Download
slide1 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
PONTO DE VISTA Logistico “ Como reduzir CUSTOS OPERACIONAIS e aumentar a competitividade na LOGÍSTICA “ PowerPoint Presentation
Download Presentation
PONTO DE VISTA Logistico “ Como reduzir CUSTOS OPERACIONAIS e aumentar a competitividade na LOGÍSTICA “

PONTO DE VISTA Logistico “ Como reduzir CUSTOS OPERACIONAIS e aumentar a competitividade na LOGÍSTICA “

161 Views Download Presentation
Download Presentation

PONTO DE VISTA Logistico “ Como reduzir CUSTOS OPERACIONAIS e aumentar a competitividade na LOGÍSTICA “

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. PONTO DE VISTA Logistico • “ Como reduzir CUSTOS OPERACIONAIS • e aumentar a competitividade na LOGÍSTICA “ • Palestrante: J. Adenildo, Imperatriz/MA- 18/05/12

  2. AGENDA dos principais tópicos • 1ª. PARTE • Logística: principais conceitos, atividades, evolução • Transportes: principaisatividades • Armazenagem/estoques : principaisatividades • Principaisimpactos de custosnaLogística • Modelo de planilhatécnica de custos em transportes • Cases do Mercado • TecnologiasaplicadasnaLogística • Papel do OperadorLogístico e do Transportador • 2a. PARTE • Principaisimpactos de custos no Transporte • Perfil do profissional de Logística • Cases da STAR Logística • Modelo de seleção do transportador • Fatorescríticos de custos em armazenagen e transportes • Evolução dos conceitos de logística • Logísticacolaborativa • Cenárioatual, tendências e Megatendências

  3. Sinopse curricular – J. Adenildo • Administrador de empresas com especialidade em Logística e Transportes pelo Inst. Mauá de Tecnologia e Fundação Getulio Vargas, especialista em e-logístics Inst. Research e latin América. • 30 anos como executivo de multinacional e grandes empresas do mercado: Souza Cruz, Deicmar, Expresso Araçatuba outras. • Principais projetos desenvolvidos e implantados: Delara/Brahma, J.Macedo, Bunge, SPDL logística, Exata Logística, Etna, Happening, outros. • Bi-Presidente da ASLOG-Associação Brasileira de Logística, bi-presidente executivo da comissão de Logística do SETCESP • 60 cursos e atividades de treinamento certificados, aperfeiçoamento e reciclagem na área de logística e transportes + outras atividades

  4. Conceitos de LOGÍSTICA “ É o processo de planejamento, implementação e controle do fluxo de armazenagem eficiente e econômico de matérias primas, semi- acabados, acabados, bem como das informações necessárias desde o ponto de origem até o ponto de consumo, com o propósito de atender as exigências dos clientes “ ( CLM - EUA )

  5. Conceitos de LOGÍSTICA “ É a função sistêmica de otimização do fluxo de materiais e de informações de uma organização. Integra duas ou mais atividades gerenciais e operacionais, planejando, implementando e controlando o fluxo de materiais e informações desde o ponto de origem ao ponto de destino, com o propósito de adequá-los as necessidades dos fornecedores e clientes ( ASLOG - Brasil )

  6. LOGÍSTICA é................. • Verdadeiro paradoxo • É ao mesmo tempo, uma das atividades econômicas mais antigas e um dos conceitos gerenciais mais modernos. • É a arte de ter o produto certo, no local certo e na hora certa.

  7. O surgimento da LOGÍSTICA • Fatores como a GLOBALIZAÇÃOda economia mundial, a comoditização dos mercados de consumo, a importância crescente do serviço ao cliente, tem propiciado SURGIMENTO de um ambiente de acirrada concorrência no mercado em geral. • Dentro deste contexto, a Competência Logística tem se mostrado um dos instrumentos fundamentais para obtenção do diferencial competitivo pelas empresas

  8. EVOLUÇÃO da Logística • Fim do Cassino Brasil • Acirramento da competitividade • Aumento do número de produtos • Aumento dos pontos de vendas • Necessidade de “abrir custos “ • Necessidade de melhoria do serviço • Globalização

  9. Principais Atividades da Logística • Previsão da demanda = + custos • Gestão de estoques = + custos • Distribuição = + custos • Logística reversa = + custos • Gestão de transportes = + custos • Movimentação/Armazenagem • Processamento de pedidos • CrossDocking

  10. Outras ATIVIDADES Logística • Gestão de materiais e mercadorias • Planejamento e controle da produção • Embalagem e acondicionamento • Etiquetagem/Paletização • Sistemas de comunicação • Serviço ao cliente • Gestão de produtos vencidos/avariados • Operacionalização de Importação/exportação • Lay-out e fluxos • Formação de Kits

  11. MINIMIZAR INVESTIMENTO Ativos Logísticos MAXIMIZAR O SERVIÇO AO CLIENTE Nível de Serviço OTIMIZAR AS OPERAÇÕES Custos Logísticos PRINCIPAIS OBJETIVOS DA LOGÍSTICA

  12. FONTE DOS CUSTOS LOGÍSTICOS • TRANSPORTES: 64 % • ARMAZENAGEM: 21% • OUTROS: 15%

  13. ARMAZENAGEM - Centros Distribuição

  14. ARMAZENAGEM Centro Distribuição • ARMAZENS : são áreas destinadas a guarda de materiais em geral • CENTROS DE DISTRIBUIÇÃO : são armazéns cuja missão é realizar a gestão de estoques de produtos para distribuição. • As principais atividades englobam: manuseio, armazenagem, gestão de estoques, administração de produtos e informações, processamento de pedidos, emissão de notas fiscais, reembalagem , picking e movimentação reversa.

  15. CUSTOS DE MOVIMENTAÇÃO E ARMAZENAGEM • ESPAÇO • aluguel do armazém • depreciação das instalações • IPTU • manutenção predial • seguro das instalações físicas • EQUIPAMENTOS • aluguel de equipamentos • manutenção dos equipamentos • depreciação de equipamentos • seguros dos equipamentos • combustíveis / energia elétrica • MÃO-DE-OBRA • salários, encargos e benefícios da equipe operacional • salários, encargos e benefícios da equipe administrativa • horas-extras • Salários dos gestores executivos • provisão para indenizações • OUTROS • gastos com comunicação / tecnologia • despesas com material de escritório • depreciação e custo de oportunidade com mobiliário e equipamentos de informática • água e energia elétrica • segurança patrimonial • despesas com Saúde, Segurança e Meio Ambiente • laudos e licenças

  16. CUSTOS DE MOVIMENTAÇÃO E ARMAZENAGEM Fatores que influenciam os custos nos armazéns • Características de recebimento (modal de transporte, volumes, valor da mercadoria, características da carga, horários operacionais ex. + de 1 turno de trabalho) • Características de acondicionamento (temperatura requerida, controle de pragas, umidade, luminosidade, quantidade por palete) • Características de picking e expedição (nível de acuracidade na operação, nível de degradação da embalagem, volume, modal de transporte, embalagens, etiquetas, etc). • Necessidade de recursos diretos ( tipos de equipamentos de movimentação e armazenagem e mão-de-obra direta) recursos indiretos (segurança, limpeza etc. ) • Piso e lay out do armazen

  17. Mão-de-Obra – 40% a 60% Equipamentos – 10% a 15% Espaço – 20% a 30% Outros – 10% a 15% CUSTOS DE MOVIMENTAÇÃO E ARMAZENAGEM

  18. TRANSPORTES............ • SOB QUALQUER PONTO DE VISTA; ECONÔMICO, POLÍTICO E MILITAR, o Transporte é, INQUESTIONAVELMENTE A INDÚSTRIA MAIS IMPORTANTE DO MUNDO . • 2/3 do Custo Logístico

  19. TRANSPORTES

  20. Matriz de TRANSPORTES BRASIL

  21. Tecnologia de INFORMAÇÕES • Sistema de controle de Estoques - WMS • Sistema de gestão de transportes - TMS • Sistema de rastreamento das cargas - TRACKING • Sistema de rastreamento da frota – GPS • Sistema de controle dos custostransportes – GK0

  22. Tecnologia de INFORMAÇÕES- WMS • WAREHOUSE MANAGEMENT SYSTEMS-Armazéns • Um WMS gerencia os recursos do estoque nos armazéns, espaço, equipamento e mão de obra para otimizar o fluxo de materiais e informações desde a recepção e a distribuição, até pequenas montagens, coleta de pedidos, processamento de valor agregado e remessa.

  23. WMS- Principais funções • Controle de caminhões na portaria • Recebimento dos produtos/materiais • Localização automática • Planejamento de separação • Expedição • Empacotamento/Embalagem • Reabastecimento do picking • Conferência de expedição • Processamento de pedidos • Controle e rastreabilidade de lotes

  24. WMS- Principais funções • Inventário • Código de barras • CrossDocking • Gerenciamento de recursos ( mão de obra e equipamentos ) • Rádio freqüência • Controle do fifo, lifo • Integração fiscal • Etiquetagem • Emissão de notas fiscais

  25. Tecnologia de INFORMAÇÕES- TMS • TRANSPORTATION MANAGEMENT SYSTEMS - Transportes • Otimiza o uso dos recursos de transporte para gerenciar remessas de entrada, de saída e internas pelo custo mais baixo, conforme as normas de serviço ao cliente e requisitos dos parceiros comerciais.

  26. TMS- Principais funções • Controle de tabelas de fretes • Controle de gastos com fretes • Controle de % sobre o preço do produto • Relatórios e controlesoperacionais • Tracking dacarga

  27. TMS- Principais funções • Agendamento/ordens de coletas • Emissão do CTRC/Manifesto • Status da entrega • Pré - fatura • Controle e análise dos fretes por empresa • Roteirização • Controle de avarias • Controle de devoluções das entregas • Custo do frete • Dados de movimentação ( volumes, viagens etc.)

  28. Softwares de Roteirização • Sistema que otimiza o processo de distribuição notadamente de cargas fracionadase de muitos pontos de entregas • Definição do veiculo/frota adequada • Definição da melhor rota • Apuração/definição dos tempos/movimentos operacionais • Utilização de malhas viárias/mapas digitalizados

  29. Tecnologia de Informações - GPS • Monitoramento dos veículos via satélite • Planejamento logístico • Prevenção de roubo de cargas • “Tracking “ das entregas

  30. Tecnologia deInformações ERP • “Enterprise Resource Planing “ - Planejamento dos Recursos do Negócio • Sistema corporativo • “Nada mais é senão a integração dos velhos módulos conhecidos por todos nós, que substituiu em várias empresas, os sistemas de informações e controles dito LEGADOS.

  31. CUSTOS LOGÍSTICOS • CUSTOS LOGÍSTICOS, são os custos de planejar, programar e controlar todo fluxo de materiais e informações desde o ponto de origem até o ponto de consumo. • Pode representar em média até 19% do preço do produto. • Depende do valor do produto e do grau de necessidade de atender o cliente.

  32. Principais CUSTOS LOGÍSTICOS • Armazenagem e movimentação • Estoques ou manutenção de inventário • Transportes – transferência e distribuição • Embalagens e reembalagens • Custos com nível de serviço – tracking • Custos com administração logística

  33. Indicadores Desempenho na Logística • Custos de transportes/distribuição • Custos de armazenagem/movimentação • Pontualidade nas entregas/coletas • Índices de devolução dos produtos/materiais • “Lead Time “ dos pedidos • Níveis de estoques/política • Taxa de ocupação dos veículos • Atendimento de metas na expedição

  34. Indicadores Desempenho na Logística • Acuracidade do inventário • Política de estoques X estoque real • Porcentagem dos “pedidos perfeitos “ • Espaço ocupado x espaço dedicado • Índice de avarias no armazen e transporte • Custologísticoporítemrecebido, expedido, armazenado e processado. • Produtividade da mão de obra

  35. Missão da Logística REDUÇÃO DOS CUSTOS OPERACIONAIS SERVIÇO AO CLIENTE MELHORADO OPORTUNIDADES DE CRESCIMENTO

  36. Desafio para Logística FORNECEDORES CLIENTES ACIONISTAS CUSTO QUALIDADE TEMPO OPORTUNIDADES DE CRESCIMENTO

  37. CLIENTE SATISFEITO DOCUMENTOS CERTOS SEM AVARIAS QUANTIDADE CERTA OPORTUNIDADES DE CRESCIMENTO ENTREGA NO PRAZO O PRODUTO CERTO

  38. MOTIVOS de Terceirização + citados • REDUZIR CUSTOS: 85% • FOCAR NO CORE BUSINESS: 76% • GANHAR FLEXIBILIDADE: 68 % • REDUZIR ATIVOS: 67 % • ( Pesquisa COPPEAD )

  39. Outros Motivos para TERCEIRIZAÇÃO • Questões trabalhistas • Desmobilização de ativos • Serviços especializados • Aumento de produtividade • Ganho de escala • Melhoria no nível de serviço • ”A terceirização consiste na prática adotada por algumas empresas que repassam a outras a execução de atividades não essenciais ao seu objetivo (core business)”

  40. SUPPLY CHAIN - Processos Chaves • RELACIONAMENTO COM OS CLIENTES • SERVIÇO AOS CLIENTES • GESTÃO DA DEMANDA • ATENDIMENTO A PEDIDOS • GESTÃO DA PRODUÇÃO/PCP • COMPRAS E SUPRIMENTOS • DESENVOLVIMENTO DE NOVOS PRODUTOS/embalagens • LOGÍSTICA/TRANSPORTES/DISTRIBUIÇÃO

  41. O PROFISSIONAL de LOGÍSTICA • Visão de espírito de equipe • Dinâmico e objetivo • Organizado e atualizado • Multivisão/Multifuncional • Relacionamento Interpessoal • Habilidade no processo negocial • Capacidade de analítica de custos • Visão corporativa • Competência nos principais conceitos da cadeia de abastecimento • PÉS NO CHÃO E OLHO NO CLIENTE

  42. O profissional de logística- Pesquisa • PESQUISA feita em 223 empresas com faturamento de U$ 10 a U$ 200 milhões, indica que o profissional responsável por Logística ocupa nível de Diretoria em 19 % dos casos, contra 13 % há 5 anos • ( Coppead – Rio de Janeiro )

  43. CASE: Wal-Mart • Grandes lojas concentradas geograficamente • Grande variedade de produtos • Preços competitivos • Política de reposição diária de estoques • Relacionamento a longo prazo com fornecedores • Uso intensivo da tecnologia de informação para controlar vendas e estoques • Troca contínua de informações com fornecedores/lojas

  44. Case VELOCE Logística – Montadora automóvel • AÇÕES LOGÍSTICAS • Mudança de armazen + docas • Identificação adequada das áreas de recebimento/estocagem/expedição • Eliminação de processos/digitações manuais de procedimentos • Formalização de instruções de trabalho • Auditorias internas • Atualização de sistema de informações WMS • Integração colaborativa da equipe com a montadora • PRINCIPAIS RESULTADOS • Previsão da demanda = de 29% para 14% de variabilidade • Aumento de produtividade geral em 18% • Atendimento aos itens críticos de estoque de 89% para 100% • Melhoria no processo documental de exportação de 63% • Redução do tempo de permanência de peças no armazem • Redução dos estoques em 59% • Eliminação das divergências de inventário

  45. Case Linx Logística – SECULOS da Amazônia/Bolsas e acessórios • AÇÕES LOGÍSTICAS • Terceirização da operação logística • PRINCIPAIS RESULTADOS • Redução de 3,5% do custo logístico sobre o faturamento bruto da empresa • Redução no custo de frete • Melhora no atendimento ao cliente • Melhoria no controle da qualidade • Redução de 50% no lead time da expedição - agilidade • Redução do prazo médio de entrega • Automatização do processo de estocagem • Verticalização do espaço de armazenagem

  46. Cultura Empresarial FEDEX • Tempo definido dentro do cliente • Para atender o cliente não existe hierarquia, o cliente é o patrão • A lucratividade é investida nos funcionários e em melhores condições de trabalho • Os funcionários estão bem conscientes/treinados no conceito de eficiência 1/10/100 - resolva o problema no primeiro momento • FORTE conceituação nas prioridades: • 1) PESSOAS 2) SERVIÇOS

  47. Conceituação de Negócio • 2ª. Parte do programa • Operador Logístico - OPL • Transportador Rodoviário de cargas - TRC

  48. O que é : TRANSPORTADOR • Empresa dedicada a disponibilizar os diversos materiais dentro do prazo adequado, na hora certa, no lugar certo, com qualidade e preço JUSTO. • INSTITUCIONAL: NTC - Associação Nacional dos Transportadores Rodoviários de Carga - SETCESP - Sindicato dos Transportadores de deS.P./Grande S. Paulo

  49. Questões Chaves de TRANSPORTE • Planejamento e Programação das Necessidades de Transporte: • Avaliação da carga a ser transportada; • Escolha de Modais; • Tipos de Veículos; • Análises de Custos; • Roteirização; • Rastreamento; • Controle de custos: • Fretes contratados • Frota própria • Gerenciamento de Riscos; • Manutenção e Limpeza da Frota.