ciclo iii l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
CICLO III PowerPoint Presentation
Download Presentation
CICLO III

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 30

CICLO III - PowerPoint PPT Presentation


  • 231 Views
  • Uploaded on

CICLO III. CLASSIFICAÇÃO DOS MÉDIUNS 25 DE JANEIRO(QUA) SANDRA B & 29 DE JANEIRO(DOM) EDUARDO W. Roteiro de Estudo. Definição de Médium Características dos médiuns Qualidades essenciais do médium

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'CICLO III' - coye


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
ciclo iii

CICLO III

CLASSIFICAÇÃO DOS MÉDIUNS

25 DE JANEIRO(QUA)

SANDRA B

&

29 DE JANEIRO(DOM)

EDUARDO W

roteiro de estudo
Roteiro de Estudo
  • Definição de Médium
  • Características dos médiuns
  • Qualidades essenciais do médium
  • Podemos dividir os médiuns em duas grandes categorias: MÉDIUNS DE EFEITOS FÍSICOS: MÉDIUNS DE EFEITOS FÍSICOS/INTELECTUAIS: Médiuns Audientes/ Médiuns Falantes /Psicofônicos / Médiuns Videntes / Médiuns Sonambúlicos
  • MEDIUNS DE EFEITOS FÍSICOS: Médiuns Curadores / Médiuns Pneumatógrafos / Médiuns trabalho com Ectoplasma / Bicorporiedade (Homene Duplos) Transfiguracao
  • MÉDIUNS ESCREVENTES OU PSICÓGRAFOSMédiuns Mecânicos / Médiuns Intuitivos / Médiuns Semi-mecânicos / Médiuns Inspirados Médiuns de Pressentimentos

KSSF - www.kardecian.org

defini o de m dium

“ ...Essa faculdade é inerente ao homem;não se constitui, portanto, privilégio exclusivo. Por isso mesmo, raras são as pessoas que dela não possuem alguns rudimentos.Pode, pois, dizer-se que todos são, mais ou menos, médiuns.Todavia, usualmente, assim só se classificam aqueles em quem a faculdade mediúnica se mostra bem caracterizada e se traduz por efeitos patentes, de certa intensidade, o que então depende de uma organização mais ou menos sensitiva..."

LM Cap. XIV

Definição de Médium

mediunidade

Naturezaorgânica

A Mediunidade é uma faculdade do espírito que se define e se delineia nas estruturas do Perispírito para emergir na organização física onde está plantada. Imprescindível, portanto, organizações perispiritual e celular compatíveis a fim de que a mesma se manifeste como fenômeno. Semelhantes organizações, o próprio trabalho mediúnico as desenvolve e aprimora, podendo-se afirmar que a mediunidade é, além do mais, evolutiva.

Mediunidade

m dium

SERIEDADE– “Os médiuns sérios são aqueles que se servem de suas faculdades apenas para fins utéis. Acreditam profaná-las utilizando-se delas para satisfação de curiosos e de indiferentes ou para futilidades”

MODÉSTIA – “São modestos os médiuns que não se envaidecem com as comunicações recebidas, por mais belas que sejam. Não se julgam ao abrigo

das mistificações”

L.M

Médium

m dium cont

DEVOTADO – “São médiuns devotados os que compreendem que o verdadeiro médium tem uma missão a cumprir e deve,quando necessário,sacrificar gostos, hábitos, prazeres, tempo e mesmo interesses materiais ao bem dos outros. Conservando, porém, a humildade, sem sentir-se um missionário, um privilegiado dos céus.”

SEGURANÇA– “São os que, além da facilidade de execução, merecem toda a confiança pelo próprio caráter, pela natureza elevada dos Espiritos que os assistem, os que menos expostos, se acham, a serem iludidos.”

L.M

Médium(cont…)

classifica o dos m diuns

EFEITOS FÍSICOS

EFEITOS INTELIGENTES

Classificação dos Médiuns

Os quetêm o poder de provocarefeitosmateriais, oumanifestaçõesostensivas

Os quesãomaisaptos a receber e a transmitircomunicaçõesinteligentes

LM Cap. XVI, item 187

classifica o dos m diuns8

EFEITOS FÍSICOS

EFEITOS INTELIGENTES

Classificação dos Médiuns

MédiunsAudientes

MédiunsFalantes/Psicofônicos

MédiunsVidentes

MédiunsSonambúlicos

MédiunsInspirados

Médiuns de Pressentimentos

MédiunsPsicográficos (*)

MédiunsCuradores

MédiunsPneumatógrafos

Médiuns de Trabalho c/ Ectoplasma

BicorporeidadeouHomensDuplos

Transfiguração

m diuns de efeitos f sicos

Curadores: curas de doençasdiversas

** Ler LM Cap. XIV – Item 7 – 175

Açãomagnética + concurso do Espírito

Pneumatógrafos: escritadireta, meioseletrônicos

ECTOPLASMA: ENERGIA BIOLÓGICA

Médiuns de EfeitosFísicos

Foto de Nedyr Mendes daRochas in 1965 em Uberaba

Médiuns: Chico Xavier & Antonio Alves Feitosa

EspíritodaIrmãJosefa

bicorporeidade homens duplos lm 1a parte cap vii variedades das manifesta es visuais

Bicorporeidade: Isolado do corpo, o Espírito de um vivo pode, como de um morto, mostrar-se com todas as aparênciasdarealidade, podendoadquirirmomentâneatangibilidade. (HomensDuplos) Exemplo: Santo Afonso de Liguori

Bicorporeidade/HomensDuplosLM 1a. Parte Cap. VIIVariedades das ManifestaçõesVisuais

Em Arienzo, na manhã de 21 de setembro de 1774 depois de haver celebrado missa, atirou-se num sofá, entrou em transe profundo, desdobrou-se e materializou-se onde se encontrava o Papa Clemente XIV e assiste ao seu desencarne. Em 22 de setembro, às 7 horas da manhã, no momento mesmo em que Afonso recuperava os sentidos, chegou a notícia da morte do Papa em Roma. 

transfigura o cont

Transfiguração(cont…)

122.Transfiguração: consiste na mudança do aspecto de um corpo vivo. O médium se transfigura e toma a aparência de pessoas mortas.

Pode-se dar pela vontade da própria pessoa ou sob influência externa. (Vide Allan Kardec, "A Gênese", cap. XIV, item 39; e a "Revista Espírita" de março de 1859.) Quando orou, Jesus se expandiu perispiritualmente, superpondo ao corpo novo aspecto e apresentando grande irradiação. A luminosidade propagou-se às suas vestes e através delas.

slide12

Transfiguração(cont…)

  • UM CASO DE TRANSFIGURAÇÃO - LM Item 122

122. ...Uma jovem de uns quinze anos gozava da estranha faculdade de se transfigurar, ou seja, de tomar em dados momentos todas as aparências de algumas pessoas mortas. A ilusão era tão completa que se acreditava estar na presença da pessoa, tamanha a semelhança dos traços do rosto, do olhar, da tonalidade da voz e até mesmo das expressões usuais na linguagem. Esse fenômeno repetiu-se centenas de vezes, sem qualquer interferência da vontade da jovem. Muitas vezes tomou a aparência de seu irmão, falecido alguns anos antes, reproduzindo-lhe não somente o semelhante, mas também o porte e a corpulência.

KSSF - www.kardecian.org

m diuns de efeitos inteligentes

MédiunsAudientes: osqueouvem o queosEspíritosfalam

MédiunsFalantes/Psicofônicos: transmitemmensagens dos Espíritospelavoz

MédiunsVidentes: osque, emestado de vigília, veêmosEspíritos

MédiunsSonambúlicos: osque, emestado de sonambulismo, sãoassistidosporEspíritos

MédiunsInspirados: recebemidéiasousugestõesrelacionadasàsaçõesdavidacotidianaouaosgrandestrabalhosdainteligência

Médiuns de Pressentimentos: osquetêmintuição de acontecimentosfuturos

MédiunsEscreventes or Psicográficos (*): osqueescrevem sob a influência dos espíritos

Médiuns de EfeitosInteligentes

m diuns audientes
MédiunsAudientes
  • Estes ouvem a voz dos Espíritos.
  • …algumasvezesumavoz interior, quefazouvir no foroíntimo
  • … doutrasvezes, é umavozexterior,clara e distinta, qual a de umapessoa viva
  • Os médiunsaudientespodem, assim, travarconversação com osEspíritos.
  • LM Cap. XIV Item 3

Chico Xavier & Emmanuel

KSSF - www.kardecian.org

m diuns falantes
MédiunsFalantes
  • …nada ouvem. Neles o Espíritoatuasobreosorgãosdapalavra.
  • Querendocomunicar-se, o Espírito, se serve do órgãoque se lhedeparamaisflexível no médium.

O médiumfalantegeralmente se exprimesemterconsciência do quediz e muitasvezesdizcoisascompletamenteestranhasàssuasidéiashabituais, aosseusconhecimentos e, até, for a do alcance de suainteligência.

KSSF - www.kardecian.org

m diuns videntes
MédiunsVidentes
  • Os médiunsvidentessãodotadosdafaculdade de verosEspíritos. Algunsgozamdessafaculdadeemestado normal, quandoperfeitamenteacordados, e conservamlembrançaprecisa do queviram.

Outrossó a possuememestadosonambúlico, oupróximo do sonambulismo.

A possibilidade de veremsonhoosEspíritosresulta, semconstestação, de umaespécie de mediunidade, masnãoconstitui, propriamentefalando, o que se chamamédiumvidente.

KSSF - www.kardecian.org

m diuns escreventes ou psic grafos
MédiunsEscreventesouPsicógrafos
  • De todososmeios de comunicação, a escrita manual é o mais simples, maiscômodo e, sobretudo, maiscompleto.
  • PelafacilidadequeosEspíritosencontramemexprimir-se poressemeio, elesnosrevelamseusmaisíntimospensamentos.

Para o médium, a faculdade de escrever é, além disso, a maissuscetível de desenvolver-se peloexercício.

KSSF - www.kardecian.org

m diuns de efeitos inteligentes psic grafo

MédiumMecânico: o Espíritoatuadiretamentesobre a mãoimpulsionando-a. Inconsciênciaabsoluta.

(DIFERENTE DO INTUITIVO emquehátransmissão de pensamento)

Médium Semi-Mecânicoou Semi-Intuitivo: sentenamão um impulsãoindependentedasuavontademasaomesmo tempo tem consciência do queescreve.

MédiunsPolígrafos: aquelescujaescritamuda com o Espíritoque se coumunica, ouaptos a reproduzir a escritaque o Espíritotinhaemvida

MédiunsPoliglotasou de Xenoglossia: osquetêm a faculdade de escrever, ouatéfalar, emlínguasquelhessãodesconhecidas.

MédiunsIletrados: osqueescrevem, comomédiuns, semsaberemler, nemescrever, no estadoordinário.

Médiuns de EfeitosInteligentes: Psicógrafo

pneumatografia x psicografia

Pneumatografia x Psicografia

Pneumatografia

(escritadireta)

Psicografia

MÉDIUM

Semutilização do aparelhomediúnicoparaescrever

UTILIZAÇÃO DO APARELHO MEDIÚNICO

MÃO

aplica o pr tica
AplicaçãoPrática
  • Caso 1:Aloysio está à espera de uma visita já marcada e a pessoa resolve não vir mais. Sem explicar como, ele sabe da mudança de planos no momento em que a pessoa tomou a decisão de não cumprir o combinado.

INTUIÇÃO

KSSF - www.kardecian.org

aplica o pr tica21
AplicaçãoPrática
  • Caso 1: Elaine consegue se deslocar, materializando-se, de um país ao outro na velocidade do pensamento orientada psiquicamente pelo seu amigo espiritual.

BICORPOREIDADE

KSSF - www.kardecian.org

aplica o pr tica22
AplicaçãoPrática
  • Caso 2: Rosilene está deitada em sua cama e sonha que está colhendo orquídeas na floresta amazônica e quando acorda tem em suas mãos um buquet com as tais orquídeas.

TRANSPORTE

KSSF - www.kardecian.org

aplica o pr tica23
AplicaçãoPrática
  • Caso 3: Em uma reunião mediúnica, um médium entra em transe. Neste momento aparece o espírito de uma freira (Irmã Josefa) utilizando o ectoplasma do médium e do grupo.

MATERIALIZAÇÃO

KSSF - www.kardecian.org

aplica o pr tica24
AplicaçãoPrática
  • Caso 4: Também em uma reunião mediúnica, Gontijo conta que os amigos espirituais estão lhe mostrando os instrumentos que são utilizados no plano espiritual para a realização das cirurgias espirituais.

VIDÊNCIA

KSSF - www.kardecian.org

aplica o pr tica25
AplicaçãoPrática
  • Caso 5: Um espírito amigo utiliza-se do aparelho fonador do José para explicar como se desenvolve o princípio inteligente do momento da criação até a sua primeira encarnação no reino hominal.

PSICOFONIA

KSSF - www.kardecian.org

aplica o pr tica26
AplicaçãoPrática
  • Caso 6: Ricardo diz, durante uma reunião mediúnica, estar ouvindo um coral de vozes infantis cantando as músicas da Casa Espírita.

AUDIÊNCIA

KSSF - www.kardecian.org

aplica o pr tica27
AplicaçãoPrática
  • Caso 7: Patrícia está fazendo a prece de encerramento ao final do estudo e Julian por acaso abre os olhos e vê que o semblante dela está igual ao rosto da Irmã Scheila.

TRANSFIGURAÇÃO

KSSF - www.kardecian.org

identifique o tipo de mediunidade
Identifique o tipo de mediunidade
  • YouTube - Ghost Whisperer- Goodbye Andrea

KSSF - www.kardecian.org

bibliografia
BiBliografia
  • O Livro Dos Médiuns, Allan Kardec - Cap. VII, XI à XVI
  • A Gênese, Allan Kardec - Cap. XIV, item 39

KSSF - www.kardecian.org

tenham uma tima semana
TENHAM UMA ÓTIMA SEMANA
  • Obrigadapelapresenca!
  • Estudem!

KSSF - www.kardecian.org