slide1 l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Empreendedorismo PowerPoint Presentation
Download Presentation
Empreendedorismo

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 20

Empreendedorismo - PowerPoint PPT Presentation


  • 137 Views
  • Uploaded on

Empreendedorismo. É uma livre tradução que se faz d apalavra entrepreneurship. Designa uma área de grande abrangência e trata de outros temas, além da criação de empresa: Geração do auto-emprego (autônomo) Empreendedorismo comunitário (como as comunidades empreendem),

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Empreendedorismo' - Thomas


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

Empreendedorismo

  • É uma livre tradução que se faz d apalavra entrepreneurship.
  • Designa uma área de grande abrangência e trata de outros temas, além da criação de empresa:
  • Geração do auto-emprego (autônomo)
  • Empreendedorismo comunitário (como as comunidades empreendem),
  • Intra-empreendedorismo (o empregado empreendedor)
  • Políticas públicas (políticas governamentais para o setor)
slide2

O segredo de Luísa - Fernando Dolabela – 10ª edição

Uma idéia, uma paixão e um plano de negócios:

Como nasce o empreendedor e se cria uma empresa

A aventura de Luísa na Goiabadas Maria Amália Ltda, é típica do empreendedor emergente: sem recursos para contratar pesquisa de mercado, sem condições de buscar financiamentos nem apoio de um capital de risco – figura ainda quase inexistente no Brasil – e tendo ainda que prover o seu próprio sustento. Luísa conta somente com o love money, o dinheiro dos pais e da família.

Ela mesma faz a sua pesquisa, apesar de ter suas poucas horas livres no dia. Teimosa e persistente, vai atrás, briga e vence.

slide3

Procuramos um instrumento que resolva todos os problemas , esquecendo de investir na formação de ser criativo, capaz de definir a partir do indefinido, de conceber e gerar sistemas, microorganismos sociais e não somente operá-los.

O centro das preocupações é a pessoa e não a técnica,a ferramenta.

Na atividade empreendedora, o conhecimento é

volátil, mutante, nervoso, emocional.

Daí por que ser é mais importante do que o saber, e o empreendedor deve ser alguém preparado para aprender a aprender.

Para alguns a primazia do ser sobre o saber pode soar óbvia, mas para muitos ainda não o é.

Na administração, por exemplo, ainda é uma idéia nova, que supõe rebeldia para lutar contra as correntes do século que ainda buscam a verdade numa única maneira de fazer as coisas, em um método ou modelo ideal de gerenciamento.

Aceitamos as panacéias que chegam de tempos em tempos com um novo nome. Mas que não passam de conceitos antigos.

slide4

Introdução

Uma idéia na cabeça e você deseja transformar isso em um negócio !

O pré-requisito é o desejo de abrir uma empresa.

Existem 2 processos básicos para a criação de uma empresa:

1)A formação de uma idéia

2) Caminho para a sua validação através do Plano de Negócios

Uns colheram insucessos fatais por causa de erros elementares que poderiam ser evitados. Sem dúvida, grande número de negócios de alto potencial torna-se inviável em virtude do despreparo dos empreendedores.

Aprender técnicas para diminuir a alta taxa de

mortalidade infantil dessas iniciativas.

SEBRAE diz 50 % de todos os novos empreendimentos

duram menos que um ano.

Entre os que superam os 12 meses, apenas 20%

conseguem atingir o 5º ano de existência.

slide5

O Empreendedorismo é um fenômeno cultural, ou seja, empreendedores nascem por influência do meio em que vivem. Pesquisas mostram que os empreendedores têm sempre um modelo, alguém que os influencia.

A razão é que, nas pesquisas, se verificou que os empresários de sucesso são influenciados por empreendedores do seu círculo de relações (família, amigos) ou por líderes ou figuras importantes, tomados por “modelos”.

Tal admiração nos remete ainda a algumas perguntas, as mesmas que os grandes pesquisadores fazem:

  • Como alguém se torna empreendedor ?
  • O empreendedor nasce pronto ?
  • Ou seja, é fruto de herança genética ?
  • É possível ensinar alguém a ser empreendedor ?
slide6

O Empreendedorismo não é ainda uma ciência, embora seja uma das áreas onde mais se pesquisa e se publica. Isso quer dizer que ainda não existem paradigmas, padrões que possam, por exemplo, nos garantir que, a partir de certas circunstâncias, haverá um empreendedor de sucesso. Mas muita coisa pode ser dita sobre o EMPREENDEDOR !

Na verdade, aprende a ser empreendedor pela convivência com outros empreendedores, em um clima em que ser dono do próprio negócio é considerado algo muito positivo. Pesquisas indicam que as famílias de empreendedores têm maior chance de gerar novos empreendedores e que os que são de sucesso quase sempre têm um modelo, alguém a quem admiram e imitam.

Ele é capaz de assimilar experiências de terceiros, aplicar padrões conhecidos em conceitos novos.

Um dos pontos básicos de ensino do empreendedorismo é fazer com que o aluno busque relações que deêm suporte ao seu negócio.

Assim, a convivência é muito importante nessa área.

Há um ditado no campo que diz:

“Dize-me com quem andas e

eu te direi quem queres ser”.

slide7

Mas o que é um empreendedor ? Como definí-lo ?

Acredita-se que o empreendedor seja o “motor da economia”, um agente de mudança.

Filion diz que o empreendedor é uma pessoa que imagina, desenvolve e realiza visões”.

Mas o que se sabe hoje, através das pesquisas em todo o mundo, sobre o perfil do empreendedor ?

  • O empreendedor é um ser social, produto do meio em que vive (época e lugar). Se uma pessoa vive em um ambiente em que ser empreendedor é visto como algo positivo, então terá motivação para criar o seu próprio negócio.
  • É um fenômeno regional, ou seja, existem cidades, regiões, países mais – ou menos – empreendedores do que outros. O perfil do empreendedor (fatores do comportamento e atitudes que contribuem para o sucesso0 pode variar de um lugar para o outro.
slide8

PERFIL DO EMPREENDEDOR DE SUCESSO

“Quais são as características dos empreendedores de sucesso?

Eles têm algo que diferencia dos outros?” Hoje há muita concordância entre os cientistas sobre as características destes empreendedores: traços da personalidade, atitudes e comportamentos que contribuem para alcançar o êxito dos negócios.

Porque a preocupação em identificar o perfil desse empreendedor ?

Para que possamos aprender a agir; adotando comportamentos e atitudes adequadas.

É importante termos consciência que não se pode estabelecer uma relação absoluta de causa e efeito.

O que se pode dizer é que se apresenta as características e aptidões mais comumente encontradas, mais chance terá de ser bem-sucedida.

Este ramo do conhecimento está ainda em uma fase pré-paradigmática, já que não existem padrões definitivos, princípios gerais ou fundamentos que possam assegurar de maneira cabal o conhecimento na área.

slide9

No estágio atual do conhecimento sobre Empreendedorismo...

Sabe-se como ajudar os empreendedores em potencial e os empreendedores de fato a identificar as características que devem ser aperfeiçoadas para obterem sucesso.

O que ainda não se pode fazer no estágio atual de conhecimento na área de Empreendedorismo...

  • Determinar com certeza se uma pessoa vai ou não ser bem-sucedida como empreendedora,
  • Garantir que as pessoas dotadas das características essenciais ao empreendedor terão sucesso.
slide10

Características do empreendedor

Conjunto de realização

Busca de oportunidades e iniciativa- Faz as coisas antes de solicitado ou antes de forçado pelas circunstâncias.- Age para expandir o negócio a novas áreas, produtos ou serviços.- Aproveita oportunidades fora do comum para começar um negócio, obter financiamentos, equipamentos, terrenos, local de trabalho ou assistência.

Corre riscos calculados- Avalia alternativas e calcula riscos deliberadamente.- Age para reduzir os riscos ou controlar os resultados.- Coloca-se em situações que implicam desafios ou riscos moderados.

Exige qualidade e eficiência- Encontra maneiras de fazer as coisas melhor, mais rápido, ou mais barato.- Age de maneira a fazer coisas que satisfazem ou excedem padrões de excelência.- Desenvolve ou utiliza procedimentos para assegurar que o trabalho seja terminado a tempo ou que o trabalho atenda a padrões de qualidade previamente combinados.

slide11

Características do empreendedor

Conjunto de realização

Persistência- Age diante de um obstáculo significativo.- Age repetidamente ou muda de estratégia a fim de enfrentar um desafio ou superar um obstáculo.- Assume responsabilidade pessoal pelo desempenho necessário para atingir metas e objetivos.Comprometimento- Faz um sacrifício pessoal ou despende um esforço extraordinário para completar uma tarefa.- Colabora com os empregados ou se coloca no lugar deles, se necessário, para terminar um trabalho.- Se esmera em manter os clientes satisfeitos e coloca em primeiro lugar a boa vontade a longo prazo, acima do lucro a curto prazo.

slide12

Características do empreendedor

Conjunto de planejamento

Busca de informações- Dedica-se pessoalmente a obter informações de clientes, fornecedores ou concorrentes.- Investiga pessoalmente como fabricar um produto ou fornecer um serviço.- Consulta especialistas para obter assessoria técnica ou comercial.Estabelecimento de metas- Estabelece metas e objetivos que são desafiantes e que têm significado pessoal.- Define metas de longo prazo, claras e específicas.- Estabelece objetivos de curto prazo, mensuráveis.Planejamento e monitoramento sistemático- Planeja dividindo tarefas de grande porte em subtarefas com prazos definidos.- Constantemente revisa seus planos levando em conta os resultados obtidos e mudanças circunstanciais.- Mantém registros financeiros e utiliza-os para tomar decisões.

slide13

Conjunto de poder

Persuasão e rede de contatos- Utiliza estratégias deliberadas para influenciar ou persuadir os outros.- Utiliza pessoas-chave como agentes para atingir seus próprios objetivos.- Age para desenvolver e manter relações comerciais.Independência e autoconfiança- Busca autonomia em relação a normas e controles de terceiros.- Mantém seu ponto de vista, mesmo diante da oposição ou de resultados inicialmente desanimadores.- Expressa confiança na sua própria capacidade de completar uma tarefa difícil ou de enfrentar um desafio.

slide14

A formação da visão

A teoria visionária de L. J. Filion (1991) nos ajuda a entender como forma uma idéia de produto e quais as condições para que ela surja.

Ela diz que as pessoas motivadas a abrir uma empresa vão criando, no decorrer do tempo, baseadas na sua experiência , idéias de produto . Tais idéias,a princípio, emergem em estado bruto e refletem ainda um sonho, uma vontade não muito definida. Ou seja, ainda não sofreram um processo de validação, podem ainda não ser um produto.

O futuro empreendedor, para aprofundar-se em uma idéia (ou idéias) emergente, procura pessoas com quem possa obter informações para aprimorá-la, testá-la, verificar se é um bom negócio. Procura também ler um assunto, participar de feiras e eventos. Ao obter tais informações , a pessoa vai alterando a sua idéia inicial, agregando novas características, mudando alguma coisa, descobrindo ou inventando novos processos de produção, distribuição ou vendas. E, ao modificar o produto, vai atrás de novas pessoas, livros, revistas, feiras, etc. É um processo contínuo de conquistas de novas relações. E esse processo é circular na medida em que tais relações irão contribuir para melhorar o produto, alterando-o ... E assim por diante.

slide15

A formação da visão

Para Filion, essas idéias são idéias iniciais são visões emergentes.

Prosseguindo em sua busca, vai chegar um dia em que o empreendedor sente que encontrou a forma final do produto e já sabe para quem vai vendê-lo. Nesse momento, ele acaba de dar corpo à visão central, ou seja, tem um produto bem definido e sabe qual é o mercado para ele.

Esse é o processo de formação da visão.

Visões emergentes levam a novas relações(nos níveis secundário e terciário), que, por sua vez, contribuem para aprimorar a visão emergente inicial (o produto).

Novas relações são estabelecidas em razão do novo produto, e assim por diante, até que seja atingida a visão central, que pode ser fruto de uma ou de várias visões emergentes.

Para desenvolver o processo de formação da visão, o empreendedor tem que se apoiar em alguns elementos. O principal deles são as chamadas Relações, já descritas. Mas ele tem que trabalhar intensamente, sempre voltado para os resultados.

O alvo não é o trabalho em si, mas o resultado que dele advém.

Filion chama isso de ENERGIA.

slide16

A formação da visão

Deve o empreendedor ser uma pessoa com autonomia, autoconfiança. Tem que acreditar que pode mudar as coisas, que é capaz de convencer as pessoas de que pode conduzi-las para algum ponto no futuro. Filion chama isso de CONCEITO DE SI.

Deve ainda possuir a capacidade para convencer as pessoas de que sua idéia é ótima e de que todos vão beneficiar-se dela. Enfim, deve saber persuadir terceiros a o ajudarem a realizar o seu sonho.

É o que Filion chama de LIDERANÇA.

E, é lógico, é exigido de tal pessoa conhecimento do setor em que vai atuar.

Por fim, Filion se refere à VISÃO COMPLEMENTAR, que trata da gerência da empresa, da organização e controle das diversas atividades administrativas, financeiras, de pessoal, etc.

Através da visão complementar é que se criará a estrutura para que o produto seja vendido aos clientes, da forma mais eficaz possível, gerando os resultados esperados (viabilidade, consolidação, crescimento, altos lucros).

slide17

Refletindo sobre "ser empresário"

O empreendedor tem como característica básica o espírito criativo e pesquisador. Ele está constantemente buscando novos caminhos e novas soluções, sempre tendo em vista as necessidades das pessoas.A essência do empresário de sucesso é a busca de novos negócios e oportunidades e a preocupação sempre presente com a melhoria do produto. Enquanto a maior parte das pessoas tende a enxergar apenas dificuldades e insucessos, o empreendedor deve ser otimista e buscar o sucesso, apesar das dificuldades.

É muito importante que você promova uma auto-avaliação para medir suas chances de sucesso no mundo empresarial. Teste aqui seu perfil empreendedor.

slide18

O que torna uma pessoa apta a ser um empreendedor de sucesso são suas características pessoais. A qualidade do que faz começa em você mesmo. Sendo assim, antes de qualquer decisão sobre em que empreender, é essencial responder, com total sinceridade a algumas questões importantes, como as que se seguem:O capital que possuo é suficiente para abrir o negócio e ainda permite que eu me mantenha até que a empresa comece a render seus frutos?Tenho estabilidade emocional para correr todos os riscos inerentes ao mundo dos negócios?Estou disposto a trabalhar mais de oito horas por dia e em todos os dias da semana, se necessário? Como tenho lidado até hoje com os obstáculos que a vida oferece? Com paciência e determinação? Conheço bem todas as minhas limitações?Sou suficientemente meticuloso e bem disciplinado para cumprir regras e métodos de trabalho?

Cabe aqui mais uma infinidade de outras perguntas que o ajudariam a avaliar o seu perfil empreendedor. Não pare por aqui. Reflita muito. Iniciado o vôo no mundo dos negócios, qualquer parada significa queda. Por isso, seu destino e seus objetivos têm que estar bem claros.

slide19

- Fatores que levarão minha empresa

futura a ter sucessoAo contrário do que muitas pessoas acreditam, o sucesso dos negócios depende de muitos outros fatores, diferentes de uma boa idéia, de sorte, de capital ou de uma ajuda de um conhecido influente.- Identificando uma oportunidade de negócio

A seleção de uma oportunidade de negócios é uma tarefa importante que merece bastante tempo de análise, reflexão e de discussão.