slide1 l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
FACULDADE ALVORADA PLUS PowerPoint Presentation
Download Presentation
FACULDADE ALVORADA PLUS

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 28

FACULDADE ALVORADA PLUS - PowerPoint PPT Presentation


  • 207 Views
  • Uploaded on

FACULDADE ALVORADA PLUS. CURSO DE GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA. DISCIPLINA: DIDÁTICA. PROFESSOR DA DISCIPLINA: PROF. MOREIRA COSTA. “Deus está nas pequenas coisas e todas são importantes.”. Bruce Bikel & Stan Jantz. OS PENSADORES. EMÍLIA FERRERO – ARGENTINA A vanguarda na alfabetização.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'FACULDADE ALVORADA PLUS' - adamdaniel


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

FACULDADE ALVORADA PLUS

CURSO DE GRADUAÇÃO

EM PEDAGOGIA

DISCIPLINA:

DIDÁTICA

PROFESSOR DA DISCIPLINA:

PROF. MOREIRA COSTA

slide2

“Deus está nas pequenas coisas e todas são importantes.”

Bruce Bikel & Stan Jantz

slide4

EMÍLIA FERRERO – ARGENTINA

A vanguarda na alfabetização.

Psicolingüista Argentina, doutorou-se pela Universidade de Genebra, orientada por Jean Piaget. Inovou ao utilizar a teoria do mestre para investigar um campo que não tinha sido objeto de estudo piagetiano. Aos 62 anos, é pesquisadora do Instituto Politécnico Nacional, no México.

slide5

O QUE FICOU

As crianças chegam à escola sabendo várias coisas sobre a língua. É preciso avaliá-las para determinar estratégias para sua alfabetização.

UM ALERTA

Apesar de a criança construir seu próprio conhecimento, no que se refere à alfabetização, cabe a você, professor, organizar atividades que favoreçam a reflexão sobre a escrita.

slide6

CÉLESTIN FREINET - FRANCÊS

Uma escola ativa e cooperativa.

Nascido em 1896 em Gars, um vilarejo ao sul da França, o professor primário não chegou a concluir seus estudos na Escola Normal de Nice. Com o início da 1ª Guerra, alistou-se e participou dos combates. Em 1920, iniciou a carreira docente, construindo os princípios de sua prática. A educação, a seu ver, deveria proporcionar ao aluno a realização de um trabalho real. Faleceu em 1966.

slide7

O QUE FICOU

Ninguém avança sozinho em sua aprendizagem. A cooperação é fundamental.

UM ALERTA

Levar a turma a aulas-passeio não faz do professor um praticante da pedagogia de Freinet. É preciso considerar a realidade em que os alunos estão inseridos.

slide8

PAULO FREIRE - BRASILEIRO

O importante é ler o mundo.

Nascido em 1921, no Recife, formou-se advogado em 1959, mas nunca exerceu a profissão. O ensino era sua paixão. Exilado após golpe militar de 1964, foi para o Chile, onde escreveu Pedagogia do Oprimido (1968), livro que o tornou conhecido mundialmente. Morreu em 1997, em São Paulo, cidade da qual foi Secretário da Educação de 1989 a 1991.

slide9

O QUE FICOU

É preciso pôr fim a educação bancária, em que o professor deposita em seus alunos os conhecimentos que possui.

UM ALERTA

A técnica de silabação utilizada por ele em seu método de alfabetização de adultos está ultrapassada, ainda que a idéia de trabalhar com palavras geradoras permaneça bastante atual.

slide10

HOWARD GARDNER - AMERICANO

Valorizando o ser por inteiro.

O psicólogo americano de 56 anos é professor de Cognição e Educação e integrante do Projeto Zero, um grupo de pesquisa em Cognição humana mantido pela Universidade de Harvard. Também leciona neurologia na Escola de Medicina da Universidade de Boston. Escreveu dezoito livros.

slide11

O QUE FICOU

A escola deve valorizar as diferentes habilidades dos alunos e não apenas a lógica-matemática e lingüística como é mais comum.

UM ALERTA

Para que as diversas inteligências sejam desenvolvidas, a criança tem de ser mais que uma mera executora de tarefas. É preciso que ela seja levada a resolver problemas.

slide12

JEAN PIAGET - SUIÇO

Da experiência nasce o conhecimento.

Nascido na Suíça, em 1896, numa família rica e culta, aos 7 anos já se interessava por estudos científicos. Biólogo de formação, estudou Filosofia e doutorou-se em Ciências Naturais aos 22 anos. Em 1923, lançou A Linguagem e o Pensamento na Criança, o primeiro de seus mais de sessenta livros. Faleceu em 1980, na Suíça.

slide13

O QUE FICOU

É na relação com o meio que a criança se desenvolve construindo suas hipóteses sobre o mundo que a cerca.

UM ALERTA

O professor deve respeitar o nível de desenvolvimento das crianças. Não se pode ir além de suas capacidades nem deixá-la agir sozinhas.

slide14

PHILLIP PERRENOUD - SUÍÇO

Formação, avaliação, pedagogia diferenciada e principalmente, o desenvolvimento de competências.

Doutor em sociologia e antropologia, tem 58 anos e dá aulas nas Faculdades de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Genebra, nas áreas de currículo, práticas pedagógicas e instituições de formação.

1) Organizar e dirigir situações de aprendizagem;

2) Administrar a progressão das aprendizagens;

3) Conceber e fazer evoluir os dispositivos de diferenciação;

4) Envolver os alunos em suas aprendizagens e em seu trabalho;

5) Trabalhar em equipe;

6) Participar da administração escolar;

7) Informar e envolver os pais;

8) Utilizar novas tecnologias;

9) Enfrentar os deveres e os dilemas éticos da profissão;

10) Administrar a própria formação;

slide15

O QUE ELE DIZ

Relaciona num de seus livros as dez novas competências para ensinar. Também fala sobre avaliação, pedagogia diferenciada e formação.

UM ALERTA

As dez competências não contemplam todas as relações que se estabelecem em sala de aula. Por isso, nunca deixe de lado sua sensibilidade afetiva.

slide16

CÉSAR COLL - ESPANHOL

Plano curricular que satisfaça todos os níveis de funcionamento de uma escola.

  • Professor de Psicologia Evolutiva e da Educação na Faculdade de Psicologia da Universidade de Barcelona. Foi um dos principais coordenadores da reforma educacional espanhola e consultor do MEC na elaboração dos Parâmetros Curriculares Nacionais, aqui no Brasil.
slide17

O QUE ELE DIZ

A preparação de um currículo precisa satisfazer todos os níveis da escola. O que importa é o que o aluno efetivamente aprende, não o conteúdo transmitido pelos professores.

UM ALERTA

O bom funcionamento de um currículo depende não só do professor, mas também dos alunos, pais, funcionários, coordenadores e diretores.

slide18

ANTÔNIO NOVÓA - PORTUGUÊS

Plano curricular que satisfaça todos os níveis de funcionamento de uma escola.

Doutor em Educação e catedrático da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Lisboa.

slide19

O QUE ELE DIZ

O desafio dos profissionais da área escolar é manter-se atualizado sobre as novas metodologias de ensino e desenvolver práticas pedagógicas eficientes.

UM ALERTA

A busca isolada pela atualização é difícil e, por isso, é aconselhável um vínculo com uma instituição. Mas o mais importante é entender que o local de trabalho é o espaço ideal para a formação continuada

slide20

LEV VYGOTSKY - RUSSO

Processos internos e influências externas.

Apesar da vida curta – morreu de tuberculose em 1934, aos 37 anos – o pensador bielo-russo teve uma produção intelectual intensa. Formado em Direito, também fez cursos de Medicina, História e Filosofia. Por motivos políticos, suas obras foram censuradas e chegaram ao Ocidente apenas nos anos 60 – no Brasil, só no início da década de 80.

slide21

O QUE FICOU

O aprendizado é essencial para o desenvolvimento do ser humano e se dá sobretudo pela interação social.

UM ALERTA

A idéia de que quanto maior for o aprendizado maior será o desenvolvimento não justifica o ensino enciclopédico. A pessoa só aprende quando as informações fazem sentido para ela.

slide22

EDGAR MORIN - FRANCÊS

Reformar o pensamento

Nascido em 8 de julho de 1921, graduou-se em Economia Política, História, Geografia e Direito. Publicou, em 1977, o primeiro livro da série O Método, no qual inicia sua explanação sobre a teoria da complexidade. Em 1999, lançou A Cabeça Bem-Feita e OS Sete Saberes Necessários à Educação do Futuro, além de outros três títulos sobre educação.

slide23

O QUE ELE DIZ

Defende a incorporação dos problemas cotidianos ao currículo e a interligação dos saberes. Critica o ensino fundamentado.

UM ALERTA

Sem uma reforma do pensamento, é impossível aplicar suas idéias. O ser humano é reducionista por natureza e, por isso, é preciso esfoçar-se para compreender a complexidade e combater a simplificação.

slide24

FERNANDO HÉRNANDEZ - ESPANHOL

Projetos

Doutor em Psicologia e professor de História da Educação Artística e Psicologia da Arte na Universidade de Barcelona. Tem 50 anos e há 20 se dedica a lutar pela inserção dos projetos didáticos na escola.

slide25

O QUE ELE DIZ

A organização do currículo deve ser feita por projetos de trabalho, com atuação conjunta de alunos e professores. As diferentes fases e atividades que compõem um projeto ajudam os estudantes a desenvolver a consciência sobre o próprio processo de aprendizagem.

UM ALERTA

Todo projeto precisa estar relacionado com os conteúdos, para não perder o foco. Além disso, é fundamental estabelecer limites e metas para a conclusão do trabalho.

slide26

BERNARDO TORO - COLOMBIANO

Cooperação - Contextualização

Vice-presidente de relações públicas da Fundação Social, entidade civil cuja missão é combater a pobreza na Colônia. Dirige há oito anos um programa de educação social e preside a Confederação Colombiana de ONGs.

1) Domínio da leitura e da escrita;

2) Capacidade de fazer cálculos e resolver problemas;

3) Capacidade de analisar, sintetizar e interpretar dados, fatos e situações;

4) Capacidade de compreender e atuar em seu entorno social;

5) Receber criticamente os meios de comunicação;

6) Capacidade de localizar, acessar e usar melhor a informação;

7) Capacidade de planejar, trabalhar e decidir em grupo.

slide27

O QUE ELE DIZ

Criou os códigos da modernidade, que são as 7 competências mínimas para participação produtiva e a inserção social do ser humano no séc. XXI. Para desenvolvê-los o ensino deve ser contextualizado.

UM ALERTA

Contextualizar não significa utilizar qualquer tema da atualidade. Canalize suas energias para assuntos que fazem sentido na vida dos alunos.

slide28

EXERCÍCIO

Vários foram os pensadores que ao longo do tempo tiveram como objeto de estudo a ação do sujeito no pro cesso de aquisição do conhecimento.

Todas estas idéias estão resumidas nos PCN e tem sido preocupação de professores orientadores, diretores, etc... Renovar a escola, no entanto não existe a pretensão de fazer descobertas geniais o que ocorre hoje é uma releitura das idéias já difundidas para apresentá-las de forma prática e objetiva, portanto não deve o professor esperar encontrar nos livros, soluções prontas. Tudo depende da interpretação desta leitura feita pelo professor e apoiada em suas experiências pessoais.

  • Resumindo, conhecer a produção dos grandes pensadores ajuda a aprimorar o trabalho em classe e crescer na profissão, desde que aja disponibilidade interna do profissional.
  • Comente o texto acima relacionando-o a sua vivência diária na educação.
  • 2) Atualmente no Brasil seis nomes ganharam destaque: Edgar Morin, Phillip Perrenoud,. César Coll, Fernando Hernandez, Antônio Nóvoa e Bernardo Toro. Aponte alguns aspectos em que seus pensamentos coincidem.