CULTO FAMILIAR MOMENTO DE ADORAÇÃO AO SENHOR - PowerPoint PPT Presentation

chen
slide1 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
CULTO FAMILIAR MOMENTO DE ADORAÇÃO AO SENHOR PowerPoint Presentation
Download Presentation
CULTO FAMILIAR MOMENTO DE ADORAÇÃO AO SENHOR

play fullscreen
1 / 25
Download Presentation
CULTO FAMILIAR MOMENTO DE ADORAÇÃO AO SENHOR
143 Views
Download Presentation

CULTO FAMILIAR MOMENTO DE ADORAÇÃO AO SENHOR

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. CULTO FAMILIAR MOMENTO DE ADORAÇÃO AO SENHOR

  2. Quais os fatores que influenciam a desenvolvimento espiritual de nossos filhos?

  3. 1 – Culto Familiar “. . . Eu e minha casa serviremos ao Senhor”. Josué 24:15.

  4. Há uma unidade na família que se ajoelha perante Deus. “Se já houve tempo em que toda casa deveria ser uma casa de oração, agora é esse tempo”. Testemunhos Seletos Vol. II, p. 91.

  5. I – O que é culto? Culto significa reconhecer a Deus como Senhor. Por isso, nós devemos: • Adorá-Lo • Honrá-Lo • Comungar com Ele.

  6. “Em cada família deve haver um tempo determinado para os cultos matutinos e vespertinos. Que apropriado é reunirem os pais em redor de si aos filhos antes de quebrar o jejum, agradecer ao Pai Celeste Sua proteção durante a noite e pedir-lhe auxílio, guia e proteção para o dia”. Test. Sel. Vol. I, p.92

  7. II – Como deve ser o Culto?

  8. A – Uma ocasião agradável. “Que o culto familiar seja aprazível e interessante”. Testimonies vol.5, pág. 335.

  9. B - Ter um horário e um lugar especial. O horário deve ser o melhor para a família desenvolver o culto matutino e vespertino. O local deve ser o melhor possível, de acordo com a situação.

  10. C – Ter lições, cânticos, histórias e oração. “Escolha o pai um trecho das escrituras que seja interessante e facilmente compreendido; alguns versos serão suficientes para dar uma lição que possa ser estudada e praticada durante todo o dia. Podem se fazer perguntas. Podem se fazer declarações interessantes.

  11. Ou pode ser apresentado, à guisa de ilustração, algum incidente curto e ao ponto. Podem ser cantadas, pelo menos algumas estrofes de cânticos animados; e a oração feita deve ser curta e ao ponto. O que dirige a oração deve exprimir suas necessidades com palavras simples e louvar a Deus com ações de graças”. OC . pg. 522

  12. “Como parte do culto, o canto é um ato de adoração tanto como a oração. Efetivamente, muitos hinos são orações. Se a criança é ensinada a compreender isto, ela pensará mais no sentido das palavras que canta, e se tornará mais susceptível à sua influência”. O . C . pg. 523.

  13. D – A lição deve ser simples e facilmente compreendida pelas crianças. E – Ser interessante e inspiradora. “Sejam os períodos de culto familiar curtos e espirituais. . .

  14. Quando um capítulo comprido é lido e explicado e se faz uma longa oração, esse precioso culto se torna enfadonho e é um alívio quando passa. . .”.

  15. “Deve ser o alvo principal dos chefes de família tornar a hora de culto intensamente interessante. Por uma pequena atenção e cuidadoso preparo para este período, em que vamos à presença de Deus, pode o culto familiar tornar-se agradável, e será acompanhado de resultados que só a eternidade revelará”. O .C . pg. 521 e 522.

  16. F – As crianças devem aprender a respeitar a hora do culto.

  17. “Vossos filhos devem ser ensinados a ser afáveis, atenciosos, dóceis, prestativos, mas sobretudo respeitadores das coisas santas e das reivindicações divinas. Devem ser instruídos a respeitar as horas de oração e a levantar-se cedo para tomar parte no culto da família”. O . C . pág. 521.

  18. G – Deve ser o momento mais precioso.

  19. Que todos quantos visitam os cristãos vejam que a hora de oração é a mais preciosa, a mais sagrada e feliz hora do dia. Essas horas de devoção exercem uma influência enobrecedora em todos quantos dela participam. Trazem uma paz e um sossego aprazíveis ao espírito”. O C . pg. 521.

  20. H – As circunstâncias não devem prejudicar o culto familiar. “O culto familiar não deve ser governado pelas circunstâncias. Não deveis orar ocasionalmente e, quando tendes um grande dia de trabalho à vossa frente, negligenciar a oração. Assim fazendo, levais os filhos a considerar a oração sem importância especial”. O . C . pg.520.

  21. Pensamentos:

  22. “A idéia de que a oração não seja prática essencial é um dos mais bem sucedidos estratagemas de Satanás para destruir almas. Oração é comunhão com Deus, e Fonte da sabedoria, o Manancial de poder, paz e felicidade”. Orientação da Criança pg. 518. “Não sei de nada que me cause tão grande tristeza como um lar sem oração. . . Os filhos mostram o resultado dessa negligência, pois não têm o temor de Deus”. OC . pg. 518.

  23. “Semelhantes aos patriarcas da antigüidade, os que professam amor a Deus, deveriam erigir um altar ao Senhor onde quer que armem sua tenda... Pais e mães deveriam muitas vezes erguer seus corações a Deus em humilde súplica por si e por seus filhos”. O C . pg. 518, 519.

  24. 2 – Dicas Para a Realização de Um Bom Culto Familiar. • Separar um lugar e uma hora para os cultos. • Ensinar respeito e reverência. • Sempre preparar os filhos para a hora do culto. • Mostrar reverência por tudo aquilo que for sagrado. • Deus é o centro de todas as atenções, não a criança ou • você. • Procurar manter o silêncio e o respeito na hora do culto.

  25. Procurar manter a mesma conduta de reverência e respeito nos cânticos e na oração. • Evitar tudo aquilo que distraia a atenção da criança. SÓ ASSIM NOSSOS FILHOS IRÃO APRENDER A ADORAR JESUS.