slide1 l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
As epístolas de Tiago e de Pedro PowerPoint Presentation
Download Presentation
As epístolas de Tiago e de Pedro

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 12

As epístolas de Tiago e de Pedro - PowerPoint PPT Presentation


  • 404 Views
  • Uploaded on

EADE – Programa I – Religião à Luz do Espiritismo Cristianismo e Espiritismo. As epístolas de Tiago e de Pedro. As epístolas escritas pelos apóstolos Tiago e Pedro são denominadas católicas ou universais

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'As epístolas de Tiago e de Pedro' - benjamin


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

EADE – Programa I – Religião à Luz do EspiritismoCristianismo e Espiritismo

As epístolas de Tiago e de Pedro

slide2
As epístolas escritas pelos apóstolos

Tiago e Pedro

são denominadas

católicas ou universais

porque se dirigem aos cristãos em geral, e não a comunidades ou pessoas particulares.

slide3
Epístola de Tiago
  • Resistência religiosa de incorporá-la aos textos do Novo Testamento.
  • Dificuldade para identificar quem, de fato, é Tiago, autor dessa carta.
slide4

Quem é Tiago, autor da epístola ?

Duas hipóteses:

  • Tiago Maior, irmão de João o Evangelista (ambos apóstolos e filhos de Zebedeu) – morto por Herodes em 44.
  • Tiago Menor, irmão de Levi e Tadeu (apóstolos e filhos de Alfeu e Cleofas, parenta de Maria) – aceitação atual de que foi escrita até 62, ano de sua morte.
slide5

Sobre Tiago

  • Tiago, Levi e Tadeu eram nazarenos e amavam a Jesus desde a infância, sendo muitas vezes chamados “os irmãos do Senhor” . Discípulos de Jesus. (Boa Nova, cap. 5)
  • Seguidor de hábitos farisaicos
  • Rigoroso cumpridor da lei de Moisés
  • Apelo de Tiago, vindo de Jerusalém e decisão difícil para Paulo – “Concilia-te depressa com teu adversário”
  • Mudança de comportamento, despedida em Cesaréia
  • Morte por apedrejamento
slide6
Epístolas de Pedro
  • A duas foram aceitas sem contestação desde a Antiguidade
  • Escritas em Roma, entre os anos de 64 e 67
slide7

Pescador simples e humilde foi convidado por Jesus para ser seu discípulo.

  • Profundamente bom e justo, desejava a paz acima de tudo.
  • Amizade verdadeira entre Paulo e Pedro.
  • Foi morto em Roma, crucificado de cabeça para baixo, segundo sua própria escolha.

Sobre Pedro

slide8

Atividade

  • Leitura em grupo, da síntese dos principais ensinos das epístolas de Tiago e de Pedro.
  • Correlacioná-los com os ensinamentos trazidos pela Doutrina Espírita.
  • O relator de cada grupo apresentará as conclusões.
slide9

Atividade

Grupo1: O Benefício das provações (Tiago)

Grupo 2: A fé com obras (Tiago)

Grupo3: Cuidado no falar (Tiago)

Grupo 4:Exortação a uma vida santificada (Pedro)

Grupo5: Exortação ao amor fraternal (Pedro)

Grupo6: Cuidado contra os falsos profetas (Pedro)

slide10

Reflexão sobre tentações

  • As tentações são as pedras da estrada [...].
  • Constituem, também, os estímulos à vitória, à transformação íntima para melhor [...].
  • A vida, sem tentações ou testes de avaliação moral, perderia o seu colorido e as suas motivações de crescimento.

Desperte e seja feliz, Joanna de Ângelis, p.42

slide11

Reflexão sobre amor fraternal

O amor ao próximo recomendado pode ser definido como companheirismo, solidariedade no sofrimento e na alegria, amizade nas situações embaraçosas, capacidade de desculpar sempre, produzindo uma vinculação afetiva,

que suporte os atritos e

os conflitos típicos de cada qual.

Jesus e o Evangelho: à luz da psicologia profunda, Joanna de Ângelis, p. 154-155.

slide12

Reflexão sobre amor fraternal

Pelo seu significado profundo, é um amor diferenciado daquele que deve ser oferecido ao inimigo [...]

Amar a esse antagonista é não lhe retribuir a ofensa, não o detestar, não o conduzir no pensamento, conseguir libertar-se da sua diatribe [crítica severa, cruel] e agressividade.

Jesus e o Evangelho: à luz da psicologia profunda, Joanna de Ângelis, p. 154-155.