slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Independência do Brasil PowerPoint Presentation
Download Presentation
Independência do Brasil

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 36

Independência do Brasil - PowerPoint PPT Presentation


  • 93 Views
  • Uploaded on

Independência do Brasil . Família Real no Brasil. Bloqueio Continental. O que fui fazer... casar-me com esta mocréia espanhola!!!. O que estou a fazer com este gordo comedor de frangos???. O pior de tudo é que terei que levá-la comigo!!! Pelo menos terei uma galinha prá comer.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Independência do Brasil' - ailis


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide2

Família Real no Brasil

Bloqueio Continental

slide3

O que fui fazer...

casar-me com esta

mocréia espanhola!!!

O que estou a fazer

com este gordo

comedor de frangos???

slide4

O pior de tudo

é que terei que

levá-la comigo!!! Pelo

menos terei uma

galinha prá comer...

Ainda bem que tenho

meus amantes prá dar...

se dependesse do gordo...

slide5

Família Real no Brasil

Chegada ao Brasil

Acordo de 1808

24% - Qualquer país;

16% - Portugal;

15% - Inglaterra.

Abertura dos Portos

Tratados de 1810

Aliança e Amizade

Comércio e Navegação

slide6

O que eu fiz?

1) Invadi a Guiana Francesa e o Uruguai;

2) Fundei o Banco do Brasil;

3) Criei a Imprensa Régia;

4) Fundei o Jardim Botânico;

5) Criei a Biblioteca Nacional;

6) Elevei o Brasil!!

slide7

Início do Fim...

Coroação, no Rio de Janeiro de

D. João VI

Morte da Louca

PROPOSTA

Revolução do Porto

Monarquia Constitucional

Regresso de D. João VI

Regresso da Família

MENOS

D. Pedro de Alcântara

PP

Início da Regência

DIVISÃO

Grupos Políticos

PB

slide8

O que cada um defendia...

Defendia a preservação do Brasil como Colônia de Portugal.

PP

Defendia a manutenção dos privilégios comerciais

adquiridos com a presença da Família Real.

PB

PB – Mostra-se favorável a separação política.

D. Pedro

LIGA-SE

Golpe de D. Pedro, articulado pelo PB.

Grito do Ipiranga

O QUE FOI?

pedro am rico
Pedro Américo

O Grito do Ipiranga - Pedro Américo (1888)

slide10

1 º Reinado

Confederação do Equador- 1824

Frei Caneca líder da rebelião, criticava a constituição outorgada, (imposta por D. Pedro I).

A rebelião tem caráter emancipacionista e republicano.

slide11

A CONSTITUIÇÃO DE 1824. CARACTERÍSTICAS:

1- Estabeleceu 4 poderes: Executivo, Legislativo, Judiciárioe o poder moderador. Se ligue, é a única constituição brasileira com 4 poderes.

2- Criou o Estado Padroado ( Estado e Igreja é uma coisa só; não existe divisão; deixou a igreja sob o domínio do Estado).

3 – Estabeleceu o Senado vitalício( o mandato do senador era equivalente ao seu tempo de vida)

4- O Voto era Censitário – só podia votar quem tivesse renda estabelecida por lei.

0bs- a constituição de 1824: foi outorgada(imposta), instituiu a monarquia constitucional hereditária, deixando o poder político brasileiro nas mãos de uma elite agrária brasileira.

slide12

Rebeliões no período regencial

  • O período regencial foi marcado por intensas lutas
  • Políticas que ameaçaram a própria unidade do país. Com a
  • abdicação de D. Pedro I organizou-se a experiência
  • regencial.
  • REGÊNCIA TRINA PROVISÓRIA
  • 1- Convocou o parlamento brasileiro;
  • 2- Anistiou( perdão político) as pessoas que até a data, tinham se mobilizado contra o governo.
  • IMPORTANTE, SE LIGUE ATO ADICIONAL
  • 1- Deu maior autonomia as províncias;
  • 2- extinguiu o conselho de Estado;
  • 3- criou as regências unas.
slide13

Cabanagem- ocorreu no Pará ( 1834-40)- é considerada a primeira rebelião social brasileira, feita por gente pobre, moradores de cabanas que viviam no leito dos rios. Em 1835 os rebeldes assumiram o controle da província.

Líderes – Clemente Malcher, os irmãos vinagre e Eduardo Angelim.

slide14

A Balaiada- Maranhão

  • A economia algodoeira entrou em decadência, quando a produção dos EUA se normalizou, causando uma profunda crise econômica na região.
  • Lideres – Francisco dos Anjos (Fazedor de balaios) e um negro chamado Cosme.
  • Esta rebelião foi violentamente reprimida por tropas leais ao governo.

A Sabinada ( Bahia)

  • Teve um caráter exótico, primeiro a intenção era estabelecer uma república provisória, até a maioridade do imperador e envolveu a classe média baiana.
slide16

... e nada se altera com o Golpe...

NEM NO

TRABALHO

ESCRAVO!!

NADA DE

MEXER NA

GRANDE

PROPRIEDADE!!

slide17

Segundo Reinado (1840-1889)

Eleições do Cacete

Processo Eleitoral

Revolução Liberal de 1842

Derrota de MG e SP

Única tentativa de Revolta com ideal definido

Revolução Praieira

Depois da Praieira

O QUE

ACONTECEU

Paz Interna

slide18

"Nada mais Conservador que um Liberal,

nada mais Liberal que um Conservador."

CONSERVADOR

LIBERAL

Tentativa do Marquês do Paraná de unir Liberais e Conservadores.

Era da Conciliação

A quem não o contestasse no seu absolutismo.

D. Pedro II

LIGA-SE

slide19

Parlamentarismo Imperial

INGLATERRA

ELEIÇÕES

CÂMARA DOS

DEPUTADOS

GABINETE DE

MINISTROS

MANDA

REI

1º MINISTRO

BRASIL

SENADO

ELEIÇÕES

CÂMARA DOS

DEPUTADOS

CONSELHO

GABINETE DE

MINISTROS

ESCOLHE

ESCOLHE

IMPERADOR

1º MINISTRO

slide20

ECONOMIA IMPERIAL

Cafeicultura

Base Econômica

ANTIGA

Regiões Produtoras

Vale do Paraíba

NOVA

Oeste Paulista

SOLUÇÃO

Mão de Obra

Imigração

slide23

CRESCIMENTO

DA POPULAÇÃO

IMIGRANTE

slide25

PROBLEMAS CAUSADOS

PELO CRESCIMENTO

slide26

ERA MAUÁ

  • EMPREENDIMENTOS MAUÁ (1844-59):
  • - o estaleiro de Ponta da Areia;
  • - a construção da 1º ferrovia brasileira;
  • - a reabertura do Banco do Brasil;
  • - o Banco Mauá;
  • - a instalação da iluminação a gás;
  • - a fundição de Ponta da Areia;
  • -cabos submarinos ligando o Brasil à
  • Europa.
slide27

2º Reinado

Crise econômica

Fatores de baixos preços:

1- O açúcar concorria com o antilhano

2- O algodão era refém da política inglesa

3- O Tabaco sofria restrições do mercado negreiro

4- Neste momento só o café vivia um grande momento no mercado internacional.

slide28

Transformações econômicas

Expansão da lavoura cafeeira:

Foi somente a partir da segunda metade do século XIX, que a produção cafeeira atingiu níveis apreciáveis.

Os EUA e a Inglaterra passaram a ser os grandes compradores do café brasileiro .

slide29

Transformações sociais e econômicas séc. XIX

Embora durante o segundo reinado tenha ocorrido um aquecimento no setor industrial e comercial

Lei Bill Aberdeen- 1845

Lei Eusébio de Queirós- 1850

Importante- Essas leis promoveram transferências de capitais para o setor comercial/industrial

Detalhe- Nossa estrutura social e econômica permaneceu intacta praticamente desde a independência, modelo agro-exportador.

slide30

Os caminhos do café.

Obs: O sucesso da cafeicultura no Vale do Paraíba e no oeste paulista se deu por causa do solo (terra roxa) e o clima mais frio.

transposi o para o trabalho assalariado
Transposição para o trabalho assalariado

Fatores:

  • 1- Lei Bill Aberdeen- 1845
  • 2- Lei Eusébio de Queirós-1850
  • 3- Lei do Ventre Livre- 1871
  • 4- Lei do Sexagenário- 1885
  • Obs: No Estado do Amazonas e do Ceará ocorreu a abolição em 1884
  • Em 1847, o Senador Campos Vergueiro trouxe com ajuda do governo 80 famílias alemães para suas fazendas- sistema de parceria
slide32

Desenvolvimento das atividades industriais

  • Tarifa Alves Branco- animam as atividades industriais e comerciais no país. Destacando-se no período o Barão de Mauá (Irineu Evangelista de Souza). Nesse período ocorreram iniciativas modernizadoras na ferrovia, navegação a vapor, comunicação, bancos, comercio, melhoramento urbano e transportes.
slide33

Transformações sociais

A expansão cafeeira propiciou o surgimento de um novo grupo social, cujo comportamento econômico e político defere dos latifundiários ligados aos ciclos anteriores.

Esses grupos econômicos, são mais flexíveis e conscientes das sua posição dominante. Como empresários rurais, solucionaram o problema da mão de obra, com a imigração, substituindo o trabalho escravo.

slide34

A Queda do Império

  • 1- A questão social: o abolicionismo
  • 1.1- o alto preço dos escravos
  • 1.2- vem a migração para resolver o problema da mão de obra.
  • 2- A Campanha abolicionista
  • Com a abolição o escravismo, sem indenização aos proprietários , a aristocracia escravista abandona o governo.
slide35

3- A questão religiosa

  • 3.1- Estado Padroado – dava direito ao estado intervir no cargos eclesiásticos.
  • 3.2- Beneplácito- facultava o governo a examinar os atos da Santa Sé.
  • Obs:a questão religiosa ( Papa PIO IX ) assina a bula Enciclica Syllabus- proibindo os padres católicos a frequentar a maçonaria. Os bispos Dom Vital Maria de Oliveira e o de Belém Dom Antonio de Macedo Costa.
slide36

4- A questão militar

  • A Guerra do Paraguai
  • A formação do Exército Brasileiro
  • Os tenentes- Benjamin Constant e Sena Madureira fundaram o clube militar e foram presos pelo governo.