AS TREZE EP STOLAS PAULINAS: ROMANOS I COR NTIOS II COR NTIOS G LATAS EF SIOS FILIPENSES COLOSSENSES I TESSALONICENS - PowerPoint PPT Presentation

benjamin
slide1 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
AS TREZE EP STOLAS PAULINAS: ROMANOS I COR NTIOS II COR NTIOS G LATAS EF SIOS FILIPENSES COLOSSENSES I TESSALONICENS PowerPoint Presentation
Download Presentation
AS TREZE EP STOLAS PAULINAS: ROMANOS I COR NTIOS II COR NTIOS G LATAS EF SIOS FILIPENSES COLOSSENSES I TESSALONICENS

play fullscreen
1 / 30
Download Presentation
AS TREZE EP STOLAS PAULINAS: ROMANOS I COR NTIOS II COR NTIOS G LATAS EF SIOS FILIPENSES COLOSSENSES I TESSALONICENS
885 Views
Download Presentation

AS TREZE EP STOLAS PAULINAS: ROMANOS I COR NTIOS II COR NTIOS G LATAS EF SIOS FILIPENSES COLOSSENSES I TESSALONICENS

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

    1.

    2. AS TREZE EPSTOLAS PAULINAS: ROMANOS I CORNTIOS II CORNTIOS GLATAS EFSIOS FILIPENSES COLOSSENSES I TESSALONICENSES II TESSALONICENSES I TIMTEO II TIMTEO TITO FILEMOM

    4. QUEM FOI PAULO? PAULO (Pequeno) Nome romano de SAULO, APSTOLO dos GENTIOS, o maior vulto da Igreja primitiva (At 13.9). Israelita da tribo de Benjamim (Fp 3.5) e FARISEU (At 23.6), era cidado romano por ter nascido em TARSO.Foi educado em Jerusalm aos ps de GAMALIEL (At 22.3; 26.4-5). De perseguidor dos cristos (At 8.3), passou a ser pregador do evangelho, a partir de sua converso (At 9). De Damasco foi Arbia (Gl 1.17). Voltando para Damasco, teve de fugir (At 9.23-25). Em Jerusalm os cristos tinham receio dele (At 9.26-28), mas Barnab o levou aos apstolos. Foi enviado a Tarso (At 9.30), e dali Barnab o levou a Antioquia da Sria (At 11.19-30). Com vrios companheiros Paulo realizou trs viagens missionrias (At 1320). Em Jerusalm enfrentou a fria dos opositores, indo parar em Cesaria (At 21.17-23.35), onde compareceu perante Flix, Festo e Herodes Agripa II (At 2426). Tendo apelado para o Imperador, viajou para Roma, onde permaneceu preso durante 2 anos (At 2728). Ali escreveu Ef, Fp, Cl e Fm. Alm disso escreveu mais nove cartas (v. EPSTOLAS DE PAULO). Diz a tradio que foi libertado e realizou trabalhos missionrios por mais 3 anos. Foi preso novamente e executado em Roma, provavelmente em 67 d.C., no tempo de NERO.

    5. COMPANHEIROS DE PAULO: TIMTEO; SILAS; SSTENES;

    6. QUEM ERAM OS COMPANHEIROS DE PAULO? TIMTEO Timteo era o convertido e a companhia do apstolo Paulo. O seu nome significa "aquele que honra a Deus". Timteo aparece primeiramente em Atos 16:1-3 como discpulo de Paulo. Ele era "filho de uma judia crente, mas de pai Grego" (Atos 16:1). Ele era a terceira gerao de cristo depois de sua me, Eunice, e sua av Lide. O apstolo Paulo, sem dvida nenhuma, seu pai espiritual, se refere a ele como "o meu verdadeiro filho na f" (1 Timteo 1:2); Timteo provavelmente se converteu na primeira ou na segunda viagem missionria de Paulo. Como filho de grego, no tinha sido circuncidado. No entanto, quando Paulo decidiu levar Timteo consigo, em sua segunda viagem, ele fez com que ele fosse circuncidado para no atrapalhar o seu empenho entre os judeus. Timteo freqentemente mencionado nas cartas paulinas. Seu nome includo nas saudaes de 2 Corntios, Filipenses, Colossenses, 1 e 2 Tessalonicenses e Filemon. A presena de Timteo quando Paulo escreveu as cartas confirma que as referncias a ele no livro de Atos so precisas.

    7. SILAS Esse respeitado lder da igreja crist primitiva em Jerusalm era chamado de Silvano (2 Corntios 1:19; 1 Tessalonicenses 1:1; 2 Tessalonicenses 1:1; 1Pedro 5:12). Silas aparece pela primeira vez em Atos 15:22, que nos fala que ele era um membro distinto da igreja que levou o decreto do Conselho de Jerusalm Antioquia. Vrios manuscritos de Atos, incluem o versculo 15:34; esse versculo indica que Silas ficou na Antioqua. Pouco tempo depois ele se juntou a Paulo em sua segunda viagem missionria (15:40). Atos 16:6 (Ver 15:32) menciona o seu servio como profeta. Parece claro que Silas era bem conhecido pelos corntios. Ele ficou na cidade com Paulo por um ano e meio (Atos 18:11). Depois que os judeus levaram Paulo perante o prconsul, acusando-o de ensinar uma maneira ilegal de adorar a Deus, Silas pode ter ficado em Cornto. Paulo, em sua viagem final, escreveu a Cornto de feso e mencionou Silas novamente (2 Corntios 1:19), lembrando os corntios do ministrio entre eles.

    8.

    9. ORDEM CRONOLGICA DAS CARTAS: GLATAS ANO 48/49 ? (EM ANTOQUIA DA SRIA) ? I TESSALONICENSES ANO 51 D.C. (COMPOSIO EM CORINTO) II TESSALONICENSES - ANO 51/52 (COMPOSIO EM CORINTO) GLATAS ANO 51/52 ? (COMPOSIO EM CORINTO)? GLATAS - ANO 53 D.C. ? (COMPOSIO EM ANTOQUIA DA SRIA) I CORNTIOS ANO 55 D.C. (COMPOSIO EM FESO) II CORNTIOS ANO 55 D.C. (COMPOSIO NA MACEDNIA) ROMANOS ANO 57 D.C. (COMPOSIO EM CENCRIA OU CORINTO) EFSIOS ANO 60 D.C. (COMPOSIO EM ROMA) COLOSSENSES ANO 60 D.C. (COMPOSIO EM ROMA) FILEMOM ANO 60 D.C. (COMPOSIO EM ROMA) FILIPENSES ANO 61 D.C. (COMPOSIO EM ROMA) I TIMTEO E TITO ANO 63-65 (COMPOSIO NA MACEDNIA) II TIMTEO - ANO 67/68 (COMPOSIO NA PRISO MAMERTIMA)

    10. ANLIZANDO CARTA CARTA:

    13. PROPSITOS DA CARTA: PAULO ESCREVEU PREPARANDO O CAMINHO PARA A VISITA IMINENTE A ROMA E PARA A MISSO PRETENDIDA NA ESPANHA. (1:10-15; 15:22-29). ESCREVEU PARA APRESENTAR O SISTEMA BSICO DA SALVAO A UMA IGREJA QUE NUNCA ANTES TIVERA UM APSTOLO COMO DOUTRINADOR. BUSCAVA EXPLICAR O RELACIONAMENTO ENTRE JUDEUS E GENTIOS DENTRO DO PLANO GLOBAL DE REDENO TRAADO POR DEUS. OS CRISTOS JUDEUS ESTAVAM SENDO REJEITADOS PELO GRUPO MAIOR DE GENTIOS NA IGREJA (14:1)PELO FATO DE AQUELES AINDA SE SENTIREM CONSTRANGIDOS A OBSERVAR AS LEIS ALIMENTARES E OS DIAS SAGRADOS

    15. DIVISO DA CARTA: INTRODUO 1:1-15 TEMA: A JUSTIA DA PARTE DE DEUS (1:16-17) A IMPIEDADE DE TODA RAA HUMANA (1:18-3:20) A JUSTIA IMPUTADA: JUSTIFICAO (3:21-5:21) A JUSTIA OUTORGADA: SANTIFICAO (CAPTULOS 6-8) VINDICAO DA JUSTIA DE DEUS: O PROBLEMA DA REJEIO DE ISRAEL (CAPTULOS 9-11) A JUSTIA PRATICADA (12:1-15:13) CONCLUSO (15:14-33) RECOMENDAO E SAUDAES (CAPTULO 16)

    17. CURIOSIDADES : A CARTA MAIS SISTEMTICA DE PAULO. SEU ESTILO MAIS DE UM ESMERADO ENSAIO TEOLGICO QUE DE UMA CARTA. REALCE DISPENSADO A DOUTRINA CRIST. IMPRESSIONAM A QUANTIDADE E A IMPORTNCIA DOS TEMAS TEOLGICOS TRATADOS: A SALVAO, A GRAA, A F, A RETIDO, A JUSTIFICAO, A SANTIFICAO, A REDENO, A MORTE E A RESSURREIO. SOLICITUDE PROFUNDA POR ISRAEL. PAULO ESCREVE A RESPEITO DA CONDIO PRESENTE DO POVO, DO SEU RELACIONAMENTO COM OS GENTIOS E DA SUA SALVAO FINAL.

    19. PASSAGENS IMPORTANTES: NO ME ENVERGONHO DO EVANGELHO, PORQUE O PODER DE DEUS PARA A SALVAO DE TODO AQUELE QUE CR: PRIMEIRO DO JUDEU, DEPOIS DO GREGO. PORQUE NO EVANGELHO REVELADA A JUSTIA DE DEUS, UMA JUSTIA QUE DO PRINCPIO AO FIM REVELADA PELA F, COMO EST ESCRITO: O JUSTO VIVER PELA Fɔ. (RM 1:16-17) TENDO SIDO JUSTIFICADOS PELA F, TEMOS PAZ COM DEUS, POR NOSSO SENHOR JESUS CRISTO... (RM 5:1) Pois o salrio do pecado a morte, mas o presente gratuito de Deus a vida eterna, que temos em unio com Cristo Jesus, o nosso Senhor. (6:23) SE VOC CONFESSAR COM A SUA BOCA QUE JESUS SENHOR E CRR EM SEU CORAO QUE DEUS O RESSUSCITOU DENTRE OS MORTOS, SER SALVO. (RM 10:9) Sobreveio a lei para que avultasse a ofensa; mas onde abundou o pecado, superabundou a graa, a fim de que, como o pecado reinou pela morte, assim tambm reinasse a graa pela justia para a vida eterna, mediante Jesus Cristo, nosso Senhor. (5:20,21)

    20. PAULO EM ROMA: PAULO CHEGA A ROMA, E RECEBE PERMISSO DE MORAR POR CONTA PRPRIA SOB CUSTDIA DE UM SOLDADO; (ATOS 28:16) REUNI OS LDERES DOS JUDEUS E EXPLICA O EVANGELHO A ELES, ALGUNS SO CONVENCIDOS OUTROS NO. (ATOS 28:17-28) POR DOIS ANOS INTEIROS RECEBE PESSOAS NA CASA QUE HAVIA ALUGADO E SEM IMPEDIMENTO ALGUM PREGA O EVANGELHO. (ATOS 28:30,31)

    22. PROPSITOS DA CARTA: INSTRUIR E RESTAURAR A IGREJA NAS SUAS REAS DE FRAQUEZA, CORRIGINDO PRTICAS ERRNEAS COMO: DIVISES ( 1:10-4:21) IMORALIDADE (CAP. 5; 6:12-20) LITGIO NOS TRIBUNAIS PAGOS (6:1-8) ABUSO DA CEIA DO SENHOR (11:17-34) CORRIGIR DOUTRINAS FALSAS A RESPEITO DA RESSURREIO (CAP. 15) DAR INSTRUES A RESPEITO DA OFERTA A FAVOR DOS CRENTES EMPOBRECIDOS DE JERUSALM (16:1-4). A CARTA GIRA EM TORNO DOS PROBLEMAS DA PRTICA CRIST NA IGREJA. PORTANTO RELACIONA-SE COM A SANTIFICAO PROGRESSIVA, COM O CONTNUO APERFEIOAMENTO DA SANTIDADE DO CARTER.

    23. DIVISO DA CARTA: INTRODUO (1:1-9) DIVISES NA IGREJA (1:10-17) DESORDEM MORAL E TICA NA VIDA DA IGREJA (CAP. 5,6) INSTRUO SOBRE O CASAMENTO (CAP. 7) INSTRUO SOBRE PRTICAS QUESTIONVEIS (8:1-11:1) INSTRUO SOBRE A ADORAO PBLICA (11:2-14:40) INSTRUES SOBRE A RESSURREIO (CAP. 15) CONCLUSO: QUESTES PRTICAS E PESSOAIS (CAP. 16)

    24. CURIOSIDADES: A EPSTOLA AOS CORNTIOS CONTM DOIS DOS CAPTULOS MAIS CONHECIDOS E IMPORTANTES DO NOVO TESTAMENTO: CAPTULO TREZE (CONHECIDO COMO O CAPTULO DO AMOR). CAPTULO QUINZE (O TEXTO MAIS COMPLETO SOBRE A RESSURREIO).

    25. PASSAGENS IMPORTANTES: Ser que vocs no sabem que o corpo de vocs o templo do Esprito Santo, que vive em vocs e lhes foi dado por Deus? Vocs no pertencem a vocs mesmos, mas a Deus, pois ele os comprou e pagou o preo. Portanto, usem o seu corpo para a glria dele. (6:19,20) Portanto, quando vocs comem, ou bebem, ou fazem qualquer outra coisa, faam tudo para a glria de Deus. (10:31) O amor paciente, benigno; o amor no arde em cimes, no se ufana, no se ensoberbece, no se conduz inconvenientemente, no procura os seus interesses, no se exaspera, no se ressente do mal; no se alegra com a injustia, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo cr, tudo espera, tudo suporta. (13:4-7)

    26. PAULO EM CORINTO: PAULO CHEGA A CORINTO ONDE CONHESSE QUILA E PRISCILA, COM QUEM PASSA A MORAR E TRABALHAR JUNTO. (ATOS 18:3) COM A CHEGADA DE SILAS E TIMTEO DA MACEDNIA, PAULO PASSA A DEDICAR-SE SOMENTE COM A PREGAO DO EVANGELHO. (ATOS 18:5) APS A OPOSIO POR PARTE DOS JUDEUS, PAULO DIRIGI-SE AOS GENTIOS, CONVERTE CRISPO, CHEFE DA SINAGOGA E TODOS OS DA SUA CASA. (ATOS 18:7,8) PAULO TEM UMA VISO A NOITE, EM QUE DEUS O ENCORAJA A PREGAR NA CIDADE. (ATOS 18:9,10) PAULO PERMANECE UM ANO E MEIO EM CORINTO, ENSINANDO A PALAVRA DE DEUS. (18:11)

    28. PROPSITOS DA CARTA: A IGREJA DE CORINTO TINHA SIDO INFILTRADA POR FALSOS MESTRES QUE DESAFIAVAM TANTO A INTEGRIDADE PESSOAL DE PAULO QUANTO SUA AUTORIDADE APOSTLICA. COMO TINHA AVISADO QUE HAVERIA UMA MUDANA NO SEU ITINERRIO, RESULTANDO ISSO O FATO DE QUE FARIA UMA VISITA PROLONGADA AO INVS DE DUAS CURTAS, ESSES ADVERSRIOS ESTAVAM DECLARANDO QUE A PALAVRA DELE NO MERECIA CRDITO. DIZIAM TAMBM QUE EMBOLSAVA O DINHEIRO QUE TINHA ARRECADADO PARA OS CRENTES EMPOBRECIDOS DE JERUSALM. PAULO PEDE PARA QUE OS CORTIOS REFLITAM SOBRE SUA VIDA NO MEIO DELES. CONCLAMA-OS A SE PREPARAREM PARA SUA VISITA , CONCLUINDO A COLETA QUE TINHAM INICIADO UM ANO ANTES.

    29. DIVISO DA CARTA: INTRODUO (1-11) PAULO EXPLICA SEU PROCEDIMENTO E MINISTRIO APOSTLICO (1:12-7:16) A OFERTA PARA OS CRISTO EMPOBRECIDOS DE JERUSALM (CAP. 8,9) PAULO DEFENDE SUA AUTORIDADE APOSTLICA (10:1-13:10) PALAVRAS FINAIS (13:11-13)

    30. CURIOSIDADES: ESTA A CARTA QUE MAIS CONTM INFORMAES PESSOAIS DO APSTOLO PAULO; SUA FUGA DE DAMASCO; SEUS SOFRIMENTOS PELO EVANGELHO; O ESPINHO NA CARNE; A EXPRIENCIA DO SEU ARREBATAMENTO AO TERCEIRO CU; RECOMENDAO DA LEITURA DE 11:24 12:10

    31. PASSAGENS IMPORTANTES: Graas, porm, a Deus, que, em Cristo, sempre nos conduz em triunfo e, por meio de ns, manifesta em todo lugar a fragrncia do seu conhecimento. Porque ns somos para com Deus o bom perfume de Cristo, tanto nos que so salvos como nos que se perdem. (2:14-15) E todos ns, com o rosto desvendado, contemplando, como por espelho, a glria do Senhor, somos transformados, de glria em glria, na sua prpria imagem, como pelo Senhor, o Esprito. (3:18) visto que andamos por f e no pelo que vemos. (5:7) E, assim, se algum est em Cristo, nova criatura; as coisas antigas j passaram; eis que se fizeram novas. (5:17) De sorte que somos embaixadores em nome de Cristo, como se Deus exortasse por nosso intermdio. Em nome de Cristo, pois, rogamos que vos reconcilieis com Deus. (5:20)

    33. PROPSITOS: OS JUDAZANTES INSISTIAM AOS GENTIOS CONVERTIDOS AO CRISTIANISMO QUE CUMPRISSEM DETERMINADOS RITOS DO A.T., SOBRETUDO A CIRCUNCISO. ELES SUSTETAVAM QUE PAULO NO ERA APSTOLO LEGTIMO, E MOVIDO PELO DESEJO DE TORNAR A MENSAGEM MAIS ATRAENTE AOS GENTIOS TINHA ELIMINADO DO EVANGELHO CERTAS EXIGNCIAS LEGAIS. PAULO REFUTOU ESSAS ACUSAES CONFIRMANDO SUA AUTORIDADE APOSTLICA E ASSIM FUNDAMENTANDO O EVANGELHO QUE PREGAVA. ESTA EPSTOLA NOS ENSINA QUE O HOMEM JUSTIFICADO PELA F EM JESUS CRISTO, SANTIFICADOS NO POR OBRAS LEGALISTAS, MAS PELA OBEDINCIA QUE PROVM DA F NA OBRA DE DEUS.

    34. DIVISO DA CARTA: INTRODUO (1:1-9). AUTORIDADE DE PAULO COMO APSTOLO (1:10-2:21). JUSTIFICATIVA DA DOUTRINA DA LIBERDADE E DA F (3,4). A PRTICA DA VIDA DA LIBERDADE E DA F (5:1-6:10). CONCLUSO (6:11-18)

    36. PASSAGENS IMPORTANTES: Mas sabemos que todos so aceitos por Deus somente pela f em Jesus Cristo e no por fazerem o que a lei manda. Assim ns tambm temos crido em Cristo Jesus a fim de sermos aceitos por Deus pela nossa f em Cristo e no por fazermos o que a lei manda. Pois ningum aceito por Deus por fazer o que a lei manda. (2:16) Assim j no sou eu quem vive, mas Cristo quem vive em mim. E esta vida que vivo agora, eu a vivo pela f no Filho de Deus, que me amou e se deu a si mesmo por mim. (2:20) Quero dizer a vocs o seguinte: deixem que o Esprito de Deus dirija a vida de vocs e no obedeam aos desejos da natureza humana. Porque o que a nossa natureza humana quer contra o que o Esprito quer, e o que o Esprito quer contra o que a natureza humana quer. Os dois so inimigos, e por isso vocs no podem fazer o que vocs querem. Porm, se o Esprito de Deus que guia vocs, ento vocs no esto debaixo da lei. (5:16-18) No se enganem: ningum zomba de Deus. O que uma pessoa plantar, isso mesmo que colher. Se plantar no terreno da sua natureza humana, desse terreno colher a morte. Porm, se plantar no terreno do Esprito de Deus, desse terreno colher a vida eterna. (6:7-8)

    37. MINISTRIO NA GLACIA: PAULO E BARNAB CHEGAM A ANTIOQUIA DA PISDIA E ENSINAM NA SINAGOGA NO SBADO; (ATOS 13:14-41) O POVO OS CONVIDA A FALAR NOVAMENTE, E NA OUTRA SEMANA QUASE TODA A CIDADE SE REUNIU PARA OUVIR A PALAVRA DE DEUS, MUITOS SE CONVERTERAM E A PALAVRA SE ESPALHOU POR TODA REGIO; CHEGAM A ICNIO, ONDE ANUNCIAM A PALAVRA CORAJOSAMENTE, E DEUS A CONFIRMA ATRAVS DE SINAIS E MARAVILHAS; (ATOS 14:1-3) LEVANTA-SE UMA PERSEGUIO CONTRA ELES, QUE OS LEVA A FUGIR PARA AS CIDADES DE LISTRA E DERBE ONDE CONTINUAM A PREGAR AS BOAS NOVAS DO REINO DE DEUS; (ATOS 14:4-7)

    38. MINISTRIO NA GLACIA: PAULO CURA UM PARALTICO E A MULTIDO PERPLEXA QUER OFERECER SACRFICIOS A ELE E BARNAB, QUE FAZEM DE TUDO PARA EVITAR MOSTRANDO O CAMINHO DE DEUS; (ATOS 14:8-18) CHEGAM ALGUNS JUDEUS DE ANTIOQUIA E ICNIO E MUDAM O NIMO DAS MULTIDES, QUE APEDREJAM A PAULO, DEIXANDO-O QUASE MORTO; (ATOS 14:19-20) NO DIA SEGUINTE PAULO E BARNAB PARTEM PARA DERBE, ONDE FAZEM MUITOS DISCPULOS; (ATOS 14:21) VOLTAM PELO MESMO CAMINHO, FORTALECENDO OS DISCPULOS, E DESIGNANDO PRESBTEROS EM CADA UMA DAS IGREJAS; (ATOS 14:22,23) RELATAM AOS LDERES DA IGREJA COMO HAVIA SIDO A MISSO; (ATOS 14:26-28)

    41. PROPSITOS: PAULO ESCREVE ESTA EPSTOLA A FIM DE EXPANDIR O HORIZONTE DE SEUS LEITORES, PARA COMPRENDEREM MELHOR AS DIMENSES DO PROPSITO ETERNO DE DEUS, E DA SUA GRAA,PASSANDO A VALORIZAR OS ALVOS SUBLIMES QUE ELE ESTABELECEU PARA A IGREJA. TRATA DE UM MODO GERAL DO QUE A IGREJA E A VIDA CRIST.

    43. DIVISO DA CARTA: SAUDAES; (1:1,2) PROPSITO DIVINO: A GLRIA E A SUPREMACIA DE CRISTO; (1:3-14) ORAO PARA QUE OS CRISTOS TOMEM CONHECIMENTO DO PROPSITO E DO PODER DE DEUS; (1:15-23) PASSOS PARA A REALIZAO DO PROPSITO DE DEUS; (CAPS. 2,3) MODOS PRTICOS DE CUPRIR O PROPSITO DE DEUS NA IGREJA; (4:1-6:20) SAUDAES FINAIS E BENO; (6:21-24)

    44. CURIOSIDADES: EM EFSIOS PAULO FALA DO MISTRIO QUE ESTAVA OCULTO ANTES DA FUNDAO DO MUNDO; ESTA EPSTOLA NO LIDA COM NENHUM ERRO OU HERESIA EM PARTICULAR; SUA CARACTERISTICA TOTALMENTE ECLESISTICA; CHAMADA POR SAMUEL TAYLOR COLERIDGE, UMA DAS COMPOSIES MAIS DIVINAS QUE EXISTEM.

    46. PASSAGENS IMPORTANTES: Esse plano unir, no tempo certo, debaixo da autoridade de Cristo, tudo o que existe no cu e na terra. (1:10) Pois pela graa de Deus vocs so salvos por meio da f. Isso no vem de vocs, mas um presente dado por Deus. A salvao no o resultado dos esforos de vocs; portanto, ningum pode se orgulhar de t-la. Pois foi Deus quem nos fez o que somos agora; em nossa unio com Cristo Jesus, ele nos criou para que fizssemos as boas obras que ele j havia preparado para ns. (2:8-10) No passado esse segredo no foi contado aos seres humanos, mas agora, por meio do seu Esprito, Deus o revelou aos seus santos apstolos e profetas. (3:5)

    47. PASSAGENS IMPORTANTES: E isso aconteceu a fim de que agora, por meio da Igreja, as autoridades e os poderes anglicos do mundo celestial conheam a sabedoria de Deus em todas as suas diferentes formas. Deus fez isso de acordo com o seu propsito eterno, que ele realizou por meio de Cristo Jesus, o nosso Senhor. Por estarmos unidos com Cristo, por meio da nossa f nele, ns temos a coragem de nos apresentarmos na presena de Deus com toda a confiana. (3:10-12) E agora, que a glria seja dada a Deus, o qual, por meio do seu poder que age em ns, pode fazer muito mais do que ns pedimos ou at pensamos! Glria a Deus por meio da Igreja e por meio de Cristo Jesus, por todos os tempos e para todo o sempre! Amm! (3:20,21) Pois ns no estamos lutando contra seres humanos, mas contra as foras espirituais do mal que vivem nas alturas, isto , os governos, as autoridades e os poderes que dominam completamente este mundo de escurido. (6:12)

    48. PAULO EM FESO: CONHECE ALGUNS DISCPLULOS E ORA PARA RECEBEREM O ESPRITO SANTO; (ATOS 19:1-7) APS A OPOSIO DOS JUDEUS PAULO PASSA A ENSINAR NA ESCOLA DE TIRANO DIARIAMENTE DURANTE DOIS ANOS, DE MODO QUE TODOS OS HABITANTES DA REGIO OUVEM A PALAVRA DE DEUS; (19:8-12) O RELATO DOS FILHOS DE CEVA; (ATOS 19:13-16) O AVIVAMENTO EM FESO; (19:17-20) PAULO DESPEDE-SE DOS PRESBTEROS DE FESO; (ATOS 20:13-38)

    51. PROPSITOS: AGRADECER A OFERTA QUE HAVIAM LHE ENVIADO AO SABEREM DE SUA DETENO EM ROMA; RELATAR SUAS CIRCUNTNCIAS; ENCORAJAR OS FILIPENSES A SE MANTEREM FIRMES DIANTE DA PERSEGUIO E A REGOZIJAR-SE DIANTE DAS CIRCUNTNCIAS; EXORT-LOS A HUMILDADE E UNIDADE; RECOMENDAR TIMTEO E EPAFRODITO; ADVERTIR CONTRA OS JUDAZANTES LEGALISTAS E OS ANTINOMISTAS LIBERTINOS ENTRE ELES;

    53. DIVISO DA CARTA SAUDAO; (1:1,2) AO DE GRAAS PELOS FILIPENSES; (1:3-11) AS CIRCUNTNCIAS PESSOAIS DE PAULO; (1:12-26) EXORTAES; (1:27-2:18) OS AMIGOS DE PAULO NO EVANGELHO; (2:19-30) ADVERTNCIA CONTRA OS JUDAZANTES (LEGALISTAS) E ANTINOMISTAS (LIBERTINOS); (3:1-4:1) EXORTAES FINAIS, AGRADECIMENTOS E CONCLUSO; (4:2-23).

    54. CURIOSIDADES: NO CONTM NENHUMA CITAO DO A.T. CONHECIDA COMO A CARTA DA ALEGRIA, A PALAVRA OCORRE UMAS 16 VEZES; CONTM UM DOS TRECHOS CRISTOLGICOS MAIS PROFUNDOS DO N.T.

    55. PASSAGENS IMPORTANTES: Tenham entre vocs o mesmo modo de pensar que Cristo Jesus tinha: Ele tinha a natureza de Deus, mas no tentou ficar igual a Deus. Pelo contrrio, ele abriu mo de tudo o que era seu e tomou a natureza de servo, tornando-se assim igual aos seres humanos. E, vivendo a vida comum de um ser humano, ele foi humilde e obedeceu a Deus at a morte morte de cruz. Por isso Deus deu a Jesus a mais alta honra e ps nele o nome que o mais importante de todos os nomes, para que, em homenagem ao nome de Jesus, todas as criaturas no cu, na terra e no mundo dos mortos, caiam de joelhos e declarem abertamente que Jesus Cristo o Senhor, para a glria de Deus, o Pai. (2:5-11)

    56. PASSAGENS IMPORTANTES: No estou querendo dizer que j consegui tudo o que quero ou que j fiquei perfeito, mas continuo a correr para conquistar o prmio, pois para isso j fui conquistado por Cristo Jesus. claro, irmos, que eu no penso que j consegui isso. Porm uma coisa eu fao: esqueo aquilo que fica para trs e avano para o que est na minha frente. Corro direto para a linha de chegada a fim de conseguir o prmio da vitria. Esse prmio a nova vida para a qual Deus me chamou por meio de Cristo Jesus. (3:12-14) Tenham sempre alegria, unidos com o Senhor! Repito: tenham alegria! (4:4) Com a fora que Cristo me d, posso enfrentar qualquer situao. (4:13).

    57. PAULO EM FILIPOS: PAULO TEM UMA VISO PARA IR A MACEDNIA; (ATOS 16:9-10) CONVERSO DE LDIA E TODA SUA CASA; (16:14-15) PAULO EXPULSA DE UMA ESCRAVA UM ESPRITO DE ADIVINHAO; (16:16-18) OS DONOS DA ESCRAVA LEVAM PAULO E SILAS AS AUTORIDADES E ESTES SO AOITADOS E PRESOS; PAULO E SILAS ORAM E LOUVAM NO CRCERE E UM TERREMOTO ABRE AS PORTAS DA PRISO; O CRCEREIRO E TODA SUA CASA CONVERTEM-SE AO SENHOR JESUS; PAULO E SILAS VO A CASA DE LDIA ENCORAJAR OS IRMOS, DEPOIS PARTEM;

    59. PROPSITOS: O PROPSITO DE PAULO REFUTAR A HERESIA COLOSSENSE. ESSA HERESIA ERA UMA MISTURA DAS RELIGIES JUDACA, GREGA E ORIENTAL. ISSO PROVOCOU UMA DECLARAO DE PAULO, QUANTO A VERDADE DA SOBERANIA ABSOLUTA DE CRISTO. O TEMA DE COLOSSENSES A TOTAL SUFICINCIA DE CRISTO, EM OPOSIO AO VAZIO DA MERA FILOSOFIA HUMANA.

    60. DIVISO DA CARTA: INTRODUO; (1:1-14) A SUPREMACIA DE CRISTO; (1:15-23) A LABUTA DE PAULO A FAVOR DA IGREJA; (1:24-2:7) LIVRES DE REGULAMENTOS HUMANOS, MEDIANTE A VIDA COM CRISTO; (2:8-23). REGRAS PARA O VIVER SANTO; (3:1-4:6) SAUDAES FINAIS (4:7-18)

    61. CURIOSIDADES: A IGREJA FOI PROVAVELMENTE FUNDADA POR EPFRAS A CERCA DE 60 QUILMETROS DE FESO; FILEMOM FAZIA PARTE DESTA IGREJA; COMO RESULTADO DO TRABALHO DE EPFRAS OU DE OUTROS CONVERTIDOS DE PAULO, ABRIRAM-SE IGREJAS TAMBM EM LAODICIA E HIERPOLIS;

    62. PASSAGENS IMPORTANTES: Ele, o primeiro Filho, a revelao visvel do Deus invisvel; ele superior a todas as coisas criadas. Pois, por meio dele, Deus criou tudo, no cu e na terra, tanto o que se v como o que no se v, inclusive todos os poderes espirituais, as foras, os governos e as autoridades. Por meio dele e para ele, Deus criou todo o Universo. Antes de tudo, ele j existia, e, por estarem unidas com ele, todas as coisas so conservadas em ordem e harmonia. Ele a cabea do corpo, que a Igreja, e ele quem d vida ao corpo. Ele o primeiro Filho, que foi ressuscitado para que somente ele tivesse o primeiro lugar em tudo. Pois pela prpria vontade de Deus que o Filho tem em si mesmo a natureza completa de Deus. Portanto, por meio do Filho, Deus resolveu trazer o Universo de volta para si mesmo. Ele trouxe a paz por meio da morte do seu Filho na cruz e assim trouxe de volta para si mesmo todas as coisas, tanto na terra como no cu. (1:15-20) Vocs foram ressuscitados com Cristo. Portanto, ponham o seu interesse nas coisas que so do cu, onde Cristo est sentado ao lado direito de Deus. Pensem nas coisas l do alto e no nas que so aqui da terra. Porque vocs j morreram, e a vida de vocs est escondida com Cristo, que est unido com Deus. Cristo a verdadeira vida de vocs, e, quando ele aparecer, vocs aparecero com ele e tomaro parte na sua glria. (3:1-4)

    63. MINISTRIO EM COLOSSOS: A IGREJA DE COLOSSOS FOI FRUTO DO TRABALHO DE PAULO EM FESO; (ATOS 19:10) EPFRAS SE CONVERTE E LEVA O EVANGELHO A CIDADE DE COLOSSOS, ONDE NASCE UMA IGREJA;

    65. PROPSITOS: PAULO TINHA SAIDO ABRUPTAMENTE DE TESSALNICA APS UMA BREVE PERMANNCIA. OS CONVERTIDOS RECENTES DO PAGANISMO FICARAM COM POUCO APOIO EXTERNO EM MEIO A PERSEGUIO. O PROPSITO DE PAULO AO ESCREVER ERA INCENTIVAR OS NOVOS CONVERTIDOS NAS PROVAES, DAR-LHES INSTRUES A RESPEITO DO VIVER PIEDOSO, EXORTAR ALGUNS A NO NEGLIGENCIAR O SERVIO DIRIO E OFERECER A CERTEZA A RESPEITO DO FUTURO DOS CRENTES QUE MORREM ANTES DA VOLTA DE CRISTO. MAS O PROPSITO MAIOR NA CARTA ESCATOLGICO. O FINAL DE CADA CAPTULO DE TESSALONICENSES TERMINA FALANDO DA VOLTA DE CRISTO E O CAPTULO QUATRO TRATA COM MAIS ATENO O ASSUNTO.

    66. DIVISO DA CARTA: AO DE GRAAS PELOS TESSALONICENSES; (CAP. 1) DEFESA DAS AES E AUSNCIA DO APSTOLO; (CAP. 2,3) EXORTAES AOS TESSALONICENSES; (4:1-5:22) ORAO FINAL, SAUDAES E BENO; (5:23-28)

    67. CURIOSIDADES: CONHECIDA JUNTO COM A SEGUNDA COMO AS CARTAS ESCATOLGICAS DE PAULO; PAULO GEROU UMA IGREJA EM APENAS TRS SEMANAS ALI, ALGO NO MUITO COMUM DE ACONTECER;

    68. PASSAGENS IMPORTANTES: Elas contam tambm como vocs esto esperando que Jesus, o Filho de Deus, a quem Deus ressuscitou, volte do cu, esse Jesus que nos salva do castigo divino que est para vir. (1:10) Irmos, vocs com certeza lembram de como trabalhamos e lutamos para ganhar o nosso sustento. Trabalhvamos de dia e de noite a fim de no sermos uma carga para vocs, enquanto anuncivamos a vocs a boa notcia que vem de Deus. (2:9) Desse modo Deus dar fora ao corao de vocs, e vocs sero completamente dedicados a ele e estaro sem culpa na presena do nosso Deus e Pai, quando o nosso Senhor Jesus vier com todos os que so dele. Amm! (3:13) Ento ns, os que estivermos vivos, seremos levados nas nuvens, junto com eles, para nos encontrarmos com o Senhor no ar. E assim ficaremos para sempre com o Senhor. (4:17) Que Deus, que nos d a paz, faa com que vocs sejam completamente dedicados a ele. E que ele conserve o esprito, a alma e o corpo de vocs livres de toda mancha, para o dia em que vier o nosso Senhor Jesus Cristo. (5:23)

    69. PAULO EM TESSALNICA: PAULO CHEGA EM TESSALNICA E POR TRS SBADOS ENSINA NA SINAGOGA; OS JUDEUS SE OPEM A PAULO E SILAS; ELES PARTEM PARA BERIA;

    71. PROPSITOS: COMO A SITUAO DE TESSALNICA NO HAVIA MUDADO, O PROPSITO DE PAULO ESCREVER ESTA CARTA SEMELHANTE AO PRIMEIRO: ENCORAJAR OS CRENTES PERSEGUIDOS; ENCORAJ-LOS A FICAREM FIRMES E A TRABALHAREM PELO SUSTENTO PRPRIO; PARA CORRIGIR UM ENTENDIMENTO ERRNEO COM RESPEITO A SEGUNDA VINDA DE CRISTO;

    72. DIVISO DA CARTA: INTRODUO; (1:1,2) PALAVRAS DE LOUVOR E CONSELHOS; (CAP. 1:3-12) A VINDA DO SENHOR JESUS CRISTO; (2:1-12) CONSELHOS SOBRE A VIDA CRIST; (2:13-3:15) PALAVRAS FINAIS (3:16-18)

    73. CURIOSIDADES: A EPSTOLA FOI ESCRITA CERCA DE SEIS MESES APS PAULO TER ESCRITO A PRIMEIRA; TAMBM ESCATOLGICA J QUE 38% DA CARTA TRATA DESTE ASSUNTO;

    74. PASSAGENS IMPORTANTES: Agora, irmos, a respeito da vinda de Jesus Cristo, o nosso Senhor, e do nosso encontro com ele, pedimos a vocs o seguinte: No se perturbem facilmente, nem fiquem assustados se algum afirmar que o Dia do Senhor j chegou. Talvez algum diga que ns tenhamos afirmado isso enquanto profetizvamos ou anuncivamos o evangelho ou que escrevemos isso em alguma carta. No deixem que ningum os engane com nada disso. Pois, antes desse dia, ter de acontecer a Revolta contra Deus, e ter de aparecer o Perverso, que est condenado a ir para o inferno. (2:1-3) Que o Senhor os faa compreender melhor o amor de Deus por vocs e a firmeza que ele, Cristo, d! (3:5)

    75. PRIMEIRA CARTA A TIMTEO

    76. PROPSITOS DA CARTA: PAULO ESCREVEU ESTA PRIMEIRA CARTA A TIMTEO PARA EXPLICAR COM MAIORES DETALHES A INCUMBNCIA QUE DERA AO JOVEM ASSISTENTE DE: REFUTAR OS FALSOS ENSINOS; SUPERVISIONAR OS ASSUNTOS DA IGREJA DE FESO, COMO: O CULTO NA IGREJA, E A NOMEAO DE LDERES ECLESISTICOS QUALIFICADOS.

    77. DIVISO DA CARTA: INTRODUO; (1:1,2) ADVERTNCIA CONTRA OS FALSOS MESTRES; (1:3-20) DIRETRIZES PARA O CULTO CRISTO; (2:1-15) INSTRUES PARA A LIDERANA DA IGREJA; (3:1-13) A PRESERVAO DA VERDADE; (3:14-4:16) DIVERSAS INSTRUES PARA A IGREJA; (5:1-6:10) PEDIDOS PESSOAIS A TIMTEO; (6:11-21)

    79. PASSAGENS IMPORTANTES: ...esta carta vai lhe dizer como devemos agir na famlia de Deus, que a Igreja do Deus vivo, a qual a coluna e o alicerce da verdade. (3:15b) Pois existe um s Deus e uma s pessoa que une Deus com os seres humanos o ser humano Cristo Jesus, que deu a sua vida para que todos fiquem livres dos seus pecados. Esta foi a prova, dada no tempo certo, de que Deus quer que todos sejam salvos. (2:5,6) Evidentemente, grande o mistrio da piedade: Aquele que foi manifestado na carne foi justificado em esprito, contemplado por anjos, pregado entre os gentios, crido no mundo, recebido na glria. (3:16)

    80. SEGUNDA CARTA A TIMTEO

    81. PROPSITO DA CARTA: PAULO TINHA TRS RAZES PARA ESCREVER A TIMTEO NESTA OCASIO: SENTIA-SE SOLITRIO. FIGELO, HERMGENES, TODOS OS DA PROVNCIA DA SIA E DEMAS HAVIAM LHE ABANDONADO. CRESCENTE, TITO E TQUICO TINHAM VIAJADO, E SOMENTE LUCAS ESTAVA COM ELE. PAULO DESEJAVA MUITO QUE TIMTEO FOSSE TAMBM AT ELE; PAULO ESTAVA PREOCUPADO COM O BEM-ESTAR DAS IGREJAS NESSE PERODO DE PERSEGUIO SOBRE O REINADO DE NERO E ADMOESTA TIMTEO A GUARDAR O EVANGELHO, PERSEVERAR NELE, CONTINUAR PRGANDO-O E SE PRECISO, SOFRER POR ELE; QUERIA ESCREVER IGREJA DE FESO POR MEIO DE TIMTEO;

    82. DIVISO DA CARTA: INTRODUO; (1:1-7) O SOFRIMENTO E O EVANGELHO; (1:8-18) EXORTAO A FIDELIDADE; (2:1-13) CONTRASTES NA IGREJA; (2:14-26) A IMPIEDADE DOS LTIMOS DIAS; (3:1-9) LTIMOS CONSELHOS A TIMTEO; (3:10-4:18) SAUDAES FINAIS; (4:19-22)

    83. CURIOSIDADES: DEPOIS DE TER ESCRITO A PRIMEIRA EPSTOLA A TIMTEO, PAULO FOI PRESO NOVAMENTE, NA GRCIA OU NA SIA MENOR, E ENVIADO S PRESSAS PARA ROMA, DESSA VEZ COMO CRIMINOSO. ENQUANTO AGUARDAVA NUMA PRISO ROMANA O TEMPO DE SUA PARTIDA, ESCREVEU SUA LTIMA CARTA A TIMTEO. SUA PRISO HAVIA SIDO TO SBITA E IMPREVISTA QUE ELE NO TEVE TEMPO NEM DE AJUNTAR SEUS VALIOSOS LIVROS E PERGAMINHOS, NEM DE LEVAR CONSIGO A CAPA PARA SE AQUECER. ESTA PRISO FOI BEM DIFERENTE DA PRIMEIRA. NA OUTRA OCASIO HAVIA ALUGADO UMA CASA, AGORA ESTAVA EM UMA MASMORRA FRIA. ANTES TINHA SIDO O CENTRO DE UM LARGO CRCULO DE AMIGOS, ACESSVEL A TODOS, MAS AGORA ESTAVA SOZINHO. ANTES TINHA ESPERANA DE SER LIBERTADO, AGORA ESPERAVA SER MORTO. CONVM LEMBRAR QUE ESTA FOI A LTIMA MENSAGEM ESCRITA DE PAULO. SUA PENA IRIA SECAR-SE PARA SEMPRE. EMBORA SOZINHO E TENDO A MORTE PELA FRENTE, ESQUECEU-SE DE SI MESMO PARA PENSAR NOS OUTROS. O BISPO DE DURHAM COMENTA: MUITAS VEZES TENHO ACHADO DIFCIL LER ESTES BREVES CAPTULOS SEM QUE OS MEUS OLHOS UMEDEAM. O CORAO DE PAULO PULSA NESTA CARTA.

    85. PASSAGENS IMPORTANTES: Porque Deus no nos tem dado esprito de covardia, mas de poder, de amor e de moderao. (1:7) Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que no tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade. (2:15) Toda a Escritura inspirada por Deus e til para o ensino, para a repreenso, para a correo, para a educao na justia, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra. (3:16,17) Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a f. J agora a coroa da justia me est guardada, a qual o Senhor, reto juiz, me dar naquele Dia; e no somente a mim, mas tambm a todos quantos amam a sua vinda. (4:7,8)

    86. CARTA A TITO:

    87. PROPSITOS DA CARTA: SEGUNDO PARECE, PAULO INTRODUZIU O CRISTIANISMO EM CRETA QUANDO ELE E TITO VISITARAM A ILHA; DEPOIS DISSO, DEIXOU TITO ALI PARA ORGANIZAR OS CONVERTIDOS. PAULO ENVIOU A CARTA JUNTO COM ZENAS E APOLO, NUMA VIAGEM QUE INCLUA CRETA NO ITINERRIO, A FIM DE DAR A TITO: AUTORIZAO E ORIENTAO PARA ENFRENTAR A OPOSIO; INSTRUES A RESPEITO DA F E DA CONDUTA CRIST ADVERTNCIAS A RESPEITO DOS FALSOS MESTRES; INFORMAR A TITO A RESPEITO DOS SEUS PLANOS PARA ELE.

    88. DIVISO DA CARTA: INTRODUO; (1:1-4) A ESCOLHA DOS PRESBTEROS; (1:5-9) A REPREENSO DOS FALSOS MESTRES; (1:10-16) OS DIVERSOS GRUPOS DA IGREJA; (2:1-15) A RESPONSABILIDADE DA VIDA CRIST; (3:1-11) LTIMOS PEDIDOS PESSOAIS; (3:12-15)

    89. CURIOSIDADES: CRETA, A QUARTA MAIOR ILHA DO MEDITERRNEO, FICA DIRETAMENTE AO SUL DO MAR EGEU. NOS TEMPOS DO N.T. A VIDA EM CRETA TINHA-SE DEGRADADO, CHEGANDO A UM NVEL MORAL DEPLORVEL. A DESONESTIDADE, A GLUTONARIA E A PREGUIA DOS SEUS HABITANTES ERAM CONHECIDAS POR MUITOS. PAULO FAZ USO DE UM DITADO DE UM CONHECIDO E ESTIMADO POTA CRETENSE CHAMADO EPIMNEDES PARA INSTRUIR TITO A ADVERTIR OS FALSOS MESTRES. (1:12) A EPSTOLA CHAMADA DE CARTA MAGNA DA LIBERDADE CRIST.

    90. PASSAGENS IMPORTANTES: Porquanto a graa de Deus se manifestou salvadora a todos os homens, educando-nos para que, renegadas a impiedade e as paixes mundanas, vivamos, no presente sculo, sensata, justa e piedosamente, aguardando a bendita esperana e a manifestao da glria do nosso grande Deus e Salvador Cristo Jesus, o qual a si mesmo se deu por ns, a fim de remir-nos de toda iniqidade e purificar, para si mesmo, um povo exclusivamente seu, zeloso de boas obras. (2:11-14) O presbtero deve ser um homem que ningum possa culpar de nada; deve ter somente uma esposa; os seus filhos devem ser cristos e no ter fama de maus ou desobedientes. Pois aquele que tem a responsabilidade do trabalho de Deus, como bispo, deve ser um homem que no possa ser culpado de nada. No deve ser orgulhoso, nem ter mau gnio, no deve ser chegado ao vinho, nem violento, nem ganancioso. Deve estar disposto a hospedar pessoas na sua casa e deve amar o bem. Deve ser prudente, justo, dedicado a Deus e disciplinado. Deve se manter firme na mensagem que merece confiana e que est de acordo com a doutrina. Assim ele poder animar os outros com o verdadeiro ensinamento e tambm mostrar o erro dos que so contra esse ensinamento. (1:6-9)

    91. CARTA A FILEMOM

    92. PROPSITOS DA CARTA: FILEMOM TINHA UM ESCRAVO CHAMADO ONSIMO QUE HAVIA FUGIDO E TALVEZ ROUBADO DINHEIRO QUANDO DE SUA FUGA . DE ALGUMA FORMA PAULO ENCONTRO-SE COM ONSIMO NA PRISO (DOMICILIAR EM ROMA). ONSIMO SE CONVERTEU A CRISTO E SE ARREPENDEU DE SEUS ATOS. ISSO IMPLICAVA NA RESPONSABILIDADE DE VOLTAR PARA FILEMOM. PAULO SUPLICOU A FILEMOM QUE, ALM DE RECEB-LO, O RECEBESSE COMO IRMO.

    93. DIVISO DA CARTA: INTRODUO; (1-3) UMA PALAVRA POSITIVA SOBRE FILEMOM; (4-7) UMA PALAVRA EM FAVOR DE ONSIMO; (8-22) CONCLUSO; (23-25)

    94. CURIOSIDADES: A MENOR CARTA ESCRITA POR PAULO NO NOVO TESTAMENTO, CONTENDO APENAS 25 VERSCULOS. ONSIMO SIGNIFICA PROVEITOSO. CRISTO TORNA O HOMEM TIL AOS OUTROS. LUTERO DISSE: O QUE CRISTO FEZ A NOSSO FAVOR DIANTE DE DEUS O PAI, PAULO FAZ A FAVOR DE ONSIMO DIANTE DE FILEMOM. ESTA CARTA CHAMADA POR EMIL BRUNNER DE TESTEMUNHO CLSSICO DO QUE SE ENTENDE POR JUSTIA CRIST. EMBORA NO H INDCIOS QUE PAULO TIVESSE ALGUMA INTENO DE ACABAR COM A ESCRAVIDO, O ENSINO DESTA EPSTOLA SERVIU DE IMPULSO PARA A ABOLIO DA ESCRAVATURA.

    95. PASSAGENS IMPORTANTES: Por isso, como seu irmo em Cristo, eu sei que tenho o direito de exigir o que voc deve fazer. Mas o amor que tenho por voc me obriga a lhe fazer apenas um pedido. E fao isso, embora eu seja Paulo, o representante de Cristo Jesus e agora tambm prisioneiro por causa dele. Portanto, eu lhe fao um pedido em favor de Onsimo, que meu filho por estarmos unidos com Cristo, pois, enquanto eu estava na cadeia, tornei-me o pai espiritual dele. Antes ele era intil para voc, mas agora til para voc e para mim. Eu estou mandando Onsimo de volta para voc, e com ele vai o meu corao. Gostaria de obrig-lo a ficar aqui comigo, enquanto estou nesta cadeia por causa do evangelho, a fim de que ele me ajudasse em lugar de voc. Porm no vou fazer nada sem a aprovao de voc, para que o favor que eu lhe estou pedindo no seja feito por obrigao, mas por sua livre vontade. Pode ser que Onsimo tenha sido afastado de voc por algum tempo a fim de que voc o tenha de volta para sempre. Pois agora ele no mais um escravo, porm muito mais do que isso: um querido irmo em Cristo. De fato, para mim ele muito querido. E para voc agora ele mais querido ainda, no s como escravo, mas tambm como irmo no Senhor. (8-16)

    96. BIBLIOGRAFIA: BIBLA DE ESTUDO NVI; LINGUAGEM DE HOJE; THOMPSON; ILMINA; ESTUDO PANORMICO DA BIBLA; MANUAL BIBLCO VIDA NOVA;