matriz de compet ncias e habilidades do ensino m dio l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
MATRIZ DE COMPETÊNCIAS E HABILIDADES DO ENSINO MÉDIO PowerPoint Presentation
Download Presentation
MATRIZ DE COMPETÊNCIAS E HABILIDADES DO ENSINO MÉDIO

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 26

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS E HABILIDADES DO ENSINO MÉDIO - PowerPoint PPT Presentation


  • 288 Views
  • Uploaded on

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS E HABILIDADES DO ENSINO MÉDIO. EIXOS COGNITIVOS I- Dominar a norma culta da Língua Portuguesa e fazer uso das linguagens matemática, artística e científica.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'MATRIZ DE COMPETÊNCIAS E HABILIDADES DO ENSINO MÉDIO' - Lucy


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
matriz de compet ncias e habilidades do ensino m dio

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS E HABILIDADES DO ENSINO MÉDIO

EIXOS COGNITIVOS

I- Dominar a norma culta da Língua Portuguesa e fazer uso das linguagens matemática, artística e científica.

II- Construir e aplicar conceitos das várias áreas do conhecimento para a compreensão de fenômenos naturais, de processos histórico-geográficos, da produção tecnológica e das manifestações artísticas.

III- Selecionar, organizar, relacionar, interpretar dados e informações representadas de diferentes formas, para tomar decisões e enfrentar situações-problema.

IV- Relacionar informações, representadas em diferentes formas, e conhecimentos disponíveis em situações concretas, para construir argumentação consistente.

V- Recorrer aos conhecimentos desenvolvidos para elaboração de propostas de intervenção solidária na realidade, respeitando os valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.

matriz de refer ncia de ci ncias humanas e suas tecnologias
MATRIZ DE REFERÊNCIA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS

Competência de área 1 - Compreender os elementos culturais que constituem as identidades.

H1 - Interpretar historicamente e/ou geograficamente fontes documentais acerca de aspectos da cultura.

H2 - Analisar a produção da memória pelas sociedades humanas.

H3 - Associar as manifestações culturais do presente aos seus processos históricos.

H4 - Comparar pontos de vista expressos em diferentes fontes sobre determinado aspecto da cultura.

H5 - Identificar as manifestações ou representações da diversidade do patrimônio cultural e artístico em diferentes sociedades.

slide5

H1

LEIA O TEXTO E ANALISE AS AFIRMAÇÕES A SEGUIR.

“O estudo do passado não pode ser feito diretamente, mas de forma mediada através dos vestígios da atividade humana, a que é dado o nome genérico de fontes históricas. Embora com sutis diferenças no seu significado, também se utilizam termos como documentos, testemunhos, vestígios ou monumentos. As fontes podem ser classificadas segundo vários pontos de vista, mas vamos aqui relacionar apenas as fontes materiais, as escritas, as iconográficas e as orais”.

slide6

I - As fontes materiais ou documentos figurados constituem os vestígios materiais da atividade humana e que incluem as fontes arqueológicas em geral, os instrumentos de trabalho, os monumentos, as moedas, entre muitas outras.

II - As fontes escritas são geralmente as de utilização mais geral e distinguem-se entre si pelo suporte e técnica utilizados na escrita.

III - As fontes iconográficas são as que representam imagens (ex: uma gravura, uma fotografia, um filme).

IV - As fontes orais incluem toda a informação e tradição que é conservada na memória dos indivíduos e transmitida oralmente de uns para outros.

slide7

ASSINALAR A ALTERNATIVA QUE APONTA

CORRETAMENTE AS AFIRMAÇÕES VERDADEIRAS:

A) APENAS A I É VERDADEIRA;

B) APENAS A II É VERDADEIRA;

C) APENAS A III É VERDADEIRA;

D) APENAS A IV É VERDADERIA;

E) TODAS SÃO VERDADERIAS.

h2 analisar a produ o da mem ria e do espa o geogr fico pelas sociedades humanas
H2 - Analisar a produção da memória e do espaço geográfico pelas sociedades humanas.
slide9

H2

Leia o texto a seguir e responda às questões

“Minha mãe me escondia, pois também temia que os brancos me levassem com eles. (...) Todos os bens dos brancos me assustavam, também: tinha medo de seus motores, de suas lâmpadas elétricas, de seus sapatos, de seus óculos e de seus relógios. Tinha medo da fumaça de seus cigarros, do cheiro de sua gasolina. (...) Mas, quando seus aviões nos sobrevoavam, eu não era o único a ficar assustado, os adultos também tinham medo.”

(Davi KopenawaYanomami. Descobrindo os brancos. In: NOVAES, Adauto (org.). A outra margem do ocidente. São Paulo: Companhia das Letras, 1999. p. 17.)

slide11

 Essa narrativa de Davi, um Yanomami nascido em 1956, no estado do Amazonas, descreve o medo da dizimação de seu povo. Sobre o tema, é correto afirmar:

a) As reações do narrador e do seu povo são raras na história do encontro entre brancos e indígenas.

b) A chegada do branco foi gradual e evitou alterações profundas no cotidiano indígena.

c) O contato com a tecnologia assegurou a preservação dos povos indígenas.

d) A presença dos brancos, registrada por Davi, foi ignorada pelos Yanomamis.

e) As sucessivas ocupações das terras indígenas geraram violência e impactos ambientais.

slide13

H3

Leia as letras das músicas a seguir.

Música A

Quem não conhece / o anoitecer lá na róça / da porta duma paióça / vendo a mata escurecê / a lua cheia / vem lá por tráis do cerrado / espiando os namorado / procurando se escondê.

Quem não escuita / o galo do terreiro / Ele canta no puleiro / vendo o dia clariá / os camarada / põem a cana na moenda / o carreiro da fazenda / sai pra roça carriá.

Quem não conhece / uma cabocla bonita / com seu vestido de chita / uma noite de São João / quem não conhece / um regato soluçando / um munjolo que maiando / no peito da solidão.

(Música “Meu Sertão”, de Tinoco, Zé Lopes e Nhô Crispim.)

Música B

Em vez de você ficar pensando nele / em vez de você viver chorando por ele / pense em mim / chore por mim / liga pra mim / não, não liga pra ele / pra ele, não chore por ele.

Se lembre que eu há muito tempo te amo / te amo, te amo / e quero fazer você feliz / vamos pegar o primeiro avião / com destino à felicidade / a felicidade pra mim é você.

(Música “Pense em mim”, de Douglas Maio, José Ribeiro e Mário Soares.)

slide14

Com base no texto e na comparação das músicas, assinale a alternativa que apresenta as transformações ocorridas na chamada “música de raiz”, a partir da sua apropriação pela indústria cultural:

a) A música de raiz perde a temática rural, a fala cabocla; a viola é substituída por instrumentos elétricos; o artista adota um estilo estereotipado, submetendo-se às demandas do mercado.

b) A incorporação da temática urbana e da fala culta e a introdução de instrumentos elétricos na música pop sertaneja preservam a singularidade do estilo caipira da música de raiz.

c) A música pop sertaneja dos anos 90 prioriza em suas letras os “causos” e anedotas da música de raiz, como forma de enaltecer a cultura rural.

d) As temáticas e o estilo da música pop sertaneja preservam a forma de compor, o andamento melódico e a inspiração da música de raiz.

e) A música pop sertaneja contemporânea estimula a criatividade dos artistas representantes de diferentes culturas, em especial aqueles ligados à música de raiz.

h4 comparar pontos de vista expressos em diferentes fontes sobre um determinado aspecto da cultura
H4 - Comparar pontos de vista expressos em diferentes fontes sobre um determinado aspecto da cultura.
slide16

Observe a imagem a seguir, utilizada como peça publicitária em uma campanha para venda associada de jornais e livros de literatura, e responda a questão.

slide17

A comunicação na sociedade industrial transforma em ícones de comercialização os mais variados produtos. Como se percebe na peça publicitária, o acesso à informação e aos bens culturais é alvo permanente de uma disputa comercial travada pelas empresas dessa área. No caso em foco, o jornal busca associar a sua tiragem dominical à venda de uma coleção de livros da literatura contemporânea universal. Sobre o tema, analise as afirmativas a seguir.

I. A preponderância da televisão como meio de informação é sutilmente apontada na mensagem publicitária como uma restrição à informação de qualidade.

II. O apelo central da propaganda banaliza os ícones de um estilo de vida associado aos atributos da formação intelectual em favor da inovação e velocidade das mídias contemporâneas.

III. A campanha recorre a uma estratégia de mercado que vincula a imagem do produto comercializado a um público leitor bastante específico: os jovens de estratos médios urbanos.

IV. A tentativa de associar a compra dominical do jornal e das obras literárias à emoção baseia-se nas possibilidades de acesso à cultura universal oferecidas pela linguagem escrita.

slide18

Estão corretas apenas as afirmativas:

a) I e III.

b) I e IV.

c) II e IV.

d) I, II e III.

e) II, III e IV.

slide19

H5 - Valorizar a diversidade do patrimônio cultural e artístico, identificando suas manifestações e representações em diferentes sociedades.

slide20

A imagem a seguir é uma reprodução da obra “Mulher Tapuia”, produzida por Albert Eckhout (1610-1666), pintor que integrava a Missão Holandesa trazida ao Brasil, em 1637, por Maurício de Nassau.

slide22

A partir da análise da imagem, considere as afirmativas a seguir.

I. A composição de elementos indígenas, da flora e da fauna pelo pintor faz lembrar a disposição de peças em um museu de História Natural.

II. A imagem retrata fielmente os hábitos e ritos antropofágicos dos indígenas brasileiros.

III. A imagem revela a preocupação do artista em dissociar os indígenas do seu ambiente originário.

IV. A pintura apresenta uma visão do indígena brasileiro construída a partir do imaginário europeu.

slide23

Estão corretas apenas as afirmativas:

a) I e III.

b) I e IV.

c) II e III.

d) I, II e IV.

e) II, III e IV.

h6 interpretar diferentes representa es do espa o geogr fico e dos diferentes aspectos da sociedade
H6 - Interpretar diferentes representações do espaço geográfico e dos diferentes aspectos da sociedade
slide26

Analisando os dados, podemos aferir que:

a) Nos países do Primeiro Mundo, o tamanho da economia supera a população.b) Os países emergentes apresentam uma força econômica maior que a população.c) Os países ocidentais são os mais populosos.d) Os chamados “países do norte” apresentam-se poucos populosos, enquanto que os “países do sul”são populosos.e) A economia chinesa já supera a população