REFERÊNCIAS - PowerPoint PPT Presentation

bernad
refer ncias l.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
REFERÊNCIAS PowerPoint Presentation
Download Presentation
REFERÊNCIAS

play fullscreen
1 / 58
Download Presentation
REFERÊNCIAS
301 Views
Download Presentation

REFERÊNCIAS

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. REFERÊNCIAS ABNT - NBR 6023 (ago. 2002) Maio / 2008

  2. ABNT NBR 6023: 2002 (ago.) • Informação e Documentação – Referências – Elaboração • [...] estabelece os elementos a serem incluídos em referências; • [...] fixa a ordem dos elementos das referências e estabelece convenções para transcrição e apresentação da informação originada do documento [...] • [...] destina-se a orientar a preparação e compilação de referências de material utilizado para a produção de documentos e para inclusão de bibliografias, resumos [...] e outros. (ABNT, 2002, p. 1).

  3. O que é Referência? “Conjunto padronizado de elementos descritivos, retirados de um documento, que permite sua identificação individual.” (ABNT, 2002, p. 2)

  4. Elementos de Referência • Essenciais (EE): • Informações indispensáveis à identificação do documento • Estão estritamente vinculados ao documento • Variam conforme o tipo. • Complementares (EC): • Informações que, acrescentadas aos EE, caracterizam melhor o documento

  5. Regras de Apresentação • Cada referência deve apresentar os EE e EC em seqüência padronizada e obedecer a ordem desses elementos, conforme os modelos. • As referências devem ser alinhadas somente à margem esquerda do texto, de forma que cada documento seja identificado individualmente, em espaço simples e separadas entre si por espaço duplo. • Quando aparecem em notas de rodapé, devem ser alinhadas a partir da segunda linha da mesma referência, abaixo da primeira letra da primeira palavra, de forma a destacar o expoente e sem espaço entre elas.

  6. Regras de Apresentação • A pontuação segue padrões internacionais e deve ser uniforme em todas as referências. • O recurso tipográfico (negrito, grifo ou itálico) utilizado para destacar o elemento título deve ser uniforme em todas as referências do documento. • Isto não se aplica às obras sem indicação de autoria ou responsabilidade, cujo elemento de entrada é o próprio título

  7. Localização das Referências • A referência pode aparecer: • no rodapé; • no fim de texto ou de capítulo; • em lista de referências; • tecendo resumos, resenhas e recensões

  8. Elaborando a Referência Livro no Todo SOBRENOME, Nome. Título da obra. Edição. Local: Editora, data de publicação. Exemplo: FARHAT, Calil Kairalla et al. Imunizações: fundamentos e prática. 5. ed. São Paulo: Atheneu, 2008.

  9. Parte de Livro SOBRENOME, Nome do autor da parte. Título da parte. In: SOBRENOME, Nome. Título da obra. Edição. Local: Editora, data de publicação. Páginas da parte. Exemplo: ARANDA, Clelia Maria Sarmento de Souza. Oportunidades perdidas. In: FARHAT, Calil Kairalla et al. Imunizações: fundamentos e prática. 5. ed. São Paulo: Atheneu, 2008. p. 118-123.

  10. Livro Eletrônico SOBRENOME, Nome. Título da obra. Edição. Local: Editora, data de publicação. Páginas da parte. Disponível em: <http://www. ...>. Acesso em: .... Exemplo: PROCÓPIO, Ednei. Construindo uma biblioteca digital. São Paulo: Ed. Inteligentes, 2005. Disponível em: <http://www.bitebook.com.br/26032002/bibliotecadigital.exe>. Acesso em: 26 fev. 2008.

  11. Artigo de Periódico SOBRENOME, Nome do autor do artigo. Título do artigo. Título do Periódico, Local de publicação, número do volume e/ou ano, fascículo, paginação, data de publicação. Exemplo: ANDRADE, Denise de. Uso de sabões e detergentes em serviços de saúde: novos contextos, outros olhares? Revista Panamericana de Infectologia, São Paulo, v. 8, n. 4, p. 33-37, oct.-dic. 2006.

  12. Artigo de Periódico Eletrônico SOBRENOME, Nome do autor do artigo. Título do artigo. Título do Periódico, Local de publicação, número do volume e/ou ano, fascículo, paginação, data de publicação. Disponível em: <http://www. ...>. Acesso em: ... . Exemplo: ANDRADE, Vivian Maria; BUENO, Orlando Francisco Amodeo . Neuropsicologia transcultural: grupo indígena guarani. Estudos de Psicologia, v. 12, n. 3, p. 253-258, 2007. Disponível em: <http://www. scielo.br/pdf/epsic/ v12n3/a07v12n3.pdf>. Acesso em: 26 fev. 2008.

  13. Artigo de Congresso SOBRENOME, Nome do autor do artigo. Título do artigo. In: NOME DO CONGRESSO, número., data, local. Título do Documento. Local de publicação: Editora, data de publicação, páginas. Exemplo: BRAYNER, A. R. A.;MEDEIROS, C. B. Incorporação do tempo em SGBD orientado a objetos. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE BANCO DE DADOS, 9., 1994, São Paulo. Anais... São Paulo: USP, 1994. p. 16-29.

  14. Artigo de Congresso Eletrônico SOBRENOME, Nome do autor do artigo. Título do artigo. In: NOME DO CONGRESSO, número., data, local. Título do Documento. Local de publicação: Editora, data de publicação, páginas. Disponível em: <http://www ...>. Acesso em: ... [OBS.: pode ser site ou outro tipo de mídia] Exemplo: LIMA, A. M. L.; MICHELON, F. F. Os acervos fotográficos de Pelotas: representação das mulheres negras da década de 1920. In: CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 15.; ENCONTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS, 8., 5-7 dez. 2006, Pelotas. Anais eletrônicos... Disponível em: <http://www.ufpel.edu.br/cic/2006/arquivos/ LA_01198.zip>. Acesso em: 19 mar. 2008.

  15. Legislação Jurisdição (ou Entidade responsável pelo documento) Título, numeração, data e dados da publicação. Exemplo: BRASIL. Medida provisória nº 1.569-9, de 11 de dezembro de 1997. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 14 dez. 1997. Seção 1, p. 29514.

  16. Trabalhos Acadêmicos SOBRENOME, Nome. Título da tese. Ano. Total de folhas. Tipo do documento (Grau e Área)-Vinculação acadêmica, Local, ano de defesa. Exemplo: LIMA, E. M. F. A. Clínica e criação: a utilização de atividades em instituições de saúde mental. 1997. 201 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clínica)-Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1997.

  17. Documentos em Meio Eletrônico AUTOR(es). Título do serviço ou produto. Versão(se houver). Local: Editor ou Produtor, data de publicação. Quantidade e tipo de mídia. Exemplo: UNIVERSIDADE CRUZEIRO DO SUL. Biblioteca Prof. Haddock Lobo Neto. Aula sobre referências.ppt. São Paulo, 2008. 1 CD-ROM.

  18. Site AUTOR(es). Título do serviço ou produto. Versão. Local: Editor ou Produtor, data de publicação (se houver). Disponível em: <http://www. ...>. Acesso em: ... . Exemplo: CONSELHO REGIONAL DE SERVIÇO SOCIAL - 19ª REGIÃO. O que é serviço social. Disponível em: <http://www.cressgo.org.br/ ServicoSocial/>. Acesso em: 20 mar. 2008.

  19. EstiloVancouver

  20. Diferenças entre Vancouver e ABNT ARTIGO DE PERIÓDICO Estilo Vancouver Hallal AH, Amortegui JD, Jeroukhimov IM, Casillas J, Schulman CI, Manning RJ, et al. Magnetic resonance cholangiopancreatography accurately detects common bile duct stones in resolving gallstone pancreatitis. J Am Coll Surg. 2005 Jun;200(6):869-75. ABNT HALLAL, A. H. et al. Magnetic resonance cholangiopancreatography accurately detects common bile duct stones in resolving gallstone pancreatitis. J. Am. Coll. Surg., v. 200, n. 6, p. 869-875, Jun. 2005.

  21. Diferenças entre Vancouver e ABNT LIVRO Estilo Vancouver Hamric AB, Spross JA, Hanson CM. Advanced practice nursing: an integrative approach. 3rd ed. St. Louis (MO): Elsevier Saunders; 2005. ABNT HAMRIC, Ann B.; SPROSS, Judith A.; HANSON, Charlene M. Advanced practice nursing: an integrative approach. 3rd ed. St. Louis, MO: Elsevier Saunders, 2005.

  22. Diferenças entre Vancouver e ABNT DISSERTAÇÃO E TESE Estilo Vancouver Lima EMFA. Clínica e criação: a utilização de atividades em instituições de saúde mental [dissertação]. São Paulo: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo; 1997. ABNT LIMA, E. M. F. A. Clínica e criação: a utilização de atividades em instituições de saúde mental. 1997. 201 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clínica)-Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1997.

  23. SISTEMA DE BIBLIOTECAS - UNICSUL Citações Bibliográficas ABNT – NBR 10520 (ago. 2002) Maio / 2008

  24. ABNT NBR 10520:2002 (ago.) • Informação e Documentação – Citações em Documentos – Apresentação • [...] específica as características exigíveis para apresentação de citações em documentos. (ABNT, 2002, p. 1).

  25. Quando se usa letra maiúscula e minúscula e para citar um autor no texto? • Quando o autor é mencionado na sentença do texto. Ex.: A ironia seria assim uma forma implícita de heterogeneidade mostrada, conforme a classificação proposta por Authier-Reiriz (1982).

  26. Quando se usa letra maiúscula e para citar um autor no texto? • Quando o autor é mencionado entre parênteses. Ex.: “Apesar das aparências, a desconstrução do logocentrismo não é uma psicanálise da filosofia [...]” (DERRIDA, 1967, p. 293).

  27. Sistemas de Chamada Autor-Data Segundo Marconi e Lakatos (2001, p. 43), “os documentos de fonte primária são aqueles de primeira mão [...]” OU “Os documentos de fonte primária são aqueles de primeira mão [...]” (MARCONI; LAKATOS, 2001, p. 43).

  28. Sistemas de Chamada Numérico “Os documentos de fonte primária são aqueles de primeira mão [...]4” • Na lista de referências: 4. MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Pesquisa bibliográfica. In:______. Metodologia do trabalho científico. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2001. p. 43-77.

  29. Citação Direta de até 3 linhas • É a transcrição ou cópia literal de outro texto. Transcrevem-se geralmente: • Leis, decretos, regulamentos, etc.; • Fórmulas científicas ou matemáticas; • Palavras ou trechos de outro autor. • Devem aparecer sempre entre aspas e sua origem indicada com precisão (incluindo-se o número da página).

  30. Exemplo de Citação Direta de até 3 linhas Quanto ao risco de gravidez precoce, Melo (1993, p. 57) salienta, “que o risco de gestações precoces existe em todas as classes sociais, tendo porém, ‘soluções’ diferenciadas [...]”.

  31. Citação Direta com + de 3 linhas A citação literal com mais de 3 linhas deve ser transcrita em parágrafo próprio, com recuo de 4 cm, a partir da margem esquerda, com o tamanho de fonte 10,sem aspas e com espaçamento simples.

  32. Exemplo de Citação Direta com + de 3 linhas Conforme nos orienta Severino (2002), nas teses e dissertações: São mantidas as partes principais dos trabalhos científicos em geral, sendo específicas a estas monografias acadêmicas, em contraposição aos trabalhos didáticos comuns, as seguintes partes: a página de dedicatória, a página de aprovação e o resumo. (SEVERINO, 2002, p. 165).

  33. Citação Indireta • É a expressão da idéia contida na fonte citada com palavras próprias do autor do trabalho. Dispensa o uso de aspas: • Exemplos: • Camargo (1989) afirma que dentre as causas [...] • [...] as doenças relacionadas ao sistema circulatório, são preponderantes (CAMARGO, 1989).

  34. Outros tipos de citações no texto

  35. Citação pelo Título • Deve ser usada para alguns tipos de citações • Exemplos: • Durante o Congresso Brasileiro de Cirurgia (1984) [...] • A dosagem prescrita no Merck Index (2005) [...]

  36. Citação de um Autor • Indicação do sobrenome do autor e a data, separando com (,), se a citação estiver entre parênteses. Se houver trabalhos do mesmo autor com datas diferentes, separar as datas com (,). Ex.: Verificou que as [...] (ORLANDO, 2002). Nardelli, em 2001, avaliou as lesões [...] Cunha (1996, 2004) estudou [...]

  37. Dois Autores • Indicação dos sobrenomes dos autores, separados por (e) quando citados no texto e, ponto e vírgula (;), quando citados entre parênteses. Ex.: Parra e Saad, em 2000 [...] Zugaib e Bittar (1996) [...] [...] para a teologia (JOSSUA; METZ, 1976).

  38. Três Autores • Indicação dos sobrenomes dos autores, separados por vírgula (,) e (e), quando citados no texto e, ponto e vírgula (;) quando citados entre parênteses. Ex.: Santos, Fagundes e Silva, em 2000 [...] [...] na literatura (MENDES; PRADO; SOUZA, 1976).

  39. Mais de Três Autores • Indicação do sobrenome do primeiro autor, seguido da expressão latina “et al.”, que significa “e outros”. Ex.: Camargo et al. (1990) descreveram [...] [...] (CAMPANA et al., 2001).

  40. Autores Corporativos • Quando uma entidade assume a responsabilidade pelo trabalho, é tratada como autor. Podem ser citadas no texto pelas respectivas siglas, desde que, na primeira vez em que forem mencionadas, apareçam por extenso. Ex.: O Instituto Adolfo Lutz (1975) [...] A Organização Panamericana de Saúde (OPAS), em 2002 [...] [...] pela Organização das Nações Unidas (ONU, 2000).

  41. Vários Trabalhos de Diferentes Autores • Quando citados em bloco, entre parênteses no final do texto, ordenar alfabeticamente e separar com ponto e vírgula (;) e, no corpo do texto, utilizar vírgula (,) e, no final, (e). Ex.: Myers e Rigley (1979), Turner et al. (1954) e Katz (1984) [...] [...] (KATZ, 1984; MYERS; RIGLEY, 1979; TURNER et al., 1954)

  42. Trabalhos Diferentes do Mesmo Autor e Mesmo Ano • Acrescentar letras minúsculas, a partir da letra (a), e após o ano de publicação, intercalado por vírgula. Ex.: Saad (1997a, 1997b, 1997c) afirma que [...] [...] (SAAD, 1997a, 1997b, 1997c).

  43. Segundo a Nacionalidade • A entrada deve ser pelo sobrenome; se o nome contiver mais de um sobrenome, fazer a entrada pelo último, mesmo que contenha a partícula de ligação (de, da, dos, etc.). Ex.: Carlos da Silva Lacaz LACAZ Frank Joseph Clark CLARK

  44. Sobrenome Duplo • Ou como os autores são mais conhecidos. Ex.: Angelita Harb-Gama HARB-GAMA Cesar Timo-Iaria TIMO-IARIA

  45. Constituído de Duas ou Mais Palavras • Que forma uma expressão, fazer a entrada pela primeira parte do sobrenome. Ex.: Carlos Alberto Santa Rosa SANTA ROSA Maurício Rocha e Silva ROCHA E SILVA

  46. De Origem Estrangeira • Fazer a entrada pelo prefixo quando forem identificados por estes nas publicações e nas obras de referência. Ex.: LE ROUGE DE LUCIA LO SAVIO DI EGIDIO VON ENDE VAN DYKO D’ANNUNZIO D’ARIENZA

  47. Sobrenomes Chineses • Seguem a ordem normal (o sobrenome em primeiro lugar) e devem entrar pela ordem que aparecem. Ex.: Heung Gong Jai Jo HEUNG Kim Ji Woon KIM Lee Jeong Hyang LEE Lim Yauw Tjin LIM

  48. Japoneses • Seguem a mesma regra usada para sobrenomes brasileiros, ou seja, a entrada pelo último sobrenome: Akemi Nagashima NAGASHIMA Akiko Sato SATO Tadao Miyoshi MIYOSHI

  49. Espanhóis • Fazer a entrada pelo penúltimo sobrenome. Se houver prefixo, entrar pela parte do nome que segue o prefixo: GARCIA BLANCO ACOSTA NAVARRO LAS VERAS RAMÓN Y CAJAL RAMOS-ACEITERO

  50. Com Indicação de Grau de Parentesco • Brasileiros: MION JÚNIOR SANTOS NETO OLIVEIRA FILHO