as novas fronteiras do capitalismo global n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
AS NOVAS FRONTEIRAS DO CAPITALISMO GLOBAL PowerPoint Presentation
Download Presentation
AS NOVAS FRONTEIRAS DO CAPITALISMO GLOBAL

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 15
alika-porter

AS NOVAS FRONTEIRAS DO CAPITALISMO GLOBAL - PowerPoint PPT Presentation

87 Views
Download Presentation
AS NOVAS FRONTEIRAS DO CAPITALISMO GLOBAL
An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author. While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Geografia AS NOVAS FRONTEIRAS DO CAPITALISMO GLOBAL O Estado e o Espaço Geográfico (Poder pessoal, territorial, nacional; Estado, Nação, País, Povo)

  2. AS NOVAS FRONTEIRAS DO CAPITALISMO GLOBAL Poder Pessoal O Estado e o Espaço Geográfico • Idade Média (Séc. V ao XV) – Estado Territorial não existia. • Fragmentação em diferentes unidades (feudos -> condados, principados, ducados, etc.) – Poder Pessoal. • Sociedade: • Estamental (posição social definida pelo nascimento). • Poder vinculado à posse e à extensão da terra. • Laços de dependência pessoal: • Suserania e Vassalagem (entre nobres); • Senhor e Servos. Disponível em: http://historiaonlineceem.blogspot.com.br/ Acesso em: 31 de jan. 2013.

  3. AS NOVAS FRONTEIRAS DO CAPITALISMO GLOBAL Poder Pessoal O Estado e o Espaço Geográfico • Poder Pessoal – exercido pelos senhores feudais (aristocracia regional: príncipes, duques, condes e autoridades eclesiásticas) que aplicavam as leis em seus domínios. • Cada possessão feudal tinha leis próprias, o espaço geográfico era fragmentado, e o poder político não era centralizado na figura do monarca. Disponível em: historiaotavio.blogspot.com Acesso em: 31 de jan. 2013.

  4. AS NOVAS FRONTEIRAS DO CAPITALISMO GLOBAL Poder Territorial O Estado e o Espaço Geográfico • Diferentes transformações políticas, econômicas e sociais na Europa durante a transição da Idade Média para Idade Moderna (Séc. XV); • Renascimento; revitalização do poder dos monarcas (Absolutismo); • Na Monarquia Absolutista (autocracia), o rei possui poder absoluto, resultando no Poder Territorial. Luís XIV – “Rei-Sol” - “L'État c'est moi.” (O Estado sou eu.) Disponível em: http://www.brasilescola.com/historiag/absolutismo-frances.htm Acesso em: 31 de jan. 2013.

  5. AS NOVAS FRONTEIRAS DO CAPITALISMO GLOBAL Poder Territorial O Estado e o Espaço Geográfico • Poder Territorial – surgiu durante o Renascimento quando os monarcas unificaram o poder em todo o território, reiterando o poder dos senhores feudais – a fragmentação do espaço em possessões feudais desapareceu e o território ganhou uma nova base geográfica definida, limitada por fronteira, em que a soberania era do rei, e não do povo. Disponível em: http://www.brasilescola.com/historiag/absolutismo-frances.htm Acesso em: 31 de jan. 2013.

  6. AS NOVAS FRONTEIRAS DO CAPITALISMO GLOBAL Poder Nacional O Estado e o Espaço Geográfico • Revolução Francesa (1789) – Transformação do Estado Territorial em Estado Nacional; • Tomada de poder pelo povo. “Prise de la Bastille” (Queda/Tomada da Bastilha) Fonte: Jean-Pierre Louis Laurent Houel (1735-1813)

  7. AS NOVAS FRONTEIRAS DO CAPITALISMO GLOBAL Poder Nacional O Estado e o Espaço Geográfico • Poder Nacional – a soberania passa a ser do povo, e o modelo jurídico do Estado apoia-se na Doutrina dos Três Poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário. “Prise de la Bastille” (Queda/Tomada da Bastilha) Fonte: Jean-Pierre Louis Laurent Houel (1735-1813)

  8. AS NOVAS FRONTEIRAS DO CAPITALISMO GLOBAL Poder Nacional O Estado e o Espaço Geográfico Executivo Executa leis e programas. Define a legislação e fiscaliza as ações do Executivo. Legislativo Interpreta as leis do Legislativo, aplica-as quando solicitado e julga as ações do Executivo. Judiciário

  9. AS NOVAS FRONTEIRAS DO CAPITALISMO GLOBAL Estado – Nação – País – Povo • ESTADO – Instituição social politicamente organizada que exerce soberania sobre um território. Trata-se de um espaço geográfico unificado por leis próprias e submetido a um poder central. • Três fatores condicionam sua existência: Território, Governo e Povo: Território é o que se chama de PAÍS, base física do Estado, espacialmente delimitado por fronteiras, sujeito à sua soberania. Governo representa as forças políticas organizadas, comumente, em partidos políticos que assumem o poder no Estado. Povo refere-se ao conjunto de cidadãos que habita o território sob jurisdição do Estado, com direitos e deveres que lhe confere cidadania. Fronteira é o limite físico entre os territórios. É definida consensualmente ou não. Fonte: Miguel Chaves

  10. AS NOVAS FRONTEIRAS DO CAPITALISMO GLOBAL Estado – Nação – País – Povo • NAÇÃO – Agrupamento humano, em geral numeroso, cujos membros fixados num território acham-se ligados por laços históricos, culturais, econômicos e linguísticos. *Muitos Estados Modernos não são Estados Nacionais: • Exemplo: Espanha (Províncias da Galícia, Catalunha e Região Basca) Pátria Basca da Liberdade – ETA (Euskadi Ta Askatasuna) Disponível em: veja.abril.com.br Acesso em: 31 de jan. 2013. Disponível em: abrupto.blogspot.com Acesso em: 31 de jan. 2013.

  11. AS NOVAS FRONTEIRAS DO CAPITALISMO GLOBAL Estado – Nação – País – Povo • NAÇÃO – Agrupamento humano, em geral numeroso, cujos membros fixados num território acham-se ligados por laços históricos, culturais, econômicos e linguísticos. *Muitos Estados Modernos não são Estados Nacionais: • Exemplo: Região dos Grandes Lagos na África (conflitos em Ruanda e Burundi). Etnias hutu e tutsi Filme Recomendado Disponível em: www.adorocinema.com Acesso em: 31 de jan. 2013. Disponível em: www.unitedhumanrights.org Acesso em: 31 de jan. 2013.

  12. AS NOVAS FRONTEIRAS DO CAPITALISMO GLOBAL Estado – Nação – País – Povo Formas de Legitimação do PODER Monarquias • Sucessão, geralmente hereditária; • Monarca é chefe de Estado e primeiro-ministro é chefe de Governo; • Atualmente, todas as monarquias são parlamentaristas. Repúblicas • Presidencialistas ou Parlamentaristas; Ditadura • Ruptura de regras democráticas; • Normalmente, a autoridade concentra-se no Executivo; na figura do ditador ou de um grupo radical. • Legislativo e Judiciário com atuações limitadas.

  13. AS NOVAS FRONTEIRAS DO CAPITALISMO GLOBAL Estado – Nação – País – Povo Formas de delimitar a atuação do GOVERNO Parlamentarismo • Executivo deriva do Parlamento; • Chefe do Governo: primeiro-ministro; • No entanto, o presidente ou o monarca (rei, consul, imperador, etc.) exerce função de chefe de Estado. Presidencialismo • Executivo independente do Parlamento; • Presidente exerce função de chefe de Governo e chefe de Estado;

  14. AS NOVAS FRONTEIRAS DO CAPITALISMO GLOBAL Estado – Nação – País – Povo Formas de Estado Moderno Organização para a realização de suas tarefas políticas e administrativas, de acordo com a Constituição. • Estado Unitário – Poder central exercido sobre TODO o território; centralização político-administrativa, único Poder Executivo, Legislativo, Judiciário para todo o território. Ex.: França. • Estado Federal – Descentralização político-administrativa. Divisão em diversas unidades territoriais. Brasil: Estados-membros, Unidades da Federação. Outros países: Estados Unidos, Suíça, Argentina. • Confederação de Estados – Tratados entre Estados confederados; soberania interna.

  15. AS NOVAS FRONTEIRAS DO CAPITALISMO GLOBAL Estado – Nação – País – Povo Exemplos França República Mista. Brasil  República Presidencialista. Inglaterra  Monarquia Parlamentarista. Índia  República Parlamentarista. Coreia do Norte  Ditadura Mista (Presidente Eterno, primeiro-ministro)