fun es dentro da equipe de sa de da fam lia n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
FUNÇÕES DENTRO DA EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA PowerPoint Presentation
Download Presentation
FUNÇÕES DENTRO DA EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 10

FUNÇÕES DENTRO DA EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA - PowerPoint PPT Presentation


  • 99 Views
  • Uploaded on

FUNÇÕES DENTRO DA EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA. Introdutório para ESF – Jacupiranga - SP. ATRIBUIÇÕES COMUNS A TODOS OS PROFISSIONAIS.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'FUNÇÕES DENTRO DA EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA' - chaim


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
fun es dentro da equipe de sa de da fam lia

FUNÇÕES DENTRO DA EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA

Introdutório para ESF – Jacupiranga - SP

atribui es comuns a todos os profissionais
ATRIBUIÇÕES COMUNS A TODOS OS PROFISSIONAIS
  • participar do processo de territorialização e mapeamento da área de atuação da equipe, identificando grupos, famílias e indivíduos expostos a riscos, inclusive aqueles relativos ao trabalho e da a atualização continua dessas informações, priorizando as situações a serem acompanhadas no planejamento local;
  • realizar o cuidado em saúde da população adscrita, prioritariamente no âmbito da unidade de saúde, no domicilio e nos demais espaços comunitários quando necessário;
  • realizar ações de atenção integral conforme a necessidade de saúde da população local, bem como as previstas nas prioridades e protocolos d gestão local;
  • garantir a integralidade da atenção por meio da realização de ações de promoção da saúde, prevenção de agravos e curativas; e da garantia de atendimento da demanda espontânea, da realização das ações programáticas e de vigilância à saúde;
atribui es comuns a todos os profissionais1
ATRIBUIÇÕES COMUNS A TODOS OS PROFISSIONAIS
  • realizar busca ativa e notificação de doenças e agravos de notificação compulsória e de outros agravos e situações de importância local;
  • realizar a escuta qualificada das necessidades dos usuários em todas as ações, proporcionando atendimento humanizado e viabilizando o estabelecimento de vínculo;
  • responsabilizar-se pela população adscrita, mantendo a coordenação do cuidado mesmo quando est necessita de atenção em outros serviços do sistema de saúde;
  • participar das atividades de planejamento e avaliação das ações da equipe, a partir da utilizaão dos dados disponíveis;
atribui es comuns a todos os profissionais2
ATRIBUIÇÕES COMUNS A TODOS OS PROFISSIONAIS
  • promover a mobilização e a participação da comunidade, buscando efetivar o controle social;
  • identificar parceiros e recursos na comunidade que possam potencializar ações intersetoriais com a equipe, sob cordenação da SMS;
  • garantir a qualidade do registro das atividades nos sistemas nacionais de informação na atenção básica
  • participar das atividades de eduação permanente; e
  • realizar outras ações e atividades a serem definidas de acordo com as prioridades locais
fun es do acs
FUNÇÕES DO ACS
  • desenvolver ações que busquem a integração entre a equipe de saúde e a população adscrita à UBS, considerando as características e as finalidades do trabalho de acompanhamento de indivíduos e grupos sociais ou coletividade;
  • trabalhar com adscrição de faílias em base geográfica definida, a microárea;
  • estar em contato permanente com as famílias desenvolver ações educativas, visando à pomoção da saúde e a prevenção das doenças, de acordo com o planejamento d equipe.
  • cadastrar todas as pessoas de sua microárea e manter os cadastros atualizados;
  • orientar famílias quanto à utilização dos serviços de saúde disponíveis
fun es do acs1
FUNÇÕES DO ACS
  • desenvolver atividades de promoção da saúde, de prevenção das doenças e de agravos, e de vigilância à saúde, por meio de visitas domicialires e de ações educativas individuais e coletivas nosdomicílios e na comunidade, mantendo a equipe informada, principalmente a respeito daquelas em situação de risco;
  • acompanhar, por meio de visita domiciliar, todas as famílias e indivíduos sob sua responsabilidade, de acordo com as necessidades definidas pela equipe; e
  • cumprir com as atribuições atualmente definidas para os ACS em relação à prevenção e ao controle da malária e da dengue, conforme a portaria 44/GM, de 3 de janeiro de 2002
  • nota: é permitido ao ACS desenvolver atividades nas unidades básicas de saúde, desde que vinculadas às atribuições acima.
fun es do enfermeiro
FUNÇÕES DO ENFERMEIRO
  • realizar assistência integral (promoção e proteção ds saúde, prevenção de agravos, diagnóstico, tratamento, reabilitação e manutenção da saúde) aos indivíduos e famílias da USF e, quando indicado ou necessário, no domicílio e/ou nos demais espaços comunitários, em todas as fases do desenvolvimento humano: infância, adolescencia, idade adulta e terceira idade;
  • realizar consultas e procedimentos de enfermagem na usf e, quando necessário, no domicílio e na comunidade
  • planejar, gerenciar, coordenar e avaliar as ações desenvolvidas pelos ACS;
  • supervisionar, coordenar e realizar atividades deeducação permanente dos ACSe equipe de enfermangem;
  • participar do gerenciamento dos insumos necessários para o adequado funcionamento da UBS
fun es do m dico
FUNÇÕES DO MÉDICO
  • realizar assistência integral (promoção e proteção ds saúde, prevenção de agravos, diagnóstico, tratamento, reabilitação e manutenção da saúde) aos indivíduos e famílias da USF e, quando indicado ou necessário, no domicílio e/ou nos demais espaços comunitários, em todas as fases do desenvolvimento humano: infância, adolescencia, idade adulta e terceira idade;
  • realizar consultas clínicas e procedimentos na USF e, quando indicado ou necessário, no domicílio e/ou nos demis espaços comunitários.
  • realizar atividades de demanda espontânea e programada em clínica médica, pediatria, ginecoobstetr´cia, cirurgias ambulatoriasis, pequenas urgencias clinico-cirurgicas e procedimentos para fins de diagnósticos;
fun es do m dico1
FUNÇÕES DO MÉDICO
  • encaminhar, quando necessário, usuários a serviços de media e alta complexidde, respeitando fluxos de referencia e contrareferencia locais, mantendo sua responsabilidade pelo acompanhamento do plano terapêutico do usuário, proposto pela referencia
  • indicar a necessidade de internação hospitalar ou domiciliar, mantendo a responsabiliação pelo acompanhamento do usuário;
  • contribuir e participar das atividades de educação permanente dos ACSe equipe de enfermangem
  • participar do gerenciamento dos insumos necessários para o adequado funcionamento da UBS
fun es auxiliar t cnico em enfermagem
FUNÇÕES AUXILIAR/TÉCNICO EM ENFERMAGEM
  • participar das atividades de assistência básica realizando procedimentos regulamentados no exercício de sua profissão na USF e, quando indicado ou necessário, no domicílio e/ou nos demais espaços comunitários;
  • realizar ações de educação em saúde a grupos específicos e a famílias em situação de risco, conforme planejamento da equipe; e
  • participar do gerenciamento dos insumos necessários para o adequado funcionamento da UBS