Download
fisiologia do sistema end crino n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Fisiologia do Sistema Endócrino PowerPoint Presentation
Download Presentation
Fisiologia do Sistema Endócrino

Fisiologia do Sistema Endócrino

1032 Views Download Presentation
Download Presentation

Fisiologia do Sistema Endócrino

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Fisiologia do Sistema Endócrino Profa. Dra. Cristina Maria Henrique Pinto Profa. Associada do Depto. Ciências Fisiológicas-CCB-UFSC Como citar este documento: PINTO, Cristina Maria Henrique. Fisiologia do Sistema Digestório e aplicações clínicas. Disponível em: <http://www.cristina.prof.ufsc.br>. Acesso em: (coloque a data aqui)

  2. Fisiologia do Sistema Endócrino Esta é uma apresentação dos prinicipais slides utilizados em minhas aulas teóricas para a graduação em Medicina (3ª fase). Bons estudos!

  3. Fisiologia do Sistema Endócrino (*) Bibliografia básica recomendada Livros-textos: “Berne & Levy: Fisiologia” Koeppen & Stanton, 2009, 6ª Ed. (Ed. Elsevier) “Fisiologia” Berne, Levy, Koeppen & Stanton, 2005, 5ª Ed. (Ed. Elsevier) “Tratado de Fisiologia Médica” Guyton & Hall, 2006, 11ª Ed. (Ed. Elsevier) “Fisiologia” Aires, M. M. 2008, 3ª Ed. (Ed. Guanabara Koogan) “Fisiologia” Costanzo, 2007, 3ª Ed. (Ed. Elsevier) “Berne & Levy: Fundamentos de Fisiologia”, Levy et al, 2006, 4ª Ed. (Ed. Elsevier) “Fundamentos de Fisiologia Médica” Johnson, 2003 (Ed. Guanabara Koogan)

  4. Fisiologia do Sistema Endócrino (*) Função reprodutora masculina Função reprodutora feminina: - Foliculogênese - Regulação do ciclo menstrual Diferenciação sexual Puberdade Lactação Hormônio do Crescimento Hormônios da Tireóide (*) Parte integrante da Disciplina MED-7004 Saúde da Mulher I – 3ª fase Profa. Dra. Cristina Maria Henrique Pinto Profa. Associada do Depto. Ciências Fisiológicas-CCB-UFSC

  5. Fisiologia do Sistema Endócrino (*) Função reprodutora masculina Função reprodutora feminina: - Foliculogênese - Regulação do ciclo menstrual Diferenciação sexual Puberdade Lactação Hormônio do Crescimento Hormônios da Tireóide (*) Parte integrante da Disciplina MED-7004 Saúde da Mulher I – 3ª fase Profa. Dra. Cristina Maria Henrique Pinto Profa. Associada do Depto. Ciências Fisiológicas-CCB-UFSC

  6. EIXO HIPOTÁLAMO-HIPOFISÁRIO CICLO OVARIANO CICLO HORMONAL caso não ocorra a fecundação... CICLO MENSTRUAL preparo para possíveis: FECUNDAÇÃO, IMPLANTAÇÃO, GRAVIDEZ E LACTAÇÃO http://www.soc.ucsb.edu/sexinfo/?article=2PF8

  7. FASE LÚTEA FASE FOLICULAR Interações dos hormônios ovarianos, hipotalâmicos e adenohipofisários durante o ciclo ovariano http://sprojects.mmi.mcgill.ca/menstrualcycle/hypothalamicpituitaryaxis.html

  8. padrões de secreção dos hormônios esteróides ovarianos e dos h. gonadotróficos http://microanatomy.net/Reviews/Female%20reproductive%20review.pdf

  9. FASE LÚTEA FASE FOLICULAR http://sprojects.mmi.mcgill.ca/menstrualcycle/hypothalamicpituitaryaxis.html

  10. FASE FOLICULAR 1 • luteólise •  •  retroalimentação negativa •  • GnRH  FSH •   expressão da aromatase folicular •   estradiol •  •  expressão folicular de receptores p/ FSH e LH http://sprojects.mmi.mcgill.ca/menstrualcycle/hypothalamicpituitaryaxis.html

  11. FASE FOLICULAR 2 • luteólise •  •  retroalimentação negativa •  • GnRH  FSH •   expressão da aromatase folicular •   estradiol •  •  expressão folicular de receptores p/ FSH e LH  FSH    estradiol (±6-7 dias do ciclo) (fase folicular inicial) http://sprojects.mmi.mcgill.ca/menstrualcycle/hypothalamicpituitaryaxis.html

  12. http://microanatomy.net/Reviews/Female%20reproductive%20review.pdfhttp://microanatomy.net/Reviews/Female%20reproductive%20review.pdf

  13. FASE FOLICULAR 2 • luteólise •  •  retroalimentação negativa •  • GnRH  FSH •   expressão da aromatase folicular •   estradiol •  •  expressão folicular de receptores p/ FSH e LH  FSH    estradiol (±6-7 dias do ciclo) (fase folicular inicial) http://sprojects.mmi.mcgill.ca/menstrualcycle/hypothalamicpituitaryaxis.html

  14. FASE FOLICULAR 3  FSH    estrógenos (fase folicular inicial) Inibina B FSH eLH (±11 dias do ciclo) (fase folicular tardia)  http://sprojects.mmi.mcgill.ca/menstrualcycle/hypothalamicpituitaryaxis.html

  15. http://microanatomy.net/Reviews/Female%20reproductive%20review.pdfhttp://microanatomy.net/Reviews/Female%20reproductive%20review.pdf

  16. FASE FOLICULAR 3  FSH    estrógenos (fase folicular inicial) Inibina B FSH eLH (±11 dias do ciclo) (fase folicular tardia)  Ao mesmo tempo, acredita-se que este aumento gradual de estradiol(por, no mínimo, 36 horas) exerce um efeito positivo, tanto no Hipotálamo quanto na hipófise, estimulando a síntese de GnRH, LH e FSH, importante para o futuro pico de secreção do GnRH, LH e, em menor proporção, do FSH (fase de “estoque”). http://sprojects.mmi.mcgill.ca/menstrualcycle/hypothalamicpituitaryaxis.html

  17. FASE FOLICULAR A dois dias da ovulação, ocorre:  estrógenos  Progesterona (amplifica o pico induzido pelos E2)  receptores paraLH (folículo dominante) após algumas horas: GnRH LH FSH (amadurecimento folicular) Em mulheres, é importante a pré-exposição do Hipotálamo e gonadotrófos ao E2para a indução do aumento de receptores para a PG http://sprojects.mmi.mcgill.ca/menstrualcycle/hypothalamicpituitaryaxis.html

  18. http://microanatomy.net/Reviews/Female%20reproductive%20review.pdfhttp://microanatomy.net/Reviews/Female%20reproductive%20review.pdf

  19. FASE FOLICULAR A dois dias da ovulação, ocorre:  estrógenos  Progesterona (amplifica o pico induzido pelos E2)  receptores paraLH (folículo dominante) após algumas horas: GnRH LH FSH (amadurecimento folicular)  rompimento folicular  ovulação http://sprojects.mmi.mcgill.ca/menstrualcycle/hypothalamicpituitaryaxis.html

  20. The onset of LH surge usually precedes ovulation by 36 hours. The peak, on the other hand preceded ovulation by 10-12 hours. http://www.endotext.org/female/female3/femaleframe3.htm

  21. http://microanatomy.net/Reviews/Female%20reproductive%20review.pdfhttp://microanatomy.net/Reviews/Female%20reproductive%20review.pdf

  22. http://microanatomy.net/Reviews/Female%20reproductive%20review.pdfhttp://microanatomy.net/Reviews/Female%20reproductive%20review.pdf

  23. FASE LÚTEA FASE FOLICULAR Após a ovulação  luteinização das céls. foliculares remanescentes por  receptores paraLH     Progesterona  estrógenos (até ± 6 dias após ovulação) (corpo lúteo) http://sprojects.mmi.mcgill.ca/menstrualcycle/hypothalamicpituitaryaxis.html

  24. FASE LÚTEA FASE FOLICULAR    Progesterona  estrógenos  Inibina A  GnRH LH  FSH http://sprojects.mmi.mcgill.ca/menstrualcycle/hypothalamicpituitaryaxis.html

  25. FASE LÚTEA FASE FOLICULAR LH atresia do corpo lúteo (corpo albicans)  Progesterona  estrógenos  Inibina A http://sprojects.mmi.mcgill.ca/menstrualcycle/hypothalamicpituitaryaxis.html

  26. http://microanatomy.net/Reviews/Female%20reproductive%20review.pdfhttp://microanatomy.net/Reviews/Female%20reproductive%20review.pdf

  27. FASE LÚTEA FASE FOLICULAR A diminuição de progesterona e de estrógenos ao final da fase lútea remove a retroalimentação negativa no Hipotálamo e na hipófise. Consequentemente, a secreção de FSH deixa de ser inibida e começa a aumentar novamente, dando inicio ao próximo ciclo menstrual. http://sprojects.mmi.mcgill.ca/menstrualcycle/hypothalamicpituitaryaxis.html

  28. FASE LÚTEA FASE FOLICULAR Progesterona e  estrógenos  menstruação Também ocorre a retirada da retroalimentação negativa sobre o Hipotálamo e hipófise e, consequentemente, a secreção de FSHdeixa de ser inibida e começa a aumentar novamente, dando início ao próximo ciclo menstrual. http://sprojects.mmi.mcgill.ca/menstrualcycle/hypothalamicpituitaryaxis.html

  29. MAS COMO OCORREM ESSES PADRÕES DE SECREÇÕES DE GnRH, LH e de FSH? http://mcb.berkeley.edu/courses/mcb135e/ (veja “Guest Lectures”)

  30. Estradiol e Progesterona modulam a secreção de GnRH, LH e FSH acionando diferentesmecanismos e em diferentesmomentosno SNC, ora para reprimir, ora para estimular a atividade dos nn. secretores de GnRH. (Antunes etal., 2005)

  31. Influências propostas na regulação da secreção de GnRH Herbison, 1998

  32. http://microanatomy.net/Reviews/Female%20reproductive%20review.pdfhttp://microanatomy.net/Reviews/Female%20reproductive%20review.pdf

  33. A síntese das gonadotrofinas depende da freqüência e da amplitude da secreção de GnRH Figure 16–4. Regulation of luteinizing hormone–releasing hormone (LHRH), LH, and follicle-stimulating hormone (FSH) secretion. Locally synthesized and systemic hormones regulate the pulsatile secretion of LHRH from the hypothalamus into the portal circulation. In turn, LHRH together with a number of steroid and peptide hormones regulate the synthesis of and gonadotropin subunits and the formation and secretion of FSH and LH. CRH, corticotropin-releasing hormone; E2, estradiol; P4, progesterone. pg 589 Willians, 2003

  34. A secreção das gonadotrofinas depende da freqüência e da amplitude da secreção de GnRH Figure 16–3. Effect of pulsatile or continuous administration of luteinizing hormone–releasing hormone (LHRH) to ovariectomized monkeys rendered them LHRH-deficient by placement of a lesion in the hypothalamus. Release of LH and follicle-stimulating hormone (FSH) was restored by hourly LHRH infusion,inhibited during a continuous infusion,and again restored after reinstitution of pulsatile LHRH administration. pg 589 Willians, 2003

  35. A secreção das gonadotrofinas depende da freqüência e da amplitude da secreção de GnRH Alta frequência de secreção de GnRH favorece a secreção e síntese de LH Willians, 2003

  36. A secreção das gonadotrofinas depende da freqüência e da amplitude da secreção de GnRH Baixa frequência de secreção de GnRH favorece a secreção e síntese de FSH Willians, 2003

  37. Influências propostas para a regulação da secreção de GnRH pelos esteróides ovarianos E e PG 2: modulação transsináptica, influenciando outros núcleos intra e extra-hipotalâmicos E e PG 1: efeito direto, não-genômico, de ação rápida GnRH EePG 3: alteração das relações entre nn. GnRHérgicos-células gliais Potential modes and pathways of estrogen influence upon GnRH neurons. These include 1) direct nongenomic actions, 2) transsynaptic modulation, and 3) alterations in glial cell-GnRH relationships. Cells likely to express nuclear ERs are indicated by black nuclei.Herbison, 1998

  38. Influências propostas para a regulação da secreção de GnRH pelos esteróides ovarianos na RATA Glutamato + + GnRH Estradiol e/ouPG Neuronal cell populations within the GnRH network implicated in transmitting estrogen input to GnRH neurons in the rat. This may be direct or indirect on the GnRH neuron and involve cell body or terminal levels of regulation. Note that the neurochemical identity of estrogen-receptive neurons within the GnRH network is not fully established. Neurons with black nuclei express nuclear ERs. An estrogen-receptive neuronal population in the AVPv is hypothesized to project to, and coordinate, neuronal activity within the arcuate nucleus. AVPv/preoptic = núcleo pré-óptico medial de ratoHerbison, 1998

  39. GRUPO DE NEURÔNIOS HIPOTALÂMICOS SECRETORES DE KISSPEPTINA: REGULADORES DA SECREÇÃO DE GnRH EM RATA http://arjournals.annualreviews.org/doi/full/10.1146/annurev.physiol.70.113006.100540

  40. “Neuroendocrine control of pituitary and gonadal function.” Veja legenda no próximo slide… Matzuk & Lamb, 2008 Nature Medicine http://www.nature.com/nm/journal/v14/n11/fig_tab/nm.f.1895_F3.html Caso interesse, solicite uma cópia do artigo original à Profa. Cristina

  41. “Neuroendocrine control of pituitary and gonadal function.” legenda do slide anterior a respeito do papel dos neurônios secretores de Kisspeptina na regulação do eixo hipotálamo-hipofisário-gonadal The hypothalamus, which has a number of nuclei and pathways that affect reproductive behavior, secretes a key decapeptide, GnRH, that binds to its receptor, GnRHR, on the gonadotropes and is involved in induction of sexual maturity through its regulation of the synthesis and secretion of the pituitary gonadotropins FSH and LH. Kisspeptin (KISS1), secreted from neurons whose cell bodies are located in the anteroventral periventricular (AVPV) and arcuate (ARC) nuclei of the hypothalamus, signals through its receptor (KISSR1) to regulate pulsatile secretion of GnRH from additional hypothalamic neurons and thus affects the pathway at a higher level. FSH and LH have key roles on the gonads in both sexes, being involved in folliculogenesis, ovulation and steroidogenesis in females while functioning in gonadal growth, steroidogenesis and spermatogenesis in males. During pregnancy, human chorionic gonadotropin (hCG) production from the early placenta takes over the role of LH, stimulating the ovarian corpus luteum to produce progesterone, which, in turn, stimulates the uterus and maintains pregnancy. Equally important are a number of peptide (for example, inhibin (INH)) and steroidogenic (that is, estradiol and testosterone) feedback systems from the gonads to the pituitary and hypothalamus. Multiple mutations in this axis have been identified in humans and mice (Supplementary Tables 1 and 2). Matzuk & Lamb, 2008 Nature Medicine http://www.nature.com/nm/journal/v14/n11/fig_tab/nm.f.1895_F3.html Caso interesse, solicite uma cópia do artigo original à Profa. Cristina

  42. Veja a seguir, três interpretações dos principais fenômenos endócrinos envolvidos na regulação do ciclo ovariano e, por conseqüência, do ciclo menstrual em humano.

  43. Ciclos hormonais e retroalimentação no SNC Leia atentamente um bom texto sobre a regulação das funções ovarianas pelo eixo hipotálamo-hipofisário e interprete esta figura seguindo a numeração... altos níveis de estrógenos Aumento gradativo dos níveis de estrógenos e de Inibina B LH e FSH Picos de LH e FSH Folículos em crescimento http://mcb.berkeley.edu/courses/mcb135e/ (veja “Guest Lectures”)

  44. Ciclos hormonais e retroalimentação no SNC Obtenha aqui o capítulo original, em pdf, autorizado pela Editora; leia o texto e interprete as figuras a seguir. Figure 17.7 Negative and positive feedback between sex hormones and gonadotropins during the menstrual cycle. The cycle can be summarized in six stages, as described in the text (veja a seguir) Extraído de : Sex and the BrainBear et al., 2007, Neuroscience: Exploring the Brain, 3/ed. chap. 17 Lippincott Williams & Wilkins Publishers.

  45. Extraído de : Sex and the BrainBear et al., 2007, Neuroscience: Exploring the Brain, 3/ed. chap. 17 Lippincott Williams & Wilkins Publishers.

  46. Extraído de : Sex and the BrainBear et al., 2007, Neuroscience: Exploring the Brain, 3/ed. chap. 17 Lippincott Williams & Wilkins Publishers.

  47. Extraído de : Sex and the BrainBear et al., 2007, Neuroscience: Exploring the Brain, 3/ed. chap. 17 Lippincott Williams & Wilkins Publishers.

  48. Ciclos hormonais e retroalimentação no SNC Leia atentamente um bom texto sobre a regulação das funções ovarianas pelo eixo hipotálamo-hipofisário e interprete esta figura seguindo a numeração...

  49. Veja animações on-line da OHIOLINK sobre: http://dmc.ohiolink.edu/cgi/i/image/image-idx?rgn1=ic_all;q1=ovary;size=50;c=uccom;back=back1271861453;subview=detail;resnum=3;view=entry;lastview=reslist;cc=uccom;entryid=x-4-1-1creditfunctionsoftheovary;viewid=4-1-1CREDITFUNCTIONSOFTHEOVARY.SWF http://dmc.ohiolink.edu/cgi/i/image/getimage-idx?viewid=4-1-3CREDITFINALFOLLICLE.SWF;cc=uccom;entryid=x-4-1-3creditfinalfollicle;view=image http://dmc.ohiolink.edu/cgi/i/image/getimage-idx?viewid=4-1-4CREDITHORMONECHANGES.SWF;cc=uccom;entryid=x-4-1-4credithormonechanges;view=image http://dmc.ohiolink.edu/cgi/i/image/getimage-idx?viewid=4-3-2CREDITMENSTRUALCYCLE.SWF;cc=uccom;entryid=x-4-3-2creditmenstrualcycle;view=image

  50. Fisiologia do Sistema Endócrino (*) Função reprodutora masculina Função reprodutora feminina: - Foliculogênese - Regulação do ciclo menstrual Diferenciação sexual Puberdade Hormônio do Crescimento Hormônios da Tireóide Veja sobre os demais assuntos aqui (*) Parte integrante da Disciplina MED-7004 Saúde da Mulher I – 3ª fase Profa. Dra. Cristina Maria Henrique Pinto Profa. Associada do Depto. Ciências Fisiológicas-CCB-UFSC Como citar este documento: PINTO, Cristina Maria Henrique. Fisiologia do Sistema Digestório e aplicações clínicas. Disponível em: <http://www.cristina.prof.ufsc.br>. Acesso em: (coloque a data aqui)