MATERIAIS DE LABORATÓRIO - PowerPoint PPT Presentation

materiais de laborat rio n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
MATERIAIS DE LABORATÓRIO PowerPoint Presentation
Download Presentation
MATERIAIS DE LABORATÓRIO

play fullscreen
1 / 35
MATERIAIS DE LABORATÓRIO
137 Views
Download Presentation
chaela
Download Presentation

MATERIAIS DE LABORATÓRIO

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. MATERIAIS DE LABORATÓRIO

  2. Nome: Bico de Bunsen Utilidade: Utilizado para aquecer materiais (para aquecimento até temperatura de 800°C)

  3. Nome: tela de amianto Utilidade: serve para distribuir uniformemente o calor durante o aquecimento.

  4. Nome: tripé de ferro Utilidade: serve de suporte de telas de amianto e de triângulos de porcelana.

  5. Nome: argola metálica Utilidade: suporte para funil de vidro nas filtrações ou tela de amianto.

  6. Nome: garra metálica Utilidade: serve para segurar buretas, balões, erlenmeyer, condensadores, funis em suporte universal.

  7. Nome: suporte universal Utilidade: peça metálica usada para montar aparelhagem em geral.

  8. Nome: tubo de ensaio Utilidade: serve para efetuar reações químicas em pequena escala.

  9. Nome: estante para tubo de ensaio Utilidade: serve de suporte para guardar tubos de ensaio.

  10. Nome: pinça de madeira Utilidade: serve para segurar tubos de ensaio.

  11. Nome: Béquer Utilidade: Ultiizado para a dissolução ou preparação de soluções à quente, devendo ser protegido do fogo direto pelo uso, de por exemplo, tela de amianto.

  12. Nome:erlenmeyer Utilidade: serve para aquecer líquidos, efetuar titulações.

  13. Nome: balão de destilação ou balão de saída lateral Utilidade: é utilizado em destilações.

  14. Nome: proveta Utilidade: serve para medidas aproximadas de volumes de líquidos.

  15. Nome: balão volumétrico Utilidade: utilizado para preparo de soluções de concentra ções definidas, e mede volume preciso de líquidos.

  16. Nome: pipeta volumétrica Utilidade: serve para escoar medidas precisas de líquidos.

  17. Nome: pipeta graduada Utilidade: serve para escoar volumes variáveis e não precisos de líquidos.

  18. Nome: bureta Utilidade: utilizada em titulações, e mede volumes variáveis e precisos de líquidos.

  19. Nome: funil simples ou de vidro Utilidade: serve para transferência de líquidos de um frasco para outro e filtrações simples.

  20. Nome: papel filtro Utilidade: utilizado em filtrações.

  21. Nome: funil de Büchner Utilidade: utilizado em filtrações a vácuo.

  22. Nome:kitazato Utilidade: utilizado para filtração por sucção ou a vácuo (à pressão reduzida).

  23. Nome: funil de separação ou de bromo Utilidade: serve para separar líquidos não miscíveis.

  24. Nome: vidro de relógio Utilidade: serve para tampar copos de Bécker, evaporar líquidos e fazer pesagens.

  25. Nome: cadinho Utilidade: serve para calcinação e fusão de substâncias.

  26. Nome: triângulo de ferro com porcelana Utilidade: serve como suporte em aquecimento de cadinhos.

  27. Nome: almofariz com pistilo ou gral Utilidade: utilizado na pulverização de sólidos em pequena escala

  28. Nome: cápsula de porcelana Utilidade: serve para efetuar evaporação de líquidos, dissolução à quente, calcinação, secagem e aquecimento.

  29. Nome: condensadores Utilidade: equipamento destinado à condensação de vapores em destilações.

  30. FILTRAÇÃO À VÁCUO

  31. DESTILAÇÃO SIMPLES

  32. DESTILAÇÃO FRACIONADA

  33. NORMAS DE SEGURANÇA EM LABORATÓRIO -         Usar sempre óculos de segurança; não é recomendado o uso de lentes de contato no laboratório; -         Usar jaleco/bata abotoado, sapatos fechados e cabelos presos. Evitar jálecos/batas feitos com tecido sintético; -         Não pipetar produto algum com a boca. Jamais; -         Não usar produto algum que não esteja devidamente rotulado; -         Não levar jamais as mãos à boca ou aos olhos quando estiver manuseando produtos químicos; -         Verificar sempre a toxicidade e a inflamabilidade dos produtos com os quais se esteja trabalhando; -         Discutir sempre com o professor ou supervisor a experiência que será feita; -         Jamais trabalhar sozinho em um laboratório;

  34. -         Jamais manipular produtos inflamáveis  perto de chamas ou fontes de calor; -         Procurar sempre discutir com o professor ou supervisor o local correto de descarte dos produtos tóxicos, inflamáveis, mau-cheirosos, lacrimogêneos, pouco biodegradáveis ou que reagem com a água; -         Jamais comer ou beber em laboratório. -         Produtos cáusticos ou que penetram facilmente através da pele devem ser manuseados com luvas apropriadas. De qualquer forma, lavar sempre  as mãos após manipulação de qualquer produto químico; -         Produtos voláteis e/ ou tóxicos devem sempre ser manipulados na capela e em casos especiais, com máscaras de proteção adequadas a cada caso; -         É expressamente proibido fumar em laboratório.

  35. Qualquer acidente ocorrido no laboratório deve ser imediatamente comunicado ao responsável pelo setor (no caso da sala de aula, o professor). Todo laboratório deve possuir um quadro de emergência, colocado próximo a caixa de primeiros socorros, onde devem existir equipamentos como mantas a prova de fogo, sacos de areia, entre outros equipamentos de segurança, equipamentos estes que todos que trabalham no setor devem saber manusear e operar. O extintor de incêndio deve ficar em local livre e visível, devem haver no laboratório, também um lava-olhos e um chuveiro de emergência.