slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
ANÁLISE PRELIMINAR DA OCORRÊNCIA DE OFÍDIOS NA ÁREA URBANA DO RECANTO DAS EMAS PowerPoint Presentation
Download Presentation
ANÁLISE PRELIMINAR DA OCORRÊNCIA DE OFÍDIOS NA ÁREA URBANA DO RECANTO DAS EMAS

Loading in 2 Seconds...

  share
play fullscreen
1 / 1
aiko-stark

ANÁLISE PRELIMINAR DA OCORRÊNCIA DE OFÍDIOS NA ÁREA URBANA DO RECANTO DAS EMAS - PowerPoint PPT Presentation

66 Views
Download Presentation
ANÁLISE PRELIMINAR DA OCORRÊNCIA DE OFÍDIOS NA ÁREA URBANA DO RECANTO DAS EMAS
An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author. While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. RESULTADOS E DISCUSSÃO Dos 77 entrevistados, 80,52% disseram já ter visto uma serpente (fig.2). Quanto à espacialidade foi possível identificar um padrão dentre as 45 ocorrências, entre 2001 e 2004 (média de quinze por ano), 95,5% aconteceram nas quadras limítrofes com as matas de galeria dos córregos que circundam a cidade, sendo a maioria nas quadras 114 (15%) e 511 (11%). Em 2004 ocorreram 25% dos avistamentos, e em geral 75% na época chuvosa, fato que pode estar relacionado ao aumento do número de anuros e roedores. Entretanto, existe uma dificuldade metodológica no tocante à identificação correta dos animais por populares mesmo com o auxílio de fotografias e ao nível taxonômico de família (Corrêa & Costa, 2004), ainda assim foi possível notar o padrão esperado: maior ocorrência da família Colubridae (65%)(fig.5). Fig. 2: Avistamento de serpentes. Fig. 3: Conhecem alguém que já tenha tido um acidente ofídico. Fig. 4: Já viram alguém matar um ofídio. CONCLUSÃO A metodologia avaliada mostrou-se satisfatória no caso de uma análise preliminar, sendo necessária em seguida uma análise mais detalhada com utilização de outras metodologias para a confirmação dos resultados encontrados. Fig.1: Recanto das Emas Fonte: www.condominios.com.br/condominios/mapas/map12v1.jpg Fig. 5: Representante da família Colubridae. Fig. 6: Animais utilizados durante a pesquisa. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS CORRÊA, S. C. & COSTA, E.M.M. Percepção ambiental dos alunos dos ensinos fundamental e médio do Recanto das Emas sobre a ofidiofauna. Monografia de graduação, FACS, UniCEUB, 2004. MARQUES, O.A.V. et al. Serpentes da Mata Atlântica. Holos. Ribeirão Preto, 2001. SEBBEN, A. et al. Cartilha de ofidismo – cobras do Distrito Federal e entorno. UnB. Brasília, 1996. BIZERRIL, M.X.A. O Cerrado e a escola: uma análise da educação ambiental no ensino fundamental do Distrito Federal. Tese de Doutorado, Departamento de Ecologia, Universidade de Brasília, Brasília 2001. BRANDÃO, R. A., ARAÚJO, A. F. B. Herpetofauna associada às matas de galeria do Distrito Federal. In: Recuperação e conservação das Matas de Galeria do Distrito Federal. Embrapa. Brasília, 2001. CODEPLAN. Recanto das Emas. Disponível em: <www.codeplan.df.gov.br/Publica coes/RA/RAXV.htm>. Acesso em 02/06/2004.  ANÁLISE PRELIMINAR DA OCORRÊNCIA DE OFÍDIOS NA ÁREA URBANA DO RECANTO DAS EMAS Stevan de Camargo Corrêa & Elizabeth Maria Mamede da Costa. METODOLOGIA INTRODUÇÃO Foram confeccionados questionários de percepção ambiental, aplicados à alunos de escolas públicas da região do Recanto das Emas (fig.1), para avaliar as ocorrências de ofídios, sua espacialidade, temporalidade e taxonomia. O crescimento da malha urbana de Brasília tem avançado sobre as áreas naturais, gerando problemas ambientais e sociais à população que vive nesta interface. No Recanto das Emas, cidade situada na periferia de Brasília, em constante crescimento (91,96% ao ano), e de infra-estrutura precária (Bizerril, 2001; Codeplan, 2004), foi avaliada sob a luz de uma nova metodologia o nível de ocorrência de ofídios, fato que estaria causando pânico aos moradores, já que as serpentes são consideradas animais perigosos e agressivos, mesmo o ofidismo sendo considerado um problema de saúde pública ainda recente no Brasil (Sebben et al., 1996). É necessária uma nova metodologia para avaliação desse nível de ocorrência pois os trabalhos de dinâmica de populações de serpentes são escassos e incompletos (Brandão & Araújo, 2001), devido à sua baixa densidade demográfica e eficiente estratégia de camuflagem (Marques et al., 2001). OBJETIVO Avaliar como uma metodologia de percepção ambiental pode auxiliar em um levantamento de fauna.