Download
slide1 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
O Gerente A Posição O Empreendedor O Conhecimento O Pioneirismo PowerPoint Presentation
Download Presentation
O Gerente A Posição O Empreendedor O Conhecimento O Pioneirismo

O Gerente A Posição O Empreendedor O Conhecimento O Pioneirismo

124 Views Download Presentation
Download Presentation

O Gerente A Posição O Empreendedor O Conhecimento O Pioneirismo

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. O Gerente • A Posição • O Empreendedor • O Conhecimento • O Pioneirismo

  2. Como colocar esta liderança em prática? Ferramentas de liderança

  3. Feedback e Follow up

  4. O QUE É FEEDBACK? • Você sabe o que é feedback? • Sabe para que serve? • Quando, como e por quem deve ser praticado? • Você costuma dar e / ou receber feedback?

  5. FEEDBACK DIFERENTE DE CRITICAR

  6. CRÍTICA É DIFERENTE DE FEEDBACK

  7. FEEDBACK EFICIENTE • Apoio mútuo e acompanhamento • Privativo, objetivo, bem estruturado e com base em dados • Clareza e tranquilidade, sem intimidação • Desenvolve habilidades e atitudes

  8. ESTRUTURAÇÃO DO FEEDBACK

  9. ESTRUTURAÇÃO DO FEEDBACK

  10. RESULTADOS ESPERADOS ELEVAÇÃO DA PERFORMANCE E DESEMPENHO ACELERA O APRENDIZADO MELHORA OS RESULTADOS MOTIVA FEEDBACK DEVE ESTIMULAR: ELEVA PRODUTIVIDADE E RESPONSABILIDADE

  11. FEEDBACK • Percepção do outro e não verdade absoluta • Um dos principais responsáveis pelo desenvolvimento pessoal • Baseia-se na relação de confiança • Consiste na ajuda mútua para mudanças de comportamento • Não tem julgamento de valor • Compreender não significa concordar

  12. ATIVIDADE VOCÊ SE LEMBRA DE UM FEEDBACK QUE TENHA DADO E RECEBIDO? Em duplas, vamos discutir o que deu certo e o que não deu!!!

  13. O QUE FUNCIONA BEM NO FEEDBACK... • ... No aprendizado • ... Na confiança e cooperação • ... As necessidade de orientação e treinamento • ... Os pontos de atenção e incentivar melhorias • ... A solução de problemas • ... O aprimoramento das habilidades necessárias • Inspirando a ação e compreendendo as dificuldades • Sentindo-se apoiado e seguro ESCLARECER QUAIS SÃO VISAR SEMPRE REFORÇAR A CONFIANÇA MANTER O FOCO QUEM DÁ... QUEM DÁ... QUEM DÁ... QUEM DÁ... QUEM RECEBE... QUEM RECEBE... QUEM RECEBE... QUEM RECEBE...

  14. O QUE NÃO FUNCIONA NUNCA... • ... Enfatizando a culpa • ... Confrontando o outro e demonstrando insegurança • ... Apenas os pontos fracos do outro • ... Apenas a falta de treinamento e orientação • ... Esclarecer o real problema • ... Não assumir a responsabilidade pelas próprias falhas • ... Não oferecendo opções ou apoio • ... Duvidando da própria capacidade RESSALTAR RECLAMAR AO INVÉS DE COMPLICAR A SITUAÇÃO GERAR DESMOTIVAÇÃO QUEM DÁ... QUEM DÁ... QUEM DÁ... QUEM DÁ... QUEM RECEBE... QUEM RECEBE... QUEM RECEBE... QUEM RECEBE...

  15. FEEDBACK SANDUICHE DESTACA-SE OS PONTOS POSITIVOS E AS HABILIDADES JÁ DESENVOLVIDAS INDICA OS PONTOS DE MELHORIA DE FORMA OBJETIVA E ESPECÍFICA FINALIZA COM PALAVRAS DE ENCORAJAMENTO, REFORÇANDO A MOTIVAÇÃO

  16. FEEDBACK O feedback na verdade é um PRESENTE!

  17. QUAL A SENSAÇÃO? • Vc já pediu algo para alguém e nunca mais teve retorno daquilo? • Conte seu exemplo... • E como se sentiu?

  18. FOLLOW UP MONITORAR O FEEDBACK ALCANCE DE METAS E OBJETIVOS

  19. FOLLOW UP EFICIENTE • Marque na agenda • Estabeleça prazos para este acompanhamento • No dia e/ou horário indicados, verifique o andamento de cada atividade • Verifique se a tarefa foi feita • Se não, reveja o que está sendo feito • Se sim, agradeça a quem o auxiliou

  20. FOLLOW UP SERVE PARA QUE?

  21. FOLLOW UP E FEEDBACK • Como fazer follow up, sobre o feedback de desempenho? • Ao final do feedack, deixe o follow up agendado • Na data definida, faça o follow up através de perguntas para verificação das tarefas: • Qual e o status da tarefa? • O que já foi concluído desde o feedback? • Qual foi a evolução percebida no desempenho? • Que dificuldades encontrou? • Que tipo de suporte precisa para atingir os objetivos? • Ofereça novo feedback e agende novo follow up!

  22. FOLLOW UP E FEEBACK

  23. FOLLOW UP E FEEBACK

  24. Como ter líderes em seu hotel, restaurante, etc.?

  25. PARA SUAS VAGAS DE LIDERANÇA... HOJE

  26. AMANHÃ PARA SUAS VAGAS DE LIDERANÇA...

  27. Promoção Interna • Tempo de casa • Demonstra que faz o trabalho certinho • Prestígio/ respeito com a equipe • Demonstração na prática

  28. O mercado... • Recrutamento Externo Indicações, Anúncio, Internet, Agências de emprego, Consultorias de Seleção Educação básica Planejamento Empresarial

  29. A solução? • Visão a longo prazo • Saber o que se quer • Planejamento/ Estratégia • Treinamento constante • Multiplicadores • Processo seletivo bem feito (interno e externo)

  30. O gestor!!

  31. O líder Educador “Quando existe uma visão genuína, as pessoas dão tudo de si e aprendem, não porque são obrigadas, mas porque querem!” (Peter Senge)

  32. A VISÃO E A LIDERANÇA TRANSFORMADORA “Bons líderes fazem as pessoas sentirem que elas estão no centro das coisas, e não na periferia. Cada um sente que faz a diferença para o sucesso da organização. Quando isso acontece, as pessoas se sentem centradas e isso dá sentido ao seu trabalho.” Warren Bennis

  33. Viagem no Túnel do Tempo Conflito de Gerações

  34. GERAÇÕES Geração Y Geração X Geração X Boomers Boomers Boomers Veteranos Veteranos Veteranos Veteranos ..... 1922 a 1943 1943 a 1960 1960 a 1980 1980 a 2000 • Guerras • Rádio • Era Vargas • Urbanização • Pós Guerra • Guerra Fria • Televisão e Cinema • Industrialização • Mulher no Mercado • Conquista do Espaço • Revoluções na Medicina • Ditadura • Mov. Estudantis • Choques Econômicos • Abertura de Mercado • Computador • Internet • Globalização • Sustentabilidade

  35. Guerra por Talentos... (não se fala em outra coisa!)

  36. Desafios e oportunidades do mercado brasileiro

  37. Desafios e oportunidades do mercado brasileiro

  38. E mais alguns “dados do problema”...

  39. Candidatos recebendo de 2 a 3 propostas diferentes, DURANTE o processo seletivo • Necessidade de processos mais rápidos, com menos fases, e tomada de decisão otimizada (às vezes, prematuramente) • Posições sendo oferecidas precocemente, para profissionais ainda não preparados para os desafios • O número de contra-ofertas aumentando significativamente (em um mindset “é mais barato segurar do que buscar outro”) • A busca de talentos nos mercados mais convencionais, e geralmente dentro da mesma indústria, começa a dar lugar para a busca de talentos mais ampla, com abertura a movimentações de indústrias • Flexibilização de alguns itens outrora inegociáveis, como formação acadêmica de primeiríssima linha, tempo de experiência ou vivência internacional. Alguns impactos no dia-a-dia das movimentações...

  40. E o que pensa esse “ser” chamado talento? Razões para Aceitar uma Nova Proposta

  41. E o que pensa esse “ser” chamado talento? Razões para Deixar uma Empresa

  42. Para fecharmos

  43. Fatos de mercado 37,9% dos micro empresários atribuem dificuldade na atração e retenção de talentos como obstáculo para o crescimento, atrás apenas da alta carga tributária.

  44. O quanto vale 10 minutos do seu tempo?

  45. O segredo das boas contratações AUTONOMIA autonomia não significa fazer o que quiser, e sim ter espaço para gerar novas ideias. Isto é fundamental!

  46. SUGESTÃO de ATIVIDADE PLANO DE AÇÃO Utilizar a Análise SWOT

  47. Análise SWOT • S (strenghs): forças • W (weaknesses): fraquezas • O (opportunities): oportunidades • T (threats): ameaças S W Ambiente Interno T O Ambiente Externo