Download
gerenciamento de projetos n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
GERENCIAMENTO DE PROJETOS PowerPoint Presentation
Download Presentation
GERENCIAMENTO DE PROJETOS

GERENCIAMENTO DE PROJETOS

117 Views Download Presentation
Download Presentation

GERENCIAMENTO DE PROJETOS

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. GERENCIAMENTO DE PROJETOS

  2. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Duração de atividades • Diagrama do caminho crítico (PERT) • É um desdobramento do diagrama de seta. • Os diagramas baseados nos métodos do caminho crítico (CPM) ou uma das técnicas de avaliação e revisão de programas (PERT). • Incluem informações não só sobre a duração de cada atividade. • Incluem as datas mais cedo e mais tarde nas quais esta atividade poderá acontecer.

  3. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Duração de atividades • Diagrama do caminho crítico (PERT) • Projetos simples (os quais não incluem muitas atividades), as datas mais cedo e mais tarde de inicio geralmente são apresentadas acima do “nó” do evento precedente. • Alguns gráficos, essas datas são anotadas em espaço sobre o próprio nó. • Informações muito valiosas. • Definição do melhor momento de iniciar ou encerrar uma atividade. • Mostram quais atividades são “críticas”, devem ser concluídas exatamente dentro de seus marcos temporais, não podem ser alteradas sem que seja alterada a data de conclusão do projeto.

  4. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Duração de atividades • Diagrama do caminho crítico (PERT) • Uso do CPM e PERT era limitado. • Setores de defesa, engenharia e construção. • Hoje: básico para as necessidades de planejamento de projetos. • Útil na análise, avaliação de desempenho e determinação de cobranças e pagamentos. • Usado também na análise de risco para isolar as atividades e eventos que possam causar demora significativa e para estimar o custo de “compressão”.

  5. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Duração de atividades Diagrama do caminho crítico (PERT) Nós

  6. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Duração de atividades Diagrama do caminho crítico (PERT) 1 - Os números dos eventos são alocados após a elaboração do diagrama. 2 - Os números dos eventos servem apenas para identificá-los. 3 - Lacunas na numeração permitem a inserção de atividades adicionais que podem ser lembradas mais tarde. 4 - Os números dos eventos do exemplo, foram nomeados de 10 em 10 para permitir identificação de atividades em um plano secundário (de atividades) que pode utilizar os números intermediários.

  7. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Duração de atividades • Datas mais cedo e mais tarde de início para cada atividade • Após a conclusão do diagrama e verificado o intervalo de tempo necessário para completar cada atividade. • Definir a data mais cedo no qual cada uma poderá ser iniciada. • Os inícios podem ser medidos em horas / dias/ semanas / etc, desde o começo do projeto (datas relativas) ou, se a data de início do projeto foi fixada, uma data real.

  8. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Duração de atividades • Datas mais cedo dos eventos: • Atribua dia 1(ou a data real) como a data mais cedo do evento (EET ou Earlieste Event Time) para o primeiro evento e sua (s) atividade (s) seguinte (s). • Siga cada seqüência de atividades, acrescentado a duração de cada uma pra produzir a data mais cedo (EET), para anotação em cada nó que corresponda ao evento seguinte.

  9. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Duração de atividades • Datas mais cedo dos eventos: • Onde duas ou mais atividades convergem para um nó, anote o tempo total, mas não o anote no diagrama até que você tenha calculado as datas mais cedo para todos os eventos. • A data mais cedo para este evento será o número mais alto obtido à partir da sequencia mais longa. • Chegando ao fim do diagrama, a data mais cedo definirá a duração do projeto e como está corresponde ao fim do projeto, ela será também a data mais tarde para esse evento

  10. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Duração de atividades Datas mais cedo dos eventos:

  11. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Duração de atividades Datas mais cedo dos eventos:

  12. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Duração de atividades • Datas mais tarde dos eventos e caminho crítico: • Para calcular as datas mais tarde dos eventos (LET ou Latest Event Times) o procedimento é inverso que o utilizado para a data mais cedo. • Começamos com o último evento (data mais tarde igual a data mais cedo) , retrocedemos ao longo das linhas de atividades no diagrama, deduzindo a duração da atividade a partir da data mais tarde anterior, ou seja, a do encerramento da atividade • Onde os caminhos convergem na trajetória de retorno, calcule a data mais tarde para cada um, mas use o número mais baixo.

  13. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Duração de atividades Datas mais tarde dos eventos :

  14. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROL Exercício 1: Entregar na próxima aula (16/11) e vale como avaliação Para a tabela de atividades abaixo, faça o diagrama de rede de projeto com as datas mais cedo (EET) e mais tarde (LET) das atividades.

  15. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Exercício: data mais cedo (EET)

  16. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Exercício: data mais tarde (LET)

  17. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Exercício 2 : Para a tabela de atividades abaixo, faça o diagrama de rede de projeto com as datas mais cedo (EET) e mais tarde (LET) das atividades.

  18. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Exercício 2: Diagrama de rede de projeto

  19. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Exercício 2: Atividades mais cedo (EET)

  20. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Exercício 2: Atividades mais tarde (LET)

  21. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Atividades Criticas e o Caminho Crítico Quando o tempo necessário para completar uma atividade for igual à diferença no tempo entre seus dois eventos, a atividade deve ser concluída dentro deste tempo, não há nenhuma “folga”. Data mais cedo: Ativ. A: Evento 40: 16 Evento 20: 10 16-10 =6 igual a duração da atividade >>>6 >>>>> Folga zero Ativ. B: Evento 60: 26 Evento 40: 16 26-16=10 igual a duração da atividade >>>10 >>>>> Folga zero Folga Total = zero

  22. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Atividades Criticas e o Caminho Crítico • O caminho crítico é a rota de maior duração ao longo da rede. • Costuma-se enfatizá-lo no diagrama mediante o seu traçado em vermelho ou com linhas grossas. • É o caminho de menor folga (normalmente folga zero). • Determina a duração do projeto. • Qualquer atraso nas atividades do caminho crítico atrasarão diretamente o projeto. • Sem uma mudança na duração de uma ou mais atividades no caminho crítico, o projeto não pode ser abreviado. • As datas mais cedo (EET) e as datas mais tarde (LET) no caminho crítico não podem ser alteradas.

  23. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Atividades Criticas e o Caminho Crítico No exemplo anterior:

  24. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Exercício 3: Para a tabela de atividades abaixo, faça o diagrama de rede de projeto com as datas mais cedo (EET) e mais tarde (LET) das atividades e responda as seguintes questões: Qual a duração do projeto? Qual a folga total da atividade B? Defina qual é o caminho crítico do projeto.

  25. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Exercício 3: datas mais cedo (EET)

  26. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Exercício 3: datas mais tarde (LET)

  27. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Exercício 3: Qual a duração do projeto? Qual a folga total da atividade B? Defina qual é o caminho crítico do projeto.

  28. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Exercício 3: Qual a duração do projeto? Caminho 1: 2 + 6 +1 + 2 = 11 Caminho 2: 2 + 4 + 5 +2 = 13 Duração do projeto = caminho mais longo = 13 dias

  29. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Exercício 3: Qual a folga total da atividade B? Folga B = (11 – 3) – 6 = 8 – 2 = 2 dias

  30. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Exercício 3: Defina qual é o caminho crítico do projeto Caminho 1: 2 + 6 +1 + 2 = 11 Caminho 2: 2 + 4 + 5 +2 = 13 Caminho crítico= caminho mais longo

  31. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Exercício 4: Para a tabela de atividades abaixo, faça o diagrama de rede de projeto com as datas mais cedo (EET) e mais tarde (LET) das atividades e responda as seguintes questões: Qual a duração do projeto? Qual a folga total das atividades C, E e H? Defina qual é o caminho crítico do projeto.

  32. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Exercício 4: datas mais cedo (EET) e mais tarde (LET)

  33. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Exercício 4: Qual a duração do projeto? Caminho 1: 6 + 5 + 2 + 10 = 23 Caminho 2: 6 + 9 + 10 + 10 + 10 = 45 Caminho 3: 8 + 31 + 14 + 10 = 63 Duração do projeto = caminho mais longo = 63 dias

  34. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Exercício 4: Qual a folga total das atividades C, E e H? Atividade C = (34 – 7) – 9 = 18 dias Atividade E = (40 – 9) – 31 = 0 Atividade H = (54 – 12) – 21 = 21 dias

  35. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Exercício 4: Defina qual é o caminho crítico do projeto. Exercício 2: Qual a duração do projeto? Caminho 1: 6 + 5 + 2 + 10 = 23 Caminho 2: 6 + 9 + 10 + 10 + 10 = 45 Caminho 3: 8 + 31 + 14 + 10 = 63 Caminho crítico = caminho mais longo = 63 dias = CAMINHO 3

  36. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Exercício 5: Para a tabela de atividades abaixo, faça o diagrama de rede de projeto com as datas mais cedo (EET) e mais tarde (LET) das atividades e responda as seguintes questões: Qual a duração do projeto? Qual a folga total das atividades E, I e H? Defina qual é o caminho crítico do projeto.

  37. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Exercício 5: diagrama de rede de projeto:

  38. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Exercício 5: Datas mais cedo e mais tarde

  39. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Exercício 5: Duração do projeto Caminho 1: 15+3+29+34+15=96 Caminho 2: 15+8+25+20+15=83 Caminho 3: 15+10+15+15=55 Duração = 96 dias

  40. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Exercício 5: Folga total das atividades C, I e H Atividade E: (48 – 19) – 29 = 0 Atividade I: (82 – 26) – 15 = 41 Atividade H: (82 – 49) – 20 =13

  41. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Exercício 5: Duração do projeto Caminho 1: 15+3+29+34+15=96 >>> mais longo >>> cam. crítico Caminho 2: 15+8+25+20+15=83 Caminho 3: 15+10+15+15=55

  42. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE • Folga para atividades não críticas: • Atividades não críticas: aquelas com diferentes EETs e LETs fora do caminho crítico. • Podem, em períodos de dificuldade, ter a sua duração alongada ou movidas dentro dos limites de seus eventos de inicio e fim. • A diferença, ou o “tempo ocioso” entre a EET e a LET é conhecida como “folga”. • A folga pode ser calculada para uma atividade isolada ou, no caso de folga cumulativa, para uma seqüência de atividades.

  43. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Folga para atividades não críticas: Atividade A: LET (Encerram. Evento) = 28 EET (início do evento) = 10 Intervalo de tempo= 28-10= 18 Duração da atividade = 10 Folga = 18 – 10 = 8

  44. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Folga para atividades não críticas: Atividade B: LET (Encer. Evento) = 42 EET (início do evento) = 20 Intervalo de tempo= 42-20= 22 Duração da atividade = 12 Folga = 22 – 12 = 10

  45. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Folga para atividades não críticas: Atividade C: LET (Encer. Evento) = 56 EET (início do evento) = 32 Intervalo de tempo= 56-32= 24 Duração da atividade = 10 Folga = 24 – 10 = 14

  46. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Folga para atividades não críticas: Sequencia A – B - C: LET (Encer. Evento) = 56 EET (início do evento) = 10 Intervalo de tempo= 56-10= 46 Duração da atividade = 10+12+10=32 Folga total da sequencia = 46 – 32 = 14

  47. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE • Tipos de Folga: • Folga independente: quando uma atividade é conduzida entre a data mais tarde do evento e a data mais cedo do seu sucessor. • Folga livre: Se a folga for calculada a partir das datas mais cedo para cada evento, o número pode diferir em relação a um calculo que utilize ambas as datas mais tarde do evento. • Folga total: o tempo livre máximo entre dois eventos quando estes são realizados do modo mais distanciado possível. • Folga de seqüência: a folga total em uma seqüência de eventos.

  48. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE • O uso da folga • Permite ao planejador nivelar ou “uniformizar” as necessidades de recursos. • Permite ao planejador perceber até que ponto o aproveitamento de recursos pode ser adiado para minimizar custos e uniformizar o fluxo de caixa. • Ajuda o gerente a perceber quais atividades podem ser reprogramadas para compensar o tempo perdido sem prejuízo para a data final de conclusão do projeto. • Postegar a entregade recursospode poupar dinheiro, mas a falta de liberdade resultante para ajustar os prazos aumenta o risco de projeto, limita a liberdade do gerente em tomar medidas corretivas e compensar o tempo perdido. Também pode deixar o projeto mais vulnerável a atraso na entrega ou escassez de material.

  49. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE • Compressão • Processo de reduzir o caminho crítico: • aumento dos recursos financeiros. • aumento de mão de obra. • Aumento de maquinário. • Busca do equilíbrio entre custo e tempo. • Consequencias: O tempo pode ser reduzido à custa de: -qualidade -objetivos do projeto -revisão do projeto -custo

  50. FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E CONTROLE Compressão Exercício 1: Entregar na próxima aula 23/11 Em uma obra queremos reduzir o tempo da atividade D em 20 dias, é uma atividade crítica e está atrasando a entrega final do projeto. Calcular o custo adicional (custo de compressão) em função da tabela abaixo.