jogos ol mpicos de ver o l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
JOGOS OLÍMPICOS DE VERÃO PowerPoint Presentation
Download Presentation
JOGOS OLÍMPICOS DE VERÃO

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 39

JOGOS OLÍMPICOS DE VERÃO - PowerPoint PPT Presentation


  • 401 Views
  • Uploaded on

JOGOS OLÍMPICOS DE VERÃO. JOGOS OLÍMPICOS MODERNOS.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'JOGOS OLÍMPICOS DE VERÃO' - benjamin


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
jogos ol mpicos modernos
JOGOS OLÍMPICOS MODERNOS
  • Os jogos olímpicos Modernos que começaram a se celebrar em 1896 são na verdade, uma nova versão dos festivais esportivos que os gregos realizavam, também de 4 em 4 anos, na antiga Élida na honra de Zeus e de outros deuses que habitavam o Olimpo. Dessa versão modernizada resultaram outras, inclusive a dos Jogos Olímpicos de Inverno.
os jogos na antiguidade
Os jogos na Antiguidade
  • As origens dos antigos jogos pan-helênicos perderam-se no tempo e freqüentemente se confundem com a lenda. Uma das versões sobre a 1ª competição olímpica apóia na fantástica história segundo a qual Áugias, rei de Élida, inconformado com o cheiro que saía dos seus currais, encarregou Hércules de limpa-los. O herói, a quem a lenda atribuiu espantosa força, simplesmente desviou, com as próprias mãos, o curso do rio Alfeu, fazendo a água passar por onde pastavam 3 mil bois. Como Áugias não ficasse satisfeito com a solução, os dois tiveram uma desavença, Hércules matou-o e em seguida instituiu os jogos para penitenciar-se perante aos deuses.
decad ncia e extin o
Decadência e extinção
  • Com a denominação romana da Grécia e da Macedônia, no século II a.C., a cultura e os costumes helênicos, entre os quais a tradição dos jogos foram sendo assimilados pelos romanos. No entanto, as competições entraram e permanente e contínua decadência, por diversos motivos.
  • Para os romanos, os jogos olímpicos não passavam de inofensivos e insiptos por meios esportivos que pouco a pouco foram perdendo o interesse. Até que em 393 d.C. Teosódio I ( imp. 379-395 ), responsável pela matança de 10 mil escravos gregos, sublevados em Tessalonica, pediu perdão a Ambrósio, bispo de Milão prometendo em troca converter-se ao catolicismo. Ambrósio concedeu o perdão ao imperador, exigindo que ele concordasse em extinguir todas as festas e cerimônias pagãs, entre as quais os jogos olímpicos.
o renascimento
O renascimento
  • Pierre de Fredy, barão de Coubertin ( 1863-1937 ), tornou-se o renovador dos jogos olímpicos, reinstituindo-os 16 séculos depois de sua extinção. Amante dos esportes e admirador dos métodos de pedagogia adotados por Thomas Arnold, na Inglaterra, Coubertin lançou, em 1894, numa reunião na Sorbonne, a idéia de reviver a antiga tradição grega, através da qual esperava unir os povos.
  • Em 1894, apoiado pelo americano William Sloane e pelo inglês Charles Herbert, e contando com a presença de representantes de 15 países, fundou o C.O.I., organismo que até hoje controla todo o mundo olímpico. Dois anos depois, realizava-se em Atenas e 1ª disputa dos jogos olímpicos da era moderna.
os jogos de hoje
Os jogos de hoje
  • Desde o seu renascimento, com interrupções apenas durante as duas guerras mundiais, os jogos olímpicos tem-se realizado de 4 em 4 anos, cada vez com maior êxito.
  • O direito de organizá-los é concedido a uma cidade, nunca um país. Não se contam pontos por países. Ao atleta campeão é concedido uma medalha de ouro; ao segundo lugar, uma medalha de prata; ao terceiro, uma medalha de bronze. Os que tiraram de quarto a sexto lugar ganham diplomas especiais.
  • A bandeira olímpica - cinco anéis entrelaçados, nas cores azul, vermelho, verde, amarelo e preto, sobre o fundo branco foi concebida por Coubertin e representa os cinco continentes nas cores com as quais se podiam cobrir.
atenas 1896 a primeira olimp ada
Atenas, 1896. A primeira olimpíada
  • Os primeiros jogos Olímpicos contaram com a participação de 13 países e 285 atletas. Realizados no Estádio Olímpico de Atenas- réplica dos antigos estádios gregos, foram uma festa esportiva improvisada dentro dos poucos recursos da época. Tiveram no norte-americano James B. Connllv, vencedor do salto triplo, o seu primeiro campeão. Mas o grande herói foi mesmo o grego Spridon Loues, vencedor da maratona, prova de longa distância criada especialmente para os jogos olímpicos modernos.
  • - A primeira olimpíada teve competições em 9 esportes;
  • - O futebol foi cancelado por falta de participantes.
  • - As provas de natação aconteceram no rio Sena, com correnteza forte. Isso propiciou a conquista de tempos excelente.
st louis 1904
St. Louis, 1904
  • Os III jogos olímpicos tiveram 11 países e 496 atletas participantes. Esses números foram sensivelmente inferiores aos da olimpíada anterior em razão das dificuldades de mandar equipes para o outro lado do Atlântico. Além disso, os norte-americanos repetiram o erro dos franceses e fizeram as competições coincidirem com a Feira Mundial de St. Louis. Os jogos ficaram assim em segundo plano, o que não impediu tivessem momentos heróicos e até insólitos. Na maratona , por exemplo, Frei Los, o primeiro a cruzar a linha de chegada, havia utilizado fraudulosamente um automóvel, durante o percurso, o que só foi descoberto pouco antes da entrega dos prêmios.
londres 1908
Londres, 1908
  • Os IV jogos olímpicos tiveram 22 países e 2.059 atletas participantes.Os ingleses exigiram a presença de juizes seus, na maioria das provas de atletismo, e daí as discussões. O herói dos jogos foi um perdedor, o italiano Pietri Dorando, que entrou errado no estádio à chegada da maratona, teve de voltar para cumprir a reta final, não resistiu ao cansaço, caiu e foi ajudado pelos juízes, chegando assim em primeiro lugar. Embora desclassificado mais tarde, ganharia uma taça de ouro conferida pela rainha Alexandra.
  • - As mulheres participavam o movimento dos jogos mas em poucas modalidades: arco e flecha, iatismo, patinação e tênis;
estocolmo 1912
Estocolmo 1912
  • Os V jogos olímpicos tiveram 18 países e 2.541 atletas participantes. Foram os mais bem organizados até então. A grande figura do atletismo foi o índio norte-americano Jim Thorpe, campeão do pentatlo e do decatlo, considerado na época o atleta mais completo do mundo. No entanto, dois anos depois, por exigência do próprio Comitê Olímpico dos EUA, suas duas medalhas de ouro tiveram de ser a acusação de ser um profissional, embora tivesse apenas, por ignorância, recebido vinte dólares para jogar por uma equipe de baseball, um ano antes dos jogos.
  • - A olimpíada de Estocolmo é a primeira a ter países representados em cinco continentes com 2.541 atletas inscritos.
  • Os suecos introduziram fotógrafo para flagrar a chegada das provas no atletismo, o chamado Photo Finish.
antu rpia 1920
Antuérpia, 1920
  • Os VII jogos olímpicos (os sextos teriam sido os de 1916, não realizado por causa da 1ª guerra mundial, mas contados assim mesmo), tiveram 29 países e 2.606 atletas participantes. Pela primeira vez a bandeira olímpica foi hasteada. O juramento olímpico passou a fazer parte da cerimônia de abertura. E tanto quanto possível, levando-se em conta que a Europa acabava de sair de uma guerra, os jogos tiveram êxito. Revelaram o grande fundista finlandês Paavo Nurmi, que em toda a sua carreira haveria de ganhar nada menos de sete medalhas, e o nadador havaiano Duke Kahanamoku. que fixou o estilo crawl.
paris 1924
Paris 1924
  • Os VIII jogos olímpicos tiveram 44 países e 3.029 atletas participantes. Dessa vez os franceses deram ao acontecimento o destaque que ele merecia, redimindo-se da má organização de 1.900. Paavo Nurmi voltaria a brilhar nas provas de fundo. John, dito Johnny Weissmuller - que anos mais tarde seria, como ator, o mais famoso Tarzan do cinema - ganharia suas 3 primeiras medalhas de ouro na natação. E tanto as competições aquáticas como as náuticas seriam pela primeira vez disputadas em condições técnicas ideais.
  • - A olimpíada de Paris foi a primeira que teve vários eventos transmitidos ao vivo por rádios da Europa e EUA.
amsterd 1928
Amsterdã 1928
  • Os IX jogos olímpicos tiveram 46 países e 3.015 atletas participantes. Nunca até então, as mulheres tinham representado papel tão importante nas competições. Nas provas de atletismo atraíram tanto a atenção do público como os famosos campeões masculinos. Mas os holandeses organizaram os jogos com dificuldades, dispondo de poucos recursos financeiros.
  • Mikio Oda, vencedor no salto triplo, foi o primeiro oriental a ganhar uma medalha de ouro em olimpíada;
  • - Amsterdã instituiu a chegada da tocha olímpica e o acender de uma pisa como parte da cerimônia de abertura.
los angeles 1932
Los Angeles 1932
  • Os X jogos olímpicos tiveram 37 países e 1.408 atletas participantes. O mesmo problema de 1904 - a dificuldade que os europeus tinham para mandar equipes à América voltaram a contribuir para que o número de inscrições baixassem. Com tudo isso, o êxito técnico foi indiscutível. Os norte-americanos remodelaram seu belo estádio o Coliseu de Los Angeles especialmente para a ocasião. Acusado de profissionalismo, Paavo Nurmi foi impedido de tentar sua 4ª Olimpíada como campeão. E o destaque acabou sendo uma mulher, a norte-americana Babe Didrikson, ganhadora de 2 medalhas de ouro, ambas como recordes mundiais no atletismo.
berlim 1936
Berlim 1936
  • Os XI jogos olímpicos tiveram 49 países e 4.069 atletas participantes. Em pleno apogeu do nazismo na Alemanha, eles foram transformados num gigantesco instrumento de propaganda do regime, com o próprio Hitler acompanhando de perto todos os detalhes da organização. Os alemães superaram em tudo os patrocinadores anteriores. Mas não colheram os melhores resultados, como esperavam. Foram os negros norte-americanos os heróis dos jogos, para frustração do Führer, que viu James Cleveland, dito Jesse Owens, ganhar quatro medalhas de ouro , desmentindo a propala superioridade da raça ariana. Os negros venceram quase todas as provas de atletismo.
londres 1948
Londres 1948
  • Os XIV jogos olímpicos tiveram 59 países e 4.468 atletas participantes. Na opinião da maioria dos observadores, os efeitos da guerra ainda eram muito acentuados para que uma competição esportiva de caráter mundial se realizasse com êxito. Apesar disso, os ingleses esmeraram-se na organização. O jovem decatleta norte-americano Bob Mathias e a veterana corredora holandesa Fanny Blankerskoen foram duas figuras destacadas. Mas pouco resultados técnicos chegaram a ser registrados.
helsinki 1952
Helsinki 1952
  • Os XV jogos olímpicos tiveram 69 países e 5.867 atletas participantes. Organização perfeita, assistência técnica moderníssima, hospitalidade e muita ordem caracterizam o trabalho dos finlandeses. Os jogos marcaram o ingresso da URSS no mundo olímpico. E estenderam, até o campo do esporte, a "guerra fria" da política internacional. O maior nome dos jogos foi Emil Zatopek, vencedor de três provas de fundo, excepcional corredor checo apelidado de "a locomotiva humana:".
melbourne 1956
Melbourne 1956
  • Os XVI jogos olímpicos tiveram 67 países e 3.184 atletas participantes. As provas de hipismo devido à quarentena que as autoridades australianas determinavam para os cavalos vindos do exterior cumpriram-se em Estocolmo. A organização foi, da mesma forma, elogiável, apesar dos sacrifícios que o país teve de suportar para concluí-la segundo os planos. O brasileiro Ademar Ferreira da Silva, que já brilhava em Helsinki, confirmou seu título no salto triplo, tornando-se bi-campeão olímpico.
roma 1960
Roma 1960
  • Os XVII jogos olímpicos tiveram 84 países e 5.396 atletas participantes. Foram um espetacular acontecimento turístico e, como os dois jogos anteriores, um êxito de organização. Pela primeira vez os norte-americanos perderam para os soviéticos no total de medalhas. No entanto, dois atletas dos EUA Wilma Rudolph, sprinter, e Ralph Boston, que bateu o recorde de Jesse Owens no salto em distância foram os heróis dos jogos, assim como o alemão Armin Hary, outro velocista, e as atletas soviéticas.
t quio 1964
Tóquio 1964
  • Os XVIII jogos olímpicos tiveram 94 países e 5,565 atletas participantes. Superaram os de Roma em organização e introduziram definitivamente a tecnologia no esporte. O etíope Abebe Bikila tornou-se o primeiro na história a sagrar-se bi-campeão da maratona. A australiana Dawn Fraser, campeã de nado livre, e o jovem norte-americano Don Schollander, que obteve quatro medalhas de ouro, tornaram-se os novos fenômenos da natação universal. Yoshinori Sakai, o atleta japonês que carregou a tocha olímpica na solenidade de abertura, nasceu perto de Hiroshima no exato dia em que ali foi atirada a bomba atômica. Os japoneses o usaram como seu símbolo.
cidade do m xico 1968
Cidade do México 1968
  • Os XIX jogos olímpicos tiveram 109 países e 6.082 atletas participantes. Organizados pelos mexicanos com tremendas dificuldades financeiras, levaram a um protesto de estudantes. Em vários sentidos os jogos foram tumultuados. Além de manifestações e choques com estudantes nas ruas, com violenta intervenção policial, houve o protesto dos negros norte-americanos, alguns deles do grupo denominado Black Power, que erguiam punhos com luvas negras a cada vitória alcançada. O norte-americano Al Oerter, branco, tornou-se primeiro atleta a sagrar-se tetra-campeão olímpico, no lançamento do disco. Pela primeira vez na história dos jogos olímpicos coube a uma mulher carregar a tocha olímpica: a atleta Norma Enriqueta Basílio.
munique 1972
Munique 1972
  • Os XX jogos olímpicos tiveram 121 países e 8.500 atletas participantes. Os alemães voltaram a dar exemplo de organização gigantesca. Instalações perfeitas, gastos fantásticos, alojamentos de primeira ordem. Destacado de todos os outros com o recorde de sete medalhas de ouro, o nadador norte-americano Mark Spitz foi o campeão entre os campeões. Houve algumas surpresas, como a vitória soviética no basquete e a Polônia no futebol. e mais um registro trágico: o sequestro e assassinato de 11 atletas de Israel por membros do grupo terrorista árabe Setembro Negro.
montreal 1976
Montreal 1976
  • Os XXI jogos olímpicos tiveram 89 países e 9.564 atletas participantes, com destaque para as exibições da ginasta romena Nadia Comaneci e da equipe de ginastas russas lideradas por Ludmila Turischeva. Na natação masculina dominaram os norte-americanos, em todos os títulos; na feminina, as representantes da Alemanha oriental. como os jogos de Munique, também os de Montreal foram afetados por problemas políticos, relacionados com República da China e com a Nova Zelândia, contra cuja participação se opuseram as grandes nações negras e norte - africanas, além do Iraque e da Guiana.
moscou 1980
Moscou 1980
  • Os XXII jogos olímpicos tiveram 81 países e 5.748 atletas participantes. Foram marcados por um fato extra-esportivo, o boicote proposto pelos EUA em protesto contra a invasão do Afeganistão pelos soviéticos. Além dos EUA, não compareceram a Moscou delegações da Alemanha ocidental, Japão e vários outros países. Com isso, o panorama esportivo foi denominado pela URSS e Alemanha oriental, que arrebanharam 320 das 629 medalhas. O Brasil conquistou duas medalhas de ouro, no iatismo e duas medalhas de bronze no salto triplo e revezamento 4 X 200 m, na natação.
los angeles 1984
Los Angeles 1984
  • Os XXIII jogos olímpicos tiveram cerca de 7.800 atletas participantes e um número recorde de 140 países. No entanto foram prejudicados pelo boicote soviético, que afastou 15 países socialistas das competições. A URSS alegou que a autoridades norte-americanas estavam fazendo dos jogos uma arena política e não garantiam a segurança dos atletas. Os EUA foram os grandes vencedores, com 174 medalhas, seguidos pela Alemanha ocidental, com 59. O atleta que mais se destacou foi o norte americano Carl Lewis, que ganhou quatro medalhas de ouro. O Brasil conquistou uma medalha de ouro, cinco de prata e duas de bronze, no judô.
seul 1988
Seul 1988
  • Os XXIV jogos olímpicos realizaram-se de 17 de setembro a 2 de outubro, e tiveram mais de 9.600 atletas participantes, provenientes da nada menos de 160 países. Em solidariedade à Coréia do Norte, que se afastou dos jogos por não lhe ser permitindo sediar parte deles, Cuba boicotou o evento, enquanto o Nicarágua declinou do convite devido à sua situação política interna. Os países que mais ganharam medalhas foram a URSS, a República Democrática Alemã e os EUA. Ao Brasil couberam seis medalhas, sendo uma de ouro, duas de prata e três de bronze.
barcelona 1992
Barcelona 1992
  • A história do esporte mudou definitivamente nos Jogos Olímpicos de Barcelona. A máscara do amadorismo, que exigia dos atletas a hipocrisia de fingir não ter patrocínios e profissão, enfim caiu.
  • O Comitê Olímpico Internacional admitiu a presença de atletas profissionais de todas as modalidades e permitiu o surgimento do Dream Team, o time de basquete masculino americano que ganhou o ouro com Michael Jordan e Magic Johnson.
slide28
Barcelona bateu todos os recordes de participação. Foram 7.108 homens e 2.851 mulheres, de 172 países. Os Jogos também viram o último capítulo da União Soviética, batizada de CEI, que ainda terminaram em segundo lugar, com 102 medalhas (45 de ouro). Os norte-americanos somaram 108, mas com apenas 37 vitórias. O Brasil levou 198 atletas e voltou a ganhar duas medalhas de ouro, além de uma outra de prata.
  • Pela primeira vez em 40 anos, os Jogos foram realizados sem problemas políticos, ainda que encontrasse um país-sede dividido entre espanhóis e catalães, o que exigiu o hasteamento de duas bandeiras e o entoar de dois hinos diferentes na cerimônia de abertura. Nenhum atleta fez protesto político.
atlanta 1996
Atlanta 1996
  • Os Jogos viveram seu segundo ato de "terrorismo", com a explosão de uma bomba no superlotado Parque Olímpico, que matou duas pessoas e trouxe o medo de volta ao cenário olímpico.
  • Atlanta ultrapassou a barreira e organizou 17 dias de Jogos, que reuniram o recorde absoluto de 10.750 atletas e 197 países. A previsível vitória norte-americana no quadro geral de medalhas, com 101 de ouro, misturou-se à incrível confusão gerada por falhas constantes em todo o sistema de informática. Pela primeira vez, 52 diferentes nações chegaram à medalha de ouro. Costa Rica, Equador e Síria enfim subiram no lugar mais alto do pódio. Hong Kong faturou sua primeira e última medalha de ouro, já que passou a integrar a China em 1997.
slide30
Johnson tornou-se o primeiro atleta da história a faturar o ouro olímpico nos 200 e 400 metros nos mesmos Jogos. E ainda por cima com recordes  mundiais nas duas corridas. Cinco semanas antes de Atlanta, Michael conseguira quebrar o recorde dos 200m do italiano Pietro Menea, o mais antigo do atletismo, ao correr em 19s72. Nas Olimpíadas, cravou 19s66 e deixou adversários boquiabertos.
  • Curiosa façanha veio com a também jamaicana Merlene Ottey. Ao chegar em terceiro no revezamento 4x100, ela se tornou a primeira mulher a ganhar cinco medalhas de bronze (em quatro Jogos). Outra atleta, a nadadora norte-americana Jenny Thompson, somou cinco medalhas de ouro em sua carreira e igualou o feito da esquiadora Bonnie Blair como a atleta dos Estados Unidos com maior número de vitórias olímpicas.
slide31
Os Jogos evidenciaram supremacias bem conhecidas. Os oito primeiros colocados nos 10 mil metros masculinos foram africanos. Nada menos que 11 dos 12 medalhistas do tênis de mesa eram asiáticos.
  • Fora das pistas e quadras, um certo Richard Jewell virou duas vezes notícia. Quando a bomba de fabricação caseira explodiu no Parque Olímpico, resultando na morte de duas pessoas, o policial se transformou numa celebridade por salvar centenas de outras vítimas. Dias depois, Jewell terminou como o vilão da história, responsabilizado por ele próprio ter colocado a bomba.
slide32
Para o Brasil, Atlanta só teve boas recordações. Pela primeira vez, a equipe brasileira somou 15 medalhas numa única edição e pela primeira vez saímos com três novos campeões olímpicos. O iatismo confirmou Robert Scheidt e a dupla Torben Grael/Marcelo Ferreira como as melhores do mundo e o estreante vôlei de praia deram uma inédita medalha de ouro para o esporte feminino nacional. Melhor ainda, realizou a primeira final olímpica totalmente verde-e-amarela da história, já que Jacqueline e Sandra venceram na decisão Mônica e Adriana.
  • A prata coroou as carreiras de Hortência e Paula no basquete, com direito a idolatria até dos norte-americanos. Gustavo Borges também garantiu um segundo lugar nos 200m e, com outro bronze nos 100m, saiu de Atlanta como o atleta nacional que mais subiu ao pódio olímpico em todos os tempos.
  • O bronze foi uma surpresa para o 4x100m do atletismo, para o judoca Henrique Guimarães e para a equipe de saltos do hipismo. Confirmou, por seu lado, a competência de Lars Grael no iatismo, do judoca Aurélio Miguel, do nadador Fernando Scherer e do ascendente vôlei feminino. Mas não evitou a frustração do futebol masculino, que perdeu talvez a maior chance de conquistar o único triunfo que lhe falta. Na semifinal contra a Nigéria, vencíamos por 3 a 1, antes de ceder o empate e perder a vaga na final na "morte súbita". O tabu fica para ser vencido em Sydney.
sydney 2000
Sydney 2000
  • Com obras grandiosas em estilo futurista, a Austrália mostrou que é muito mais do que um lugar exótico e remoto, habitado por surfistas, aborígenes e cangurus. Some-se a isso o esforço do Comitê Olímpico Internacional para apagar da memória o fiasco dos últimos Jogos, em Atlanta, onde os computadores pifaram e a organização virou um caos. Os australianos conseguiram nada menos que a perfeição.
  • Para isso, os australianos começaram cedo. Ao todo foram nove anos de preparação - dois quando Sydney ainda era um das cidades candidatas a sediar os Jogos Olímpicos e mais sete depois que ela venceu a disputa - e um investimento de 3,4 bilhões de dólares.
atenas 2004
Atenas 2004
  • Realizada sob o medo do terrorismo, a 28ª Olimpíada da era Moderna, a primeira realizada após os fatídicos ataques de 11 de Setembro nos EUA, foi a que mais se preocupou com segurança na história. Formam gastos US$ 1,5 bilhão com segurança, nada menos do que cinco vezes o valor de Sydney-2000.Os Jogos, no entanto, correram em tranqüilidade.

Com sua maior delegação na história, com 247 atletas, o Brasil viu também seu melhor desempenho, com o recorde de quatro ouros, ultrapassando o feito de Atlanta-96 (três). Em total de medalhas, no entanto, houve retrocesso pela segunda vez seguida: foram dez, contra 12 em Sydney e 15 em Atlanta.

slide35
Na capital grega, o Brasil fez cinco novos bicampeões olímpicos, que se juntaram a Adhemar Ferreira da Silva, até então o único. Conquistaram o segundo ouro Torben Grael e Marcelo Ferreira, Robert Scheidt, Giovane e Maurício. Torben se tornou também o maior atleta olímpico do Brasil, com dois ouros, uma prata e dois bronzes.
  • O nadador Michael Phelps não conseguiu superar os sete ouros de Mark Spitz, mas ganhou oito medalhas, seis delas de ouro (100 m e 200 m borboleta, 200 m e 400 m medley e 4 x 100 m medley e 4 x 200 m livre). Também somou dois bronzes.
curiosidades
CURIOSIDADES
  • O atirador Matthew Emmons liderava a carabina três posições 50 m, quando fez uma trapalhada. No último tiro, o americano acabou acertando o alvo de um vizinho, o austríaco Christian Planner. O erro tirou suas chances de medalha e deu o bronze a Planner.
  • A canoísta alemã Birgit Fischer, 42, ganhou nos Jogos gregos seu oitavo ouro (soma também quatro pratas) na história e ficou a apenas um de igualar a marca da ginasta Larissa Latynina (URSS), que detém o recorde entre as mulheres de nove títulos olímpicos.
  • A jogadora Janeth se consolidou como a maior cestinha das Olimpíadas. A ala atingiu na Grécia a marca de 535 pontos, mas não conseguiu ajudar o Brasil a ganhar outra medalha no basquete --a equipe terminou em quarto após perder a decisão do bronze para a Rússia.
  • Porta-bandeira da equipe, o velejador Torben Grael conquistou seu segundo ouro em Atenas, na classe star, e se tornou o atleta olímpico brasileiro de maior sucesso da história. Ele possui na carreira cinco pódios (dois ouros, uma prata e dois bronzes).
  • Na disputa da maratona, um espectador, o ex-padre irlandês Cornelius Horan, entrou na pista e derrubou o brasileiro Vanderlei Cordeiro de Lima, quando ele liderava a prova. O maratonista brasileiro acabou terminando a prova em terceiro lugar.
quais s o as modalidades ol mpicas dos jogos ol mpicos de ver o
Quais são as modalidades olímpicas dos Jogos Olímpicos de Verão?
  • Para ser considerado olímpico o esporte tem de ser praticado por homens em pelo menos 50 países e em três continentes, e por mulheres em pelo menos 35 países e em três continentes. Nos Jogos Olímpicos de Atenas 2004 são consideradas 29 modalidades olímpicas: Atletismo, Badminton, Beisebol, Basquetebol, Boxe, Canoagem, Ciclismo, Equitação, Esgrima, Futebol, Ginástica, Halterofilismo, Handebol, Hóquei em campo, Judô, Lutas Amadoras, Natação, Pentatlo Moderno, Polo aquático, Remo, Softbol, Tiro, Tiro com Arco, Taekwondo, Tênis, Tênis de Mesa, Triatlo, Vela e Vôlei.
pequim 2008
Pequim 2008
  • REALIZAR UMA PESQUISA SOBRE OS JOGOS OLÍMPICOS DE VERÃO DE 2008.
  • PAÍSES PARTICIPANTES.
  • QUADRO DE MEDALHAS.
  • CURIOSIDADES.
  • DESEMPENHO BRASILEIRO.
slide39
FONTE: www.wikipedia.com.br

www.jogosolimpicos.com.br

          • PROFESSOR ODIRLEI LANGE