Energia Solar - PowerPoint PPT Presentation

energia solar n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Energia Solar PowerPoint Presentation
Download Presentation
Energia Solar

play fullscreen
1 / 51
Energia Solar
281 Views
Download Presentation
alamea
Download Presentation

Energia Solar

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Energia Solar Ademir Freire Alexandre Tavares

  2. Energia Solar Tipos de Energia Solar Energia Solar no Brasil Energia Solar no Mundo

  3. Fotovoltaica

  4. Sistema Fotovoltaico (off grid)

  5. Sistema Fotovoltaico (on grid)

  6. Curva característica de módulo fotovoltaico

  7. Térmica

  8. Heliotérmica

  9. Demografia • Relatório sobre a situação da população mundial; • UNFPA (Fundo das Nações Unidas para a População)

  10. Crescimento Populacional

  11. Mudanças no pensamento sobre Energia

  12. Movimento da Terra em torno do sol e as estações do ano Fonte: internet

  13. Cenário brasileiro • Território brasileiro proximidade com a linha do Equador • População brasileira e atividades socioeconômicas do País se concentra em regiões mais distantes do Equador • Exemplo: Porto Alegre - capital brasileira mais meridional (cerca de 30º S) - a duração solar do dia varia de 10 horas e 13 minutos a 13 horas e 47 minutos, aproximadamente, entre 21 de junho e 22 de dezembro.

  14. Potencial da Energia Solar

  15. Medida Anual de insolação diária no Brasil

  16. Radiação solar diária – média anual (MJ/m².dia)

  17. Radiação solar – média anual (Wh/m2.dia)

  18. Radiação Global Média por Região

  19. MÉDIA ANUAL DE UMIDADE RELATIVA

  20. Iniciativas estaduais em Energia Solar • Pernambuco • Leilão específico para energia solar com benefícios fiscais • Bahia • Primeiro estádio com energia fotovoltaica instalada (pituaçu); • Com maior quantidade de projetos em energia solar para leilões;

  21. Iniciativas estaduais em Energia Solar • Ceará Instalação de fábrica de painéis fotovoltaicos; Primeira usina fotovoltaica do país (Tauá – 1 MW operando em teste); Novo projeto em Russas terá capacidade para abastecer uma cidade com cerca de 100 mil habitantes Abrigaráaté o fim de 2013, o maior parque de energia solar do País com potência de 10 megawatts (MW) em Russas. A localização: às margens da BR 116, em Russas ( 165km da Capital) e fica a 11 Km das subestações da Companhia Energética do Ceará (Coelce) e da Companhia Hidrelétrica do Rio São Francisco (Chesf), nas quais deve lançar a energia gerada.

  22. Iniciativas estaduais em Energia Solar • Paraíba Assinatura de Termo de cooperação para estudo sobre instalação de sistemas fotovoltaico em casas populares. • Estima-se que o Brasil possua atualmente cerca de 20MW de capacidade de geração solar fotovoltaica instalada;

  23. Leilão – Energia Solar • Ofertada pela primeira vez em um leilão de energia no Brasil, a fonte solar não atraiu interessados na disputa de hoje promovida pelo governo. Os projetos eólicos foram os únicos vencedores no leilão, que tem previsão de entrega a partir de 2016; • “Nessa estreia de solar nos leilões, quem levou foi o vento… Mas todas as perspectivas são que o preço da solar continuará a cair. Não tenho dúvida que é uma questão de tempo para a solar entrar na nossa matriz”, disse Maurício Tolmasquimpresidente da EPE [Fonte: JB]

  24. Cenário brasileiro Produção de silício cristalino em 1000 ton. (Fonte: Silicon Market andIndustryAnalysis, CRU, 2011)

  25. Cenário brasileiro Dos custos de produção que impactam o preço do silício cristalino, o papel da energia elétrica chega a representar 35% do custo total. Isso tem sido apontado como uma das principais barreiras para o desenvolvimento de plantas de purificação no Brasil. Custos relacionados a operação e manutenção destas plantas também são significativos. O silício metalúrgico, no entanto,temum custo muito pequeno em relação à estrutura total.

  26. Desafios Disseminação da tecnologia; Qualificação de pessoas; Linhas de crédito atrativas; Incentivo governamental para instalação de empresas; Leilões específicos para energia solar.

  27. Mapa de Oportunidade de Investimentos em FV

  28. Mapa de Oportunidade de Investimentos em FV

  29. Cenário Mundial

  30. Potência Instalada Acumulada

  31. Mapa Mundial de Energia FV (MW)

  32. Potência Instalada Acumulada (MW)

  33. Previsão de Potência Instalada Acumulada (MW)

  34. Previsão de Potência Instalada Acumulada por Região (MW)

  35. Instalações Anuais (MW)

  36. Previsão de Instalações Anuais (MW)

  37. Consumo x Produção Mundial (%)

  38. Usinas Solares pelo Mundo em Operação Solar Energy Generating Systems – EUA (354MW) – 1985; Solnova Solar Power Station – Espanha (150MW) – 2010; Andasol Solar Power Station – Espanha (150MW) – 2008; Extresol Solar Power Station – Espanha (150MW) – 2009; Shams 1 – Emirados Árabes (100MW) – 2013; Palma del Rio Solar Power Station – Espanha (100MW) – 2011; Manchasol Power Station – Espanha (100MW) – 2011; Valle Solar Power Station – Espanha (100MW) – 2012; Martin Next Generation Solar Energy Center – EUA (75MW) – 2010; Nevada Solar – EUA (75MW) – 2007.

  39. Impactos Ambientais Emissões de carbono; Energia renovável; Componentes abundantes; Cádmio; Considerações de espaço,

  40. Vantagens • A energia solar não polui durante sua produção. A poluição decorrente da fabricação dos equipamentos necessários para a construção dos painéis solares é totalmente controlável • As centrais necessitam de manutenção mínima. • É renovável e existe em abundância, a radiação solar é gratuita;

  41. Vantagens • Baixa manutenção e fácil instalação; • Boa aplicabilidade em lugares remotos ou de difícil acesso; • Excelente em lugares remotos ou de difícil acesso, pois sua instalação em pequena escala não obriga a enormes investimentos em linhas de transmissão; • Alta vida útil dos painéis solares (25 anos em média); • Elevada aceitação pública.

  42. Vantagens Preços médios módulos fotovoltaicos

  43. Vantagens Excedente de energia exportada para a rede distribuidora; Contabilização de energia mesmo sem estar usando; Comum as pessoas não focarem em casa todo o dia. Painéis de captação de energia solar em João Pessoa (PB)

  44. Aplicações e serviços

  45. Desvantagens • Custo inicial elevado do painel solar (consome quantidade enorme de energia para ser fabricado, podendo ser maior do que a energia gerada por ele); • Variação nas quantidades produzidas de acordo com a situação climáticaou atmosféricas (chuvas, neve), além de que durante a noite não existe produção alguma, o que obriga a que existam meios de armazenamento da energia produzida durante o dia em locais onde os painéis solares não estejam ligados à rede de transmissão de energia.

  46. Desvantagens • Locais em latitudes médias e altas (Ex: Finlândia, Islândia, Nova Zelândia e Sul da Argentina e Chile) sofrem quedas bruscas de produção durante os meses de inverno devido à menor disponibilidade diária de energia solar. Locais com frequente cobertura de nuvens (Curitiba, Londres), tendem a ter variações diárias de produção de acordo com o grau de nebulosidade. • As formas de armazenamento da energia solar são pouco eficientes quando comparadas, por exemplo, aos combustíveis fósseis (carvão, petróleo e gás), a energia hidroelétrica (água) e a biomassa (bagaço da cana ou bagaço da laranja).

  47. Desvantagens • Embora haja queda de preços ( Ex: de US$ 3,5 por watt em 2008 para US$ 2 por watt em dezembro de 2009) o custo ainda é elevado em comparação com as fontes tradicionais de energia. • No segundo semestre de 2013, a instalação de sistema fotovoltaico na Alemanha estava em torno de 1,69 mil euros o quilowatt de potência (kWp). No Brasil, o custo varia de 7 a 10 mil reais por kWp.

  48. Podemos viver somente com a Energia Solar?