a rede global de centros de recursos biol gicos l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
A rede global de centros de recursos biológicos PowerPoint Presentation
Download Presentation
A rede global de centros de recursos biológicos

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 25

A rede global de centros de recursos biológicos - PowerPoint PPT Presentation


  • 201 Views
  • Uploaded on

A rede global de centros de recursos biológicos. Vanderlei Perez Canhos (CRIA) CBM, Novembro de 2005. Coleções Microbiológicas. de Trabalho de Referência de Serviço “Centros de Recursos Biológicos ”. Breve Histórico (Coleções de Serviço). 1890: Coleção “Kral”, Praga

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'A rede global de centros de recursos biológicos' - carney


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
a rede global de centros de recursos biol gicos

A rede global de centros de recursos biológicos

Vanderlei Perez Canhos (CRIA)

CBM, Novembro de 2005

cole es microbiol gicas
Coleções Microbiológicas
  • de Trabalho
  • de Referência
  • de Serviço
  • “Centros de Recursos Biológicos”
breve hist rico cole es de servi o
Breve Histórico (Coleções de Serviço)
  • 1890: Coleção “Kral”, Praga
  • 1a. Metade do século 20: coleções tipo
  • Década de ’60: coleções industriais
  • Década de ’80:
    • Coleções biotecnológicas
    • Microbial Information Network Europe (MINE)
  • Década de ’90:
    • Projetos Genoma e Tecnologia da Informação
    • CABRI: Common Access to Biological Resources Information
    • OECD BRC Task Force
breve hist rico no brasil
Breve Histórico (no Brasil)
  • Décadas de 20-70: Coleções Institucionais
  • 1973: Congresso Internacional de Microbiologia-SP
  • Final da década de 80: PSCC-FINEP
  • Década de 90: 2 Editais PADCT
  • Programas do MCT
  • Ações da SBM
cole es biol gicas e a mudan a de paradigma novos desafios e oportunidades
Coleções Biológicas e a mudança de paradigma: novos desafios e oportunidades
  • Biodiversidade
  • Genômica, proteômica e metabolômica
  • Tecnologia de informação e comunicação
  • Bioeconomia
centros de recursos biol gicos workshop ocde t quio 99
Centros de Recursos Biológicos Workshop OCDE , Tóquio ´99
  • Sustentabilidade e estabilidade
  • Qualidade e competência
  • Restrições ao acesso
material biol gico e centros de recursos biol gicos crb
Material biológico e Centros de Recursos Biológicos (CRB)
  • Material Biológico = todo material que contém informação genética capaz de se auto-reproduzir ou de ser reproduzido em um sistema biológico
  • Centros de Recurso Biológicos = coleções de culturas de microrganismos e/ou células, ou bancos de germoplasma, acreditados como tal.
slide8

Papel Crítico dos CRB

  • Conservação e suprimento de material biológico para aplicações de P&D nos setores de agricultura, saúde, indústria e meio ambiente
  • P&D sobre o material do acervo
  • Conservação da biodiversidade
  • Autoridades de Depósito de material patentário
  • Subsídios para a informação do público em geral e formulação de políticas
  • Melhoria de práticas de biossegurança
slide9

Harmonização de Políticas e Procedimentos

Sistema Nacional de Acreditação

Conexões Internacionais

Identificação de Leis e Acordos

Critérios Internacionais

Redes de Computadores

Estabelecimento de CRB Nacionais

Estabelecimento

da Rede Global

Coordenação

«The BRCs: Underpinning the Future of Biotechnologies »

evolu o de cole es de servi o centros de recursos biol gicos
Evolução de Coleções de Serviço à Centros de Recursos Biológicos
  • Alto nível de competência técnico-científica
  • Gerenciamento da qualidade
  • Gerenciamento de dados
  • Conformidade do material biológico
slide11

Sistema de Acreditação e Padrões Internacionais (documentos/guias OCDE)

  • NÍVEL 1:Geral
    • Acreditação dos CRB
    • Padrão para a Operação dos CRB
  • NÍVEL 2:Específico para o material biológico
    • Microbiano
    • Vegetal
    • Animal
    • Humano
slide12

Sistema Nacional de Acreditação

Processo aprovado pelo governo.

sistema de acreditação independente e sem conflito de interesse com o CRB acreditado

slide13

Sistema Nacional de Acreditação

Os CRB devem atender:

Marco legal nacional

Requisitos e políticas referentes à aquisição, conservação e utilização, incluindo a repartição justa e equitativa de benefícios derivados do uso dos recursos genéticos, e distribuição dos recursos biológicos e dados associados (incluindo biossegurança, bioseguridade, ética…).

Regulamentos de países no transporte de material biológico através de fronteiras nacionais.

Acordos nacionais relevantes, regulamentos, políticas, e recomendações

slide14

Ambiente de Informação

  • Coletar e armazenar informação autenticada e validadainclusive dados recebidos de depositantes
  • Cumprimento de requisitos legais e políticas (ética)
  • Rastreabilidade do processo de informação
slide15

Rede de CRB

  • Adoção de Padrões e Protocolosque assegurem a interoperabilidade entre sistemas de informação
  • Dadosdisponíveis online (ou em forma digital) visando a produção decatálogos eletrônicos
  • Campos selecionados contendo informaçãonão confidencialsão de livre acesso
  • O provedor da informação retêm o controle de acesso aos dados confidenciais
slide16

Biossegurança

  • Facilitar o acesso ao material biológico, mas SEM o aumento de riscos
  • O certificado de acreditação deve indicar o maior nível de riscopara o qual o CRB foi qualificado
  • Aderência à leis e regulamentos (ex: listas de agentes patogênicos)
slide17

Biossegurança: Nível nacional

  • Acordo de transferência de material obrigatório por lei
  • Aquisição e preservação de material sensível feita exclusivamente por CRB acreditados
  • Distribuição (restrita) feita apenas por CRB acreditados
  • Penalidades
slide18

Biossegurança: Nível internacional

Acreditação nacional + acordo dos CRB

Atividades dos CRB sob a responsabilidade de governos

Transferências sob o controle do governo

Rastreabilidade de acordo com critérios internacionais

slide19

SistemaGlobal

  • Os CRB acreditados a nível nacional se tornam membros do Sistema Global de Centros de Recursos Biológicos
  • Coordenação (Revisão de padrões e processos de acreditação, avanço da ciência and tecnologia, etc.)
sistema de informa o de cole es de interesse biotecnol gico
Sistema de Informação de Coleções de Interesse Biotecnológico

Apoio MCT/CNPq

http://sicol.cria.org.br

sicol vis o geral

Bactérias

Usuário

Fungos

Células

Interface Web

Etc...

Centros de Recursos Biológicos

Base de dados do SICol

SICol (visão geral)
slide22
Grupo de trabalho constituído pelo MCT (2001-2002)

Documento com recomendações para a implantação do sistema

slide23

Projeto MCT/FINEP (2005/2006): Sistema de Informação e de Avaliação da Conformidade do Material Biológico em Coleções de Interesse Biotecnológico (CRIA/TECPAR)

  • Consolidação do SICol (sistema distribuído)
  • Catálogo Virtual de Coleções
  • Software de Gerenciamento de Coleções
  • Acompanhamento da Projeto Piloto da OCDE
  • Desenvolvimento do Sistema de Gestão de Qualidade Laboratorial em Coleções Selecionadas
slide24
Proposta de Rede de Coleções de Material Biológico:(rastreabilidade de processos e produtos; conformidade do material biológico)
  • Apoio de longo termo, com avaliações periódicas, tendo como meta no horizonte de 10 anos a consolidação de:
  • coleções especializadas de referência
  • coleções de serviço setoriais (saúde,agricultura, meio ambiente ++ indústria) com acervos abrangentes (representatividade taxonômica e geográfica)
  • Autoridade Depositária de Material Patentário
  • Sistema Integrado de Informação