinês. Vantagens:
    • - Incentivos fiscais
    • - Força-de-trabalho extremamente barata, relativamente capacitada e muito disciplinada (“Dumping social”).