FUNÇÕES DA LINGUAGEM - PowerPoint PPT Presentation

fun es da linguagem n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
FUNÇÕES DA LINGUAGEM PowerPoint Presentation
Download Presentation
FUNÇÕES DA LINGUAGEM

play fullscreen
1 / 81
FUNÇÕES DA LINGUAGEM
199 Views
Download Presentation
audra
Download Presentation

FUNÇÕES DA LINGUAGEM

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. FUNÇÕES DA LINGUAGEM Maria Paula de Souza Turim

  2. QUEIXA, CONFISSÃO, PEDIDO

  3. Elementos da comunicação • emissor - emite, codifica a mensagem • receptor - recebe, decodifica a mensagem • mensagem - conteúdo transmitido pelo emissor • código - conjunto de signos usado na transmissão e recepção da mensagem • referente - contexto relacionado a emissor e receptor • canal - meio pelo qual circula a mensagem

  4. ELEMENTOS DA COMUNICAÇÃO

  5. SONETO DA SEPARAÇÃO Vinícius de Morais De repente do riso fez-se o prantoSilencioso e branco como a brumaE das bocas unidas fez-se a espumaE das mãos espalmadas fez-se o espanto.De repente da calma fez-se o ventoQue dos olhos desfez a última chamaE da paixão fez-se o pressentimentoE do momento imóvel fez o drama.De repente, não mais que de repenteFez-se de triste o que se fez amanteE de sozinho o que se fez contenteFez-se do amigo próximo o distanteFez-se da vida uma aventura erranteDe repente, não mais que de repente.

  6. SONETO DA SEPARAÇÃO De repente da hilariedade fez-se a lamúria De forma taciturna e alvejada como a névoa E das bocas acopladas fez-se a espuma E das mãos comprimidas fez-se o sobressalto. De modo repentino, da tranqüilidade fez-se a aragem Que dos olhos rescindiu a última labareda E da idolatria fez-se o presságio E do período inerte fez o episódio. De súbito, não mais que repentinamente...

  7. Função Poética • Subjetividade • Figuras de linguagem • Brincadeiras com o código • Poesia /rima • Letras de música

  8. Função poética da linguagem Pós-tudo Haroldo de Campos

  9. Função Referencial ou denotativa da linguagem • Terceira pessoa do singular (ele/ela/ o contexto) • Informações • Descrições de fatos • Neutralidade • Jornais • Livros técnicos

  10. FUNÇÃO DENOTATIVA OU REFERENCIAL DA LINGUAGEM

  11. Função expressiva ou emotiva da linguagem • Primeira pessoa do singular (eu) • Emoções • Interjeições • Exclamações • Blog • Autobiografia • Cartas de amor

  12. Eu Álvaro de Campos Eu, eu mesmo...    Eu, cheio de todos os cansaços     Quantos o mundo pode dar.     Eu...    Afinal tudo, porque tudo é eu,    E até as estrelas, ao que parece,    Me saíram da algibeira para deslumbrar crianças...    Que crianças não sei... Eu...    Imperfeito?  Incógnito   Divino?    Não sei...    Eu...    Tive um passado?  Sem dúvida...    Tenho um presente?  Sem dúvida...    Terei um futuro?  Sem dúvida...    A vida que pare de aqui a pouco...    Mas eu, eu...    Eu sou eu,    Eu fico eu,    Eu... FUNÇÃO EMOTIVA DA LINGUAGEM

  13. Função emotiva da língua • Não sou nada • Nunca serei nada • À parte isso, • Tenho em mim • Todos os sonhos • do mundo.

  14. Função Fática da linguagem • Interjeições Lugar-comum Saudações Comentários sobre o clima

  15. Função Apelativa ou Conativa • Segunda pessoa do singular • Imperativo • Figuras de linguagem • Discursos políticos • Sermões • Promoção em pontos de venda

  16. FUNÇÃO APELATIVA OU CONATIVA DA LINGUAGEM

  17. Eu tenho consciência de que nesta Plenária tem grande parte da grande qualidade das organizações do Movimento em todo o território nacional. • Portanto, cabe a todos que estão aqui a responsabilidade de dizer ao Brasil, de dizer ao Presidente da República, e de dizer ao Congresso Nacional: nós existimos, nós sabemos protestar, nós sabemos construir. Mas, o que é mais importante neste momento, é que nós criamos, definitivamente, a consciência de que é bonito ser negro neste país e que metade da população é negra.Muito obrigado e boa sorte para vocês!

  18. FUNÇÃO METALIGÜÍSTICA • Referência ao próprio código • Poesia sobre poesia • Propaganda sobre propaganda • Dicionário

  19. Samba de Uma Nota SóTom Jobim • Eis aqui mais um sambinha • Feito de uma nota só • Outras notas seguirão • Mas o tema é um só! • Eis aqui a conseqüência • Do que acabo de dizer • Como sou a conseqüência • Inevitável de você....

  20. FUNÇÃO METALINGÜÍSTICA

  21. QUAL A FUNÇÃO DA LINGUAGEM ABAIXO?

  22. Qual a função da língua? • Olá, como vai? • Eu vou indo e você, tudo bem? • Tudo bem eu também vou indo... • Então tá bom, até...Bom te ver e saber das novidades... • Também achei...tchau...telefone...vamos nos encontrar qualquer dia... • Certo, até...

  23. Qual a função da linguagem?

  24. Qual é a função? • E aí, velho, tudo na boa? • Tudo belê, tô tranqüilo... • E aí, vamo marcar um rolê... • Tá marcado, véio... • Bate um fio... • Falou... • Falou...

  25. DESPOJAMENTOIvo Barroso  Eliminei o excesso de paisagem simplifiquei toda a decoração retirei quadros flores ornamentos apaguei velas copos guardanapos e a música   Bani a inutilidade do discurso   Na mesa de madeira nua apenas dois pratos brancos sem talheres   O banquete será tua presença.    

  26. Qual a função da linguagem? beba coca colababe         colabeba cocababe cola cacocacocolac l o a c a “Beba coca cola" (1957), Décio Pignatari

  27. Qual é a função da língua na foto abaixo?????

  28. E ESTA? • GOVERNO FEDERAL ANUNCIA REDUÇÃO NA TAXA DE JUROS.

  29. Qual a função da linguagem?

  30. QUAL A FUNÇÃO DA LINGUAGEM?

  31. QUAL A FUNÇÃO DA LINGUAGEM?

  32. Polissemia - Propriedade que uma mesma palavra tem de assumir vários significados dependendo do contexto em que ela ocorre. Ex: Não dá para comparar água com vinho. (é possível); Quem dá aos pobres, empresta a Deus. (faz doação de algo); Dá pena de ver o estado daquele homem. (provoca); Deu com a cara na porta. (bateu); Ela deu uma boa explicação. (apresentou)

  33. Eu acho que você está equivocado; na minha opinião, no meu modo de ver as coisas, tudo depende do ponto de vista, no caso, o meu....

  34. Este doente incurável custa 60.000 marcos à sociedade durante seu tempo de vida. Compatriotas, este dinheiro também é seu .Leiam Neues Volk (Novo Povo), o caderno mensal do Comitê de Política Racial do NSDAP.