epidemiologia do uso de lcool tabaco e outras drogas no brasil
Download
Skip this Video
Download Presentation
EPIDEMIOLOGIA DO USO DE ÁLCOOL, TABACO E OUTRAS DROGAS NO BRASIL

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 29

EPIDEMIOLOGIA DO USO DE ÁLCOOL, TABACO E OUTRAS DROGAS NO BRASIL - PowerPoint PPT Presentation


  • 135 Views
  • Uploaded on

EPIDEMIOLOGIA DO USO DE ÁLCOOL, TABACO E OUTRAS DROGAS NO BRASIL. Prof. Dra. Zila Van der Meer Sanchez [email protected] Definição.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'EPIDEMIOLOGIA DO USO DE ÁLCOOL, TABACO E OUTRAS DROGAS NO BRASIL' - chancellor


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
epidemiologia do uso de lcool tabaco e outras drogas no brasil
EPIDEMIOLOGIA DO

USO DE ÁLCOOL, TABACO E

OUTRAS DROGAS

NO BRASIL

Prof. Dra. Zila Van der Meer Sanchez

[email protected]

defini o
Definição
  • Epidemiologia é o estudo da freqüência, da distribuiçãoe dos determinantes dos eventos relacionados à saúde em populações específicas e aplicação desses estudos no controle dos problemas de saúde.

(J. Last, 2000)

Intervenção preventiva ou curativa

Causas e

Fatores de risco

fundamento
Fundamento

Doenças não estão distribuídas de maneira aleatória na população.

E o que isso quer dizer?

por que estudar epidemiologia do uso de drogas
Por que estudar epidemiologia do uso de drogas?
  • Predizer a ocorrência do uso, abuso e dependência em diferentes populações
  • Identificar fatores associados ao uso, abuso e dependência de drogas
  • Explicar a etiologia da dependência
  • Avaliar programas de prevenção, intervenção e tratamento
  • Determinação de prognóstico
as cinco rubricas da epidemiologia aplicadas ao campo das drogas
As cinco rubricas da epidemiologia aplicadas ao campo das drogas:

1. Quantidade: Quantos?

2. Lugar (variações): Onde?

3. Causas: Porque usam?

- fatores de risco e proteção

4. Mecanismos: Como? - Vias

5. Prevenção e controle: O que fazer?

- tratamento, prevenção, intervenção

(Anthony, 2002)

no brasil
No Brasil
  • Mais comuns são inquéritos epidemiológicos (também chamados de levantamentos).
  • Epidemiologia descritiva.
  • São transversais e não acompanham os mesmo sujeitos no decorrer dos anos.
  • Possuem muitas limitações, inclusive no que tange as medida de consumo - viés de informação.
principais pesquisas epidemiol gicas na rea de drogas no brasil
Principais Pesquisas Epidemiológicas na área de drogas no Brasil
  • Levantamentos na população geral
          • Domiciliares (CEBRID e UNIAD)
  • Levantamentos em Populações específicas
          • Estudantes de ensino fundamental e médio
          • Estudantes universitários
          • Crianças e adolescentes em situação de rua
          • Motoristas em rodovias
  • Indicadores de Consumo
          • Internações hospitalares por dependência,
          • Atendimento em salas de emergências
          • Atendimento ambulatoriais
          • Dados de apreensões (Polícia Federal)
          • Instituto Médico Legal (IML)
          • Prescrição de medicamentos psicotrópicos
qual a droga de maior impacto na sa de p blica
Qual a droga de maior impacto na Saúde Pública?

Fonte: Global Status ReportonAlcoholandHealth,WHO, 2011.

slide9
I Levantamento domiciliar sobre uso de álcool

(Laranjeira etal, 2006)

Laranjeira etal, 2006

METODOLOGIA

  • Amostra = 3007 sujeitos
  • Em 143 municípios brasileiros
  • Representativa da população brasileira de 14 anos ou mais
binge drinking brasil
BingeDrinking Brasil
  • Binge pelo menos uma vez no último ano:
    • 40% homens
    • 18% mulheres
  • O binge diminui com o avançar da idade
  • 73% cerveja
slide13
II Levantamento Domiciliar sobre o uso de Drogas

METODOLOGIA

  • População alvo:
    • Residentes nas cidades com mais de 200 mil habitantes (total de 108 cidades).
    • Faixa etária compreendida entre os 12 e 65 anos de idade.
    • Amostra: 9.528 entrevistas (validas 7.939)
slide21
MÉTODO

Amostra representativa das 27 capitais

Para rede pública e particular

N= 50 890 alunos

Questionário de auto-preenchimento

slide24
Escolas Públicas x Particulares

USO NO ANO (%)

DROGAS (EXCETO ÁLCOOL E TABACO)

*

slide25
Variações temporais

O consumo de todas as drogas flutua ao longo dos anos

USO NA VIDA DE MACONHA /RJ

slide26
Estudantes - 27 capitais brasileiras - 2010

SIDUC (2006), ESPAD(2007), Brasil (2010)

slide27
Estudantes -27 capitais brasileiras - 2010

Diminuição do uso entre as crianças: 10 a 12 anos

slide28
Epidemiologia e políticas públicas

Porcentagem de usuários

Noto etal ,2003 – Meninos de rua

1988 (São Paulo - Lei 6.210 - a comercialização de colas a base de Tolueno passa a ser proibida a > 18 anos)

slide29
Conclusão:

A epidemiologia é ferramenta essencial na identificação do perfil de consumo de drogas na população, orientando políticas públicas e direcionando a oferta de tratamento.

ad